BIG

Mostra de jogos, Game Jam e  palestra são as atividades do  BIG Mix Diversity 2019

Após a ótima repercussão da iniciativa BIG Mix Diversity, realizado no ano passado, está mais do que confirmada a segunda edição do evento que traz games inovadores. Sim, o Festival Mix Brasil de Cultura recebe pelo segundo ano consecutivo o programa, que tem apoio do Conselho da Diversidade da Abragames, Games [4Diversity] da Holanda, dos Países Baixos, do Goethe-Institut São Paulo, da Women Game Jam e da Game Jam +. Nesta edição, os 4 jogos finalistas da categoria BIG Diversity do BIG Festival 2019 serão expostos no Centro Cultural São Paulo, de 14 a 20 de Novembro.

Os seguintes projetos já estão certos de aparecer na mostra “Huni Kuin: Yube Baitana” (Bobware/Beya Xinã Bena) e “Spikes on High Heels” (Amand.APPs), ambos representando o Brasil. Já os finalistas internacionais são “after HOURS” (Bahiyya Khan, Claire Meekel, Tim Flusk and Abi Meekel), da África do Sul e “She Dreams Elsewhere” (Studio Zevere), dos Estados Unidos.

Os jogos do BIG Diversity estão concorrendo ao Coelho de Ouro, tradicional premiação do Mix Brasil na categoria voto popular. O público poderá escolher seu jogo favorito até dia 19 de novembro. O vencedor será anunciado na cerimônia de Premiação do Festival que ocorre dia 20 de novembro, às 19:00h, na sala Adoniran Barbosa, no Centro Cultural São Paulo, CCSP.

Um dos pontos altos da programação é a 2ª BIG Mix Jam [4Diversity], uma game jam que reunirá desenvolvedores de jogos por 48 horas, entre os dias 15 e 17 de novembro, no Goethe-Institut São Paulo, para a criação de um game. A atividade será conduzida por Sabina Dirks, do Games [4Diversity], e contará com mentores das empresas Webcore Games, Tapps Games, entre outras. O tema da jam será revelado na hora do evento, mas, para inspirar os participantes, convidamos o cantor Gaê, a jornalista Roseli Tardelli, e o trans Dan Mendes. O evento é gratuito e as inscrições estão abertas.

“A aproximação dos games com o festival Mix Brasil é uma oportunidade incrível de colocar os jogos como mais uma ferramenta na luta por uma sociedade mais inclusiva e que respeita as diversidade. Os games são a principal mídia de entretenimento e o número de jogadores globalmente é enorme, logo, usá-los em prol de causas nobres como a da diversidade é fantástico”, disse Marina Pecoraro, idealizadora da BIG Mix Jam [4Diversity].

A roda de conversa “Videogames: A mudança de paradigmas para um mundo melhor”, encerra as atividades do 2º BIG Mix Diversity, no dia 17 de novembro, no CCSP. A mesa reunirá profissionais da indústria de games do Brasil e da Holanda para discutir o papel do videogame para uma sociedade mais diversa e socialmente justa. Todas as atividades do BIG Mix Diversity são gratuitas!

 

Serviço: Mostra de Jogos – BIG Diversity

14 a 20 de Novembro

Local: Centro Cultural São Paulo, R. Vergueiro, 1000

 

BIG Mix Jam [4Diversity]

15 a 17 de Novembro

Local: Goethe-Institut R. Lisboa, 974 – Pinheiros, São Paulo

Inscrições: https://bit.ly/2JpgnDN

 

Mix Lab:  Videogames: A mudança de paradigmas para um mundo melhor

Overview: A mesa reúne profissionais da indústria de games do Brasil e da Holanda para discutir o papel do videogame para uma sociedade mais diversa e socialmente justa.

 

Participantes:

Sabina Dirks, Games [4Diversity]

Marina Pecoraro, BIG Festival/Conselho da Diversidade da Abragames-

Simon Gamboa, Tapps Games

Camila Malaman, Webcore Games

Mayara Fortin, Webcore Games

Amanda Sparks, Amand.APPs

 

Deixe seu comentário