Arquivo da tag: zumbi

Capcom celebra os 20 anos de Resident Evil

Este final de março marca o aniversário de 20 anos de uma das franquias mais amadas de todos os tempos entre os jogos eletrônicos. Quando lançou Resident Evil, a Capcom sequer esperava que a série de terror se tornaria tão popular quanto se tornou e muito menos que ela sobreviveria por tantos anos, apesar dos altos e baixos.

Resident Evil narrava a aventura do aloja tema em busca de respostas acerca do desaparecimento da equipe bravo tema que desapareceu nas florestas próximas a Raccoon City, a aventura os levam até uma mansão infestada de zumbis e criaturas saídas de pesadelos. O Game revolucionou o significado da palavra survival horror ao entregar uma trama envolvente, puzzles desafiadores e uma ambientação típica de filmes de zumbi.

O jogo era pontuado por corredores escuros, aposentos agourentos, jump scares e momentos tão arrepiantes que qualquer um ficaria com a espinha congelada. Quem não se lembra da clássica cena do primeiro zumbi encarando o jogador? O peso da marca Resident  Evil é enorme e sem sombra de dúvidas é sinônimo de sucesso e já deixou seu nome registrado como ícone da cultura pop.

São mais 66 milhões de jogos vendidos, além de filmes e livros licenciados. Para celebrar o 20º aniversário da série, a Capcom lança uma série de entrevistas com os desenvolvedores, com comentários de alguns dos mais influentes membros da equipe até hoje. Os responsáveis pela franquia reabrem as portas da mansão para rememorar os primórdios do fenômeno do survival horror e sua ascensão épica ao longo dos anos.

O primeiro vídeo, com o produtor Hiroyuki Kobayashi, já está disponível no canal oficial do YouTube com legendas em português brasileiro (é preciso ativar as legendas no player). De acordo com a Capcom, as comemorações do aniversário irão continuar ao longo dos próximos 12 meses e a equipe está trabalhando duro para revelar algumas surpresas incríveis. Uma das novidades, aliás, já foi revelada: o novo filme em CGI Resident Evil: Vendetta. Além disso, a Capcom relançou Resident Evil 6 para Xbox One e Playstation 4.

Já para aqueles que querem sentir o gosto de nostalgia de um dos jogos mais emblemáticos da geração 32 bits, a dica é jogar Resident Evil Origins Collection, que foi lançado há pouco tempo para os consoles de nova geração. Ainda que a nova versão seja um revival do jogo lançado em 2002 para o Game Cube, a experiência está toda lá, porém melhorada. Nele você revê todos os momentos clássicos como o encontro com o primeiro zumbi, o ataque dos cachorros infectados e as batalhas contra cova gigante e chefão do jogo.

Abaixo fica o primeiro vídeo especial dos 20 anos de Resident Evil:

Conheça The Last War, o survival da equipe WolfB

Um game bem ambicioso está sendo produzido pela equipe brasileira do WolfB, mas para se tornar real precisa de ajuda no site de crowdfunding Kickante. O jogo em questão chama-se The Last War, um survival horror com foco em multiplayer online onde os jogadores precisam resistir ao apocalipse zumbi que varreu a maior parte da civilização. De acordo com os desenvolvedores, o grande destaque deve ser o nível de dificuldade, pois este está sendo aprimorado para tornar o jogo o mais desafiador possível.

O game permite que o jogador alterne a visão da câmera entre 1º e 3º pessoa, de modo que os jogadores deixem o jogo da forma que considerem melhor para jogar. The Last War está em desenvolvimento há cerca de um ano e tem influências em jogos bastante conhecidos do público gamer, como DayZ e Infestation.

Além de ser o primeiro projeto do gênero produzido por brasileiros, The Last War também quer inovar em outros aspectos, como a introdução do grupo A Ordem. Formada por administradores, a Ordem é um grupo criado com o objetivo nos servidores e monitorar a ação dos jogadores e, assim que algum player tentar burlar o sistema anticheat do jogo, a Ordem sai em seu encalço para assassiná-lo. A intenção é trazer paz para as cidades e eliminar jogadores com reputação negativa da jogatina.

Outro aspecto interessante é que o mapa inicial do game é a cidade do Rio de Janeiro. Já imaginou um apocalipse zumbi na Cidade Maravilhosa? Se a equipe conseguir passar demais metas, será incluído o mapa da Amazônia. Quem sabe futuramente eles não incluem mapas de outras cidades brasileiras, como São Paulo e Porto Alegre? Não custa sonhar.

A meta inicial é de R$ 30 mil, que serão utilizados para a compra de equipamentos e licenças de programas para a produção do jogo. A versão inicial terá 10 modelos de armas, quatro personagens jogáveis e três zumbis diferentes (cada um com suas habilidades especiais). A campanha fica no ar por mais 50 dias, então se você gostou do projeto e quer contribuir, corre lá na página do Kickante.

Abaixo tem o trailer de The Last War:

Break Loose: conheça o novo game do estúdio Pixtoy

Para abrir o mês de março vamos falar de um game brasileiro bastante promissor que está em campanha no Catarse. Trata-se do jogo indie Break Loose, um título de ficção que coloca os jogadores no comendo de uma trupe de sobreviventes de um mundo pós-apocalíptico.

Isolados em bases militares e carentes de recursos para manter a sobrevivência, nossos heróis saem para fora em busca de algo que possa salvar o mundo do apocalipse zumbi que se formou no planeta. Ao sair em ambiente aberto os heróis precisam tomar cuidado para não sobreviverem às investidas dos zumbis. Para isso, ele contam com suas habilidades e inteligência. O jogador precisará mostrar atenção e velocidade para ajudar os personagens.

O game segue o consegrado estilo endless running, deste modo, o mais próximo que o jogador chega do fim é cumprindo missões e evoluindo o personagem até chegar ao posto mais alto do ranking. A ideia é que o jogador fique com gosto de quero mais. Você deve correr por uma cidade devastada, passando por carros abandonados, prédios arruinados e zumbis.

Ao todo são três personagens centrais: Tyler, Marie e Big Joe. Cada um deles tem suas características próprias. Tyler é o cara da destreza; Marie é a delicada e impiedosa do grupo e Big Joe é o grandalhão que leva tudo muito à sério. O estilo artístico do game é muito interessante e anima só de olhar.

O game é projeto do estúdio Pixtoy, que tem foco em jogos mobile. Eles são os criadores do conhecido Tuga Boy Adventures, que ganhou boa visibilidade da mídia. Break Loose será lançado para as plataformas iOS e Android assim que a meta de R$ 20 mil for alcançada. Vale destacar que o jogo será gratuito e que o time de desenvolvimento pretende lançá-lo já em março de 2014. Mais informações na página do projeto no Catarse.

Confira o vídeo de Break Loose:

App Zombies, Run! Corra por sua vida neste game

App Zombies, Run!

O app Zombies, Run! mistura corrida de rua com o universo de zumbis para fazer você se exercitar. Uma forma interessante de usar a gamificação e engajar pessoas.

Imagine-se em uma realidade alternativa dominada por zumbis. Tendo que sobreviver recolhendo itens espalhados pela cidade como ração humana, rádios, computadores, armas de fogo e outros tantos suplementos. Disponível para diferentes plataformas mobiles, esse aplicativo transformará a sua cidade em uma quase Racoon City, de Resident Evil.

O game começou como um projeto independente no ano de 2011, mas passou a ganhar mais e mais adeptos ao redor do mundo. A proposta de Zombies, Run! é de você experimentar uma nova experiência quando for praticar sua corrida diária e transportar você para uma outra realidade durante a prática do esporte.

Como jogar Zombies, Run!

Antes de qualquer coisa, coloque os fones de ouvido. Agora dê o play no aplicativo e escolha a sua missão do dia. Nesse momento o app criará automaticamente uma narração para você (em inglês) sobre um mundo pós-apocalíptico. Nele você precisará sobreviver às ondas de zumbis e recolher o maior número de itens espalhados pela cidade.

Mais tarde, esses itens ajudarão você a melhorar e reforçar a sua base. Depois correr, você tem a opção de compartilhar a o percurso que acabou de fazer no Facebook ou no Twitter. Ele conta com a distância percorrida, o tempo gasto, a velocidade média e as calorias perdidas durante a prática do exercício.

Assista ao vídeo abaixo e tenha uma ideia de como é fugir de zumbis no mundo real:

Os números de Zombies, Run! surpreendem. Em pouco mais de um ano, o game já conta com mais de 150 mil jogadores em todo o mundo, 1 milhão de quilômetros percorridos online, 160  mil hordas de zumbis registradas e cerca de três milhões e meio de suplementos coletados. O jogo conta também com versões para as plataformas iOS, Android e Windows Phone 7. O preço médio de cada loja é de U$8,00, dependendo da versão escolhida.

Acesse ao site do Zombies, Run! e conheça mais detalhes do game. Com certeza, uma ótima opção de aplicativo nerd para quem deseja praticar uma corrida na rua e manter seu cérebro a salvo!

Atire em zumbis, enfrente o coice da arma e sobreviva em Ammo Roar

Ammo Roar é um game independente divertido, com temática batida, porém controle único (ou ao menos, bem pouco explorado). Na pele de um herói, jogado em cenários fechados repletos de zumbis, você precisa sobreviver.

O game possui semelhanças com antigos plataformas, a começar pelos gráficos inspirados na era dos 8 bits. Funciona assim: você possui uma metralhadora, armamento pesado. Com um clique do botão do mouse, ela é disparada.

De portais surgem os zumbis. Diversos tipos deles, se movimentando em sua direção. Mas ao atirar contra eles para se proteger, a arma dá o coice. E você é arremessado em direção contrária ao tiro, o que serve de deslocamento.

Não se engane, achando que Ammo Roar é um game fácil. Dominar o esquema de controle e progredir pelos níveis exigirá bastante treino. Boa sorte!

:: Baixe Ammo Roar gratuitamente agora