Arquivo da tag: vídeo

Gomídia transforma São Paulo em cenário de jogo para a campanha de lançamento de Watch_Dogs 2

O lançamento de Watch Dogs 2 promete ser um dos mais empolgantes , especialmente em São Paulo. A Gomídia, agência de marketing digital, transportou o universo do game para as ruas de São Paulo. Basicamente a agência produziu um vídeo de 1 minuto em que um atleta de parkour vestido como o protagonista do jogo Watch_Dogs 2 percorre as ruas da cidade interagindo com o espaço urbano e com os passantes, simulando a dinâmica do próprio game. A ideia é passar um pouco da sensação do game para a vida real, permitindo que os jogadores brasileiros se identifiquem com o personagem e o universo do game.

Watch Dogs 2 conta com elementos de parkour e temática hacker, além de um mundo totalmente aberto para explorar. Os jogadores ficam livres para cumprir missões numa versão digital da icônica cidade de San Francisco. Além disso, o jogo mistura elementos de ficção com o mundo real. A produção da Gomídia contou com a colaboração de mais de 50 pessoas e será veiculada nas mídias sociais da Ubisoft durante a campanha de marketing do jogo.

“Watch_Dogs 2 mexe muito com a imaginação dos jogadores, não apenas por ser uma superprodução, mas por explorar diversos aspectos tecnológicos e permitir que o gamer viaje por um mapa gigantesco e real da cidade de São Francisco, nos Estados Unidos. A intenção da Gomídia nessa campanha foi aproximar esse ambiente dos fãs brasileiros, só que tendo como cenário as ruas de São Paulo e não as do Vale do Silício”, comenta Lucas Patrício, diretor geral e cofundador da Gomídia.

unnamedPara tornar o vídeo ainda mais real e imersivo, um atleta de parkour foi chamado para ser o dublê de Marcus Holloway – o jovem e brilhante hacker que protagoniza o jogo – e escalou e saltou em alguns dos pontos turísticos mais conhecidos de São Paulo, como o Vale do Anhangabaú, Viaduto do Chá, Praça Roosevelt e Minhocão. Já o youtuber Patife – que tem mais de 1,5 milhão de seguidores em seu canal –, sob o mesmo lenço que esconde o rosto do personagem dos videogames, foi o convidado surpresa que desempenhou o papel principal da trama e precisou atrair admiradores e apoiadores à sua causa formando um time de hackers, exatamente como no game. Com essa equipe reunida, o grand finale do vídeo aconteceu em frente ao prédio da FIESP, na Avenida Paulista: a cena de uma complexa operação hacker que mudou a paisagem do local.

Sobre o desafio de se criar uma ação que seja atraente para os consumidores e ao mesmo tempo interessante para o cliente, Lucas destaca que “quando se compreende os valores de uma produção tão complexa quanto a que um videogame busca em sua narrativa, amplificar essa mensagem por meio de outras mídias se torna uma missão mais fácil”.

Abaixo você confere o vídeo de marketing de Watch Dogs 2 produzido pela equipe da Gomídia:

 

Fãs criam Live Action de Majora’s Mask

majoras-mask-wallpaper

Alguns fervorosos fãs da franquia Zelda criaram um vídeo live action para homenagear o lendário Legend of Zelda: Majora’s Mask. Os efeitos especiais não são dos mais elaborados, mas o que vale é a intenção, que garantiu uma das homenagens mais bacanas que já vimos. Além dos figurinos, os ávidos fãs se preocuparam em utilizar as músicas do game e até os cenários vistos. Apesar das limitações técnicas, já dá para sonhar como ficaria uma superprodução feita por algum grande estúdio de Hollywood.

Confira o breve trailer live action abaixo:

Banda Gameboys toca fabuloso medley de Zelda

995602_620063788053359_1953235362_n

Provavelmente uma das nossas bandas dedicadas em GameMusic favoritas são Os Gameboys. Já assistimos várias apresentações desses garotos e nunca nos cansamos de ver como eles transformam cada tema dos videogames em um espetáculo. O repertório deles é vasto e passa por jogos lendários como Mario Bros., Donkey Kong, Sonic, entre outros. Mas nosso favorito mesmo é quando eles tocam os temas da franquia The Legend of Zelda.

Na última edição da Brasil Game Show (2013), por exemplo, os espectadores se surpreenderam com a musicalidade da banda e com a participação surpresa de um cosplay de Link. Foram momentos valiosos para os fãs da mítica franquia da Nintendo. Recentemente o grupo publicou um vídeo com uma apresentação dedicada tão somente ao jogo retro mencionado. Se você jamais viu Os Gameboys ao vivo, ao menos pode conferir em vídeo o porque gostamos tanto dessa banda:

 

Vídeo mostra o que acontece se você ligar o PS4 no Xbox One

xbox-one-vs-ps4

Que o Xbox One é uma central multimídia nós já sabemos, afinal a Microsoft esforçou-se bastante para deixar claro que o sistema foi criado para ocupar o centro da sala de estar. Assista filmes, ouça música, jogue, fale com amigos ou assita TV, vale tudo! Muito dessas possibilidades tem a ver com as conexões do console, sendo que a principal é a saída HDMI.

Agora vem a parte mais interessante, o time da Eurogamer / Digital Foundry resolveu ligar o concorrente Playstation 4 em uma das entradas HDMI do Xbox One só para ver o que acontece.

O resultado do experimento é bem legal, pra dizer a verdade. O Xbox One reconhece o Playstation 4 e mostra a interface do aparelho como se fosse uma das apps do console. O problema é que ao entrar em um jogo de PS4 o Xbox One sofre bastante. De acordo com a DF, a saída HDMI do Xbox é mais indicada para aparelhos Bluray e TVs por satélite.

Não espere que alguém vá jogar o Playstation 4 através do Xbox One, afinal esse não é o propósito de nenhum dos sistemas. De acordo com o site, há muita latência quando se tenta rodar um game do PS4 passando pelo Xbox One, mas a título de curiosidade segue o vídeo abaixo:

Conheça o Vlog Casal PlayGame

casal playgame

Hoje vamos falar de um conteúdo que falamos pouco no GameReporter, mas que também é bastante interessante. A dica é um vlog voltado aos jogos eletrônicos chamado Casal PlayGame, que foi criado pelos namorados Thiago e Natália.

O vlog aborda os games clássicos como Super Mario 64, Zombies Ate My Neighbors, entre outros. Tudo com gameplay explicativo e curiosidades sobre os jogos, tudo de forma divertida e saudosista.

Abaixo, você confere a análise do casal Play Game sobre o Super Mario 64, um verdadeiro clássico da Nintendo:

E para quem curte Golden Axe II, pode mantar a saudade:

Unreal Engine 4 rodando em tempo real no Playstation 4

Unreal Engine 4

O Playstation 4 certamente terá um dos hardwares mais poderosos que o mundo da próxima geração de videogames. Basta analisar a notícia de que a Unreal Engine 4 não estará no Wii U, mas estará no PS4 para saber que o próximo videogame da Sony estará à frente da tecnologia Nintendo.

Durante a revelação do videogame a Sony falou um pouco sobre as especificações técnicas e em seguida apresentou vários vídeos demonstrativos do poder do aparelho. Entretanto, como todos sabem, os vídeos não rodavam no novo console e serviam mais como base do que a comunidade gamer podia esperar do console.

Porém, recentemente, a comunidade gamer teve a oportunidade de conferir como a nova Unreal Engine 4 rodará no PlayStation 4 graças a esta demo técnica em tempo real que você confere no vídeo abaixo:

O vídeo não mostra a riqueza de detalhes e o foto realismo vistos com a Fox Engine, entretanto tem seu grau de complexidade e impressiona. Evidentemente ao passar dos meses os desenvolvedores conseguirão lidar melhor com a tecnologia, mas com esta demo dá para ter ideia do que esperar da próxima geração, certo?

Site cria vídeo explicando a indústria de games no Brasil

Indústria de games no Brasil

Para nós, que somos brasileiros e apaixonados por games, é muito fácil falar para as pessoas de fora quais são as maiores dificuldades enfrentadas pela nossa indústria. Nem precisa ser um estudioso para saber que os altos impostos e a pirataria minaram por anos o crescimento do mercado de games por aqui.

Entretanto é interessante saber qual a visão que os europeus e americanos tem do nosso país, afinal todo mundo fala que o Brasil é a bola da vez. O pessoal do site Penny Arcade iniciou uma série de vídeos que visa mostrar os diferentes mercados de games pelo mundo e o primeiro episódio é justamente sobre o Brasil.

Durante os mais de 9 minutos de vídeo vemos algumas impressões que são partilhadas pelos americanos, na verdade parece que foi feito um estudo sobre o mercado local de games. O resultado são algumas verdades incontestáveis como os altos impostos, pirataria, falta de investimentos etc.

Naturalmente o vídeo carece de algumas informações e em alguns momentos os problemas parecem mais exagerados do que o são. O vídeo ainda fala sobre a posição de destaque populacional e econômica que o Brasil ocupa na América do Sul, incentivando que os empresários prestem atenção em nosso país também. Mas ainda assim temos um resumo muito bom sobre a indústria de games no Brasil.

Confira no vídeo sobre a indústria de games no Brasil:

Blizzard revela vídeo de abertura de Heart of the Swarm

Heart of the Swarm

A poderosa Blizzard está prestes a lançar a expansão Heart of the Swarm para o megalomaníaco Starcraft II. Como todos já sabem, o game estará na Campus Party 2013 em sessão privada para cyberatletas convidados, porém a Blizzard resolveu matar mais um pouco da curiosidade dos fãs, a companhia liberou há poucos dias o vídeo de abertura do jogo.

O vídeo é impressionante, seguindo o padrão de qualidade dos games da Blizzard e os efeitos conquistados pelos programadores são assombrosos. O resultado é uma das melhores animações em computação gráfica já vistas. O melhor: o vídeo foi dublado em português, mantendo intacto o plano da Blizzard de manter o Brasil como pólo estratégico.

O vídeo de apresentação serve para apresentar as novidades da campanha solo da expansão e dar uma prévia do trabalho de localização feito no novo pacote. Vale o lembrete de que Heart of Swarm chegará ao Brasil, e ao restante do mundo, no dia 12/3 e a pré-venda já está disponível diretamente pelo site da Blizzard.

Aqui você confere o que o aguarda jovem jogador:

The Gamer Inside: documentários contam a história dos games no Brasil

the gamer inside

Para quem leva muito a série o ramo dos videogames, vale muito a pena conhecer o projeto  The Gamer Inside, que visa mostrar mais a fundo como funciona o mercado de videogames e a cabeça dos jogadores e das pessoas que movimentam a indústria. Basicamente o TGI foi iniciado em 2010 pelo espanhol Jesús Fabre e trata-se de séries episódicas mostrando algum aspecto da indústria de games no formato documentário.

O motivo de estarmos falando sobre esse projeto aqui no GameReporter é que o TGI iniciou uma série de episódios falando sobre o Brasil. O primeiro deles, inclusive já está no ar. Na série, os idealizadores vieram para algumas das principais capitais do país como São Paulo, Rio e Porto Alegre para conversar com importantes nomes da indústria de games brasileira com o intuito de contar um pouco da história de como a indústria se desenvolveu por aqui.

Entre os nomes que você encontrará na série de vídeos, estão nomes facilmente reconhecidos como Théo Azevedo (editor do UOL Jogos), Moacyr Alves (da Acigames), Stephano Arnhold (da Tectoy), Nino (da banda Megadriver), entre outros nomes.

No primeiro episódio o foco é a infância desses profissionais da indústria e o primeiro contato deles com os jogos eletrônicos. Nos próximos episódios vamos conferir como o Brasil sempre contou com jogadores tão dedicados, e como lidamos com a falta de interesse dos políticos do país durante anos.

The Gamer Inside: assista e comente

O documentário é um belo material de arquivo para conhecer algumas das personalidades mais importantes do setor aqui no Brasil e também para conhecer a história dos games em nosso país. Abaixo está o primeiro episódio da série sobre o Brasil dos jogos:

Game estilo Guitar Hero faz parodia com o hit “Para Nossa Alegria”

O vídeo “Para nossa Alegria” tornou-se um verdadeiro hit no YouTube graças aos brasileiros que estão sempre bem humorados. Como a piada parece longe do fim, surgiu o game Gritar Hero que segue ao estilão de Guitar Hero. A finalidade é parodiar o famoso vídeo estrelado por Jefferson, Suelen e Mara.

O gameplay é muito simples: basta acompanhar as notas com os botões “J”, “K” e “L”. Se a nota possui um rastro basta segurar o botão correspondente. A jogabilidade não difere em nada do game da Activision, a grande diferença é a música tocada e o vídeo de fundo. O objetivo de seu criador, o Renan Reis não é puramente brincar com a piada da vez.

“Pensei nesse jogo de humor não só em ampliar a experiência original do vídeo, como também permitir revisitá-la de um modo diversificado e lúdico para todos que curtiram o original”, disse Renan.

Confira aqui o game e abaixo o vídeo do gameplay. E depois diga o que achou. ;)