São Paulo Tech Week – Maior semana de inovação e tecnologia da América Latina terá atrações envolvendo games

Anualmente a cidade de São Paulo recebe um grande evento que reúne lideranças do setor de tecnologia, a São Paulo Tech Week (SPTW), o maior festival de tecnologia e inovação do país, para iniciar os preparativos da edição de 2019. O evento costuma atrair cerca de 50 mil pessoas de diferentes países como Canadá, França, Reino Unido, Noruega, EUA e Israel, gerando negócios e patrocínios na casa dos 10 milhões. Para este ano a novidade será a São Paulo Game Jam – Hackathon Online oficial do evento.

 

São Paulo Game Jam

Basicamente os produtores terão 10 dias para criar um jogo digital ou analógico que atenda ao desafio proposto pela organização. O tema central somente será divulgado durante a abertura da SPTW, em 22/11/2019. A ideia é atrair investidores para o mercado de games nacional e usar os games para fomento da ciência.

De acordo com os organizadores da Game Jam, a novidade é fruto de uma parceria com o Museu Catavento. A premiação ao melhor colocado ainda não foi anunciada, de modo que ela será revelada também durante a abertura do evento. Sabe-se que as inscrições já estão abertas e podem ser realizadas aqui. A iniciativa é independente, ou seja, da comunidade para a comunidade, então todo apoio é bem-vindo.

 

Serviço – São Paulo Game Jam – Tech Week 2019

Quando: 22/11 a 01/12

Onde: evento online

Inscrições: São Paulo Game Jam

 

Stella Game Experience

Ainda sobre a São Paulo Tech Week, vale destacar outra atividade paralela ligada ao evento: a Stella Game. Com data marcada para o dia 23 de novembro, o evento busca fortalecer a utilização dos jogos como ferramenta de aprendizagem através de debates, reflexões e interação social. Os visitantes poderão interagir entre si enquanto jogam games de carta, tabuleiro, e-Sports e free-play.

O evento é dividido em dois grupos: um para alunos do 6º a 8º ano do ensino fundamental – em que as crianças mediarão os jogos voltados para questões sociais; enquanto que o outro espaço é voltado para alunos do 9º ano do ensino fundamental e alunos do ensino médio – que serão responsáveis por mediar jogos voltados a diversão.

De acordo com a organização do evento, o Stella Game Experience ainda contará com campeonato de Just Dance, com direito a premiação. A ideia é juntar os amigos e se divertir sem compromisso. A entrada para o Stella é R$ 10,00. O valor arrecadado será utilizado em obras sociais e para custear a formatura dos alunos do 9º ano.

Serviço – Stella Game Experience – Tech Week 2019

Quando: 23 de novembro, das 10h às 15h

Onde: Colégio Stella Maris – Rua Cardeal Arcoverde, 1097 – Pinheiros, SP

Quanto: R$ 10,00

Inscrições: Stella Game Experience

Representatividade Feminina nos Games é o tema da próxima palestra do Conselho da Diversidade da Abragames

A representatividade é uma pauta bastante atual e necessária nos dias de hoje. Não é por acaso que a Abragames promoveu no último mês de agosto o 1º Ciclo de Debate sobre representatividades de minorias no Conselho da Diversidade da Abragames, onde se discutiu a Representatividade Negra nos Games e criou-se o Selo de Apoio e Incentivo à Diversidade na Indústria de Games. No próximo dia 22 de outubro, será realizado o 2º encontro, na Unibes Cultural, cujo tema será a Representatividade Feminina nos Games.

De acordo com a Abragames, a discussão abordará a participação das mulheres na indústria de games e a construção de personagens femininos nos títulos AAA e nas produções independentes. O tema vai trazer números e fatos de uma indústria que sempre foi dominada pela figura masculina e relegou às mulheres o papel de coadjuvante.

Segundo o relatório da Indústria Brasileira de Jogos Digitais, realizado pelo Ministério da Cultura, em 2018, apenas 20,7% da indústria brasileira de games é ocupada por profissionais mulheres, apesar de representarem 58,9% dos fãs de jogos casuais, segundo a Pesquisa Game Brasil 2019. O evento reunirá mulheres que trabalham com jogos para debater o papel das mulheres na indústria de games brasileira e para discutir ações que possam diminuir o gap entre trabalhadores da indústria x jogadoras.

“Queremos mostrar que apesar do gap ser grande, o que acaba por influenciar a construção de personagens femininos, existe um contra-movimento preocupado em mudar esse cenário. Se pegarmos o jogo Tomb Raider de 1996, a protagonista Lara Croft era a típica mulher gostosa, porém a partir de 2013 a franquia repaginou a personagem e hoje temos uma Lara muito mais real, em que as mulheres se sentem representadas e que não está no jogo para satisfazer os homens. Esse é um dos exemplos, mas tem muitos outros. Porém, ainda um grande caminho a ser percorrido”, afirma Camila Malaman, do Conselho da Diversidade da Abragames e coordenadora do Ciclo de Debates.

O debate “Representatividade Feminina nos Games” acontece no dia 22 de outubro, às 19h, na Biblioteca da Unibes Cultural (Rua Oscar Freire, 2.500), entrada franca.  Entre os debatedores, estão: Rany Ferraz – Garotas Geeks, Aiami Garcia – PushStart, Nayara Brito – More Than Real, Renata Rapyo – Tapps Games e Amanda Rolim – pesquisadora. Mais informações aqui.

 

Serviço – 2º Conselho da Diversidade da Abragames – Representatividade Feminina nos Games

Quando: 22 de outubro de 2019

Onde: Biblioteca da Unibes Cultural – Rua Oscar Freire, 2.500

Quanto: gratuito