Arquivo da tag: são paulo

Ironhack: São Paulo ganha primeira turma noturna para formação de desenvolvedores

A Ironhack, rede global de ensino de tecnologia e programação com presença em sete países, abriu as inscrições para a primeira turma do curso noturno de Web Development, em seu primeiro campus brasileiro recém inaugurado em São Paulo. Esta é mais uma oportunidade para quem quer estudar desenvolvimento de jogos digitais: a Ironhack, rede global de ensino de tecnologia inaugurou há poucos dias o curso de Web Development para o periodo noturno em seu campus de São Paulo.

A nova turma terá aulas às terças e quintas e também aos sábados durante o dia. A ideia é permiti que pessoas que trabalham ou estudam em horario comercial possam fazer o curso tambem. De acordo com a Ironhack, o novo curso, em modelo part time, estava previsto para ser oferecido somente ano que vem. Porém, devido ao crescimento da procura, sua abertura foi antecipada.

O curso terá a mesma carga horária (360 horas) e conteúdo da versão integral, porém, com formação em 24 semanas. As aulas se iniciam em 6 de novembro, sempre às terças e quintas à noite e aos sábados durante o dia.

A grade de estudos é dividida em três módulos: desenvolvimento de web front-end, que estabelece as bases do desenvolvimento web e ensina a construir experiências únicas ao usuário utilizando HTML, CSS e JavaScript; Back-End MERN Stack, com a criação de aplicações orientadas por bancos de dados não relacionais utilizando MongoDB, Express.js, React e Node.js; e Microserviços com React, onde os alunos aprenderão a criar APIs (Interfaces de Programação de Aplicações) para projetar arquitetura de micro serviço.

Após a conclusão do programa, os participantes estarão capacitados para assumir um cargo de Desenvolvedor Jr. e também terão um portfólio com aplicações, games, plataformas web e afins para apresentar ao mercado ou iniciar a produção de seus próprios projetos.

Para cumprir a missão de oferecer cursos acessíveis para todas as idades e níveis de conhecimento, ao se inscrever no programa, o aluno terá acesso a uma plataforma online com mais de 60 horas de conteúdo que ensina fundamentos básicos da programação, além da preparação para a metodologia da escola, com o objetivo de nivelar os conhecimentos da classe maximizando a evolução do grupo durante a formação.

“Estudos do setor já falam em um déficit superior a 160 mil vagas nesse segmento no Brasil para o ano que vem. A demanda por esse tipo de conhecimento vem crescendo de forma acelerada e as empresas precisam recrutar direto nos centros formadores para não perderem talentos para a concorrência”, explica Pedro Falkenbach, growth manager da Ironhack no Brasil.

Para dar vazão à demanda e aproximar as empresas do novos profissionais, a Ironhack organiza uma semana de contratação, chamada de Hiring Week, onde os recrutadores podem conhecer os talentos e entrevistar os alunos recém-formados. Para se inscrever no curso, basta clicar aqui.

Saraiva e Sony organizam encontro para fãs para o lançamento de God of War em shopping de São Paulo

O espartano mais casca grossa do mundo está de volta! God of War já é considerado um dos maiores lançamentos do ano e para celebrar a volta de Kratos a Sony e a Saraiva organizam hoje (19/04) um evento de lançamento especial às 21h, na Saraiva do Shopping Pátio Paulista. O evento contará com programação especial, com bate-papo com os influenciadores Ishiro, do Casamento Nerd, Rik, e os integrantes do Novo Nerd.

De acordo com a Saraiva, haverão diversas atividades para que os fãs possam experimentar e conhecer um pouco mais sobre o jogo para PS4.

Programação completa:

21h às 22h: bate papo com Influenciadores Ishiro, do Casamento Nerd, Rik, e os integrantes do Novo Nerd

22h: liberação do GAMEPLAY do novo God Of War para participantes
00h: início das vendas do jogo

 

O novo jogo coloca Kratos em uma aventura por terras nórdicas, tendo de enfrentar criaturas poderosas e mais letais que antes. Vivendo como um homem, fora da sombra dos deuses, Kratos deve se adaptar a terras desconhecidas, ameaças inesperadas e a uma segunda oportunidade de ser pai. Junto ao seu filho, Atreus, os dois vão se aventurar pelas selvagens florestas nórdicas e lutar para cumprir uma missão pessoal.

 

Serviço – lançamento God of Está na Saraiva

Quando: 19/04/2018 a partir das 21hs
Local: Saraiva Shopping Pátio Paulista – Rua Treze de Maio, 1947 – Piso Paraíso

Insane Games divulga vaga para Concept Artist Pleno em São Paulo

Outra vaga interessante surgindo para quem trabalha com games! O estúdio Insane Games de São Paulo abriu uma oportunidade para Concept Artist Pleno. O objetivo é contratar um profissional competente e interessado para fazer parte dos planos do estúdio em lançar um MMORPG. Um dos destaques é que a equipe é bastante unida e fã de jogos eletrônicos, de modo que sempre rola uma jogatina de Smite, Heroes of the Storm, Rocket League, Counter-Strike, entre outros.

O Concept Artist irá desenvolver a arte conceitual de objetos de cenário, equipamentos, personagens, etc. É uma tarefa bastante importante para o desenvolvimento do game e uma boa oportunidade para o artista deixar sua marca num game ambicioso.

profaneÉ importante ter conhecimento das etapas de criação de um Concept, de Sketch à render/mockup; Conhecimento de Model Sheets e visualização detalhada para objetos mais complexos; Ser criativo abstraindo formas de desenvolver algo a partir de uma idéia ou referência; Seguir a pipeline de desenvolvimento, respeitando um certo padrão pré-estabelecido.

O profissional almejado pela Insane irá ainda auxiliar colegas com problemas e participar de discussões para idealizar melhores práticas. Trata-se de um estúdio que preza pelo trabalho em equipe e o bom relacionamento. É desejável possuir noções de storytelling, inventividade na moldagem e definição de formas de um personagem ou asset. Além disso,ganha pontos o profissional que tiver organização, formação em cursos referentes a concept art e possuir boa comunicação.

Para se candidatar à vaga da Insane para Concept Artist é necessário estar atento aos seguintes requisitos:

  • Experiência prévia com desenvolvimento de assets para games
  • Experiência com tablets, arte digital, boa noção de equilíbrio, composição de cores, balanço e estética
  • Domínio de Photoshop, Manga/Clip Studio Paint, ou similares
  • Capacidade de gerar referências e validar informações de forma dinâmica antes de proceder com tarefas
  • Interesse pelo gênero Fantasia Medieval, trabalhos anteriores próximos/relacionados à temática
  • Ser gamer, apaixonado por jogos, em especial MMOs/RPGs

O estúdio Insane está localizado na região do Jardim Paulista, em São Paulo. O salário e benefícios não foram divulgados, mas sabe-se que a vaga é para PJ. A desenvolvedora ganhou bastante destaque no cenário brasileiro após o lançamento de Profane, o primeiro MMORPG sandbox criado por brasileiros. Para se candidatar basta se inscrever no anúncio no “Trampos”.

Fugativa Escape Games promete trazer a São Paulo o maior escape game do Brasil

A época de férias é ideal para quem procura diversão fora de casa. Uma das atrações mais populares na cidade de São Paulo são os jogos de fuga e para quem gosta de conhecer novos estabelecimentos do tipo, a dica é o Fugativa Escape Games, a auto-intitulada “maior escape game do Brasil”. De acordo com Fabio Passerini, esta foi a primeira empresa a investir nesse conceito de jogo no país.

O grande macete é que a Fugativa é especialista em “Mega Escapes”, que trazem um número maior de salas, enigmas e um tempo maior de jogo. “Somos pioneiros no mercado e sempre trazemos as maiores novidades, surpreendendo tanto novos jogadores como quem já conhece o conceito”, afirma Passerini.

A grande atração da Fugativa é a “Mansão Esquecida”, a maior sala de escape do mercado, nela os jogadores têm 90 minutos para escapar dos diversos ambientes! O cenário investigativo toma conta do jogo, simulando ambientes reais, com móveis, objetos de decoração e trilha sonora que farão o grupo participante mergulhar na história, esquecendo tudo o que está fora da sala e deixando o clima de suspense ainda mais intenso.

A Mansão Esquecida da Fugativa:

Um grupo de estudantes de arquitetura leu sobre uma antiga mansão construída no centro de São Paulo. Sabe-se que o antigo proprietário deixou, em testamento, ordens para que ela nunca fosse demolida. A localização exata desta mansão ficou perdida no tempo, até que estes estudantes tiveram uma pista e resolveram investigar, para um trabalho de faculdade. Chegando lá encontraram uma discreta galeria de lojas, cuidada por um zelador de poucas palavras e que supostamente nada sabe da história da velha Mansão.

Vasculhado pelos corredores, encontraram uma escada disfarçada que levava a uma porta antiga e, para surpresa deles, era a entrada da mansão. Correndo do zelador, que tentou impedi-los sem sucesso, entraram! O zelador alcançou todos e, misteriosamente, em vez de colocá-los para fora, trancou a porta com todos dentro. Agora cabe aos jogadores encontrar uma forma de fugir dessa estranha mansão. Mais informações no site da Fugativa.

 

Serviço: Fugativa Escape Games – Unidade São João

A Mansão Esquecida

Recomendação: 12 anos (Acompanhado de um adulto)

Duração: 90 minutos

Ingressos: R$ 89,00 por pessoa

Horário de funcionamento: Das 12h às 21h

Local: Avenida São João, 2.073 – Santa Cecília – São Paulo/SP

O apocalipse zumbi chega à cidade de São Paulo em 2017 com o game indie Marco Zero

Durante o auge da crise hídrica que assolou a cidade de São Paulo, uma estratégia do governo e empresários é colocada em prática: despoluir a represa Billings a fim de colocá-la para uso da população o mais rápido possível. Entretanto algo desastroso acontece e uma doença infecta a água afetando toda a população, transformando as pessoas em zumbis. Este é o argumento de Marco Zero, game da produtora indie Monster Burp.

Você é Jonatan, um dos poucos sobreviventes que deve explorar a cidade devastada. Sua missão é encontrar e resgatar sobreviventes desse horror. Jonatan vivia em um campo de contenção livre da contaminação e é um dos poucos a ser liberados para ir à cidade devido a suas habilidades de combate. Porém as coisas não serão fáceis, pois a cidade está devastada e os inimigos estão em maior número.

Marco Zero não esconde suas influências de The Last of Us e clássicos como Resident Evil. Além do mundo pós-apocalíptico, o jogo promete um enredo cativante e bem complexo, além de puzzles bem imaginativos a serem resolvidos. É bem aterrador ver essa versão de São Paulo totalmente destruída, inclusive os jogadores irão passar por pontos turísticos da cidade. De acordo com os produtores, o game é dividido entre as seguintes áreas: Subúrbio, Centro Novo e Centro Velho.

A Monster Burp chegou a levar o game durante a BGS 2016 e a previsão de lançamento é 2017. A expectativa é que o game possua cerca de quinze horas de duração em sua versão final e dezenas de ambientes exploráveis, como escolas e lojas. A intenção é elevar o nível da produção de games indies nacionais. Durante a jogatina você vai conferir conflitos de ideais entre diferentes NPCs que defendem suas ideais mais extremas para acabar com o apocalipse.

Dê uma olhada no gameplay de Marco Zero:

Gomídia transforma São Paulo em cenário de jogo para a campanha de lançamento de Watch_Dogs 2

O lançamento de Watch Dogs 2 promete ser um dos mais empolgantes , especialmente em São Paulo. A Gomídia, agência de marketing digital, transportou o universo do game para as ruas de São Paulo. Basicamente a agência produziu um vídeo de 1 minuto em que um atleta de parkour vestido como o protagonista do jogo Watch_Dogs 2 percorre as ruas da cidade interagindo com o espaço urbano e com os passantes, simulando a dinâmica do próprio game. A ideia é passar um pouco da sensação do game para a vida real, permitindo que os jogadores brasileiros se identifiquem com o personagem e o universo do game.

Watch Dogs 2 conta com elementos de parkour e temática hacker, além de um mundo totalmente aberto para explorar. Os jogadores ficam livres para cumprir missões numa versão digital da icônica cidade de San Francisco. Além disso, o jogo mistura elementos de ficção com o mundo real. A produção da Gomídia contou com a colaboração de mais de 50 pessoas e será veiculada nas mídias sociais da Ubisoft durante a campanha de marketing do jogo.

“Watch_Dogs 2 mexe muito com a imaginação dos jogadores, não apenas por ser uma superprodução, mas por explorar diversos aspectos tecnológicos e permitir que o gamer viaje por um mapa gigantesco e real da cidade de São Francisco, nos Estados Unidos. A intenção da Gomídia nessa campanha foi aproximar esse ambiente dos fãs brasileiros, só que tendo como cenário as ruas de São Paulo e não as do Vale do Silício”, comenta Lucas Patrício, diretor geral e cofundador da Gomídia.

unnamedPara tornar o vídeo ainda mais real e imersivo, um atleta de parkour foi chamado para ser o dublê de Marcus Holloway – o jovem e brilhante hacker que protagoniza o jogo – e escalou e saltou em alguns dos pontos turísticos mais conhecidos de São Paulo, como o Vale do Anhangabaú, Viaduto do Chá, Praça Roosevelt e Minhocão. Já o youtuber Patife – que tem mais de 1,5 milhão de seguidores em seu canal –, sob o mesmo lenço que esconde o rosto do personagem dos videogames, foi o convidado surpresa que desempenhou o papel principal da trama e precisou atrair admiradores e apoiadores à sua causa formando um time de hackers, exatamente como no game. Com essa equipe reunida, o grand finale do vídeo aconteceu em frente ao prédio da FIESP, na Avenida Paulista: a cena de uma complexa operação hacker que mudou a paisagem do local.

Sobre o desafio de se criar uma ação que seja atraente para os consumidores e ao mesmo tempo interessante para o cliente, Lucas destaca que “quando se compreende os valores de uma produção tão complexa quanto a que um videogame busca em sua narrativa, amplificar essa mensagem por meio de outras mídias se torna uma missão mais fácil”.

Abaixo você confere o vídeo de marketing de Watch Dogs 2 produzido pela equipe da Gomídia:

 

Bibliotecas de São Paulo e Parque Villa-Lobos oferecem atividades sobre a evolução dos games

Atividades gratuitas incluem narrativa e tecnologia dos videogames, conteúdo para aprimorar a produção de vídeos e a bate-papo sobre relação entre games e literatura. Entre os convidados estão o produtor musical Felipe Parra e o jornalista João Varella
Algumas bibliotecas da cidade de São Paulo e o famoso parque Villa Lobos serão o centro de atrações bem interessantes ligada são mundo dos games e da tecnologia no mês de julho. Acontece que as instituições, mantidas pela Secretaria da Cultura do Estado, oferecerão três atividades gratuitas envolvendo jogos, literatura, tecnologia e produção audiovisual. A intenção é oferecer cultura e diversão aos amantes da jogatina e entretenimento audiovisual.

O produtor Felipe Parra ministra o curso de produção audiovisual e ensina técnicas para aprimorar os vídeos, enquanto o jornalista João Varella fala da evolução dos videogames, história e tecnologia passando por modelos clássicos do Atari, além dos jogos Pong, Pacman, Sonic e outros até chegar no Candy Crush Saga.

Na Biblioteca de São Paulo ocorre o Curso de Produção Audiovisual para Web realizado às terças-feiras, entre 5 e 26 de julho. Das 14h30 às 17h30. Neste ambiente o produtor musical, compositor e roteirista Felipe Parra abordará aspectos conceituais, técnicos e criativos para melhorar as produções em vídeo. Ao final, os participantes deverão produzir conteúdo, utilizando a teoria apresentada. Indicado para maiores de 15 anos, para participar basta enviar email ou se dirigir ao balcão de atendimento da biblioteca até o dia 1 de julho.

No domingo, dia 10, a atividade Games e Literatura apresentará alguns dos maiores clássicos da literatura por meio do jogo, trabalhando a intersecção entre jogos digitais e livros. Serão apresentadas as obras 1984, de George Orwell e A Divina Comédia, de Dante Alighieri. Realizada das 10h às 17h, a atividade é indicada para maiores de 10 anos e será coordenada pelo Game Arte. Neste evento não é necessário inscrição.

Já na Biblioteca do Parque Villa-Lobos, o jornalista João Varella coordenará a oficina A Evolução Artística dos Videogames, aos sábados, entre os dias 9 de julho e 6 de agosto. Das 14h30 às 17h30, serão apresentados diversos aspectos que envolvem o tipo de narrativa dos jogos eletrônicos, tecnologia, economia e até que ponto tais fatores influenciam os games. Os encontros incluem clássicos do Atari como o Pong e Pacman, técnica japonesa de produção, por meio de jogos como Super Mario Bros e Sonic, passando pelo Playstation e realidade virtual como Guitar Hero e Candy Crush Saga. Para participar basta ter mais de 15 anos e enviar um email ou comparecer ao balcão de atendimento até o dia 7 de julho.

Serviços – Atividades Games nas bibliotecas de São Paulo

Biblioteca de São Paulo
Curso de produção audiovisual para web – com Felipe Parra
Data: Terças-feiras, 5, 12, 19 e 26 de julho
Horário: 14h30 às 17h30
Local: auditório
Inscrições: A partir de 15 anos, pelo e-mail agenda@bsp.org.br ou no balcão de atendimento da biblioteca até o dia 1 de julho.

Games e Literatura – com Game Arte
Data: domingo, 10 de julho
Horário: 10h às 17h
Local: auditório
Inscrições: A partir de 10 anos, vagas serão preenchidas por ordem de chegada – 30 minutos de antecedência.

Parque da Juventude
Endereço: Avenida Cruzeiro do Sul, 2.630 – Estação Carandiru do Metrô – Linha Azul
Telefone: (11) 2089-0800
Aberta de terça a domingo e feriados, das 9h30 às 18h30 horas.

Biblioteca Parque Villa-Lobos
Oficina: A evolução artística dos videogames – com João Varella
Data: Sábados nos dias 9, 16, 30 de julho e 6 de agosto
Horário: 14h30 às 17h30
Local: sala criatividade 3
Inscrições: A partir de 15 anos, pelo e-mail agenda@bvl.org.br ou no balcão de atendimento da biblioteca até o dia 7 de julho.

Endereço: Avenida Queiróz Filho, 1.205, Alto de Pinheiros.
Telefone: (11) 3024-2500.
De terça a domingo, das 9h30 às 18h30

Ubisoft e Electronic Sports World Cup anunciam campeonato mundial de Just Dance com etapa presencial em São Paulo

Atenção, jogadores de Just Dance!  A Ubisoft e a Electronic Sports World Cup anunciaram há poucos dias que o campeonato mundial de Just Dance terá uma etapa presencial em São Paulo. A competição é considerada a “Copa do Mundo de Just Dance” e como grande atrativo está a viagem para a França na grande final mundial.

A competição é aberta a jogadores de Just Dance de todo o mundo. O período de classificação começou no  dia 19 de julho e vai até 29 de outubro, quando 18 finalistas viajarão a Paris para as grandes finais, que acontecem entre 30 de outubro e 1º de novembro. Um brasileiro já tem lugar garantido na final.

A honraria é de Diego “Diegho.san” dos Santos, que venceu a edição 2014, quando Just Dance se tornou o primeiro game casual a fazer parte do ESWC. Para facilitar a vida dos jogadores, há um site para acompanhar as etapas.

De acordo com a organização, para participar da competição basta há dois métodos:

1 – Modo multiplayer online de Just Dance 2015 (“World Dance Floor”).

A cada domingo – de 19 de julho a 23 de agosto -, serão selecionados os jogadores com melhor desempenho no modo World Dance Floor, em um horário pré-determinado, nos seguintes países: França, Reino Unido, Itália, Espanha, Austrália, Nova Zelândia, EUA, Brasil, México, Canadá, Ásia, restante da Europa e restante das Américas.

2 – Quatro eventos presenciais com classificatórias abertas para residentes dos países sede.

– Montreal/ Canadá – Mondial Des Jeux (25 de julho)

– Colônia/ Alemanha – Gamescom (8 de agosto)

– São Paulo/Brasil – Brasil Game Show (12 de outubro)

– Paris/França – Paris Games Week (29 de outubro)

Just Dance

Riot Games tem várias oportunidades de trabalho em níveis de liderança

A Riot Games acaba de anunciar dez vagas de emprego em níveis de liderança em seu escritório de São Paulo. A empresa por trás de League of Legends informa que as oportunidades são para as áreas de Comunidade, Eventos, Financeiro, Gerenciamento de Projetos, Recursos Humanos, Suporte ao Jogador e Tecnologia da Informação (TI).

“Procuramos profissionais que, além de contar com uma rica experiência de trabalho, possam agregar grande conhecimento à nossa equipe e sejam apaixonados por jogos em geral. Somente com uma equipe que tenha grande interesse pelos mais variados títulos podemos ter ideias inovadoras, com o objetivo de oferecer a melhor experiência a nossos jogadores”, afirma Roberto Iervolino, Gerente Geral da Riot Games no Brasil.

Além de salário compatível com a função, a Riot ainda oferece benefícios aos seus funcionários e uma bolsa anual para jogos. Esta bolsa é parte dos esforços da empresa em se tornar a companhia mais focada no jogador do mundo. Além dessas vagas em níveis de liderança, a empresa divulgou ainda que também conta com outras 11 vagas em outras áreas como Artes, Desenvolvimento Web, Eventos, Financeiro, Marketing, Produção de Vídeos, Recursos Humanos e Suporte ao Jogador.

Quem almeja trabalhar na Riot deve entrar no site e selecionar a cidade de São Paulo; após acessar a vaga de interesse, é preciso anexar uma carta de apresentação e currículo. Vale destacar que todas as oportunidades exigem o idioma inglês entre os níveis avançado e fluente. Após a seleção dos currículos, serão realizadas entrevistas para verificar a experiência do candidato, além de avaliar se o perfil do profissional é compatível com a cultura da empresa.

Os candidatos selecionados terão muita sorte, pois além de realizar o sonho de trabalhar em uma empresa de games, ainda vai trabalhar em uma das melhores empresas para se trabalhar no mundo. Quem diz isso é a revista Fortune, que elegeu a Riot como a 13º entre as 100 melhores empresas para se trabalhar na edição de março de 2015. Além disso, em junho, a empresa ficou com a 21ª colocação no ranking das 100 Melhores Empresas para se Trabalhar para a Geração do Milênio, realizado pela mesma revista.

Riot Games em Santa Mônica, Califórnia

EA abre vagas para QA no Brasil

Fazia algum tempo que não surgiam vagas relacionadas a videogames aqui no GameReporter, mas surgiu uma nova oportunidade para quem quer entrar de cabeça na indústria. A Electronic Arts publicou há pouco uma vaga em sua página no LinkedIn para Testador de desenvolvimento no Brasil (QA = Quality Assurance / Controle de Qualidade).

O objetivo é garantir a alta qualidade dos softwares desenvolvidos pela empresa, testando em primeira mão os novos produtos e garantindo que eles atendam as expectativas de produção e desenvolvimento das equipes e do consumidor final. Para isso, são realizados testes à exaustão em diversas modalidades a fim de identificar e comunicar erros e bugs que impactam nos jogos desenvolvidos.

A vaga é para São Paulo e de acordo com a gigante dos games, é recomendável que o candidato tenha graduação em Ciência da Computação ou curso equivalente. Além disso, é importante que o profissional entenda o processo de garantia de qualidade e como funcionam esses testes, capacidade de analisar ou desenvolver processors e sugerir melhorias.

Outras qualificações são: um ano de experiência em testes de QA (Quality Assurance), compreensão do ciclo de vida de desenvolvimento de softwares, forte capacidade de detectar e isolar problemas, conhecimentos de processo Bug Tracking, experiência com Microsoft Office, experiência em plataformas móveis iOS, Android, WP7 e Kindle. E por fim, é mais que necessário que o candidato goste de jogos eletrônicos.

Pessoas capazes de trabalhar com pouca direção ou supervisão são desejadas, bem como alto grau de organização no trabalho e boa capacidade para procurar e assumir novas tarefas, identificar, analisar e procurar resoluções por conta própria. Além disso, é bom que o candidato possua boa comunicação escrita e verbal a fim de comunicar-se com os membros da equipe de forma clara e concisa.

Para se candidatar, basta acessar o site da EA e preencher um cadastro interno, criando login/senha e inserindo suas informações pessoais e profissionais. Não foram detalhadas algumas informações sobre o cargo com horário de trabalho, benefícios ou salários. Tais informações devem ser transmitidas durante o processo seletivo.