Arquivo da tag: Promobit

Quando devo comprar um novo videogame?

Desde o início do ano os rumores sobre o sucessor do Xbox One e do PS4 já eram pautas recorrentes na editoria de games. Com essas notícias uma onda de aficionados por jogos eletrônicos que ainda não possuem qualquer desses aparelhos passou a conjecturar se ainda vale a pena comprar um videogame da geração atual ou esperar o lançamento das novas máquinas. Pensando nisso e na iminência de novos consoles invadindo o mercado, elaboramos este guia para responder qual o melhor momento para comprar um novo videogame?

Há um consenso entre os consumidores: comprar um videogame no início da geração é um péssimo negócio! Isto porque o início da vida útil de uma plataforma tende a ser sofrível. Em geral um console de lançamento tem uma biblioteca reduzida de jogos, o preço das plataformas tendem a ser maiores e podem ter uma leva mal funcional. Em contrapartida, uma plataforma já antiga já conta com uma biblioteca gigantesca de jogos (incluindo jogos de alta qualidade), tem um hardware já testado e comprovado e preços inferiores às novatas.

Falando assim, parece óbvia qual a melhor escolha, certo? Não é tão simples assim! Uma plataforma em final de ciclo realmente terá um preço menor, porém isto porque ela desvalorizou com o tempo. Isto acontece porque a tecnologia já está defasada e há a certeza de que a máquina deixará de receber novos jogos em pouco tempo. Se você é um gamer hardcore e extremamente antenado às novidades, será péssimo acompanhar a geração surgindo estando de fora.

Além disso, um novo videogame é um investimento para o futuro da tecnologia, ou seja, ao comprar um novo videogame, você está apostando que ela trará os melhores e mais desejados jogos dos próximos anos. Ainda que ter a experiência de jogar o clássico instantâneo God of War do PS4 seja uma ideia atrativa, é possível que essa plataforma tenha retrocompatibilidade. Imagine o que mais o PS5 pode te oferecer…

A questão preço

A menos que você seja um masoquista financeiro, com certeza vai preferir gastar menos dinheiro. Ainda que você decida comprar o PS5 ao invés do PS4, é certo que seu preço cairá em alguns meses. Lembre-se que o PS4 chegou ao Brasil por R$ 4.000,00 e atualmente pode ser encontrado por aproximadamente R$ 1.700,00. A queda de preço foi gradativa, porém real. Uma pessoa que comprou o PS4 no lançamento brasileiro fatalmente tem a sensação de que fez mau negócio (em termos financeiros), afinal uma vez que saiu da loja, o produto só desvaloriza. Assim, esperar a queda de preço é o mais adequado.

A questão da biblioteca de jogos

Um videogame antigo, conforme dito anteriormente, tem uma biblioteca rica e estabelecida. Quem não gostaria de comprar um Game Cube para jogar o clássico The Legend of Zelda: The Wind Waker? Mesmo sendo um game datado, a qualidade do título vale o investimento tardio. Muitos retrogamers entendem que o ideal é comprar um console e seus jogos em um prazo aproximado de seis anos após o lançamento. Pois é neste período que os preços dos jogos estarão mais baixos e estabilizados nas lojas. Entretanto há um perigo ao adotar essa estratégia: um jogo antigo pode ganhar status de item de colecionador, o que irá multiplicar seu preço original.

Um ano a dois de seu lançamento garantirá que você salve alguns reais no preço dos jogos e possa selecionar os melhores jogos produzidos neste período. Já um videogame de lançamento contará com uma biblioteca de jogos (novos) pequena e para piorar, nem todos serão bons. Se a plataforma contar com retrocompatibilidade, você ficará restrito a jogar jogos já antigos, tendo pago o preço de um console muito mais caro.

A espera por quedas de preço

A história mostra a tendência: após um ano de seu lançamento, um videogame tem corte de preços. Tanto a Sony, quanto a Microsoft reduzem os preços de suas plataformas com certa periodicidade, cerca de um ano, até que a base de jogadores seja alta o bastante para garantir um preço menor.

Outra dica é evitar comprar um videogame no final do ano, pois é durante o natal que os preços tendem a ser mais altos, se o produto for um lançamento. Já os meses de janeiro e fevereiro contam com ações de queima de estoque das lojas. Ou seja, o ideal é comprar um sistema novo no início do ano. Há um porém: a Black Friday de novembro tende a contar com preços realmente atraentes.

Espere por novos modelos

Outro detalhe importante na hora de comprar um videogame: espere um novo modelo chegar ao mercado. Primeiro porque terá um hardware otimizado; segundo porque o preço será menor. Sim, esperar até a versão slim do PS5 pode ser torturante, porém você poderá ter uma máquina com mais funções e com um hardware mais confiável. Basta analisar a primeira versão do Xbox 360 original com a versão S surgida anos depois.

Lojas físicas ou sites de e-comerce

Há uma percepção de que lojas físicas cobram preços mais elevados e isto não está errado. Apesar de lojas de esquina não precisarem pagar empresas de entregas, as lojas físicas pagam aluguéis altíssimos e manutenção predial. Assim, as lojas têm repassado esses preços aos consumidores. Já as lojas digitais conseguem oferecer o mesmo produto a preços menores. O ideal é comprar um videogame através de sites, sendo ele um novo lançamento ou um console mais retro.

Uma solução bastante útil é o site Promobit, (que possui app também) a comunidade de curadoria que filtra promoções de lojas digitais. Se você vai comprar um novo aparelho, tenha certeza de localizar o preço mais baixo entre o ambiente que oferece preços menores. A Black Friday, aliás, oferece uma oportunidade única de comprar seu aparelho a um preço atrativo. Então, comprar o aparelho durante essa época do ano é realmente recompensador.

Vai comprar TV 4K? Veja quais detalhes mais importantes na hora de escolher

Os aficionados por tecnologia já sabem: as TVs 4K dominarão o mundo! Afinal de contas esses eletrônicos são capazes de providenciar a mais alta definição e qualidade para imagens, com uma riqueza de detalhes que outras TVs são incapazes. Basicamente as TVs 4K – conhecidas também como Ultra HD – são televisores cuja resolução de pixels são cerca de 8.3 milhões de pixels.

O nome 4K é proveniente de sua capacidade de resolução quando comparadas às TVs Full HD (2 milhões de pixels), ou seja, as TVs 4K possuem resolução 4 vezes superior. Mesmo para olhos destreinados a diferença é brutal: a TV 4K é capaz de exibir imagens com riqueza de detalhes, cores mais vivas e textos mais nítidos. Além disso, em produções filmadas com câmeras 70 mm são capazes de exibir até mesmo imperfeições na pele dos atores.

Se você pretende aproveitar o melhor da tecnologia para assistir filmes, jogar videogames ou ver seu time de coração e ainda não comprou a sua TV 4K, fique atento nestes detalhes para obter a melhor experiência! É um velo ponto de partida, caso você pretenda aproveitar a Black Friday para comprar um novo aparelho.

Tamanho

A primeira coisa que você deve prestar atenção é no tamanho da TV. É possível encontrar opções no mercado que vão de 40 até 86 polegadas. Os preços são proporcionais ao tamanho da TV – é possível encontrar modelos de R$ 1.500,00 até R$ 30.000,00. Seja qual o tamanho, a qualidade da imagem não é afetada por isso. Neste quesito você deve se atentar mais ao espaço onde irá colocar o televisor.  Se pesquisar direitinho, é possível encontrar boas promoções de TVs 4K.

LED vs OLED vs QLED

Outro detalhe importante é o tipo de tela: LED, OLED ou QLED. Esses são os padrões mais comercializados. A TV LED é a mais barata e sua tecnologia é composta por pequenas lâmpadas LED em sua tela, tornando a imagem mais iluminada e as cores mais vibrantes. Já o padrão OLED é ainda superior, uma vez que sua qualidade de contraste e nitidez é maior, principalmente em imagens escuras. Isto porque as pequenas luzes LED da tela se desligam automaticamente quando aparecem imagens pretas na tela.

A intenção é tornar a imagem da tela mais parecido com o que vemos na vida real. Além disso, por apagar as pequenas lâmpadas LED da tela, o padrão OLED é mais econômico. É um pouco mais trabalhoso encontrar uma TV OLED, pois elas têm um custo mais elevado e sua baixa longevidade. Isto ocorre porque as luzes são alimentadas por componentes orgânicos que se deterioram com o tempo. O “X” da questão é definir quanto tempo vai ficar com o televisor e o quanto se incomoda com brilho e contraste.

Por fim, temos as TVs QLED, que são conhecidas por exibir 100% das cores das imagens. Isto porque elas utilizam a tecnologia HDR, a mesma utilizada por Hollywood. As TVs QLED também são famosas por sua “inteligência”, pois elas não deixam com que outras fontes de luz atrapalhem a imagem, pois elas aumentam as cores da tela automaticamente. Esta tecnologia é mais cara que as demais, mas é possível encontrar algumas promoções no site da Promobit.

Tela plana ou curva?

Este aspecto é completamente subjetivo e depende da preferência do usuário, contudo há um consenso em alguns aspectos. Um deles é que TVs com tela plana são mais suscetíveis e reflexos, enquanto que o formato côncavo possui melhor contraste e amplitude maior de tela. Além disso, o formato curvo é capaz de tornar a experiência mais imersiva, pois a tela neste molde é capaz de trazer efeito de profundidade e facilitar o efeito 3D.

Além disso, as telas curvas oferecem maior campo de visão, pois passam a sensação de que a imagem é mais ampla do que a verdadeiramente exibida em uma tela plana. Por fim, outra vantagem é que as telas curvas produzem cerca de quase 2x mais contraste que uma tela plana. Isto ocorre porque elas concentram melhor a imagem nos olhos do espectador.

Quantidade e tipos de entradas

Ter um aparelho com um número razoável de entradas USB ou conexões é garantia de possibilitar o uso da TV para mais coisas. A tendência para o futuro é ter cada vez mais aparelhos conectados. Deste modo, você pode até utilizar a TV para jogar videogame, como monitor de computador, controlar outros equipamentos etc. TVs com processador dual-core são o mínimo que você vai querer, pois são mais rápidas para responder os comandos e evitarão as fatídicas travadas. Além disso, você vai querer que a TV possua ao menos três portas HDMI (para conectar múltiplos aparelhos) e conexão wi-fi para facilitar a conexão com a Netflix, Youtube e outros aplicativos. Se a TV tiver porta ethernet, melhor ainda, caso precise de uma conexão por cabo mais estável.

Sistema Operacional

Assim como nos smartphones, é necessário estar atento qual OS vai te atender melhor antes de escolher qual a TV levará para casa. As TVs costumam utilizar o Tizen, enquanto a LG conta com o webOS, a Panasonic tem a Firefox OS, e a Sony tem o Android TV. O Tizen é o mais popular atualmente, seguido do webOS. Ambos estão consolidados no mercado, pois as emissoras de TVs nacionais e internacionais investiram bastante em apps para esses sistemas, além de serviços de transmissão como a Netflix e conexão com celulares.

Apesar do Android TV ser bastante promissor, a adaptação do que é feito com celulares para a TV ainda não vingou, mas especialistas apostam que logo o Android TV irá virar o jogo e se tornar o número 1 entre os sistemas operacionais para TVs. A ideia básica é que o smartphone pode estar completamente conectado a TV, de modo que controlar o que se assiste fique a algumas Cabe ao usuário fazer uma aposta para o futuro ou optar pelo que já está estabelecido. O que a comunidade tecnológica idealiza é que Smart TVs e smartphones ficarão em completa simbiose, inclusive para acessar funções do celular através da TV e vice-versa.

Conexão com o videogame

Não se trata de uma função específica das TVs 4K, mas sim a configuração que torna a imagem otimizada para jogos. A maioria dos modelos tem opções prontas para escolher o modo “jogos”, que deixam a imagem com o contraste e brilho específico para jogos eletrônicos. Afinal de contas, essas configurações tendem a utilizar cores menos berrantes que um desenho animado ou uma partida de futebol. Como de não bastasse, vale lembrar que tanto o Xbox One quanto o PS4 possuem configurações específicas para uso em TVs 4K.

No PS4, por exemplo, você deve ativar o suporte TV 4K ou HDR (no caso de utilizar o PS4 Pro). Para isso, basta ir até o menu configurações”, “Som e tela”, “Configurações de saída de vídeo”; selecionar as opções “automático” nos menus “resolução” e “HDR”. Assim seu videogame estará pronto para proporcionar a melhor definição possível.

Já no Xbox One, a tarefa é igualmente simples, basta pressionar o botão “home” (o botão central do controle); ir até a opção “sistema”; “configurações”; “tela e som”. Após isso, basta ir até a opção “saída de vídeo” e selecionar a opção “4K UHD” no menu “resolução da TV”. Contudo, vale lembrar que nos dois consoles a definição somente fará efeito nos jogos desenvolvidos em 4K, ou seja, jogos mais antigos e aqueles que não foram otimizados não sofrerão mudanças na resolução. Se a intenção é usar a TV para jogar, vale a pena pesquisar no App de desconto da Promobit.

Top 5 – Jogos da geração atual que valem a pena serem jogados

Não é novidade para ninguém que a próxima geração de videogames está por vir. Mesmo que a Sony e a Microsoft tentem esconder os detalhes, é fato consumado que na E3 2020 iremos presenciar o nascimento da nona geração de videogames com o Projeto Scarlett e o vindouro Playstation 5. Dito isto, fica o questionamento: será que ainda vale à pena investir no Playstation 4 e no Xbox? A resposta é um simples sim. Seria fácil dizer que esperar um novo videogame seria o melhor investimento, mas temos de levar em consideração a biblioteca de jogos incríveis que esses videogames trouxeram ao longo desses anos.

Partindo desse pressuposto, pergunta-se: que jogos seriam esses? Opções não faltam, mas decidimos eleger apenas 5 jogos que merecem ser jogados por qualquer gamer. São aquelas obras de arte que transcendem a experiência de sentar e manipular objetos/personagens em uma tela. Estamos falando daqueles jogos da geração atual que valem a pena serem jogados ainda hoje. Se você já jogou, vale relembrar, se não, corra atrás desses títulos antes que desaparecem das lojas! Inclusive, o site da Promobit conta com alguns deles em promoção, assim você não precisar esperar pela Black Friday.

Confira o Top 5 jogos da geração atual que valem a pena serem jogados:

 

God of War

Barlog

Um dos motivos mais elementares do sucesso estrondoso que foi o PS4 é essa reinvenção de God of War. No momento que todos acreditavam que a saga de Kratos havia acabado e não havia como reformular a franquia, a Santa Monica mostrou que era possível inserir sim profundidade em um jogo de hack ‘n slash. Sim, você provavelmente vai se comover durante os inúmeros diálogos entre o Fantasma de Sparta e seu filho, Atreus. Os combates permaneceram viscerais e os quebra-cabeças estão mais inteligentes e desafiadores. Some-se a isso o fato que de a direção de arte estava bastante inspirada e você tem um dos melhores jogos do PS4.

 

Resident Evil 2 Remake

Já que começamos falando sobre reinvenções de franquias antigas, vale também dar destaque ao retorno de Resident Evil. A Capcom foi capaz não apenas de repetir os triunfos do remake do primeiro game, mas também de tornar o ambiente de terror e mistério ainda mais envolvente. Aqui você encarna os personagens Leon e Claire enquanto tentam sobreviver aos inúmeros desafios da cidade Raccon City que se vê em um apocalipse zumbi.

Muita coisa do original permaneceu quase intocada, mas os produtores não se fizeram de rogados e melhoraram muitos dos jump scares e clima de tensão. O resultado é um game capaz de enregelar a espinha do mais corajoso dos jogadores, pois não se tem a impressão de estar jogando algo antigo, mas de descobrir algo completamente novo.

 

Fortnite

Vai demorar muitos anos até que alguém possa explicar o fenômeno que Fortnite é, mesmo com seus gráficos e jogabilidade simplistas e, até, caricata. Talvez seja justamente isso que torna o game da Epic Games tão sucedido. Esqueça jogabilidade complexa e mecânicas rebuscadas! Aqui o negócio gira em torno da diversão pura e descompromissada. Junte seus amigos para sessões ensandecidas de tiroteios em times por ambientes que mudam e evoluem para se adaptar às necessidades dos jogadores. Outro aspecto que torna Fortnite relevante para seus milhares de jogadores é o fato de que a comunidade está toda engajada em novas fórmulas para tornar as jogatinas únicas. Praticamente um expoente da nossa cultura moderna!

 

Red Dead Redemption 2

Um dos títulos mais esperados desde sua revelação em 2016 não se mostrou um desapontamento, mas sim um produto que deve envelhecer muito bem, obrigado. O jogador toma controle do personagem Arthur Morgan, um fora-da-lei membro da gangue de Van der Linde, e deve cumprir variadas missões para o bando.

Praticamente um GTA no velho oeste. A variedade de missões e situações impressiona: são cerca de 60 horas de jogatina até terminar o título. Se GTA V desapontou algumas fileiras de fãs da Rockstar, o mesmo não pode ser dito de RDR2, que consegue contar uma história bem humorada e instigante ao mesmo tempo em que apresenta as belas paisagens ensolaradas do Velho Oeste Americano. Certamente um dos melhores jogos do Xbox One e do PS4.

 

The Witcher 3

The Witcher

Por fim, vale destacar um dos jogos mais premiados de todos os tempos: The Witcher 3. Quem tinha jogado o segundo capítulo já sabia que a adição de um mundo aberto seria um grande acerto, mas não havia como prever a grandiosidade que o título teria. É muito fácil começar uma missão, sair a cavalo, matar uns monstros enquanto cruza o continente, receber grana, novas missões e se esquecer de qual era mesmo o motivo que impulsionou a viagem a cavalo em primeiro lugar.

The Witcher 3 é uma ode a tudo o que funciona em um RPG de mundo aberto. Praticamente sem defeitos e com fator replay infinito, é possível que quem tenha comprado o título em 2015 ainda não tenha chegado nem perto de descobrir tudo que este game tem a oferecer. Se os combates no segundo game eram difíceis demais, aqui as coisas são mais niveladas e as lutas até parecem danças, de tão ritualísticas que podem se tornar. Não é à toa que muita gente considera este um dos melhores games de todos os tempos! Vale a pena monitorá-lo através do App de desconto da Promobit.

Conheça a comunidade que ajuda você a encontrar jogos baratos: a Promobit

Só existe uma coisa melhor do que comprar aquilo que se deseja: comprar aquilo que se deseja com desconto! Sim, em tempos de se apertar os cintos, é realmente necessário economizar o máximo possível. Foi pensando em ajudar o consumidor que o site Promobit surgiu: filtrar as melhores promoções do país, garantindo que ninguém entre numa fria. O site funciona disponibilizando produtos de variados gêneros, incluindo livros, vestiário, filmes, eletrônicos e até videogames.

Funciona como uma comunidade online dedicada a encontrar as melhores ofertas da internet. Assim que alguém identifica uma oferta, a equipe da Promobit faz um filtro, verificando todas as lojas, garantindo que os usuários não caiam em golpes. O interessante é que o site toma ares de rede social, ou seja, a comunidade ajuda a encontrar as melhores ofertas. Lá você vai conferir ofertas de grandes redes varejistas que estejam com promoções relâmpagos; recebe cupom das Lojas Americanas; e ofertas à lá Black Friday. É bastante intuitivo e tem até um fórum de discussões, em que a comunidade discute lojas, produtos e promoções.

O mais interessante é que os descontos são realmente verdadeiros e o usuário não precisa realizar necessariamente um cadastro para aproveitar as promoções. Se você é aficionado por videogames, é possível encontrar games em promoção, equipar seu cantinho gamer com equipamentos bons e baratos. Para se ter ideia, é possível encontrar mouse e teclado gamer por preços bem tentadores.

O site é dividido por menus e você pode navegar de acordo com sua busca, tal como ocorre em qualquer outra loja de e-Comerce. A diferença é que o usuário pode se orientar sem se perder, já que a navegação é bem intuitiva. E caso não esteja encontrando o que deseja, é possível criar uma lista de desejos, daí o próprio site te comunica quando rolar alguma promoção daquele Xbox One.

O detalhe é que as ofertas seguem o padrão de tempo definido, ou seja, se você demorar demais para agarrar a chance, é possível que perca a promoção para sempre. Para facilitar as coisas, tem um App de descontos para mobile, assim não tem perigo de você perder a oportunidade se não estiver em casa. E é isso aí! Se você sente necessidade de apertar o orçamento, mas não quer perder a chance de pegar uma TV nova, fica aí a dica!

Top 5 – Jogos esportivos que você deve conhecer (e que não são de futebol)

Jogos de esporte são extremamente populares entre os jogadores de videogames desde a época do NES, então não é novidade que as empresas produtoras de jogos digitais invistam tanto tempo e dinheiro neste nicho. Todo ano você pode contar que a Electronic Arts vai lançar um Fifa, da mesma forma que a Konami permaneça com a franquia PES. Entretanto, há pessoas que nem conseguem ouvir falar de game de futebol sem perder a paciência.

Pensando nisto, elaboramos um guia de sete jogos esportivos que não são de futebol. Assim você pode reunir aqueles seus amigos em jogatinas online ou em casa mesmo para partidas competitivas sem precisar ficar na dúvida entre escolher o Barcelona ou o Real Madrid. Na lista selecionamos apenas jogos inspirados em esportes reais, de modo que os jogos da categoria e-Sports não estão representados.

Confira abaixo 5 games esportivos para reunir a galera:

 

5 – The Golf Club 2019

The Golf Club 2019

Lançado no final de 2018 pela 2K Games, The Golf Club 2019 featuring PGA Tour é um dos poucos jogos de PS4 que convida o jogador para partidas relaxantes de golfe!? Os produtores não mediram esforços para levar o clima dos campos esverdeados para o videogame, então você pode esperar todo o clima da PGA Tour, principal liga americana. O título permite que o jogador crie e personalize seu próprio avatar. Como se não bastasse, pode-se escolher o taco, trajes e novos torneios.

The Golf Club 2019 featuring PGA TOUR conta com fluidez e simplicidade no seu design, descomplicando a vida de iniciantes no golfe, de modo que mesmo pessoas sem qualquer contato prévio com o esporte estará familiarizado com as regras e princípios básicos rapidamente. Depois de algumas horas é possível que você dê tacadas certeiras. Uma vez que o golfe não é um esporte popular no Brasil, há quem considere o game entediante, mas os fãs do esporte devem conseguir boas horas de diversão.

 

4 – F1 2019 Legends Edition

F1 2019 Legends Edition

Uma das maiores rivalidades esportivas de todos os tempos foi protagonizada pelo brasileiro Ayrton Senna e Alain Prost. É justamente essa rivalidade que dá o tom do game F1 2019 Legends Edition, que, aliás, traz os dois corredores na capa. O desenvolvimento ficou a cargo da Codemaster, responsável pelas franquias Grid e Dirt, então você pode esperar corridas em alta velocidade e ultrapassagens de à lá Senna.

O game foi lançado em junho deste ano e rapidamente conquistou aclamação da crítica graças a seus gráficos polidos, jogabilidade fiel e pistas bem desenvolvidas. Outro mérito foi adicionar 18 veículos lendários, como os potentes McLaren MP4/5B de 1990 e a Ferrari F1-90. São variados modos de jogo, garantindo que o jogador sempre tenha algo para fazer. O marketing do game foi tão audacioso que a capa destaca velhas rivalidades que tenham a
ver com o país em que o jogo foi lançado, daí o motivo de encontrarmos o lendário Ayrton Senna nas versões que chegaram ao Brasil. Vez por outra o site da Promobit oferece Cupons Americanas para comprar o jogo com belo desconto.

3 – Madden NFL 20: Ultimate Superstar Edition

Madden NFL 20: Ultimate Superstar Edition

Para quem pensa que o colírio dos olhos da EA Sports é a franquia Fifa, temos uma revelação aterradora: na verdade a vedete dos jogos esportivos é Madden. A franquia é extremamente rentável e conta com vendas expressivas nos EUA. Não é por acaso que a EA investiu pesado nesta última entrada, garantindo que o que deu certo na edição 19 fosse mantida, ao passo que os erros fossem corrigidos. O jogador pode esperar refinamento na jogabilidade e inteligência artificial mais equilibrada.

O grande destaque em Madden NFL 20: Ultimate Superstar Edition é o modo campanha personalizado, que acompanha um jogador desde os tempos de universidade até a glória da liga principal. Você pode começar como um aluno de 10 universidades americanas e
conforme ganhar os jogos pode se destacar e subir para os grandes clubes do país. Esse modo história é semelhante ao que a EA já faz com Fifa e as partidas contam com narrações vibrantes e carregadas de emoção. Este é mais um dos games em promoção na Promobit.

 

2 – UFC 3

UFC 3

Para quem gosta da visceralidade do MMA, não há jogo mais completo do que UFC 3. A EA conseguiu aqui um trabalho digno de aclamação ao transportar para os videogames a sensação de desespero dos lutadores quando estão encurralados ou ainda a doce
sensação de um nocaute em poucos segundos de combate. Diferente de outros jogos de luta, em UFC 3 o que conta mesmo é a estratégia e destreza com que se aplica os golpes.

Este foi um dos que mais fizeram sucesso nas promoções Steam do site Promobit. Outro detalhe importante é o modo carreira, que é baseado nas escolhas do jogador, ou seja, você fica livre para fechar contratos, dar declarações polêmicas etc. A ideia é que a vida de um atleta no esporte de contato mais popular do mundo pode render mais fãs, contratos milionários e atenção do resto do mundo. também vale a pena destacar o elemento social ingame, que permite aquecer rivalidade entre os atletas antes dos combates. Este foi o primeiro game da EA construído com a engine RPM Tech, que permite reproduzir fielmente os movimentos dos atletas reais. Ah, e o polêmico Conor McGregor empresta seu rosto para a capa do jogo.

 

1 – Virtua Tennis Challenge

Virtua Tennis Challenge

E, por fim, temos um esporte bem conhecido do público brasileiro: o tênis de quadra. Esta versão é para Android e conta com uma jogabilidade totalmente arcade, sendo que a SEGA conseguiu transpor o desafio de adaptar o game para os controles do Android. São três modos de jogo: campanha, partida rápida e multiplayer via bluetooth, de modo que você pode desafiar seus amigos. Uma vez que a jogabilidade é simplificada, pode esperar por tacadas quase automáticas, inclusive nem é preciso utilizar o tutorial para começara a vencer os desafios. O importante aqui é a diversão descompromissada.

Apesar de ser produzido para dispositivos mobile, Virtua Tennis Challenge conta com gráficos bem animados e realistas, graças a texturas convincentes e trabalhadas. Apesar de o título já ser antigo (foi lançado em 2014) ele ainda parece bem atual. As animações, vale destacar, são bastante atrativas e os movimentos dos jogadores estão fiéis ao que se espera da vida real. Aqui a SEGA conseguiu um grande triunfo! Com certeza você vai acabar viciando neste game. Caso tenha ficado interessado, tem o App de desconto da Promobit para resgatar o jogo totalmente gratuito.