Arquivo da tag: ubisoft

Ubisoft e Electronic Sports World Cup anunciam campeonato mundial de Just Dance com etapa presencial em São Paulo

Atenção, jogadores de Just Dance!  A Ubisoft e a Electronic Sports World Cup anunciaram há poucos dias que o campeonato mundial de Just Dance terá uma etapa presencial em São Paulo. A competição é considerada a “Copa do Mundo de Just Dance” e como grande atrativo está a viagem para a França na grande final mundial.

A competição é aberta a jogadores de Just Dance de todo o mundo. O período de classificação começou no  dia 19 de julho e vai até 29 de outubro, quando 18 finalistas viajarão a Paris para as grandes finais, que acontecem entre 30 de outubro e 1º de novembro. Um brasileiro já tem lugar garantido na final.

A honraria é de Diego “Diegho.san” dos Santos, que venceu a edição 2014, quando Just Dance se tornou o primeiro game casual a fazer parte do ESWC. Para facilitar a vida dos jogadores, há um site para acompanhar as etapas.

De acordo com a organização, para participar da competição basta há dois métodos:

1 – Modo multiplayer online de Just Dance 2015 (“World Dance Floor”).

A cada domingo – de 19 de julho a 23 de agosto -, serão selecionados os jogadores com melhor desempenho no modo World Dance Floor, em um horário pré-determinado, nos seguintes países: França, Reino Unido, Itália, Espanha, Austrália, Nova Zelândia, EUA, Brasil, México, Canadá, Ásia, restante da Europa e restante das Américas.

2 – Quatro eventos presenciais com classificatórias abertas para residentes dos países sede.

– Montreal/ Canadá – Mondial Des Jeux (25 de julho)

– Colônia/ Alemanha – Gamescom (8 de agosto)

– São Paulo/Brasil – Brasil Game Show (12 de outubro)

– Paris/França – Paris Games Week (29 de outubro)

Just Dance

Horse Haven World Adventures: jogo de administração de haras disponível para smartphones e tablets

Para quem gosta de jogos de construção e administração, a Ubisoft lançou há algumas semanas um título chamado Horse Haven World Adventures, que permite ao jogador gerenciar um haras em qualquer parte do mundo, além de colecionar, treinar e comercializar cavalos de raça. O game foi lançado para plataformas mobile e está disponível gratuitamente nas lojas App Store e Google Play.

Tal como em jogos do gênero, não basta construir para ter sucesso: é necessário manter o ambiente funcionando perfeitamente. Deste modo, o jogador deve cuidar da alimentação e da saúde dos cavalos, além de comprar novos animais ou incentivar a procriação dos mesmos. Também é possível adornar os bichos com diferentes tipos de selas e bandagens para as pernas dos cavalos e desafiar os amigos para corridas.

O haras pode servir ainda como uma espécie de spa para os cavalos, ou seja, um refúgio cheio de conforto e mimos. E dependendo do local em que o haras for construído, são habilitados novos pacotes de construções e decorações ou raças de cavalos para colecionar. Quanto à parte de corridas de cavalos, os desafios são feitos através de rankings de estatísticas obtidas pelos animais. Esses desafios conferem troféus e diferentes prêmios, conforme as vitórias ocorrem.

O estilo gráfico é bastante simples e colorido, assemelhando-se a maioria dos jogos sociais como Farmville ou Sim City Buildit.

Nas partes em que é dado os cuidados com a higiene dos cavalos o grafismo fica mais impressionante, mostrando os animais em de telhes. Por outro lado as corridas são em 2D e reassumem uma arte mais cartunesca.

Horse Haven World Adventures é gratuito e pode ser baixado pela App Store e Google Play.

Trailer do game Horse Haven World Adventures:

Dig Rush: primeiro jogo terapêutico baseado em método patenteado para tratar ambliopia

A Ubisoft e a Amblyotech decidiram investir em um gênero pouco explorado para desenvolver um novo projeto. Trata-se do gênero de jogos terapêuticos, agora representado pelo game Dig Rush, que tem como objetivo o tratamento da ambliopia, conhecida como “olho preguiçoso” ou “olho vago”.  Dig Rush é baseado em técnicas criadas pelos doutores Robert Hess, Benjamin Thompson, Behzad Mansouri, Jeremy Cooperstock, Long To e Jeff Blum da McGill University.

O game em si é bastante simples: você controla dois mineradores e uma plataforma, de modo que você deve elevar um dos mineradores enquanto faz o outro seguir da esquerda para a direita. O minerador que está na plataforma, uma vez que chega ao topo, deve ir da direita para a esquerda. Deste modo o jogador deve concentrar-se nos dois pontos do ambiente. Este é um apenas um dos cenários do game, e há outros desafios que vão treinar a visão do jogador.

O game é para tablets e para fazer efeito é necessário o uso de um óculos 3D, aqueles em que um lado é vermelho e outro azul. O melhor mesmo é que ao invés de tratar apenas o olho fraco, Dig Rush estimula os dois olhos, binocularmente, para treinar o cérebro a melhorar a capacidade visual do paciente por meio de diferentes níveis de contraste entre azul e vermelho que podem ser vistos através de óculos estereoscópicos. Com esse método, os médicos podem ajustar as configurações do jogo de acordo com o grau de fraqueza do olho do paciente, permitindo que os dois olhos acompanhem os desdobramentos da partida.

“Enquanto as opções atuais de tratamento, como o uso de tampão, proporcionam alívio limitado e tem baixa adesão de pacientes devido ao desconforto e estigmas sociais, a terapia eletrônica da Amblyotech tem sido testada clinicamente para melhorar significantemente a capacidade visual tanto de crianças quanto adultos que sofrem dessa condição e não utilizam outros tipos de medicação. A partir da parceria com a Ubisoft, temos ainda mais condições de dar aos médicos um panorama completo e certeiro da adesão de novos pacientes e monitorá-los ao longo do tratamento”, disse Joseph Koziak, CEO da Amblyotech.

Atualmente, o tratamento mais comum da ambliopia é o uso do tampão, mas este método é pouco aderido pelos pacientes devido ao desconforto e aos estigmas sociais e brincadeiras de mau gosto. A ambliopia atinge até 3% das crianças de todo o mundo e se não for tratada corretamente pode causar cegueira na idade adulta.

Dig Rush é uma realidade, mas ainda depende da anuência da FDA, órgão regulador americano, para que possa ser colocado no mercado como forma de terapia. Assim que reunir todas as aprovações regulatórias, o tratamento ficará disponível em todo o mundo. A esperança é que o game ajude pessoas com ambliopia a recuperar a saúde visual em pouco tempo e de maneira eficaz.

Abaixo tem um vídeo do game Dig Rush:

Com primeiro campeão mundial do jogo, Brasil se consolida como o país do Just Dance

No último dia 30 de outubro, ocorreu em Paris mais uma edição do tradicional Electronic Sports World Cup (ESWC), um torneio mundial de jogos eletrônicos organizado pela Oxent SAS. Um dos jogos do torneio foi Just Dance 2015 e, para surpresa de muitos, quem dominou a competição foram os jogadores brasileiros. Dos 20 finalistas, três eram brasileiros e o grande campeão foi um dos nossos conterrâneos.

Diego “Diegho.san” dos Santos foi o grande vencedor e como grande prêmio por sua conquista, poderá participar efetivamente do game através de vídeos em que poderão ser copiadas suas coreografias. Além disso, Diego ganhou uma viagem paga para a Cidade Luz, incluindo passagens e hotel pagos. Os brasileiros ocuparam também o 2º e 4º lugares na competição, sendo que o segundo lugar ficou com Túlio “Tulioakar96”. A final entre os dois brasileiros foi bastante disputada

A franquia Just Dance é bastante popular entre os brasileiros com mais de um milhão de cópias da franquia comercializada para consoles no país e cerca de um milhão de downloads de Just Dance Now para smartphones em menos de 40 dias. Apesar da alta popularidade, foi uma surpresa a supremacia de nossos jogadores logo na primeira edição do torneio. O sucesso do Brasil em Just Dance deve servir para popularizar ainda mais a franquia dentro do país e atrair possíveis novos competidores.

O Brasil tem tudo a ver com Just Dance, um jogo festivo, animado, familiar e contagiante. Ficamos muito felizes em ter o primeiro campeão mundial de Just Dance e  três brasileiros entre os quatro melhores do mundo. Com mais de 50 milhões de jogadores em todo planeta, ninguém poderia imaginar um domínio tão grande do Brasil.”, disse Bertrand Chaverot, diretor da Ubisoft na América Latina.

Confira as fotos do evento no site dedicado ao torneio.

Obs: esta é a segunda vez na história que o Brasil ganha uma medalha de ouro na Electronic Sports World Cup, que é considerada a Olimpíada dos Videogames. A primeira vez ocorreu em 2006 com o time Made in Brazil na disputa por Counter Strike. Vamos torcer para que mais brasileiros mostrem a força de nosso país em e-sports.

Confira o vídeo da final do campeonato de Just Dance 2015:

Ficou com vontade de dancar? Compre o jogo Just Dance agora.

Brasileiro vai à Paris disputar final do torneio mundial de Duels of Champions

No próximo dia 15 de novembro ocorre a Final do Campeonato Mundial de Might & Magic: Duels of Champions, jogo no estilo Trading Card Game lançado pela Ubisoft em 2012. As finais do torneio ocorrem em Paris, França, e espantosamente teremos um brasileiro no meio da disputa.

Ainda que o título não seja muito conhecido entre os jogadores, ele já está na sua sétima expansão e conta com uma base fiel de fãs. Tanto é que existe um extenso calendário competitivo, com torneios organizados pelos Community Managers e também pelos jogadores.

Kleber Tavares, conhecido como KillVirgins, é o representante do Brasil nas grandes finais, que conta com apenas 8 jogadores. É uma oportunidade rara e desejada por muitos, afinal ele vai à final com passagens e estadia pagas pela Ubisoft. Esta é a terceira adição do Road to Paris, nome do torneio organizado pela Publisher francesa. O grande vencedor levará o prêmio de 15 mil Euros.

Kleber já é expert no game e, inclusive, foi vice-campeão no último campeonato brasileiro de DoC, realizado ao vivo na última BGS, sendo derrotado por um parceiro de sua equipe, o time Crânios Negros.  A conquista de uma vaga no mundial é uma mostra do sucesso do grupo e uma oportunidade de aumentar a base de jogadores no Brasil.

Duel of Champions pode ser baixado na Steam ou no site do game. Fica nossa torcida ao Kléber e a seus companheiros de equipe. Para quem quiser conhecer a trajetória do jogador rumo à  final, no Twitch há o vídeo da partida classificatória vencida pelo brasileiro.

Confira abaixo o vídeo falando das jogadas de KillVirgins:

Ubisoft é novo canal de marca líder em inscritos no YouTube no Brasil

A Ubisoft é a marca que detém o maior número de inscritos no YouTube no Brasil. A informação veio da própria publisher que creditou a façanha graças à parceria com a Paramaker, que ficou responsável pela produção de novos conteúdos. De acordo com a desenvolvedora, a base da fãs inscritos no Youtube cresceu 450% nos últimos 18 meses.

Com a marca de 212 mil inscritos (sete mil a mais que a segunda colocada), a Ubisoft proclama-se como a empresa detentora do canal brasileiro do YouTube. Vale destacar que muitos dos jogos bem sucedidos da empresa tiveram representatividade para o interesse dos fãs, como Assassin’s Creed, Far Cry, Just Dance e Watch Dogs.

“Nossos fãs são modernos, conectados, não se prendem a uma única tela ou movimento. Queremos estar junto deles em todos os lugares e momentos e a ParaMaker nos permitiu isso no YouTube.  No Facebook já temos impressionantes 4 milhões de fãs e agora  conquistamos também a  liderança dos canais de empresas no YouTube”, comemora Bertrand Chaverot, diretor da Ubisoft na América Latina

A título de curiosidade, entre as empresas dedicadas em jogos eletrônicos, a Ubisift está com mais de 40 mil inscritos à frente da segunda colocada, que é a Riot Games com 152 mil inscritos.

South Park The Stick of Truth é lançado oficialmente no Brasil

Um dos games mais divertidos da temporada, South Park The Stick of Truth, acaba de ser lançado oficialmente no Brasil. A Ubisoft disponibilizou o game para as plataformas Xbox 360 e Playstation 3 nesta semana para as principais lojas de jogos eletrônicos do país. Ambas as versões chegam ao mercado por R$149,90.

O game foi desenvolvido em parceria com os criadores do desenho, inclusive com roteiro e dublagem de Matt Stone e Trey Parker. O objetivo foi criar o game definitivo para os fãs de Cartman e sua turma. Para isso, foram inseridos diversos elementos do universo do desenho e piadas de humor negro.

Na aventura, os garotos se unem em um RPG para derrotar os Gnomos das Cuecas, hippies e demais forças do mal a fim de se tornarem garotos maneiros. O protagonista do game deve encontrar o graveto da verdade se quiser fazer parte do grupo de Cartman. No caminho até lá haverá dúzias de piadas e muita ação. Se o protagonista falhar, nunca deixará de ser um babaca.

O game conquistou boas notas entre os sites especializados e boa recepção dopúblico e fãs da série animada. Confira o vídeo com 13 minutos de gameplay do jogo.

South Park The Stick of Truth

Ubisoft lança Far Cry Compilation

A franquia Far Cry sempre foi considerada uma das melhores no gênero shooter desde seu primeiro episódio e a fama só se intensificou com o lançamento de Far Cry 3 em 2012, considerado um dos melhores games daquele ano. Pois bem, se você não colocou suas mãos em qualquer um dos jogos da franquia, eis a chance: a Ubisoft anunciou uma edição especial com três episódios da série por um preço bem camarada.

Far Cry Compilation conta com os jogos Far Cry 2, Far Cry 3 e Far Cry: Blood Dragon  e será lançada no dia 6 de março exclusivamente para o Playstation 3 pelo preço de R$149,90. Sobre os jogos: Far Cry 2 coloca o jogador no meio de um país africano tomado por uma disputa entre facções.

Far Cry 3 leva o jogador a vivenciar a pele de um rapaz sequestrado que tenta fugir de criminosos em uma ilha paradisíaca. E por fim, Far Cry: Blood Dragon coloca o jogador no distópico ano de 2007 sob a perspectiva dos anos 80, em que o planeta foi arruinado após uma guerra nuclear. Este último game é cheio de humor negro e referências aos filmes de ação dos anos 80 e 90.

Essa compilação é uma grande oportunidade para quem não jogou os games da série e tem vontade de conhecê-los. O preço também é bastante camarada. Mais informações no site da Ubisoft.

Far Cry 3: A Primeira Meia Hora

NVIDIA lança promoção de fim de ano: compradores da GeForce ganham até três games novinhos

GeForce

Se por um lado a nova geração de consoles chegou para elevar o padrão gráfico dos jogos, por outro os PC gamers não ficarão atrás. A NVidia tem GPUs muito potentes no mercado, deste modo, quem joga no PC não precisa ficar só olhando os jogos de nova geração. O melhor é que quem fizer um upgrade com uma GPU da NVIDIA ganha um belo presente de Natal: a empresa bolou a “Promoção de Fim de Ano”, em que os compradores de uma GPU da linha GeForce ganha chaves para até três games que saíram há pouco tempo.

A saber: os três games são Assassin’s Creed IV: Black Flag, Tom Clancy’s Splinter Cell Blacklist, da Ubisoft, e Batman Arkham Origins da WB Games. Para ganhar a chave de Assassin’s Creed IV: Black Flag e Splinter Cell: Conviction, da Ubisoft, basta adquirir uma GPU da linha GeForce dos modelos GTX 660, GTX 660 Ti, GTX 670, GTX 680 e GTX 760. Já os consumidores dos modelos GeForce GTX 770, GTX 780, GTX 780 TI e TITAN levam os dois games retro mencionados e também o soturno Batman Arkham Origins, da WB Games. Um detalhe importante: para ser elegível aos prêmios a compra deve ser feita através das revendas PartnerForce no Brasil e somente são aceitas notas fiscais emitidas no Brasil.

Todos os games participantes da promoção foram desenvolvidos para oferecer a melhor experiência visual para os jogadores. Isso acontece porque as GPUs NVIDIA são embarcadas com tecnologias que melhoram a qualidade dos jogos na tela do computador, como Physx, HBAO+, TXAA, entre outras. Além disso, temos o programa de desenvolvedores The Way It’s Meant to be Played, no qual a empresa colabora com seus conhecimentos junto aos maiores estúdios”, destaca Leo De Biase, gerente de marketing e Relações Públicas da NVIDIA no Brasil.

A promoção só é válida para as GPUs NVIDIA GeForce das fabricantes parceiras ASUS, EVGA, MSI, PNY, Point of View, Gigabyte, Zogis e Zotac, compradas nas lojas participantes da campanha KaBum!, MegaMamute, Terabyte Shop e First Place e nas revendas cadastradas no programa de canais da NVIDIA, o PartnerForce Brasil.

A ação da NVIDIA é uma boa ação para quem quer fazer aquele upgrade maroto e de quebra testar as capacidades tecnológicas da nova GPU. Todos os consumidores que estiverem dentro do regulamento ganham o código de acesso aos respectivos jogos assim que a compra for concluída. Os títulos ficam disponíveis para download até o dia 31 de janeiro de 2014. Mais informações sobre a “Promoção de Fim de Ano” estão no site da NVIDIA.

Sam Fisher está de volta em Tom Clancy’s Splinter Cell Blacklist

Splinter-Cell-Blacklist-video-demonstrates-Non-lethal-Takedowns

Um dos maiores lançamentos do ano acaba de chegar ao mercado nacional: Splinter Cell Blacklist já pode ser encontrado nas lojas com versões para Playstation 3, Xbox 360 e WiiU por R$ 179,90. Para a chegada no mercado nacional a gigante da França, Ubisoft, tratou deixar o game mais acessível para os brasileiros com legenda e dublagem em português.

Na trama, Sam Fischer, o agente mais soturno dos games, aceita uma missão muito desafiadora: caçar o líder da Blacklist, uma organização terrorista que está por trás de uma série de ataques que afetam interesses americanos. A partir desse plot o agente Fischer vai passar por várias situações de risco, onde deve mostrar sua habilidade e inteligência.

O título é o primeiro game produzido pelo estúdio de Toronto, que garante que este é o game mais ambicioso da franquia. Para tal, a desenvolvedora aposta em inovação, mas sem esquecer elementos que fizeram sucesso no passado. “Splinter Cell Blacklist mantém a tradição de levar a franquia a outro patamar e apresenta novo conteúdo, enredo imersivo e o retorno do famoso modo multiplayer Spies vs. Mercs,” disse Tony Key, vice-presidente de vendas e marketing da Ubisoft.

Além desse modo e da campanha single player, Blacklist introduz o modo Spies vs Mercs Blacklist, que permite que até oito jogadores atuem ao mesmo tempo em times de quatro pessoas. A idéia da Ubisoft é de transforma Splinter Cell em uma febre nas redes online dos consoles. Os jogadores podem variar em três maneiras para cumprir as missões: Ghost, Panther e Assault. No primeiro o jogador avança como um fantasma sem ser visto e sem usar habilidades letais; no segundo há o avanço progressivo e mortal; e o último é para os jogadores mais corajosos que não se importam de ser vistos e usar ataques letais.

Blacklist é o retorno da franquia aos consoles de mesa com uma aventura inédita após um hiato de 3 anos desde o lançamento de Splinter Cell Conviction para Xbox 360 em 2010. Quem curte games de stealth sabe que essa é um dos melhores games do gênero. Resta saber se a recepção da crítica e público serão compatíveis com o hype.

Confira o trailer do game: