Arquivo da tag: suspense

Fragmentorum Alba: startup de games lança primeiro jogo dentro de aceleradora

A Otus, desenvolvedora brasileira e primeira startup surgida dentro de uma aceleradora no Rio Grande do Sul (Estarte.Me) acaba de anunciar que seu primeiro jogo chega ao mercado em setembro deste ano. O game chama-se Fragmentorum Alba e levou um ano inteiro para ser desenvolvido.

O game segue o gênero de terror e conta a história de um professor britânico que recebe uma mensagem gravada em uma misteriosa fita. O conteúdo da fita é desconhecido, pois sempre que o professor tenta ouvi-la ocorrem distúrbios relacionados a eletrônicos e tecnologia.

O professor acredita que a fita vem de algo maior e desconhecido e resolve ir aos EUA tentar decodificá-la. Ao entrar no elevador do hotel Arx Rubra, um novo distúrbio ocorre, deixando o professor preso no prédio. Neste local ocorrerão diversos fenômenos estranhos, cabendo ao jogador guiar o pobre professor a descobrir o que se passa no local.

O game busca inspiração em clássicos do terror para obter seu tom sinistro como os filmes Eraserhead, Cidade dos Sonhos, O Iluminado e a série Além da Imaginação. Além deles, “(…) Séries como Mad Men foram de grande valia para estudarmos a vestimenta da época e criar cenários de acordo com o período histórico do jogo”, disse Tiago Rech, um dos membros da Otus.

O game promete muito suspense e cenas de congelar a espinha. O interessante é que o projeto é a primeira obra gerada através de uma aceleradora no RS, prática que aos poucos vai se popularizando pelo Brasil. A Otus, aliás, é bem conhecida do público brasileiro, afinal a desenvolvedora conquistou destaque em alguns eventos como primeiro lugar no Desafio de Games Sebrae, primeiro lugar na categoria ambientação na Ludum Dare #25, terceiro lugar na categoria ambientação na Ludum Dare #27 e finalista da Indie Speed Run 2013.

“Os desafios nos deram a possibilidade de testar detalhes do Fragmentorum Alba, como iluminação, cor, elementos de som, cenários 3D e sistema de rotação de câmera”, conta Klos Cunha, desenvolvedor na Otus.

O teaser de Fragmentorum Alba pode ser conferido abaixo:

A Vítima de Ouro: mistério e suspense no game da Little Leds

Elisabeth Fleur é uma jovem muito diferente das demais, pois ela tem um tato para casos de mistérios e resolução de problemas. Apesar disso, a jovem jamais imaginou que teria em suas mãos o caso de um estranho assassinato para resolver. O milionário Julius Absolom foi encontrado morto em circunstâncias que desafiam até os mais experientes detetives, agora cabe a Elisabeth utilizar-se de toda sua perspicácia para desvendar o crime.

Esse é o pontapé inicial do game A Vítima de Ouro, criação do estúdio independente Little Leds. O game é uma homenagem aos livros de mistério e tem referências de obras clássicas da Lucas Arts. A jogabilidade é inspirada nos clássicos Point & Click Adventures, ou seja, bem simples e intuitiva.

O jogador deve passar por corredores de uma mansão isolada na Ilha do Farol, coletando pistas e interrogando as pessoas com cuidado (pois todos são suspeitos e podem desviar o rumo da investigação). A intenção do estúdio foi criar um jogo divertido em single player e que desafiasse a atenção do jogador.

O game não conta com conquistas, desbloqueios e microtransações, pois ele pretende reviver a era de ouro dos videogames em que o jogador comprava o game e o jogava até o final sem sentir que falta um pedaço para jogar. Felizmente, para quem não quer arriscar na compra direto, o desenvolvedor disponibilizou uma demo para testes: basta baixar e experimentar, se gostar é só comprar o game completo.

O game deve ser lançado em meados de maio, mas já dá para conferir a demo e o material promocional. Vale dizer que todo o design, textos, ilustrações, animação e programação foram feitos por uma única pessoa: o desenvolvedor André Alves.

E aí, você se acha um grande detetive? Acha que consegue resolver este mistério?