Arquivo da tag: tablet

Jogo de tabuleiro War é lançado para Tablets e PCs

Quem não conhece o jogo de tabuleiro War? Um grande clássico que ainda é jogado e adorado por milhões de pessoas ao redor do mundo. O único problema é achar uma galera para jogar sempre que se tem vontade né? As coisas mudaram! A partir de hoje é possível jogar War a qualquer hora do dia, pois a Growgames acaba de lançar o port do game para o mundo digital.

War está disponível gratuitamente para Android, iOS e PC. Quem desenvolveu o game foi a produtora Sioux, que já havia trabalhado em outros advergames como o Grow ABC Animado, Microsoft Caçadores de Conhecimento, USP Papo Reto, entre outros. De acordo com a desenvolvedora, o game mantém as mesmas características do jogo de tabuleiro, ou seja, muita estratégia e viradas espetaculares.

“War é um produto incrível e leva-lo para o ambiente digital é um privilégio. Foram meses de trabalho e contamos com o envolvimento dos fãs, que testaram o jogo em fase Beta e nos deram feedbacks para aprimorá-lo”, disse Danilo Parise, diretor de marketing e produtos da Sioux.

Para quem não conhece, War é o jogo de tabuleiro de estratégia em que os participantes envolvem-se em um conflito bélico pelo mundo. No início da partida cada um recebe um objetivo diferente, quem o alcança primeiro é declarado vencedor. Mas para isso, é preciso passar por diversas tarefas que exigem, além de um pouco de sorte, pensamento estratégico e astúcia, como movimentar e posicionar exércitos, investir contra esquadrões rivais, conquistar territórios e continentes e, depois, defende-los dos ataques inimigos. O game é um dos mais jogadores ao redor do mundo desde seu lançamento na década de 70.

A versão digital mescla o clássico com as novas tecnologias: com um toque é possível rolar os dados que comandam as jogadas ou reposicionar as tropas pelo mapa. Além disso, o game possui uma trilha sonora imersiva, de modo que as partidas fiquem mais dinâmicas e divertidas. O jogador pode desafiar os amigos através de partidas online ou apenas jogar singleplayer contra o computador. Vale lembrar que o modo multiplayer online em dispositivos móveis somente é habilitado com pagamento.

Interessados podem acessar o jogo através da App Store, da Google Play ou pelo site do jogo para jogar através da web.

Trailer Jogo de Tabuleiro War:

Dig Rush: primeiro jogo terapêutico baseado em método patenteado para tratar ambliopia

A Ubisoft e a Amblyotech decidiram investir em um gênero pouco explorado para desenvolver um novo projeto. Trata-se do gênero de jogos terapêuticos, agora representado pelo game Dig Rush, que tem como objetivo o tratamento da ambliopia, conhecida como “olho preguiçoso” ou “olho vago”.  Dig Rush é baseado em técnicas criadas pelos doutores Robert Hess, Benjamin Thompson, Behzad Mansouri, Jeremy Cooperstock, Long To e Jeff Blum da McGill University.

O game em si é bastante simples: você controla dois mineradores e uma plataforma, de modo que você deve elevar um dos mineradores enquanto faz o outro seguir da esquerda para a direita. O minerador que está na plataforma, uma vez que chega ao topo, deve ir da direita para a esquerda. Deste modo o jogador deve concentrar-se nos dois pontos do ambiente. Este é um apenas um dos cenários do game, e há outros desafios que vão treinar a visão do jogador.

O game é para tablets e para fazer efeito é necessário o uso de um óculos 3D, aqueles em que um lado é vermelho e outro azul. O melhor mesmo é que ao invés de tratar apenas o olho fraco, Dig Rush estimula os dois olhos, binocularmente, para treinar o cérebro a melhorar a capacidade visual do paciente por meio de diferentes níveis de contraste entre azul e vermelho que podem ser vistos através de óculos estereoscópicos. Com esse método, os médicos podem ajustar as configurações do jogo de acordo com o grau de fraqueza do olho do paciente, permitindo que os dois olhos acompanhem os desdobramentos da partida.

“Enquanto as opções atuais de tratamento, como o uso de tampão, proporcionam alívio limitado e tem baixa adesão de pacientes devido ao desconforto e estigmas sociais, a terapia eletrônica da Amblyotech tem sido testada clinicamente para melhorar significantemente a capacidade visual tanto de crianças quanto adultos que sofrem dessa condição e não utilizam outros tipos de medicação. A partir da parceria com a Ubisoft, temos ainda mais condições de dar aos médicos um panorama completo e certeiro da adesão de novos pacientes e monitorá-los ao longo do tratamento”, disse Joseph Koziak, CEO da Amblyotech.

Atualmente, o tratamento mais comum da ambliopia é o uso do tampão, mas este método é pouco aderido pelos pacientes devido ao desconforto e aos estigmas sociais e brincadeiras de mau gosto. A ambliopia atinge até 3% das crianças de todo o mundo e se não for tratada corretamente pode causar cegueira na idade adulta.

Dig Rush é uma realidade, mas ainda depende da anuência da FDA, órgão regulador americano, para que possa ser colocado no mercado como forma de terapia. Assim que reunir todas as aprovações regulatórias, o tratamento ficará disponível em todo o mundo. A esperança é que o game ajude pessoas com ambliopia a recuperar a saúde visual em pouco tempo e de maneira eficaz.

Abaixo tem um vídeo do game Dig Rush:

BGS 2013: Razer apresenta o Razer Edge, o tablet dos sonhos para todos os gamers

Razer Edge
A tecnologia vem se aprimorando a cada segundo, isso não é de se duvidar. Hoje em dia temos celulares com efeitos 3D, processadores dual cores e quad cores, entre outras evoluções constantes que vem acontecendo e fazem parte do nosso cotidiano sem que percebamos. Sendo assim, não é inacreditável a existência de um tablet que seja superior a um desktop popular.

Quem esteve na BGS pôde conhecer uma dessas maravilhas tecnológicas, mas só conhecer, pois o teste era restritíssimo. Apesar das dificuldades, o GameReporter conseguiu testar esse aparelho tal peculiar. Batizado de Razer Edge Pro, o aparelho é um tablet multitarefas, assim como a maioria dos aparelhos encontrados no mercado, entretanto ele chama as atenções por ter sido desenvolvido pensado no público gamer. Desde o design, acessórios e configurações, tudo foi desenvolvido pensando na melhor solução para quem procura uma experiência mais hardcore para tablets.

O Razer Edge é o primeiro tablet dedicado para gamers. Não havia um produto similar no mercado e tudo que você faz no PC é possível fazer no Edge”, disse Vitor Martins, gerente da Razer para a América Latina.

Razer EdgeNosso teste iniciou com o game Grid 2, ocasião em que constatamos uma performance muito convincente. Em alguns momentos a sensação que se tem é que o jogo roda mais suavemente no Edge do que no Xbox 360. O aparelho acompanha um suporte, que na verdade é um joystick com tecnologia XInput, que permite que qualquer jogo otimizado para funcionar com o controle do Xbox rode da mesma forma com o gamepad do Edge.

Durante o gameplay de Grid 2 observamos que a jogabilidade com o gamepad do Edge equipara-se ao nível de jogabilidade dos consoles tradicionais. A ressalva é quando troca-se para o modo touch que é muito menos sensível que o iPad, ficando no patamar de qualquer tablet convencional.

Esse é o grande ponto negativo do Edge, afinal um device vendido como um tablet para gamers necessita de um desempenho acima do normal, principalmente nas questões mais simples como a sensibilidade ao toque.

Nosso segundo teste foi com Halo Spartan Assault, um game de qualidade mediana. Neste caso, a tela de toque não ajudou muito por causa de sua sensibilidade abaixo do esperado. Naturalmente existem tablets com sensibilidade muito abaixo do Edge, porém a impressão é que poderia ser mais bem desenvolvido.

Apesar da sensibilidade abaixo do esperado, o Edge conta com uma tela muito brilhante e com resolução de imagem invejável. A Razer deixou um modelo do Edge fechado em uma caixa rodando vídeos demonstrativos para o público que visitava o estande. A qualidade da imagem é incontestável, deixando claro que os games e filmes serão muito apreciados no aparelho. Além de tablet, o Edge permite funções de monitor, através de uma base com saídas de vídeo, podendo levar a jogatina para uma tela maior, caso necessite.

Razer EdgeO aparelho foi concebido para ter o mesmo poder de processamento de um desktop. Para isso, ele conta com um processador Intel Core i7 Dual Core, memória 8GB DDR3 e um chip gráfico Nvidia GT 640M LE. Com essas configurações ele é capaz de rodar praticamente todos os games lançados atualmente no mercado (alguns sem as configurações máximas, é claro). A Razer não arriscou dar uma data de lançamento ou preço para lançar a plataforma no país.

A conclusão que se chega é que os notebooks dedicados a jogos finalmente ganharam um rival à altura. O Razer Edge tem um grande apelo para o publico gamer, mas também serve para quem não é do nicho. Lá fora ele já tem um preço salgado (US$ 1450,00), então se algum dia ele chegar por essas bandas é melhor estar preparado, afinal o preço do aparelho somado aos impostos típicos do país tornarão o Edge um produto exclusivo para uma audiência muito seleta.

Outro fator preocupante é o tempo, pois se o Edge demorar muito para ser lançado por aqui ele pode acabar ficando ultrapassado muito rápido. Afinal, diferente dos PCs, não é possível realizar upgrades de hardware num tablet, a menos que a Razer decida lançar versões atualizadas do tablet. Ainda assim, o Edge é um sonho tecnológico que vale a pena adquirir.

Especificações:

Processador: Core i7 1.9GHz Dual Core

Memória: 8GB RAM

Gráficos: NVIDIA GT 640M LE (2GB DDR3, Optimus Technology)

Armazenamento: 256GB SSD

Dimensões: 278.5 mm x 178.85 mm x 19.5 mm

Peso com o gamepad: mais de 1,8kg

Preço no Brasil: Não definido.

Colaboração: Victor Cândido

Hugo está de volta em game para iPhone e iPad

Hugo Troll Race

“Subindo a montanha, sem fazer manha”. Se você tem boa memória e assistia com assiduidade a TV aberta pelos idos dos anos 90 certamente que a frase acima não lhe é estranha. Pois bem, o troll mais popular dos games, Hugo, está prestes a retornar em grande estilo graças ao novo jogo dos dinamarqueses da Hugo Games. Trata-se do jogo Hugo Troll Race que chega com exclusividade para a iPhone e iPad.

O game remete ao estilo que virou febre no gameshow que foi exibido durante muito tempo na TV Gazeta, temos o velho Hugo em um carrinho de mineração fugindo de terríveis inimigos como a bruxa Scylla e os crocodilos Don Croco e Mexi-Croco. Além de fugir de seus perseguidores, Hugo deve tomar cuidado com os obstáculos no caminho e os trens que surgirem no caminho oposto, tudo mantendo a estética retro.

O game tem versão traduzida para o português  e promete trazer muita ação e desafio aos jogadores mais jovens. O grande macete é fazer com que os jogadores dominem o equilíbrio e inclinação do celular ou tablet para se esquivar das placas e obstáculos no caminho. Outro ponto de interesse do game é que ele permite ao jogador customizar o carrinho graças à adição de peças e partes especiais que são desbloqueadas conforme o jogador avança no jogo.

O melhor é que Hugo Troll Race é leve e pesa menos de 50 MB. Por falar nisso, o game acaba de chegar à App Store em português. Para os mais curiosos, segue abaixo o video do jogo:

Game+: revista digital sobre games voltada para usuários de tablets

Revista Digital

Por que não criar uma revista digital de games voltada para os tablets? Essa foi a idéia do designer Alessandro Bueno que aceitou o desafio e resolveu criar a Revista Game+, uma revista digital voltada ao público gamer e que pretende ser totalmente interativa.

De acordo com os desenvolvedores, a revista será lançada no próximo dia 8 de julho de 2012 e será totalmente gratuita. A idéia tomou forma assim que Alessandro percebeu que não existem revistas dedicadas aos usuários de tablets, além disso, o desenvolvedor notou que as revistas digitais tem uma diagramação e estilo bem semelhante às revistas impressas.

O plano então é criar uma revista digital interativa que contenha matérias, análises, lançamentos, cobertura de eventos, colunas de colaboradores e conteúdo exclusivo. A revista terá ainda conteúdos que envolvem toda a tecnologia digital. Em outras palavras, se você tem um tablet e gosta de videogames, prepare-se pois em breve haverá uma revista especialmente voltada a você.

Mais informações sobre a revista Game+, acesse a página oficial da publicação no Facebook.

Rumor: Ubisoft lançará periférico em forma de tablet

Rumores dão conta de que a Ubisoft anunciará um periférico em forma de tablet, noticiaram sites internacionais de games.

Os boatos teriam surgidos depois da publicação de um clipe – já removido – no portal de vídeo Vimeo. No lugar em que estava, hoje é apresentada uma mensagem de que a Ubisoft pediu a remoção do vídeo por infração.

Logicamente, inúmeras capturas estão rolando, e mostram um tablet em tons de verde e branco, operado por uma caneta. Será que um anúncio oficial é iminente?

[Via Joystiq]