Arquivo da tag: ubisoft

Assassin’s Creed ganha wiki brasileira

Assassin’s Creed III

O que seria da Ubisoft hoje em dia se não fosse a franquia Assassin’s Creed? Difícil dizer, afinal de contas a série é a grande recordista de vendas da empresa francesa. Além disso, é sem dúvidas alguma um dos jogos mais aclamados pela crítica e público dos últimos anos. Se me pedissem para elaborar uma lista dos jogos com “a cara da geração PS360” com certeza que Assassin’s Creed estaria no meio.

Não é difícil imaginar que Assassin’s Creed possui milhares de fãs dedicados pelo mundo, inclusive no Brasil, onde a Ubisoft está presente. Um grupo de jogadores apaixonados pela franquia Assassin’s Creed desenvolveu uma Wiki a fim de reunir todo tipo de informação sobre os jogos.

A enciclopédia digital esta toda em português e já conta com pelo menos 570 artigos que são um prato cheio para os jogadores mais dedicados e estudiosos do fenômeno criado pela Ubisoft. Se você é fã da franquia Assassin’s Creed e gostaria de saber mais sobre alguns detalhes do jogo, a Assassin’s Wiki é um bom lugar para iniciar sua pesquisa.

Mas se você for um expert das histórias de Ézio, Altair e os outros assassinos, pode simplesmente partilhar de seu conhecimento publicando artigos na Wiki, afinal ela funciona como a Wikipedia original, ou seja, qualquer um pode criar e editar artigos.

Gostou? Conheça aqui a Assassin’s Creed BR Wiki

The Settlers Online chega ao Brasil em versão em português

The Settlers Online

Demorou um pouquinho, mas finalmente os jogadores brasileiros podem aproveitar o game The Settlers Online em português. A Ubisoft acabou de anunciar o lançamento da versão em português deste MMO free-to-play que roda diretamente nos navegadores.

Para quem não conhece, The Settlers Online é um game que mistura simulador de construção e estratégia em tempo real. O título foi desenvolvido pelos estúdios Ubisoft Blue Byte da Alemanha, e foi lançado em meados de setembro de 2012, trazendo diversos conceitos e elementos já explorados pelos games da franquia.

No mundo online os jogadores podem se estabelecer em novas cidades e se unir a outros jogadores conectados para formar um reino próspero e poderoso. Além disso, é possível fazer negócios e trocar bônus entre os outros gamers conectados.

The Settlers Online: 35 milhões de jogadores

“The Settlers Online já é um sucesso enorme em países como a Alemanha, onde há mais de 1,7 milhão de jogadores. No Brasil existem mais de 35 milhões de jogadores online e queremos levar o TSO para esses gamers que curtem e procuram um jogo de estratégia que seja bonito, realmente desafiador e tenha excelente conteúdo totalmente em português”, disse Bertrand Chaverot, diretor da Ubisoft Brasil.

Para acessar a versão beta fechada, já em português, os jogadores precisam ir até a página nacional do game. De acordo com a Ubisoft, foram preparados conteúdos especialmente adaptados ao jogador brasileiro. Em outras palavras, se você gosta de estratégia e MMO, confira Settlers Online, pois ele promete bastante diversão.

Abaixo você confere o trailer de lançamento do game:

Assassin’s Creed III atinge a marca de 7 milhões de cópias vendidas

Assassin’s Creed III

A Ubisoft tem muitas razões para continuar investindo na franquia Assassin’s Creed no futuro, pois, como se não bastasse a alta qualidade da franquia, o último game lançado, Assassin’s Creed III, acabou de bater a marca de 7 milhões de cópias vendidas em todo o mundo desde seu lançamento em novembro de 2012.

De acordo com a empresa francesa, outros números impressionantes também foram alcançados com o terceiro game: os jogadores singleplayer já acumularam em conjunto mais de 82 séculos de jogatina, mais de 230 milhões de navios já naufragaram no game e mais de 5 bilhões de sessões já foram iniciadas no modo multiplayer online.

De acordo com Tony Key, vice-presidente de vendas e marketing da Ubisoft, o sucesso do game já o coloca como um dos campeões de venda do fim de ano e a receptividade do público era esperada, pois, segundo o executivo, a companhia sabia que tinha um produto especial nas mãos.

Aqui no Brasil, o sucesso de Assassin’s Creed III também pôde ser sentido: o game acumulou mais de 200 mil cópias vendidas em apenas 1 mês, tornando-se o maior lançamento já feito pela Ubisoft no país. E se depender da empresa, as coisas não devem parar por aí: o plano da Ubisoft é alavancar ainda mais as vendas por aqui através de lançamentos de DLCs especialmente para o público local.

“(…) disponibilizamos o DLC com a dublagem em português do Brasil e, com isso, temos certeza que vamos atingir um publico ainda maior”, disse Bertrand Chaverot, diretor geral da Ubisoft no Brasil.

Alguém duvida que em 2014 a Ubisoft deve lançar mais algum produto com a marca Assassin’s Creed?

Assassin’s Creed III bate recorde de pré-vendas da Ubisoft

Assassin’s Creed III

Assassin’s Creed III chega às lojas nesta semana e para contento dos executivos da Ubisoft, o game já é um campeão de vendas. De acordo com a companhia francesa, o novo game da franquia é o mais vendido da empresa no sistema de pré-venda, tirando o posto que pertencia a Assassin’s Creed Revelations com 150 mil cópias em 2011.

A Ubisoft informou ainda em seu comunicado que Assassin’s Creed III já vendeu mais que o dobro de Revelations só na pré-venda. Com isso, o novo game firma-se como o título mais ambicioso já lançado pela Ubisoft.

Ubisoft comemora o recorde de Assassin’s Creed III

O diretor geral da Ubisoft no Brasil, Betrand Chaverot comemorou o recente recorde.  “É a primeira vez que organizamos uma pré-venda como essa, em âmbito nacional, e estamos muito satisfeitos. Os resultados parciais são surpreendentes e já sabemos que o jogo irá superar com folga o recorde de 150 mil cópias de Assassin’s Creed Revelations, vendidas em 2011”,disse o executivo. A pré-venda do jogo em território nacional iniciou em 21 de setembro.

Assassin’s Creed III chega às lojas brasileiras no início de novembro em versões para Playstation 3 e Xbox 360 com o preço sugerido de R$ 179,90. Se a procura do jogo for tão grande quanto indica os números de pré-lançamento, não há dúvidas de que ACIII se tornará um dos games mais vendidos do ano.

Balanço geral: veja como foi a Brasil Game Show 2012

Brasil Game Show

No momento em que você lê este texto o Brasil Game Show 2012 já terá acabado, porém se você não pôde ir ao evento e gostaria de saber o que perdeu na feira, continue a leitura, pois o GameReporter preparou um belo resumo do que rolou na autoproclamada “maior feira de games da América Latina”.

Quatro dias para apresentar o que havia de melhor na atualidade no mundo dos games. Era esse o principal desafio dos organizadores da feira, que não por acaso escolheram o Expo Center Norte, em São Paulo, para sediar a maior edição do evento até então. A organização da feira esperava reunir 80 mil visitantes, e para alegria de quem organizou a feira, os ingressos chegaram a se esgotar bem antes do esperado.

E nem foi por acaso que a feira tornou-se um sucesso estrondoso: o público compareceu, as grandes empresas também (incluindo o trio de ferro da indústria), haviam vários expositores, empresários, jornalistas, cosplayers e novidades que o público queria muito conferir de perto como Halo 4, Metal Gear Solid: Revengeance, Assassin’s Creed III, entre outros. Quem foi ao evento pôde conferir em primeira mão algumas preciosidades que só chegam ao mercado entre o final do ano e os primeiros meses de 2013.

Conferências

Alguns dos maiores players do mercado como Electronic Arts, Ubisoft, Activision etc, reservaram um espaço para falar com a imprensa logo no primeiro dia de evento. Apesar de não terem revelado nada tão bombástico, as coletivas serviram como indicadores de como as empresas planejam para o Brasil nos próximos meses.

A primeira coletiva foi da Electronic Arts que a demonstrou que continuará investindo forte no mercado de jogos mobile e na plataforma Origin, que deverá servir para integrar diversos títulos da EA em múltiplas plataformas. Em relação aos jogos sociais e mobile, pode se preparar para muitos games com o logo da EA estampado. De acordo com a diretora sênior da EA Mobile, Catalina Tou, já somos o terceiro maior mercado de smartphones no mundo, o que significa um aumento exponencial no número de jogos voltados ao bolso do gamer brasileiro.

A segunda coletiva foi da Sony, que não se mostrou nenhum pouco acanhada em investir em nosso país. Entre as apresentações de novos títulos como Playstation All-Stars Battle Royale, Wonderbook: Book of Spells, Until Dawn e o aguardadíssimo God of War: Ascension, a gigante japonesa ainda revelou que lançará alguns bundles especiais de jogos para PS3 como Assassin’s Creed III, MGS: Revengeance e GoW: Ascension. O jogo estrelado por Kratos, aliás será palco para um concurso em breve que permitirá que um jogador “imortalize sua voz no game”. Poucos detalhes sobre isso foram revelados, porém o site oficial já foi divulgado: http://www.immortalizatuvoz.com.

Outra novidade importante foi a reformulação da versão em português da Playstation Network, que será reformulada a partir do dia 23 deste mês. Espera-se que a interface facilite a navegação e a procura por novos jogos.

As outras duas coletivas, da Activision Blizzard e da Ubisoft, focaram nos principais títulos das empresas para os próximos meses. Pelos lados da Activision foram apresentados Call of Duty Black Ops II, que terá dublagem em português, Skylanders Giants e Skylanders Spyro’s Adventure. Todos esses games estavam presentes na feira também. Já a Ubisoft trouxe o produtor de Assassin’s Creed III Philippe Ducharme para revelar um pouco sobre o desenvolvimento do game que também contará com serviço de dublagem em português. O título estava com uma demo jogável para o deleite dos fãs.

Por fim, tivemos a coletiva da Namco com a presença de Katsuhiro Harada, produtor do recém-lançado Tekken Tag Tounament 2. Durante a coletiva, Harada falou sobre os números da franquia, planos para conteúdos especiais para a versão de Wii U, além da revelação de que a franquia contaria com personagens ainda mais estranhos que os já existentes, como um salmão, um avestruz e um louva-a-deus!(?).

A feira Brasil Game Show 2012

A primeira coisa que o visitante encontrava era uma exposição muito interessante organizada pela Globo, que mostrava a evolução dos consoles eletrônicos ao longo dos anos, passando do Atari 2600 até o SNES, Xbox, Zeebo e plataformas sociais.

Na feira propriamente dita tivemos tantas novidades reluzentes que os quatro dias de eventos não foram o suficiente para testar todos os jogos. Pelos lados da Konami os destaques eram o Metal Gear Solid Revengeance, PES, Zone of the Enders HD e o novo Castlevania Mirrors of Fate para o 3DS. A vedete foi mesmo o MGS, que mostrava uma jogabilidade mais rápida e gráficos polidos. A demo jogável apresentava os primeiros minutos do game.

No estande ao lado encontrava-se a Riot Games promovendo o fenômeno League of Legends, com direito a um badalado torneio valendo prêmio em dinheiro e distribuição de brindes. O estande ficou lotado durante boa parte do evento. No estande vizinho estava a Activision que aproveitou muito de seu espaço para mostrar Call of Duty Black Ops II. Ao contrário do que muitos esperavam, o game parece manter o espírito da série intacto e o multiplayer empolgante para não deixar a peteca cair.

Curiosamente a EA era vizinha de estande da Activision. O destaque destaque da empresa norte-americana ficou com Medal of Honor Warfighter, que estava jogável também. Pelo jeito a disputa pelo melhor FPS da temporada será mais acirrada que nos anos anteriores. Além disso, a companhia apresentou títulos como Battlefield 3 do ano passado e o recém-lançado FIFA 13, que surgiu para rivalizar especialmente com o outro grande game de futebol, PES no estande da Konami. Assim dava para os jogadores tirarem suas próprias conclusões de qual deles saiu-se melhor neste ano.

Outros games importantes estavam espalhados em diferentes estandes e puderam ser conferidos pelos visitantes como os novos DmC: Devil May Cry, que contava com controles desenvolvidos especialmente para quem é fã da série (vai fazer você esquecer o visual novo de Dante com certeza), Just Dance 4, que divertia a galera, Injustice: Gods Among Us, Resident Evil 6, Lost Planet 3, Dishonored, Need For Speed Most Wanted, Epic Mickey 2, Tekken Tag Tournament 2, entre outros. Ou seja, foi um verdadeiro festival de games no Expo Center Norte. A impressão que se tinha é que poucas vezes os jogadores brasileiros puderam ver tantos games novos em tão pouco tempo.

Microsoft

Falando agora sobre as três fabricantes de consoles, tivemos a participação de todas elas, garantindo que os jogadores pudessem ver as armas que cada uma preparou para os próximos meses. A Microsoft disponibilizou em seu espaço jogos muito esperados para seu Xbox 360 como Fable: The Journey, Forza Horizon e Nike +Kinect Training, além de Dance Central 3 compatível com o Kinect. O estande era muito espaçoso e confortável, e contava com um carro da Stock Car em exposição para o deleite dos olhos dos visitantes.

Mas nada do lado verde da força era mais atrativo que a novidade Halo 4. O demo do game apresentava gráficos impressionantes e servia para os jogadores conhecerem o novo modo online e os novos inimigos que prometem infernizar a vida de Master Chief. Como não poderia deixar de ser, o game receberá uma dublagem especial em português. O game sai em novembro, porém a espera será angustiante para quem gostou do que viu.

Sony

Na área da Sony, os jogadores podiam experimentar o game Playstation All-Star Battle Royale e o Book of Spells, game baseado na obra Harry Potter e que utiliza o Move como controle. Além disso, os jogadores podiam testar diversos títulos do Playstation Vita, uma ótima oportunidade para quem ainda estava em dúvida sobre comprar ou não o portátil.

O destaque mesmo no estande da Sony era God of War Ascension, que se não inovava tanto, pelo menos não deixava a peteca cair. A jogabilidade permanece praticamente a mesma, porém o título apresentar um deus da guerra mais enfraquecido. A demo disponibilizada era a mesma da E3 2012, então não tivemos qualquer novidade com relação aos cenários. Os jogadores que testassem o título ganhavam uma capa azul bem descolada da Sony, além disso, havia uma escultura bem grande do Kratos para os fãs tirarem fotos. O título só chega em 2013.

Nintendo

Já a Big N dividiu seu espaço em duas partes: uma para os games do Wii, 3DS e DS e outra mais reservada para apresentar pela primeira vez o Wii U no Brasil. O espaço era uma sala especialmente supervisionada, com vários títulos do novo console para que os jogadores pudessem testar. Não era à toa que a sala foi um dos espaços mais badalados da feira: em dados momentos a fila rodeava todo o estande.

Entre os títulos disponíveis estavam Ninja Gaiden 3, Assassins’s Creed III, Rayman Legends 2, ZombieU e Super Mario Bros WiiU. Cada um deles tentava explorar à sua própria maneira o novo controle. O novo videogame tem data de lançamento marcada para 18 de novembro nos EUA, porém sem previsão de chegada ao Brasil. Porém, a notar pela disposição dos jogadores que ficaram por mais de duas horas na fila apenas para testar o aparelho, a Nintendo pode ficar tranquila que não vai faltar gente querendo jogar o console.

Até 2013

Os quatro dias de BGS foram especialmente positivas, tanto para os jogadores quanto para as empresas participantes. Com certeza muitos negócios foram fechados nos bastidores para que a próxima edição seja ainda melhor e conte com empresas que não estiveram neste ano. Há quem diga que o evento já se aproxima muito de grandes eventos internacionais como a E3 e a Tokyo Game Show, para se ter uma ideia.

De acordo com Marcelo Tavares, organizador da feira, os planos é torná-la mais atrativa para as empresas nas próximas edições, deste modo, os aficionados por games devem esperar por novidades impressionantes no próximo ano. A edição 2013 já até foi confirmada e ocorrerá também no Expo Center Norte entre os dias 24 e 28 de outubro, reunindo ainda mais expositores e visitantes. E é provável que isso aconteça mesmo, afinal a edição 2012 passou, mas tem muita gente que já está com saudades.

Confira abaixo nossa galeria de fotos exclusivas:

Rumor: Ubisoft lançará periférico em forma de tablet

Rumores dão conta de que a Ubisoft anunciará um periférico em forma de tablet, noticiaram sites internacionais de games.

Os boatos teriam surgidos depois da publicação de um clipe – já removido – no portal de vídeo Vimeo. No lugar em que estava, hoje é apresentada uma mensagem de que a Ubisoft pediu a remoção do vídeo por infração.

Logicamente, inúmeras capturas estão rolando, e mostram um tablet em tons de verde e branco, operado por uma caneta. Será que um anúncio oficial é iminente?

[Via Joystiq]

Driver San Francisco para PC exigirá conexão constante à internet

A Ubisoft confirmou em sua conta no Twitter que a versão para PCs de Driver San Francisco, o próximo título da franquia Driver, trará a muito criticada proteção DRM que exige que o jogador esteja online o tempo todo.

Desde que foi anunciada, no ano passado, a proteção foi extremamente criticada. A solução encontrada pela distribuidora francesa foi avaliar, caso a caso, a necessidade da inclusão da tecnologia em seus lançamentos.

Como forma de amenizar a péssima notícia, a empresa tuitou em seguida que a versão de PC sairá simultaneamente a dos consoles. Nesse caso, não se exigirá que o jogador esteja online o tempo todo, mas o game trará o Uplay Passport, um código de ativação que expira após o primeiro uso, ativando o acesso às funções multiplayer de Driver.

Agora, a pergunta: qual seria uma boa solução (em termos de tecnologia) contra a pirataria de novos lançamentos?

[Via Next-Gen]

Ubisoft detalha iniciativa para amenizar prejuízos com vendas de usados

A iniciativa da Ubisoft para amenizar os prejuízos com a venda de games de segunda mão foi detalhada pela empresa.

O game Driver: San Francisco virá com um código de uso único, chamado de Uplay Passport. Esse código dará acesso a conteúdo bônus, ofertas exclusivas e a possibilidade de jogar online.

Uma vez usado, o código expira e, se o game for vendido, o futuro comprador precisará investir mais um valor para ter acesso às funcionalidades cedidas gratuitamente na cópia original.

O Uplay Passport para Driver: San Francisco, custará US$ 9,99 na PlayStation Store e 800 MS Points, no Xbox 360.

[Via CVG]

Novos consoles disputarão melhores sistemas de inteligência artificial, diz Ubisoft

Para Yves Jacquier, diretor executivo da Ubisoft Montreal, a batalha da próxima geração de consoles não deve ser nos gráficos, e nem nas formas de controle: deve estar no aprimoramento da inteligência artificial.

O executivo explicou que, embora a evolução gráfica seja ótima para demonstrar as capacidades de um videogame – e um jogo – do ponto de vista do marketing, mas não há valor em ter um game impecável graficamente se a inteligência artificial é incapaz de acompanhá-lo.

“A IA sempre foi o campo de batalha real. O desafio é que, se você antecipa uma IA, você falhou. E este é um problema que temos que transpor conforme criamos a impressão de mundos sem falhas”, comentou acrescentando que os videogames de atual geração são bastante limitados, se dedicando amplamente ao poder gráfico e sonoro.

Você concorda?

[Via GamesIndustry]

Novo estúdio criado por designers da Ubisoft é criado

Mais um estúdio de peso foi formado, dedicado ao desenvolvimento para plataformas portáteis. Dessa vez, os fundadores são os ex-desenvolvedores da Ubisoft, Audrey Leprince e Emeric Thoa.

Ambos trabalharam em títulos de peso como as séries Tom Clancy e Splinter Cell, e prometem jogos de qualidade pelo novo estúdio parisiense, chamado de “The Game Bakers”, que se dedicará a projetos mais curtos e rápidos.

O primeiro game será Squids, um adventure que chega às plataformas portáteis, ao Mac e ao PC ainda em 2011.

:: Visite o site do novo estúdio

[Via Next-Gen]