Promobit

Top 5 – Jogos da geração atual que valem a pena serem jogados

Não é novidade para ninguém que a próxima geração de videogames está por vir. Mesmo que a Sony e a Microsoft tentem esconder os detalhes, é fato consumado que na E3 2020 iremos presenciar o nascimento da nona geração de videogames com o Projeto Scarlett e o vindouro Playstation 5. Dito isto, fica o questionamento: será que ainda vale à pena investir no Playstation 4 e no Xbox? A resposta é um simples sim. Seria fácil dizer que esperar um novo videogame seria o melhor investimento, mas temos de levar em consideração a biblioteca de jogos incríveis que esses videogames trouxeram ao longo desses anos.

Partindo desse pressuposto, pergunta-se: que jogos seriam esses? Opções não faltam, mas decidimos eleger apenas 5 jogos que merecem ser jogados por qualquer gamer. São aquelas obras de arte que transcendem a experiência de sentar e manipular objetos/personagens em uma tela. Estamos falando daqueles jogos da geração atual que valem a pena serem jogados ainda hoje. Se você já jogou, vale relembrar, se não, corra atrás desses títulos antes que desaparecem das lojas! Inclusive, o site da Promobit conta com alguns deles em promoção, assim você não precisar esperar pela Black Friday.

Confira o Top 5 jogos da geração atual que valem a pena serem jogados:

 

God of War

Barlog

Um dos motivos mais elementares do sucesso estrondoso que foi o PS4 é essa reinvenção de God of War. No momento que todos acreditavam que a saga de Kratos havia acabado e não havia como reformular a franquia, a Santa Monica mostrou que era possível inserir sim profundidade em um jogo de hack ‘n slash. Sim, você provavelmente vai se comover durante os inúmeros diálogos entre o Fantasma de Sparta e seu filho, Atreus. Os combates permaneceram viscerais e os quebra-cabeças estão mais inteligentes e desafiadores. Some-se a isso o fato que de a direção de arte estava bastante inspirada e você tem um dos melhores jogos do PS4.

 

Resident Evil 2 Remake

Já que começamos falando sobre reinvenções de franquias antigas, vale também dar destaque ao retorno de Resident Evil. A Capcom foi capaz não apenas de repetir os triunfos do remake do primeiro game, mas também de tornar o ambiente de terror e mistério ainda mais envolvente. Aqui você encarna os personagens Leon e Claire enquanto tentam sobreviver aos inúmeros desafios da cidade Raccon City que se vê em um apocalipse zumbi.

Muita coisa do original permaneceu quase intocada, mas os produtores não se fizeram de rogados e melhoraram muitos dos jump scares e clima de tensão. O resultado é um game capaz de enregelar a espinha do mais corajoso dos jogadores, pois não se tem a impressão de estar jogando algo antigo, mas de descobrir algo completamente novo.

 

Fortnite

Vai demorar muitos anos até que alguém possa explicar o fenômeno que Fortnite é, mesmo com seus gráficos e jogabilidade simplistas e, até, caricata. Talvez seja justamente isso que torna o game da Epic Games tão sucedido. Esqueça jogabilidade complexa e mecânicas rebuscadas! Aqui o negócio gira em torno da diversão pura e descompromissada. Junte seus amigos para sessões ensandecidas de tiroteios em times por ambientes que mudam e evoluem para se adaptar às necessidades dos jogadores. Outro aspecto que torna Fortnite relevante para seus milhares de jogadores é o fato de que a comunidade está toda engajada em novas fórmulas para tornar as jogatinas únicas. Praticamente um expoente da nossa cultura moderna!

 

Red Dead Redemption 2

Um dos títulos mais esperados desde sua revelação em 2016 não se mostrou um desapontamento, mas sim um produto que deve envelhecer muito bem, obrigado. O jogador toma controle do personagem Arthur Morgan, um fora-da-lei membro da gangue de Van der Linde, e deve cumprir variadas missões para o bando.

Praticamente um GTA no velho oeste. A variedade de missões e situações impressiona: são cerca de 60 horas de jogatina até terminar o título. Se GTA V desapontou algumas fileiras de fãs da Rockstar, o mesmo não pode ser dito de RDR2, que consegue contar uma história bem humorada e instigante ao mesmo tempo em que apresenta as belas paisagens ensolaradas do Velho Oeste Americano. Certamente um dos melhores jogos do Xbox One e do PS4.

 

The Witcher 3

The Witcher

Por fim, vale destacar um dos jogos mais premiados de todos os tempos: The Witcher 3. Quem tinha jogado o segundo capítulo já sabia que a adição de um mundo aberto seria um grande acerto, mas não havia como prever a grandiosidade que o título teria. É muito fácil começar uma missão, sair a cavalo, matar uns monstros enquanto cruza o continente, receber grana, novas missões e se esquecer de qual era mesmo o motivo que impulsionou a viagem a cavalo em primeiro lugar.

The Witcher 3 é uma ode a tudo o que funciona em um RPG de mundo aberto. Praticamente sem defeitos e com fator replay infinito, é possível que quem tenha comprado o título em 2015 ainda não tenha chegado nem perto de descobrir tudo que este game tem a oferecer. Se os combates no segundo game eram difíceis demais, aqui as coisas são mais niveladas e as lutas até parecem danças, de tão ritualísticas que podem se tornar. Não é à toa que muita gente considera este um dos melhores games de todos os tempos! Vale a pena monitorá-lo através do App de desconto da Promobit.

Deixe seu comentário