Games e marcas: uma parceria com resultados cada vez mais inovadores

Os videogames podem até não parecer o lugar mais óbvio (ou mesmo preferível) para campanhas publicitárias. Porém, quando bem executadas, o resultado pode ser memorável – tanto para marcas e desenvolvedores quanto para os aficionados por jogos eletrônicos. Uma combinação vantajosa para todos.

Para os estúdios de games, os patrocínios ou a criação de espaços de publicidade garantem uma verba extra no orçamento, permitindo um produto final de maior qualidade para os jogadores. Já para as marcas, significa colocar seus produtos na frente de um público que passará, em média, de 25 a 125 horas com um jogo. Ou seja, a combinação de mensagens de branding e games incentiva os usuários a interagir com uma marca muito mais do que fariam de outra forma.

Marcas e games têm uma longa história em comum, que vai desde iniciativas insipientes como o lançamento do jogo de ação da Pepsi intitulado “Pepsiman”, em 1999, até mais recentemente com “Game of Thrones: Winter is Coming”, uma parceria entre a Yoozoo Games, WarnerBros e HBO. De fato, as colaborações entre marcas de diferentes nichos é cada vez mais comum.

Colaborações e gamificação

Desde o mês passado, os 80 milhões de jogadores do “The Sims” podem vestir seus avatares com designs originais da grife Moschino, como resultado de uma parceria entre a Electronic Arts e o designer italiano. Do mesmo modo, em abril, a PokerStars uniu-se ao UFC, a organização de promoção de artes marciais mistas, para criar uma modalidade de poker que fosse inspirada nas lutas do octógono – é uma das empreitadas de ambas como parte de uma exclusiva parceria global.

Outra forma pela qual as marcas têm explorado o universo dos games é através da gamificação, em que elementos de jogabilidade são utilizados para aumentar o engajamento da marca. Um exemplo clássico é o jogo “Monopoly” do McDonald’s, uma parceria entre a cadeia de fast food e a fabricante de jogos Hasbro. A mesma estratégia foi utilizada com sucesso quando o Yahoo surpreendeu seus usuários ao colocar as naves de “Space Invaders” invadindo seu portal, em 2009.

Mais recentemente, no último dia 2 de fevereiro, o popular produtor de música eletrônica Marshmello realizou um concerto ao vivo em formato de gum ame. O evento teve a participação de mais de 10 milhões de pessoas e serve como um exemplo extraordinário de como novas formas de gamificação podem ser aproveitadas na publicidade

Foto por Sean Do, Licença Unsplash

Deixe seu comentário