cave_645

VP da Bethesda diz que forçar multiplayer em todos os games é perda de tempo

Hoje em dia, são poucos os jogos que não possuem recursos multiplayer. As empresas dirigem esforços e incluem a funcionalidade mesmo a títulos que a prioridade seja o modo individual. Mas, será que precisaria ser assim?

Para Pete Hines, vice-presidente de marketing da Bethesda Softworks, incluir um modo multiplayer a qualquer título é “perda de tempo”.

De acordo com o executivo, as pessoas perguntam porque não foi incluído um modo multiplayer em Skyrim ou Prey 2. “Bem, nossa questão sempre é oposta quando falamos com um desenvolvedor. Se você está fazendo multiplayer, porque está fazendo? O que quer conseguir com isso?”, comentou em entrevista ao site Next-Gen.

“Se você está fazendo isso apenas para riscar da listinha ou porque todas as outras distribuidoras dizem que você tem que ter multiplayer, então desencane, não se preocupe, é uma perda de tempo, uma distração gigantesca e tornará o produto final pior”.

Para Hines, o ideal é fazer o melhor jogo possível, mesmo que seja um título individual de 15 ou 20 horas.

O que você acha? Concorda ou cabe ao desenvolvedor atender a demanda e encontrar saídas inteligentes para modos multiplayer em todos os títulos?

17 opiniões sobre “VP da Bethesda diz que forçar multiplayer em todos os games é perda de tempo”

  1. Owww é por essas e outras que eu adoro a Bethesda. Os caras são os gênios do single player em outras palavras, são os gênios dos jogos que oferecem as experiencias mais profundas e recompensadoras.

    Sim, eu sou um jogador do século passado (Atari a Z) e sim, prefiro experiencias single player ou em alguns casos exemplares como Gears of War, Resident Evil 5 e Tenchu, me empolgo com uma jogatina co-op. Mas em sumo acho que é exatamente como o Pete descreveu em seu comentário, em alguns jogos simplesmente NÃO DEVE haver multiplayer e ponto. Por que? Putz é simples: multiplayer é algo relativamente antigo que ainda carrega uma estigma de novidade e que continua trazendo uma empolgação exagerada, fazendo com que as pessoas fiquem aficcionadas em ver a modalidade em todos os jogos, mesmo que de forma inútil.

    Comparo isso a febre do limão, que é quando alguém começa a colocar limão em todas as bebidas geladas, pratos salgados e doces sem distinção sendo que não é por ai, limão é bom mas não combina com tudo.

    Multiplayer é na maioria das vezes um paliativo para prolongar e tentar enriquecer uma experiencia imcompleta. É muito comum lermos análises que computam o quisito multiplayer para compor a nota (experiencia) do jogo. Por outro lado há jogos que exigem multiplayer por trazer de fato uma experiencia totalmente nova e somatória e que de forma maestral empolgam duplamente com ambas experiencias single e multiplayer.

    Mostra pra eles como se faz Bethesda!!!

  2. Concordo plenamente com o Lucas, vai depender da proposta de cada jogo. Jogos FPS, por exemplo, a experiência multiplayer é duradoura, já em RPG´s nem tanto. É isso, vlw!

  3. Com certeza.

    Muitos jogos foram estragados na tentativa de colocar multi-player onde não existia !

    Se voce pegar o tempo necessário para fazer o mutli-player e aplicá-lo no jogo original em single-player, com certeza teremos um desenvolvimento mais atencioso aos detalhes !

    Abraços. !

  4. Nem todos os jogos devem ter multiplayer, isso e fato, e uma pena que tem empresas que acham que devem fazer isso simplesmente porque e moda nos jogos!

  5. concordo plenamente com o lucas… um jogo tem ki ter total atenção em seu modo singleplayer , pq existem varias pessoas ki são mais das antiga ,como eu por exemplo, que me empolgo mais com um belo de um singleplayer do que jogar um jogo o resto da vida no modo multiplayer online sem ao menos entender a historia do game… tipo um modo online nos game ajuda a prolongar a vida do proprio, masssss, somente depois de ter passada pela experiencia do singleplayer…. !!!::: conclusão… uma game só considerado "foda" se tiver uma campanha single boa…. mas se for comprar um game por causa do modo online prefiro jogar Counter Strike (que todo mundo sabe ki nem existe historia por tras do jogo, é jogar e pronto)!!!

    gosto do jogo ki me segure por horas na frente de uma tv curioso pra saber como vai terminar a historia!!!

  6. Concordo.

    Acho que um Single duradouro com uma história empolgante mto mais compensador do que um multiplayer.

    Olha Fallout 3 e New Vegas por exemplo,nossa,o jogo vale cada centavo,duradouro e empolgante,pior é gente que só compra jogo se tiver multi,po,os caras se esforçam pra caramba pra fazer obras primas como Fallout,Bioshock,Mass Effect e etc mas galera não compra porque não tem um multi.

    Pete falou tudo,bom,esperar mais o que de alguém que trabalha na Bethesda,pra mim a melhor desenvolvedora de jogos da geração atual.

    1. Pos é Lol não posso dizer que tinha essa idéia formada, mas com o seu comentário em relação a melhor produtora da geração atual… cintando os Fallouts… pensando na experiencia que esses jogos proporcionaram…

      nessa geração pelo menos pra mim foi algo ímpar, sem paralelos. Sendo assim sou obrigado a concordar com vc acho que os caras mostraram o verdadeiro significado de um jogo orgânico, não linear que te recompensa a vasculhar cada cantinho e tomar partido em cada evento preparado de forma magistral por esses gênios da industria dos games.

      Parabéns Bethesda vcs merecem nossa admiração.

  7. existem grandes sucessos que nao necessitam dessa febre de multiplayers que vem surgindo por ai, por isso que adoro a Bethesda, criam single players extremamentes fantasticos. Parece que hj em dia os gamers estao se esquecendo daquilo que fazm os jogos serem obras, uma boa e bem contada historia !

  8. Acho que isso é relativo demais, depende muito de cada estilo de jogo e do objetivo da produtora. Se for atingir um público maior de hardcore gamers creio que o modo single player seja o mais aconselhável, mas se forem os casual gamers a meta das produtoras, imagino que uma modalidade multiplayer vem muito a calhar.

  9. Bioshock 2 é um exemplo clássico, um baita jogasso com um multiplayer que ta lá só para dizer que tem.

    Concordo plenamente com o Pete Hines, não há necessidade de fazer um multiplayer se a proposta do jogo é Single Player, é um tempo que gasto que a equipe poderia utilizar com algo mais produtivo, como refinar o título ou adicionar conteúdo extra para incentivar o "replay".

  10. comunicação entre pessoas e fundamental na época em que vivemos e os jogos hj em dia então tomando um rumo maior que o cinema na verdade esta virando uma mistura dos dois…..o jogos estão adotando enredos mais elaborados e angulos mais adequados mas isso não tem nada a ver com o que quero me expressar…..na minha opinião o melhor jogo ainda esta para ser feito……..o modo multiplayer ou para ser masi presiso um mmo…..seria o ideia em jogos de ação um exemplo é o CoD Md2

  11. Se isto é um fato novo pra alguem, esta pessoa não curte games! Eu quase nunca jogo on-line porque achou todos muito parecidos. Quem jogou um game on-line de combate já jogou todos, a diferença é que os gráficos de um são melhores que do outro e a jogabilidade um poquinho diferente e só! O pior é jogar on-line com aqueles que já conhecem cada centimetro do mapa e não faz mais nada na vida, aí vira um SACO de tão chato o game. Você fica parecendo um otário querendo sobreviver em um mundo virtual sem nada de novo a descobrir e observar. O mais louco de um game, são as descobertas que você tem que fazer, os desafios inovadores que aquele game pode lhe oferecer, a interatividade em uma estória e não quantos oponentes eu consegui matar naquele dia e quanto eu pude subir no ranking mundial pra mostrar pro amiguinho da escola. Games não são mais coisa só de criança em período de auto-afirmação! Eu já tenho 38 anos! ;o) Não é a toa que os games já superaram o cinema em faturamento.

  12. Eu nunca jogei on-line. E concordo que um jogo deve ter um single bom, profundo, o multi tem que ser algo muito bem pensado pois um modo coop poderia ser muito melhor, para alguns seria bom para quem quer jogar com alguém e com uma IA boa seria interessante para quem joga o single. Vi por várias vezes pessoas criticando BioShock2 só não entendi o por que. Com relação a febre dos multiplayer é para forçar os jogadores a pagar as redes dos consoles, causar uma "dependência" através das inúmeras vezes que ouvimos que temos que jogar on para ter uma experiência completa.

  13. Eu fico feliz em saber que não sou o único do mundo que gosta de jogos em single player.Para ser sincero eu não tenho paciência para jogar multiplayer.

    Jogo bom é jogo que tem história, começo, meio e fim.São quatro coisas que você não encontra na maioria dos jogos multiplayer.

    Não sei qual é a graça em ficar só evoluindo em um rpg, caçar no mesmo mapa de um FPS ou ficar tomando conta de uma cidade ou fazenda.

    O que me deixa mais triste é que bons jogos de FPS e RPG estão deixando de ser feitos por causa dessa moda MP.

    O jogo Wolf Team, por exemplo, tem uma idéia legal (a pessoa pode se transformar em lobisomen) e gráficos bons (apesar de ultrapassados).Mas e a história?

    O jogo só se resume em trocar tiros.Não tem porquê eles viraram lobisomens ou quem os contratou para serem mercenários.

    A cada semana eu vejo um novo jogo de FPS ou RPG sendo lançado com a mesma propósta (atirar ou ficar evoluindo) e o pior é que isso está sendo levado para outros gêneros onde é praticamente impossível ter um modo multiplayer.É o caso do Silent Hill.

    Andei lendo uma reportagem onde os autores do jogo estão pensando em fazer um Silent Hill multiplayer.

    Eu só espero que a moda não pegue para o pessoal que produz o Resident Evil.Já são poucos os jogos survival horror (sendo que os últimos RE estão mais para jogos de tiros do que survival horror) e seria lamentável ter que ver bons jogos desse gênero virando só mais um multiplayer da vida.

    Só falta eles quererem fazer multiplayer de adventures point-and-click.

  14. Olha, como foi dito, por ter que se preocupar em um multiplayer isso poderia tornar o produto final pior, e vejamos oblivion em 2006, foi um puta jogo do car@(%0 da mesma forma q half life 2, ambos sem multiplayer, se comparados aos com multiplayer, nem da graça, a campanha desses outros q é fácilmente zerada em 4 hrs, são sem história e o multiplayer normalmente é jogado repetidamente em 4 a 5 fases q são as favoritas da maioria. Pô você fica ansioso o ano inteiro pra lançar, dai quando lança tu zera em 1 dia, e ainda pagar uma fortuna num jogo pra ficar jogando a mema merda de mapa não dá..
    Claro que se a bethesda fizesse o próximo The elder scrolls com um possivel cooperativo, por mais simples q seja tipo 2 jogadores, mais que não interferisse na sua campanha ao jogar offline, ia ser FODAA!! :D
    ansioso d+ aki 11/11/11 skyrim :O

  15. Skyrim poderia tranquilamente ter um multiplayer como o de Fable 3… onde personagens se encontram em um mesmo mundo (que seja até 4 jogadores) e fazerem quests, caçar dragões… acho que poderia agregar bastante para o jogo… mas se a mecânica funcionar do jeito que eles dizem que vai… não vou sentir a menor falta do Multiplayer!!! *_*

Deixe seu comentário