Arquivo da tag: Apex

Game Connection Europe – Brasil é destaque no evento que ocorre na França

Na próxima semana a Associação Brasileira das Desenvolvedoras de Jogos Digitais (Abragames) e a Apex-Brasil levarão uma comitiva de produtores de games nacionais até Paris para participar do evento Game Connection Europe (GCE). A comitiva será composta por 7 empresas, inscritas no Projeto de Exportação Brazil Games. Este é o 5º ano consecultivo que o Brasil leva uma comitiva ao evento europeu, cujo foco são negócios. A Game Connection Europe acontece entre os dias 29 a 31 de outubro.

As empresas que participam da comitiva nacional são: Cafundó Estúdio Criativo, Diorama, FiraSoft, GamePlan, Hermit Crab Game Studio, Kokku e Smash Mountain. Além dos representantes dessas empresas, o Brasil leva ainda 15 empresários, que terão a missão de angariar negócios envolvendo os jogos nacionais. Somente neste ano o projeto Exportação Brazil Games já viajou 7 vezes, incluindo participações na E3 e na Tokyo Game Show.

De acordo com a Abragames, a participação na Game Connection Europe tem sabor especial, pois será a primeira vez que o país terá um painel dedicado na programação geral do evento, com o título “Brazil: The Next Super Territory for Game Development”. O painel será apresentado pela Eliana Russi, gerente executiva do Brazil Games e idealizadora do BIG Festival. O painel brasileiro ocorre no dia 30 de outubro, às 14h.

“Vamos mostrar a vibrante indústria de games brasileira, que tem se destacado na imprensa internacional e nos eventos do setor”. A gerente executiva lembra da primeira participação do projeto na Game Connection Europe em 2013, segundo ela, a indústria brasileira era totalmente desconhecida até então. “Em cinco anos muita coisa mudou e o Brasil se tornou um player importante no mercado global de games. O trabalho feito por parceiros importantes como Apex-Brasil, Abragames, BIG Festival, entre outros, foi fundamental para colocar o país como um produtor de games e não mais um consumidor”, comemora.

 

Brazil Games no Indie Development Awards

Ainda falando sobre a Game Connection Europe, vale destacar que o Cafundó Estúdio Criativo representará nosso país na final do Indie development Awards com o jogo Tetragon. O prêmio é concedido ao melhor jogo indie avaliado pela comissão organizadora. Tetragon é finalista nas categorias Melhor Jogo Mobile e Melhor Arte, além de concorrer na categoria voto popular.

Para quem não conhece ainda, Tetragon é um puzzle 2D ambientado em um mundo em forma de quadrado cujas paredes podem mudar de posição repentinamente, reorganizando a força da gravidade do jogo. A jogabilidade inclui uma sequência de quebra-cabeças guiados por uma narrativa profunda. O lançamento global acontece no primeiro trimestre de 2020 para Mobile, Switch e PC. O jogo está entre os três mais votados no momento, ajude Tetragon a ser o vencedor do “People’s Choice award”. Vote em aqui.

Abaixo você confere um trailer de Tetragon, o finalista brasileiro na Game Connection Europe:

Desenvolvedoras brasileiras participam da Game Connection Europa, em Paris

Um grupo de desenvolvedores brasileiros participaram de um evento para atrair mais investidores da indústria ao Brasil. Trata-se do evento Game Connection Europa, que ocorreu em Paris entre os dias 29 e 31 de outubro. Houve um estande chamado Projeto Brazilian Game Developers dedicado aos projetos brasileiros.

Representou o Brasil durante o evento nove estúdios, sendo eles: a Flux (SP), Kokku (PE), Movile (SP), Smyowl (SP), Gamebiz (SP), Gameplan (SP), Manifesto (PE), CatNigiri (SC) e Lumentech (SE). A Brazilian Game Developers é fruto da parceria entre a Abragames e a Apex-Brasil. Somados, os 20 estúdios participaram cerca de 20 profissionais. Além de exibir suas criações, os estúdios trabalharam na captação de novos negócios, uma vez que foram pré-agendadas uma série de reuniões.

Durante o evento foi lançado o 1º Catálogo Internacional da Indústria Brasileira de Games. Este catálogo, no formato de website,  reune cerca de 200 empresas nacionais dedicadas aos jogos eletrônicos. Nele, as empresas cadastram seu portfólio em inglês, informando o perfil da empresa, jogos desenvolvidos, serviços etc. Empresas correlatas, como de música (trilha sonora), legais (escritórios especializados em direito autoral) entre outras, também poderão cadastrar seu portfólio.

A ideia do catalogo é aumentar a credibilidade internacional do Brasil no setor e mostrar que temos uma indústria unida, oferecendo um número de empresas expressivo e com soluções sofisticadas. Espera-se que se abram novos negócios para produtores brasileiros no mercado europeu em diversos segmentos como jogos de entretenimento, jogos sérios, advergames, soluções corporativas como gamificação, distribuição, meios de pagamento, serviços de facilitação para entrada de investimento internacional, coprodução e outsourcing.

Vale destacar que o Projeto Brazilian Game Developers é um programa sem fins lucrativos, deste modo, todos os produtores nacionais que estiverem interessados em divulgar seu produto/marca são convidados a participar do programa.