Udemy explica como a gamificação pode ser aplicada na educação e no trabalho

Já falamos várias vezes sobre o conceito de gamificação, hoje vamos falar mais um pouco sobre o conceito. A técnica busca aplicar a lógica da mecânica dos videogames ao campo educacional e empresarial. A ideia é que as habilidades ou disciplinas a serem ensinadas sejam apresentadas como fases a serem superadas, obtendo pontos e até montando tabelas de classificação dos participantes. Algo como transformar o aprendizado em um jogo. A técnica está sendo bastante utilizada por instituições que querem motivar seus funcionários e melhorar resultados.

Uma das empresas que está atenta a essa onda é a Udemy, a plataforma de ensino virtual mais famosa da atualidade, que está utilizando a gamificação para ensinar seus alunos. Basicamente seus métodos de ensino de alguns cursos se baseiam na formação de indivíduos produtivos, brincando com as regras do mundo real, sem a tensão de falhar como no método convencional. Ou seja, é uma situação em que é possível cometer erros para buscar melhorar depois, ao invés da punição de notas reprovadoras.

Tal como num videogame, em que a lógica interna é construída por meio de uma narrativa, que organiza as informações de maneira simples e lógica, a gamificação se baseia em criar uma história envolvente, com problemas objetivos que desafiem as habilidades e perseverança do aluno. O que está em foco é a familiaridade dos alunos com conceitos, habilidades ou histórias para facilitar a introdução ao assunto mais profundo da disciplina e fazê-lo com um interesse maior. É como aprender jogando.

De acordo com a Udemy, a apresentação desse tipo de atividade no processo de aprendizagem não é apenas uma forma de provocar interesse de maneira momentânea, mas também incentiva a continuidade do aprendizado. Quando os dados são recebidos de maneira impessoal e não são imediatamente aplicáveis, os alunos vêem isso como um procedimento que deve ser superado para ser aprovado nas provas ou exames, nada mais.

Deve-se destacar que apesar de ser um método efetivo e mais divertido, a gamificação não substitui o ensino tradicional ou a figura de instrutores e professores. Vamos pensar nela mais como um complemento que está fornecendo ótimos resultados. É uma maneira diferenciada de abordar um conhecimento que se quer aprender sem ter que entrar totalmente em conteúdos que ainda não compreendemos e cuja dificuldade pode gerar apatia.

Essa técnica, além de já ter sido aplicada em escolas com bons resultados e ter revolucionado o aprendizado digital, também chamado de Educação a Distância (EaD) ou e-learning, deve chegar até a formação nas empresas. De acordo com um estudo da Udemy sobre treinamento no ambiente profissional, 3 dos 10 chefes de departamentos de treinamento planejam incorporar essa técnica em programas de treinamento para seus trabalhadores ao longo dos próximos anos.

A Udemy possui quatro cursos para quem quer aprender mais sobre a Gameficação, sendo eles:

 

Curso de Introdução à Gamificação (gratuito)

Curso de Motivação através de jogos

Introdução à Gamificação: Teoria e Aplicações Práticas

Ensinando com Jogos

 


Also published on Medium.

Deixe seu comentário