Arquivo da tag: RPG

“Moscas Volantes” é uma aventura literária com jeitão de videogame

O roteirista Rodrigo Budrush foi buscar nos videogames a inspiração para seu primeiro livro, “Moscas Volantes”, uma obra recheada de referências à cultura pop e temas polêmicos levados com bom humor. Na trama acompanhamos o jovem Claudiano que se vê perdido no mundo assim que acorda sozinho num beco da cidade. Ele olha por todos os lados e desespera-se: onde está sua mãe? O rapaz sai à sua busca e acaba encontrando um misterioso homem que diz ter pedras preciosas capazes de indicar o caminho até sua casa. Mas, para consegui-las, Claudiano deve lhe entregar alguns tesouros que estão escondidos pela cidade — e é assim que o jovem acaba entrando numa insólita aventura.

Moscas Volantes traz uma ambientação que lembra muito a dinâmica dos antigos RPGs da era 16 bits. O protagonista Claudiano encontrará em seu caminho aliados como Zezinho (um quarentão hippie fascinado por cálculos matemáticos que deseja decorar todas as tabuadas), Jéssica (uma libidinosa jovem cujo maior sonho é ser top model) e Vitroril (um rapaz hipocondríaco que almeja uma cura para todas as suas doenças). Os quatro aventureiros enfrentarão muitos desafios e seres bizarros em sua jornada — cujo desfecho aparentemente depende das pistas de um misterioso ouriço azul.

rodrigo-budrushA história é recheada de referências ao universo pop: você vai reconhecer games, filmes, músicas e até memes da internet. A estrutura narrativa é baseada na dinâmica dos videogames retrô, com direito a muitas batalhas contra “chefes de fase” e várias outras surpresas. Além disso, Moscas Volantes surpreende pela inesperada profundidade: a história aparentemente banal é na verdade uma grande alegoria que retrata, de maneira leve e divertida, temas profundos da nossa sociedade.

Onde encontrar o livro Moscas Volantes

O livro está disponível em um primeiro momento apenas em eBook e já pode ser comprado na Amazon por R$ 9,90 — assinantes do programa Kindle Unlimited, contudo, podem acessá-lo gratuitamente. A expectativa é que o livro faça bastante sucesso entre os jovens graças a sua estrutura e leitura fácil.

Conheça Alkimya, o empolgante game do estúdio indie Bad Minions

O destaque do dia é um jogo brasileiro bastante animador. Trata-se de Alkimya, do estúdio indie Bad Minions, um game de ação e aventura  que te coloca na pele de um alquimista para resolver puzzles e interagir com elementos da natureza. O universo é de pura fantasia e o jogador encontra diversas criaturas e monstros enormes para derrotar, além de quests e missões envolventes. Para isso, você deve utilizar elementos do fogo, da água, da terra e do ar, além de sua fiel espada.

Alkimya permite que você crie suas próprias poções e as utilize para solucionar puzzles, interagir com o ambiente e lutar contra terríveis criaturas, tornando-se assim um verdadeiro mestre alquimista. Funciona tal como na maioria dos RPGs com sistema de crafting, ou seja, você cria suas próprias bombas, poções e armas para sair em combate.

O personagem principal é Seth, um jovem corajoso que acorda neste mundo de fantasia, confuso e sem memórias, mas com algum conhecimento alquímico. Ele começa então sua jornada para sobreviver e recuperar sua identidade, ajudado por um misterioso homúnculo.  O mundo de Alkimya já foi o berço da alquimia, mas agora está devastada por uma antiga guerra. A terra foi abandonada e cobaias de décadas de experimentos escaparam e fizeram do local o seu covil.

Alkimya tem suporte para multiplayer, de modo que um amigo pode jogar como Pan, um homunculus voador que serve para ajudar a resolver puzzles, coletar itens e batalhar contra os perigosos inimigos. A intenção do Bad Minions é lançar o game para PC, Playstation 4 e Xbox One em algum momento de 2017. O título já até recebeu sinal verde da Steam Greenlight.

Abaixo você confere o empolgante trailer de Alkimya:

Heroes of Incredible Tales chega a 5 milhões de jogadores

A Nexon e a NAT Games tem bons motivos para comemorar neste início de setembro, pois o RPG de ação para dispositivos mobile Heroes of Incredible Tales alcançou uma marca impressionante: desde o lançamento o título já foi baixado mais de cinco milhões de vezes em todo o mundo.

Para celebrar a marca, a Nexon fará uma série de eventos e premiações in-game durante o mês de setembro. Os jogadores que acompanharam o Game ao longo dos meses podem equipar seus heróis com duas novas opções de roupas. Além disso, de 8 até 28 e setembro, jogadores terão a oportunidade de colocar as mãos em uma variedade de itens e ganhar descontos exclusivos, incluindo um enorme desconto de 50% em melhorias de armas, armaduras e no sistema de sintetização de joias. Por fim, a taxa de drop de itens será dobrada para Armas e Armaduras Imortais de cartas premium.

Adicionalmente, jogadores leais de Heroes of Incredible Tales que acessaram o jogo consecutivamente por sete dias, colocarão as suas mãos em prêmios que incluem ouro, gemas e cartas de Armadura Lendária. E os jogadores que chegarem ao nível 65 até 25 de setembro poderão ganhar uma carta de Arma Imortal exclusiva.

Para quem não conhece, Heroes of Incredible Tales (HIT) leva os gráficos dos dispositivos móveis para outro nível, entregando um produto de alta qualidade para dispositivos iOS e Android. Durante a aventura os jogadores exploram dezenas de ambientes e enfrentam monstros em um estilo de jogo similar ao hack ‘n slash. O game é gratuito e já está disponível para download.

Abaixo tem o trailer de Heroes of Incredible Tales:

Grupo Nexon anuncia parceria com a NAT Games e o lançamento do RPG HIT

A Nexon já tinha experiência no mercado de jogos free-to-play online e mobile, mas a companhia quer estender ainda mais sua participação no mercado através de parcerias estratégicas. A divisão Nexon Korea anunciou nova parceria com a produtora de jogos mobile NAT Games. O objetivo é publicar jogos mobile da NAT Games em diferentes mercados. O primeiro jogo desta parceria será HIT (Heroes of Incredible Tales).

Nenhuma das duas empresas são muito conhecidas da grande massa, mas vale destacar que a NAT Games é uma companhia de jogos mobile liderada por Yong-Hyun Park, que desenvolveu os populares MMORPG para PC Lineage II e TERA. O primeiro jogo da NAT Games para mobile é HIT, um RPG de ação 3D no qual os jogadores tornam-se cavaleiros para salvar um mundo coberto em escuridão.

O game faz uso da Unreal Engine 4 e oferece gráficos de qualidade para disponíveis mobile e um sistema de habilidades personalizáveis. O sistema de habilidades de HIT oferece um combate com combos aéreos, golpes de arremeço, e takedowns. O título oferece modo história, uma arena free-for-all para até seis jogadores e raids massivas. Na ocasião de seu lançamento, HIT tornou-se o jogo mais vendido do Google Play e App Store.

“Estamos entusiasmados por fortalecer a nossa relação com a NAT Games, reconhecida pelo seu talento extraordinário no desenvolvimento de jogos,” disse Jiwon Park, o Chief Executive Officer da Nexon Korea. “HIT alcançou um notável sucesso regional, e estamos ansiosos para continuar o nosso trabalho com a NAT Games com HIT para aumentar o sucesso e atingir um lançamento global.”

Fazia algum tempo que uma empresa coreana não lançava um jogo no Brasil. Está será uma oportunidade de vermos o quanto o mercado free to play está aquecido. De acordo com a companhia, HIT já acumula mais de cinco milhões de downloads desde seu lançamento em terras asiáticas. O game já está disponível gratuitamente para Android.

Abaixo tem um trailer do jogo HIT:

Jogo brasileiro Tiny Little Bastards inicia campanha no Catarse

O jogo Tiny Little Bastards da produtora independente Overlord Game Studios já havia conseguido o sinal verde da Steam Greelight, mas agora vem a segunda etapa para que o lançamento seja realizado conforme as ambições do estúdio, que espera levar o game para as plataformas Xbox One, Playstation 4 e PC. A segunda etapa é conseguir fundos para lançamento através do site de crowdfunding Catarse.

Para quem não conhece, Tiny Little Bastards é um Action RPG de plataforma 2D com temática viking que conta a história de três irmãos: Ivarr, Ubba e Helga, que são surpreendidos quando sua taverna é saqueada por uma horda de goblins. Cabe aos jovens viajar pelo mundo em busca de sua cerveja roubada e trazer a paz ao mundo assolado por esses pequenos bastardos. A aventura levará os três irmãos por ambientes diversos, como calabouços dentro de abóboras e até mesmo a Lua.

Para ser lançado, o jogo precisa de R$ 30 mil em 60 dias (tempo da campanha), de modo que os jogadores podem contribuir com valores  iniciais de R$ 10. Os contribuintes ganharão brindes de acordo com o valor doado. Os maiores contribuintes recebem prêmios como cópias digitais e físicas do game, trilha sonora, bonecos, estatuetas e até mesmo participação na criação de conteúdo (na dublagem ou desenvolvimento de personagens).

O título possui um sistema de crafting, evolução de personagens por meio de talentos e itens, controle de estatísticas e até mesmo opções de diálogo que mudam os rumos da história. Assim, cada jogador terá uma experiência única.

Cada um dos jovens tem suas próprias habilidades especiais: Ivarr, por exemplo, pode criar terremotos e rapidamente percorrer os campos de batalha com suas habilidades; Helga utiliza seu escudo para se proteger e contra-atacar os inimigos; já Ubba conta com arco e flecha para atacar à distância e diversas armadilhas para controlar o posicionamento de seus oponentes.

Abaixo tem o trailer de Tiny Little Bastards:

Mages of Mystralia é apresentado durante a GDC

Há um jogo indie com potencial para fazer muito sucesso entre os fãs de ação e fantasia. Trata-se de Mages of Mystralia, um action-adventure que coloca o jogador em um mundo de fantasia e repleto de criaturas fantásticas. O Game acaba de ser revelado na Game Developers Conference, ocorrida entre os dias 14 a 18 de março em San Francisco. O jogo mistura elementos de RPG aventura e ação para criar uma atmosfera de digna de atenção.

Mages of Mystralia está em desenvolvimento pelo estúdio Canadense Borealys Games e conta com argumento do escritor Ed Greenwood. Para quem não conhece, Ed é um autor de best sellers da literatura de fantasia. Sabe-se que suas obras inspiraram games como Baldur’s Gate e Neverwinter Nights. O projeto envolve também Dan Adelman, o cara responsável por qualquer coisa envolvendo projetos independentes dentro da Nintendo durante 9 anos.

O grande chamariz de Mages of Mystralia é que os jogadores podem desenvolver seus próprios feitiços. Na trama você controla a jovem Zia que descobre ser capaz de altos níveis de controle da magia. Infelizmente para ela, o uso de magia está terminantemente proibido no reino, de modo que Zia sai em uma jornada a fim de desenvolver suas habilidades por conta própria e encontrar runas antigas que a ajudarão a desenvolver novos feitiços.

A jornada é perigosa e o reino de Mystralia está em grave perigo. Zia deve utilizar suas habilidades para salvar o mundo antes que seja tarde demais. O clima do jogo é uma grande jornada do herói e cabe ao jogador resolver puzzles e derrotar inimigos para ajudar a heroína. Da para criar feitiços variados que conferem espetáculos visuais impressionantes:

O estúdio Borealys Games é bastante novo, mas em seu quadro profissional estão desenvolvedores que ajudaram grandes games a ser o que são hoje, tais como Assassin’s Creed, Far Cry e Prince of Pérsia. Mages of Mystralia possui visuais bastante agradáveis, com cores vibrantes e efeitos de luz e explosões impressionantes. No site do estúdio há mais informações sobre o jogo.

Abaixo tem o trailer de Mages of Mystralia:

RPG VIDA será lançado em capítulos

Você já ouviu falar de VIDA, o RPG brasileiro criado por Flavio Creasso há 5 anos e que é conhecido como “o Diablo brasileiro”. Pois bem, o game ainda não foi lançado oficialmente, mas enfim temos algumas novidades importantes para compartilhar. A página da campanha crowdfunding para o pré-lançamento foi ao ar recentemente e em um vídeo de esclarecimento, Creasso informa que o jogo será produzido e distribuído em capítulos.

O mesmo modelo de negócios é aplicado por grandes jogos, tais como o remake de Final Fantasy VII da Square Enix, que também será vendido através de capítulos. De acordo com Creasso, sua intenção é permitir que a comunidade de jogadores decida junto com ele qual o destino dos personagens nos capítulos vindouros, de modo que toda a trama está em aberto.

Vale destacar que na época que VIDA começou a sair do papel, Creasso estava sem saída para viabilizar o projeto financeiramente, mas agora esta a possibilidade de crowdfunding não apenas permite que o projeto seja lançado, mas também por tornar o projeto maior e mais dinâmico. Além disso, tal novidade vai refletir no preço que o jogador brasileiro vai ver na loja, um compromisso que esperamos ver ele manter.

A campanha de VIDA já está no ar e continuará durante todo o mês de Março e uma doação de R$15,00 já dá acesso ao primeiro capítulo na data de lançamento, créditos como beta tester e acesso a um grupo secreto de facebook onde os fãs poderão testar versões especiais e manter contato direto com o desenvolvedor até o lançamento do jogo no final. A previsão é que o lançamento ocorra em outubro deste ano.

Abaixo tem o vídeo de esclarecimento de VIDA:

Guardian Stone já está disponível para Android e iOS

A TOAST acaba de lançar mundialmente o jogo Guardian Stone, um RPG de ação para quem curte histórias com pegada de fantasia medieval. O game é para plataformas Android e iOS e é gratuito, sendo que as microtransações ingame podem ser pagas através do UOL BoaCompra para os usuários de Android.

Em Guardian Stone, os jogadores devem invocar e evoluir seus guerreiros Guardiões para se tornarem a mais poderosa força do reino. Para isso, os jogadores precisam coletar fragmentos de pedra espalhados pelo mundo e equipar os Guardiões com poderosas runas arcanas. A partir daí, basta usar as habilidades conquistadas para lançar ataques coordenados contra os oponentes. Quanto maior for o time de Guardiões, mais opções são liberadas nas batalhas.

Um dos destaques do game é a possibilidade de juntar riquezas e atacar ruínas, além disso, Guardian Stone possui um sistema de PVP competitivo parecido com o que se vê em jogos para PC com Ligas rankeadas em que os jogadores podem enfrentar uns aos outros, até seus amigos, e também um modo de jogo entre Guildas.

Os jogadores podem escolher entre três tipos de heróis para escolher (guerreiro, feiticeiro e arqueiro), de modo que é possível aprimorar habilidades únicas de cada personagem, bem como os equipamentos através de um sistema de criação de itens. Há ainda algumas gemas especiais que conferem poderes extras durante as batalhas.

Como se não bastasse, o jogo é bem longo: há mais de 120 masmorras para explorar, todas elas com centenas de inimigos para destruir e guardiões para colecionar. São 69 guardiões para capturar, cada um com seu próprio estilo de jogo. A ideia é que o jogador combine estratégias para derrotar os mais poderosos orcs e dragões que surgem nas masmorras. O título já pode ser baixado gratuitamente.

Abaixo tem o trailer de Guardian Stone:

Possessão Arcana é o novo board game nacional

Possessão Arcana é um jogo de tabuleiro desenvolvido especialmente para quem gosta de jogos desafiadores e que curtem temas de misticismo e ação. Criado pelo designer gráfico Thiago Henrique Ferri, o jogo tem como pano de fundo uma batalha entre forças demoníacas e humanos dotados de poderes mágicos que defendem nosso planeta.

O título é de tabuleiro, mas com temática dungeon crawler com progressão de personagens, gerenciamento de cartas, rolagem de dados etc. Possessão Arcana entra em financiamento coletivo através do site Kickante a partir do dia 20 de janeiro. A meta é de 23 mil reais com a ideia de “tudo ou nada”, de modo que se a campanha não conseguir os resultados esperados, os doadores recebem o dinheiro de volta. A contribuição pode ser feita através do Kickante a partir do dia 20 com valor mínimo de R$ 185,90.

Em Possessão Arcana os jogadores controlam heróis que enfrentam diferentes tipos de inimigos como diabretes e lordes supremos do submundo que invadiram o plano terrestre. Os heróis escolhidos são humanos capazes de manipular a magia arcana, uma habilidade mística poderosa, mas também perigosa. Se mal dominada, o herói é dominada pelas forças do oculto e se volta contra os outros heróis. Mas ainda que isso ocorra, os companheiros podem juntar as forças para reverter a possessão e trazer o herói possuído de volta à realidade.

Ainda através da magia arcana é possível utilizar poderes letais e diferenciados. Cada herói conta com seu próprio Familiar, uma espécie de animal de estimação treinado para lutar ao seu lado. A inspiração do game veio das crenças de que nós vivemos em um mundo paralelo ao plano espiritual, onde existe o bem e o mal, anjos e demônios etc. Os desenvolvedores utilizaram criaturas conhecidas para o desenvolvimento do jogo com o os Diabretes, Greminions, Minus, entre outros.

Abaixo tem o trailer de Possessão Arcana:

Galápagos participa da Comic Con Experience 2015

A Comic Con Experience 2015 está prestes a abrir as portas para a legião de fãs da cultura pop e o evento deste ano promete ser uma experiência gigantesca graças às variadas empresas de entretenimento que montarão estande. Uma das participantes de destaque é a Galápagos Jogos, uma das principais editoras de card e board games no Brasil. Este ano a empresa trará seus tradicionais jogos e uma surpresa para os fãs de Star Wars: o jogo X-Wing: O Despertar da Força.

Além do jogo baseado no universo jedai, a editora ainda tem o lançamento do livro ilustrado de RPG, Kobolds Ate My Baby!, que possui arte do britânico John Kovalic. Outros produtos disponíveis no estande da Galápagos durante a Comic Con são Zombicide, A Guerra dos Tronos: Board Game, King of Tokyo, XCOM: Board Game e o mais recente lançamento da editora: Dungeon Fighter.

Falando das duas novidades, X-Wing: O Despertar da força é a “expansão” do jogo X-Wing, da própria Galápagos. Ele traz três novas naves estelares inéditas (todas presentes no novo filme “Star Wars – O Despertar da Força”. De acordo com a editora, o novo core set do jogo envolve a entrada das duas novas facções: a Resistência e a Primeira Ordem, de modo que os jogadores ganham novas combinações estratégicas para a montagem dos esquadrões.

Já o livro ilustrado “Kobolds Ate My Baby!”, tem uma mecânica singular, que o diferencia de outros livros de RPGs. Ele é focado na diversão, sem muitas nuances, pois as regras são simples e o cenário é mais cômico. Parece que a intenção da Galápagos é atrair jogadores mais novos e pouco integrados ao universo dos RPGs de mesa.

O estande da empresa na Comic Con ainda conta com a participação do ilustrador John Kovalic, que ilustrou o jogo Munchkin, Eric M. Lang – um dos mais renomados criadores de board games da atualidade (como XCOM: Board Game), e David Preti – sócio da Galápagos Jogos. Esses especialistas participarão de um bate-papo com os visitantes do evento sobre a “A Invasão dos Jogos de Tabuleiro no Brasil e no Mundo”,  a fim de dissecar um pouco do mundo dos board games.

O bate-papo acontece no segundo dia de Comic Con (04 de dezembro), das 16h às 16h30, no Auditório Ultra, com tradução simultânea. Além disso, haverá uma sessão de autógrafos no estande da Galápagos. se você vai ao evento e gosta de jogos de tabuleiro e card games, faça uma visita ao estande da Galápagos.

Serviço – Comic Con Experience

Quando: 03 a 06 de dezembro

Onde: Rod. dos Imigrantes, Km 1,5 – Água Funda, São Paulo (Antigo Centro de Exposições Imigrantes. A 1300 metros do Metrô Jabaquara)