Arquivo da categoria: Games

Download: Legacy of Kain: Soul Reaver 2

Nesta seqüência o aclamado Legacy of Kain: Soul Reaver, reassuma
o papel de Raziel, e volte no tempo em várias eras do passado de Nosgoth em sua perseguição impiedosa por Kain. O encontro com novos inimigos como você revelam os mistérios dos patriarcas de Nosgoth, e trazem à tona os esquemas por trás da corrupção de Pilars e o genocídio do vampiro. Vale a pena. Clássico é clássico.

:: Gostou? Faça o download agora mesmo

Videogames: como tudo começou

A indústria de videogames é hoje uma das mais rentáveis do mundo, gerando faturamento na casa dos bilhões. Esta indústria possui uma longa história, que começou lá em 1948 de maneira bem simples: em tubos de imagens bastante precários.

O tempo passou e outros jogos foram aparecendo de maneira tímida, em velhos e gigantescos computadores que ocupavam uma sala inteira e mal rodavam um aplicativo como o Word. Os primeiros arcades surgiram no começo dos anos 70, mas em 1966 o engenheiro Ralph H. Baer criaria o protótipo do primeiro videogame caseiro da história. Sim, ele é o pai do videogame!

O projeto foi ganhando forma, Baer criou um videogame para dois jogadores chamado Chase, em que dois pontos se movimentavam na tela de uma televisão. Uma pistola foi criada e mais alguns jogos, como ping-pong foram criados. O protótipo ganhou o nome de “Brown Box”, que era exatamente isso, uma caixa cheia de botões.

Baer então fechou um contrato com a empresa de eletro-eletrônicos Magnavox, fazendo algumas alterações no protótipo de Baer e em 1972 era lançado o primeiro videogame da história: Magnavox Odyssey... continue lendo a matéria no GameHall.

:: Leia a entrevista completa com Ralph H. Baer: clique aqui

A Diferença entre craque e com jogador

O Especial deste mês do site Jornal Gamer está polêmico! Pegamos os maiores rivais e mostramos porque muitos deles comem poeira. As diferenças entre Winning Eleven, FIFA, Tekken, Virtua Fighter, F-Zero, WipeOut, Dance Dance Revolution, Pump it Up! com o mais recente incluso na batalha, Skate vs Tony Hawk. (via Jornal Gamer)

PlayStation 3 vende 520 mil unidades em uma semana na Europa

Os problemas de retrocompatibilidade do console Europeu não intimidaram ninguém pelo visto. Em uma semana o querido videogame da Sony alcançou sua marca de 520 mil unidades vendidas. Não é por menos, afinal, é um belo videogame que se compra pensando a longo prazo, pois apesar de tudo estar dando errado agora, não há como dar errado no futuro, quando seus grandes e esperados games forem lançados… (Leia mais em JornalGamer)

Fotos espiãs mostram Xbox360 Preto em uma fábrica

Apesar de tanta especulação, o Xbox 360 Elite ainda não foi oficialmente anunciado. Então, ele não existe. Somente uma questão de tempo eu diria. Que como se não bastasse agora temos fotos bem tiradas horríveis de alguns Xbox 360 com HDMI e HDs de 120 gigabytes de capacidade em uma suposta linha de produção Chinesa. Antes que alguém venha dizendo que estes são Xbox 360 Dev Kit (para desenvolvedores, e sua cor ja é preta desde sempre), preste atenção que a gaveta frontal é cromada, como a de um Xbox 360 normal. E há uma foto mais próxima do ‘também não confirmado’ HD de 120 Gigabytes, que tem um 120′algumacoisa‘ gravado nele… não consegui ler direito. (Mais fotos em Jornal Gamer)

Download: Monopoly Here & Now Edition

Como você imaginaria que seria o jogo Monopoly, conhecido no Brasil como Banco Imobiliário, se ele fosse inventado hoje? Carregue sua conta bancária com milhões de dólares, jogue o dado e ande nas novas casas do tabuleiro. Compre e venda novas propriedades com localizações populares dos Estados Unidos.

Desafie seus amigos nesta divertida luta pelo monopólio ou jogue contra o seu PC em vários níveis de dificuldade.

:: Gostou?
Baixe agora a demo aqui

Anúncios PSP


Memories of Mana (RMXP)

“A história acontece em um mundo chamado Celetial Island, onde ficam todas as almas antes de serem julgadas (pelos seus atos em vida). Se você foi uma boa pessoa, irá para o céu, caso contrário pagará pelos seus atos no inferno. Neste mundo, que é uma mistura de passado, presente e futuro, as almas esperam pelo seu destino, seja este bom ou ruim. Mas existe uma alma que negou o seu destino e deseja sair deste mundo antes de ser julgada. E agora o mundo das almas corre um grande perigo, assim como o mundo dos vivos, pois um antigo mal que antes foi banido deseja retornar à vida.

Assim começa Memories of Mana um game que deixa qualquer maker de queixo caído! A primeira sensação que se tem ao começar a jogar Memories of Mana é a da satisfação, de ter um jogo tão belo e rico em detalhes feito aqui no Brasil. Logo de cara podemos perceber o potencial do RMXP. Tudo no jogo é personalizado e nada do que é padrão na ferramenta é usado. Isso faz parecer um jogo produzido para o próprio Super Nintendo.

O game traz gráficos muito bem trabalhados e originais, com várias poses do personagem, chipsets (cenários) variados, e menus lindos, principalmente os displays de batalha, que por sinal são vários, dão um toque perfeito a este jogo!

Mas nem tudo é alegria e podemos ver alguns pontos onde faltou o capricho da equipe, como nas chars (personagens). Há momentos em que a char faz movimentos estranhos, como se tivesse sido recortada. Mas, nada que faça o jogo perder o brilho!

A parte que mais chama atenção no game é a programação, com uma batalha action magnífica e menus extremamente funcionais. A batalha traz inúmeras funções que no começo até ficam bastante confusas, mas logo que se joga, pega-se bem o jeito (nada como uma lida no manual). Porém há sistemas que não se consegue entender até o final do jogo. Um ponto que chama atenção são as marcas da série na batalha:

• Sistema de fadiga;
Melhoramentos das armas com orbs;
Sistemas de itens dano;
Chefões gigantes.

Os menus já não se podem elogiar tanto. São confusos. Talvez pelo fato de estarem inclusos no estilo Ring Menu, que lhe impede de ter uma visão total das possibilidades disponíveis.

A história pode se classificada como um pouco comum, mas sendo um FanGame, ela tem que ter ligação com o jogo original, trazendo alguns pontos de humor e a famosa árvore Mana! Os mapas ajudam ao jogador ingressar dentro do mundo de Celetial Island fazendo com que a história nos envolva. Os problemas desta parte são os diálogos com algumas expressões um tanto “inadequadas”.

Memories of Mana se tornará uma pérola dos jogos brasileiros e deve ser jogado por todos até o fim! Não importa o quanto esteja difícil, é preciso zerá-lo para poder se orgulhar e falar: “Eu trabalho com a ferramenta que produziu este jogo!”.

Gráficos: 9
Trilha Sonora: 9,5
Programação:
9,5
Roteiro:
8,8
Jogabilidade:
9,2
Replay:
9
Avaliação Final:
9,4

Idosos fazem competição de Wii

Casa de repouso nos EUA adota console da Nintendo para divertir moradores. Idosos aprovam o console e participam de campeonatos de boliche virtual. Leia matéria completa no G1.

Final Fantasy XIII estará além do PlayStation3

Final Fantasy XIII está seguindo a linha dos games que estão ganhando novos amigos além do PlayStation3, como Assassin’s Creed, Virtua Fighter 5 e Devil May Cry. De Acordo com o que George Fornay, presidente da Sony Computer Entreteniment da França, os custos para desenvolvimento estão altos para a lista de exclusividades do PS3.

“O custo para o desenvolvimento esta estourado, o que tornou difícil termos mais exclusividades além de nossos próprios games (…) isso também se aplica ao Final Fantasy XIII, que eu posso afirmar, sua exclusividade esta em debate.”

Ainda não contente, Hironobu Sakaguchi (criador da série Final Fantasy) disse ele mesmo que o Xbox 360 é “excelente plataforma para o desenvolvimento do jogo”…

[continua em Jornal Gamer]