gr-starcraft2

Universidade americana usará game blockbuster para ensinar habilidades reais aos seus alunos

Jogos educativos não são novidade, mas o que a Universidade da Flórida, nos Estados Unidos, está fazendo é inédito.

Está oferecendo aos seus estudantes uma aula de StarCraft. A idéia do corpo docente é ensinar, através do game da Blizzard, habilidades em áreas como gestão de recursos, tomadas de decisão, resolução de problemas e pensamento crítico.

Ou seja, usar os aspectos de gerenciamento de unidades e tática aplicado ao mundo real. Essa será a primeira aula completamente online, e nela os estudantes jogarão e assistirão a partidas para tentar analisar como aplicar o que viram no mundo online para o mundo real.

Curioso, não? O que você acha disso?

[Via Joystiq]

6 opiniões sobre “Universidade americana usará game blockbuster para ensinar habilidades reais aos seus alunos”

  1. Eu acho isso fantástico!
    Penso que os alunos aprenderão muito sem nem mesmo perceber, pois o foco desse jogo é a diversão, mas para vc vencer/se divertir precisa de desenvolver habilidades e conceitos que tmb são usados no mundo real.
    Com uma boa orientação acredito que existirão ótimos resultados nessa empreitada.
    Espero que novas atitudes como essa sejam aconteçam cada vez mais na área educacional.

  2. A notícia é sem dúvida fantástica! É uma evidência clara do reconhecimento da importância do processo ludológico na aprendizagem do aluno, independentemente de idade.

    Ano passado escrevi um artigo sobre esse mesmo tema (http://vagrantbard.com/2009/08/20/jogos-curriculares/) e felizmente esse trajeto indica que há anos as universidades vem procurando formas de adequadamente inserir jogos em suas grades curriculares.

    Contudo, o que antes era um desafio maior, agora está se tornando uma atitude mais aceita e implementada em função do número crescente de cursos que incorporam jogos nas suas matérias. Não é a toa que Portal recentemente foi incluído na grade curricular na faculdade de Wabash (http://www.wired.com/gamelife/2010/08/portal-wabash-college/).

  3. Concordo, é uma iniciativa interessante. É como foi dito no texto: "…habilidades em áreas como gestão de recursos, tomadas de decisão, resolução de problemas e pensamento crítico.". Em jogos desse gênero (RTS) isso é essencial, assim como na vida real onde uma decisão errada ou atrasada significa perder uma oportunidade.
    Agora falta ficar sabendo por parte dos alunos se eles conseguirão ficar analisando o jogo ao invés de jogar e assistir como gamers XD.

Deixe seu comentário