Arquivo da tag: Silent Hill

Colina Legacy é o game de terror psicológico da Samurai Games

A dica de hoje é para quem curte horror psicológico e clima de suspense. Colina Legacy é um jogo publicado pela Samurai Games e não é nenhuma novidade (ele foi apresentado ao público durante a BGS 2016 e teve a demo liberada no início de outubro). Você controla, um jovem chamado Alex que vai até a antiga casa da colina onde sua avó vivera um dia. Nesta estranha casa acontecem muitos fenômenos paranormais e acontecimentos que colocam sua vida em perigo. Cabe a Alex descobrir o que está acontecendo na casa e onde estão as outras pessoas.

O game começa assim que Alex acorda dentro do carro de seus pais sozinho e em frente a casa da colina. Sem alternativas a não ser procurar por seus pais, Alex adentra a casa ciente de que algo está muito errado. O game não é linear, de modo que há um clima de incerteza do que se vai encontrar em sua jogatina a cada corredor ou nova porta. De acordo com a Samurai Games, a ideia é manter o suspense, ou seja, os elementos de ambientação do gameplay são dinâmicos e cada partida é única.

Diferente do habitual, Colina Legacy tem jogabilidade em 3º pessoa, pois, de acordo com os desenvolvedores, havia a intenção de reviver a experiência de terror psicológico old school. Os puzzles também são bem complicados, lembrando games da era 32/64 bits como Silent Hill e Resident Evil. Mas a Samurai Games deu um jeito de colocar mecânicas mais novas para prender a atenção dos jogadores mais novos, bem à lá Alan Wake em que você enfrenta inimigos com a luz da lanterna. Os gráficos também são bem bonitos e a ambientação é bem aterrorizante e contribui com  clima de mistério e suspense.

Para quem não conhece, a Samurai Games é uma pequena produtora brasileira de jogos. A demo está disponível para download na Steam. A ideia inicial era lançar Colina Legacy no final deste ano, porém os desenvolvedores tiveram de alongar o prazo e a expectativa é lançar a versão final em meados de 2017. O game é uma boa pedida para quem curte horror psicológico e sente saudades da pegada Silent Hill clássica.

Abaixo você confere o trailer de Colina Legacy:

Top 5: jogos para melhorar o seu inglês

Provavelmente você já ouviu falar de alguém que aprendeu ou aperfeiçoou o nível de inglês ou outros idiomas jogando videogames, certo? E não é por acaso: os jogos já não são mais considerados apenas passatempos, além da diversão inerente eles passaram também a ter função de relaxar e aprender. Hoje é muito comum as pessoas assistirem séries, filmes e novelas com objetivo de aprender um novo idioma ou aperfeiçoar o que já sabem. Nas gerações passadas isso era ainda mais comum, pois jogos em português eram extremamente raros e esses serviços de localização geralmente eram feitos por fãs em versões não oficiais.

“Sabemos que apenas jogar para ganhar já não é mais o objetivo das pessoas. Os jogos estão ganhando um espaço relevante dentro das casas, empresas e, principalmente escolas que usam tanto jogos de tabuleiro quanto de plataformas eletrônicas, para ensinar, relaxar e disciplinar alunos”, destaca a CEO da Minds Idiomas, Leiza Oliveira.

Pensando em como é importante se relacionar com pessoas de outras nacionalidades, viajar para outros países, e saber um novo idioma para uma possível vaga de emprego, listamos alguns jogos que podem incentivar sua caminhada até fluência do idioma.

Confira abaixo cinco games que podem melhorar seu idioma inglês:

The Legend of Zelda

characters_ocarina_of_time_3dO jogo conta com diálogos curtos e simplificados, o que facilita muito para os iniciantes. Os jogos de RPG mais antigos são boas opções para aprender inglês, pois eles foram desenvolvidos para crianças entre 8 a 12 anos. Além disso, a trama é muito bacana e o jogador vai querer entender os casos passados pelos NPCs. Ajuda o fato de Link ser mudo, de modo que as reações do Link são semelhantes ao que o jogador teria de acordo com o que os NPCs falam.

BioShock

bioshockBioshock não tem muitos diálogos, mas ele ganha pontos por associar o inglês de uma maneira bastante visual. Ou seja, durante a campanha você vai ver diversos cartazes espalhados pelos ambientes e a partir deles acaba associando determinadas palavras com objetos. A última versão (Infinite) trabalha este conceito de maneira ainda mais ampla. Alguns temas são bem obscuros, então os jogadores mais jovens dificilmente vão se dedicar a este game, mas para os pré-adolescentes é um prato cheio.

Silent Hill

kill-the-last-boss-in-silent-hill-step-5O primeiro jogo do Playstation tem uma trama instigante e muitas das descobertas são feitas através de documentos encontrados pela cidade. Várias pistas para resolver puzzles também  são encontradas em anotações. Deste modo, você vai precisar ler bastante e se concentrar para sair da cidade enevoada.

Yu Gi Oh Tag Force series

157657-yu-gi-oh_gx_tag_force_2_usa-5Os jogos da franquia Yu Gi Oh para o PSP utilizam as regras oficiais do card game, de modo que você vai precisar ler as descrições a fim de realizar jogadas eficientes. Não basta apenas selecionar a carta mais forte para jogar, tal como no conhecido Forbiden Memories do PS1. Aqui você deve conhecer os efeitos das cartas para bolar estratégias vencedoras.

World of Warcraft

wow-bem-razinQualquer MMO serve para ilustrar a situação de WoW: milhares de jogadores espelhados pelo mundo interagindo entre si. Como a maioria são gringos, o idioma “oficial do jogo” acaba sendo o inglês. Logo você vai precisar se habituar a gírias e frases em inglês para se comunicar adequadamente com seus colegas de jogatina.

Projeto quer criar documentário sobre games de terror

Playing-With-Fear-The-World-Of-Horror-Video-Games

Quem não se lembra do excelente Indie Game – The Movie, aquele documentário que retratava a saga que culminou na criação de jogos independentes bem sucedidos como FEZ, Super Meat Boy? Pois bem, graças a esse filme descobrimos que os games também podem ser bem retratados no formato documentário e provavelmente foi inspirado nele que Anthony Carpendale decidiu criar o longa Playing With Fear – The World of Horror Video Games.

O projeto é um documentário que visa contar como surgiram alguns dos games mais assustadores já criados. O documentário ainda vai contar com depoimentos da comunidade de jogadores para mostrar a reação do público após os lançamentos. Além disso, o longa vai mostrar as possibilidades de esse gênero renascer da forma mais assustadora como a muito não se via, mostrando as possibilidades e o potencial que o futuro guarda.

O objetivo é criar o documentário e web-série definitivos sobre os jogos de terror e mostrar as pessoas talentosas que dedicam suas mentes doentias a assustar nós, pobres seres impressionáveis. Entre os games que serão mostrados no futuro documentário estão Eternal Darkness (e o vindouro Shadow of the Eternals), os caras da Climax Studios (Silent Hill: Shattered Memories), Thanaphobia e The Last Cargo da produtora indie Ehnenu, The 7th Guest, entre outros. Por falar em Silent Hill, a Konami dará suporte ao filme, deste modo vai ter muito conteúdo sobre Silent Hill.

Playing With Fear – The World of Horror Video Games terá início no Kickstater no dia 30 de novembro e a meta é chegar 25,000. Games de terror estão entre os games mais envolventes já criados. Vamos torcer para o projeto vingar, porque este aí promete tirar o nosso sono (no bom sentido).

Abaixo o vídeo da campanha:

Silent Hill HD Collection também chega ao Xbox 360

Durante conferência na Gamescom 2011, o produtor da Konami, Tom Hullet, anunciou formalmente que Silent Hill HD Collection também será lançado para o Xbox 360. Vale lembrar que quando fez o primeiro anúncio, a produtora fez questão de afirmar que este era um título exclusivo para o Playstation 3. De acordo com as informações de Hullet, o título terá um lançamento simultâneo nas duas plataformas. Continue lendo Silent Hill HD Collection também chega ao Xbox 360

Mortal Kombat furtado, imagens de Never Dead, Sony critica rivais, sucessor do Wii e muito mais…

A última semana foi um pouco morna para os gamemaníacos, poucas notícias bombásticas pipocaram nos sites. A coisa realmente esquentou nos últimos dias com a boataria que diz que a Nintendo já estaria com tudo planejado com o sucessor do Nintendo Wii e que vai anunciá-lo durante a E3 2011 ou talvez até antes disso. Quem fez barulho mesmo foi a Konami com as novas imagens de Never Dead e a Sony falando mais do que deveria da concorrência. Confira as principais notícias da semana.

Continue lendo Mortal Kombat furtado, imagens de Never Dead, Sony critica rivais, sucessor do Wii e muito mais…