Arquivo da tag: realidade virtual

VR Gamer: arena itinerante de jogos de realidade virtual é inaugurada em Shopping de São Paulo

Chegou o grande dia para os fãs de  realidade virtual e jogos eletrônicos: amanhã (04/05), será a inauguração da Arena VR Gamer, a primeira arena itinerante de jogos de realidade virtual do país, no Shopping Villa Lobos, na zona oeste de São Paulo. A ideia é criar um ambiente parecido com as casas de fliperamas, o de até quatro pessoas possam jogar simultaneamente em maquinas ligadas a óculos de realidade virtual.

De acordo com a VR Gamer, idealizadora da empreitada, o espaço contará com 25m² e traz um jogo exclusivo desenvolvido para o espaço.  Cada sessão terá duração dez minutos e os ingressos deverão ser adquiridos no local.

A Arena VR Gamer contará com equipamentos de última geração como conjuntos de HTC VIVE aliados a trackers, CPU’s em mochilas e periféricos interativos e sem fios, que permitem aos visitantes locomoverem-se livremente e terem uma experiência totalmente imersiva no jogo.

“A ideia da Arena VR Gamer surgiu como uma forma de popularizar a realidade virtual, permitindo que mais pessoas possam ter contato com essa tecnologia, que não é mais uma tendência, mas uma realidade no mundo do entretenimento. Se olharmos para o mercado mundial vemos que até grandes parques de diversão já contam com atrações do gênero. A realidade virtual oferece uma experiência imersiva para quem a está utilizando e faz com que a pessoa seja transportada para outra realidade”, comenta o sócio-proprietário da VR Gamer, Leandro Sarubbi.

A Arena VR Gamer ficará localizada no Shopping Villa lobos e depois seguirá para outros shoppings da capital e Grande São Paulo.

 

Serviço: Arena VR Gamer

Duração: de 4 de maio a 18 de junho de 2018

Local: Shopping Villa Lobos

Endereço: Avenida das Nações Unidas, nº 4777 – Alto de Pinheiros – Tel: (11) 3024-3738

Horário: de segunda a sábado, das 10h às 22h e domingo das 12h às 20h

Ingresso: R$ 40

ARVORE: estúdio brasileiro anuncia parceria para criação de centro de entretenimento voltado para a realidade virtual em SP

O estúdio brasileiro ARVORE não pára de inovar! A novidade da vez é a parceria de exclusividade no país com o grupo MK2 VR, o maior e mais avançado espaço dedicado à realidade virtual da Europa. O objetivo é a inauguração de um centro de entretenimento de última geração de VR em um dos shoppings de São Paulo. Vai ser mais ou menos como um fliperama das antigas, porém totalmente voltado à realidade virtual.

A parceria foi anunciada na última quarta-feira (14), em apresentação da MK2 VR durante o SXSW 2018, em Austin, Texas. De acordo com a ARVORE, a inauguração deve ocorrer ainda neste semestre em shopping ainda a ser anunciado.  O espaço contará com games, experiências cinemáticas e outros conteúdos interativos em realidade virtual.

Entre as experiências licenciadas internacionalmente do catálogo da MK2 estarão “Life of Us”, premiada no Sundance Film Festival 2017, o game “Superhot”, com uma inovadora relação entre tempo e ação, e muitas outras experiências interativas.

Ainda de acordo com o pessoal  da ARVORE, os visitantes vão encontrar 10 unidades dos inovadores MK2 VR Pods, capazes de processar as melhores experiências em VR disponíveis para Oculus Rift e Vive. O espaço de 220 m² também contará com simuladores de corrida, remo e voo, games de Playstation VR e experiências multissensoriais de larga escala espacial.

“Coisas incríveis em realidade virtual têm sido feitas ao redor do mundo, mas muitos deles ainda estão fora de alcance para maioria das pessoas no Brasil. Por esse motivo, para nós, é muito importante disponibilizá-los no país. Para a ARVORE, a parceria com a MK2  vai ajudar a apresentar da melhor forma possível a mais recente tecnologia de conteúdo imersivo” diz Ricardo Justus, CEO da ARVORE.

Vale lembrar que a ARVORE vai incluir no catálogo de seu centro de entretenimento alguns de seus produtos originais, como o jogo game Pixel Ripped 1989, criado pela pioneira em jogos em realidade virtual no Brasil, Ana Ribeiro, que será lançado neste ano nas plataformas Oculus, Vive e PSVR; e Beleaf, experiência multissensorial que explora as diferentes sensações que a realidade virtual pode incorporar

The Rabbit Hole, da VRMonkey, é o primeiro jogo brasileiro a sair no PlayStation VR

A realidade virtual é a grande aposta dos estúdios de games mundo afora. No Brasil não é diferente. Uma das produtoras nacionais a apostar forte neste segmento de jogos é a VRMonkey com o jogo The Rabbit Hole. O título foi lançado no último dia 12 de novembro para o Playstation VR (PSVR), sendo considerado o primeiro game nacional a ser lançado para o aparelho da Sony.

The Rabbit Hole trata-se de um jogo de escape, ou seja, você deve fugir de um determinado ambiente. A aventura se passa em um mundo sombrio inspirado em Alice no País das Maravilhas de maneira sinistra. De acordo com os desenvolvedores da VRMonkey, o título lembra algo dos jogos de horror psicológico. A intenção é levar os jogadores de maneira  gradual para um ambiente de percepções distorcidas sobre si e sobre o mundo.

O jogo começa com o jogador acordando em um quarto estranho sem memórias ou explicação para sua chegada – apenas com um instinto urgente gritando que busquem uma saída o mais rápido possível. A experiência é direcionada para o público já adepto de VR, e para amantes de quebra-cabeça, já que tem desafios que usam o ambiente VR para testar a habilidade de se resolver problemas sob a pressão do medo constante. Tal como em Alice no País das Maravilhas, você deve aumentar ou diminuir seu tamanho para explorar novas áreas.

Vale lembrar que The Rabbit Hole foi um dos indicados para o 13º IMGA, em seu People’s Choice Awards. O jogo também foi nomeado em 3 categorias no Game Connection: Jogo Mais Criativo e Original; Melhor Indie e Melhor Hardcore. O game já está disponível para o Playstation VR.

Abaixo tem o trailer de The Rabbit Hole:

Red Bull Station recebe galeria de realidade virtual inédita no Brasil

A realidade virtual é a grande aposta do mercado de jogos eletrônicos e do marketing mundial. Quem quer conhecer essa tecnologia e suas variadas aplicações, basta ir no espaço Red Bull Syayion nos dias 27 e 28 de outubro, onde haverá diversas sessões interativas e gratuitas. A Galeria de Realidade Virtual Red Bull Doodle Art é inédita no Brasil e ficará instalada entre 11h às 20h, na Praça da Bandeira, em São Paulo.

Os visitantes da galeria poderão, por meio de óculos HTC Vive, entrar numa cidade virtual e mergulhar em cadernos tridimensionais com as obras dos vencedores do Red Bull Doodle Art, uma competição universitária global de desenhos e rabiscos cuja final deste ano ocorreu na cidade de São Francisco, nos Estados Unidos. Dentro dessa cidade, o visitante será levado a interagir com um mundo totalmente virtual e a entrar nas galerias onde estão exibidos os trabalhos de artistas de 37 países diferentes. As obras poderão ser vistas de todos os ângulos, como numa experiência em 3D completa.

O Red Bull Doodle Art é uma competição de arte mundial em que estudantes universitários de todo o mundo apresentam seus doodles para serem julgados por seu estilo e criatividade. Um competidor, oudoodler, de cada país participante é convidado para a final mundial, que este ano aconteceu em São Francisco. Os rabiscos vencedores de cada país são os exibidos nesta galeria virtual global.

Essa galeria virtual chega por aqui como pioneira: o Brasil foi o primeiro país escolhido a recebê-la depois de estrear nos Estados Unidos. Vale destacar que a grande aposta da comunidade gamer, conforme vimos na BGS, é a realidade virtual. Então a galeria da Red Bull deve ser uma das muitas ações que as empresas devem fazer utilizando essa tecnologia.

Serviço: Galeria de Realidade Virtual Red Bull Doodle Art

Data: 27 e 28/10/2017
Horários: 11h às 20h
Local: Red Bull Station (

Pça. da Bandeira, 137 – Centro); galeria principal
Entrada gratuita
Evento: 
https://www.facebook.com/events/123116971723034/

Jogos em realidade virtual são atração da Rixty na Brasil Game Show 2017

A Rixty é uma das empresas que voltam para a 10ª edição da Brasil Game Show (BGS), a maior feira de games da América Latina. A Rixty irá apresentar em seu estande o HTC Vive VR, que possibilitará aos visitantes se divertirem com diferentes jogos por meio da tecnologia de realidade virtual disponíveis na plataforma Steam. A ideia é que os visitantes do estande possam conhecer a imersão dos óculos de realidade virtual em sua plenitude.

“Os jogos em realidade virtual são uma mania global da atualidade, mas pouco acessível à maioria dos brasileiros. Esperamos atrair milhares de jogadores para o nosso estande e deixar os visitantes entusiasmados com a experiência”, afirma Dennis Ferreira, gerente-geral da Rixty no Brasil. A atração foi desenvolvida em parceria com a Valve especialmente para o evento, e cada um dos gamers terá à disposição um espaço de 4m2 para vivenciar todos os detalhes do jogo em VR (sigla de virtual reality).

Para deixar a experiência ainda mais incrível, um telão de 75 polegadas chamará a atenção de todos que passarem pelos corredores da BGS, com imagens em tempo real dos jogos que estarão sendo executados. Todos os visitantes do evento poderão passar pela experiência em VR de forma gratuita, assim como jogar nos computadores e consoles disponíveis no estande da Rixty.

Os jogadores que comprarem créditos Steam no estande Rixty receberão uma camiseta Steam gratuita enquanto durarem os estoques, e quem quiser colocar créditos no cartão, a empresa disponibilizará uma máquina de autoatendimento e também um vendedor com equipamento de POS (cartão) Detalhe: quem possuir o cartão Rixty poderá evitar filas e jogar de forma mais rápida. Além de disponibilizar a experiência em VR, o estande da Rixty terá uma área espaço Free-to-play, incluindo jogos populares como CrossFire, Naruto Online e Dragon Awaken. Haverá também torneios casuais e distribuição de brindes.

BIG Festival procura projetos de VR e AR para novo line-up de palestras sobre Realidade Virtual e Aumentada

O BIG Festival 2017 começa apenas em 24 de junho, mas as novidades já estão rolando a todo vapor. Uma das mais interessantes é que a quinta edição vai ter um line-up específico sobre realidade virtual e realidade aumentada. Esta será uma oportunidade única para quem ainda não conseguiu testar os novos óculos de realidade virtual e aumentada.

O BIG Festival convidou três dos profissionais brasileiros que mais se destacam na criação de games com essas tecnologias para ajudar na construção dessa vertical. Orlando Fonseca Jr, da IMGNATION Studios; Pedro Kayatt, da VR Monkey; e Tiago Moraes da Ovni Studios, serão os parceiros da organização do evento para trazer o que há de mais atual em VR, AR e games.

big-festival

Mas não pense que o espaço dedicado a realidade virtual se limita apenas aos três produtores. Na verdade, se a sua empresa tem jogos prontos e você deseja participar do line-up de palestras do BIG Festival, você pode inscrever seu game ou caso de sucesso no site do evento. Se aprovado, você pode apresentar seu projeto no maior evento de jogos independentes da América Latina.

Mais novidades sobre o BIG Festival 2017

E as novidades do BIG Festival não param por aí: a organização do evento também procura iniciativas de empresas, escolas, fundações e outras organizações brasileiras envolvidas com jogos para aprendizagem, saúde e impacto social, para exporem e discutirem suas experiências na programação do BIG Impact.

mario-lapin“Buscamos dar visibilidade a casos de games aplicados na transformação positiva do mundo, seja apoiando a aprendizagem em qualquer faixa etária, fomentando a saúde, ou promovendo a cidadania e as causas sociais. É um campo que cresce rapidamente no Brasil, e acreditamos que o compartilhamento de histórias dos pioneiros desta indústria, incluindo seus fundamentos, acertos, erros e resultados serão essenciais para o amadurecimento e a expansão do setor no país, aumentando ainda o potencial de exportação e de participação da nossa indústria no mercado global”, afirma Mario Lapin, curador do BIG Impact e CEO da Virgo Games.

Se você já desenvolveu ou participou do desenvolvimento de jogos de impacto, ou se você tem algum projeto incrível em mente, não fique fora do line-up de palestras do BIG Impact. Inscreva seu jogo ou iniciativa lúdica de impacto para apresentar-se na programação do BIG Impact aqui.

Dinos do Brasil – Museu Catavento inaugura sala de realidade virtual sobre dinossauros

O grande macete dos óculos de realidade virtual é a imersão. Agora imagine visitar mundos distantes, o fundo do oceano ou planetas longe do Sistema Solar. Tudo isso é possível. O Catavento Cultural, Museu do Governo do Estado de São Paulo, resolveu utilizar a tecnologia para colocar seus visitantes em um passeio pelo planeta Terra na época dos dinossauros. No dia 18 de fevereiro o museu inaugurou a sala Dinos do Brasil, que fica na seção “Vida” do Museu.

A sala conta com 100m² e dá ao visitante um vislumbre de como era nosso mundo na era mesozóica – entre 250 milhões e 65 milhões de anos atrás – com auxílio de óculos de realidade virtual. A aplicação foi desenvolvida pela startup brasileira VR Monkey com patrocínio da Intel e da Ambev. De acordo com o Catavento Cultural, a sala Dinos do Brasil terá sete sessões diárias com 40 minutos de duração e capacidade para 25 pessoas. A bordo de uma cápsula do tempo, a atividade levará o público para uma viagem pelas paisagens primitivas do Brasil, de norte a sul, nos períodos Triássico e Cretáceo.

catavento-espaco-cultural-da-c-4506818202512806Uberabatitan, Abelissauro, Unaissauro e Saturnália são algumas das espécies de dinossauros brasileiros que irão interagir com os visitantes, junto a outros animais pré-históricos, em meio a um passeio por florestas, desertos e áreas vulcânicas que, à época, faziam parte do relevo do território nacional. A experiência multissensorial, que estimula visão, audição e senso de direção, irá atrair não somente as crianças, frequentadoras assíduas do museu, mas também os adultos que apreciam História, tecnologia egames.

O projeto Dinos do Brasil contou com a consultoria do Prof. Dr. Luiz Anelli do Instituto de Geociências da USP, com o apoio da FAPESP por meio do PIPE. É o primeiro projeto de realidade virtual financiado pela Lei Rouanet. A intenção é divertir os visitantes, além de utilizar a tecnologia para apresentar ciência e biologia para as pessoas. Vale lembrar que muitos produtores de games acreditam que a realidade virtual pode se tornar bastante popular em instituições de ensino no futuro.

 

Serviço – Dinos do Brasil

Onde: Museu Catavento Cultural – Palácio das Indústrias – Avenida Mercúrio, s/no, Parque Dom Pedro II, Centro – São Paulo/SP

Sessões: 10h, 11h, 12h, 13h, 14h, 15h e 16h (de terça a sexta-feira sessões para grupos agendados, aos finais de semana, férias escolares e feriados é necessário retirar senha para participar da atividade).

Capacidade: 25 pessoas por sessão

Telefone(011) 3315-0051

Funcionamento: terça a domingo, das 9h00 às 17h00 (bilheteria fecha às 16h)

Ingresso: R$ 6,00 (inteira) e R$ 3,00 (meia). Aposentados, crianças de 4 a 12 anos, estudantes com carteirinha e pessoas com deficiência pagam meia. Aos sábados, a entrada é gratuita para todos os visitantes

 

Realidade virtual estará em alta durante o evento FITIC 2016

Quem curte fazer trilha mesmo já deve ter imaginado uma situação de entrar na floresta Amazônica, certo? E quem curte música já deve ter tido a curiosidade de conhecer os bastidores do processo de um criação de um videoclipe. Pois bem, a FITIC – Feira de Tecnologia e Inovação, terá uma exposição em que os visitantes poderão conferir isso e muito mais.

O evento será realizado entre os dias 15 a 18 de dezembro e promete uma série de novidades do mundo da realidade virtual. O FITIC é uma realização em parceria  com o a Greenpeace. A VR EXPERIENCE ZONE  propiciará um passeio  em VR  360º na floresta amazônica, já a Vevo vai possibilitar que os visitantes descubram os bastidores do processo de criação de um videoclipe.

Além disso, as últimas tendências dos games também estarão em exposição. De acordo com os organizadores nos próximos quatro anos a venda de aparelhos de realidade virtual deve crescer a um ritmo anual de 84,5%, chegando a 50 milhões de unidades em 2020. E a tendência é que o segmento se popularize ainda mais. Segundo uma pesquisa da Advanced Imaging Society, de Hollywood, 70% dos americanos entre 18 e 60 anos se mostram extremamente interessados no assunto. No Brasil, a FITIC – Feira de Tecnologia e Inovação trará ao público um grande espaço inteiramente dedicado à categoria.

business-lounge-opti-1024x574Na FITIC, os participantes terão acesso a uma área de experiência, em que os equipamentos poderão ser utilizados. Os visitantes terão, por exemplo, a oportunidade de experimentar óculos de realidade virtual que os levarão direto para a floresta Amazônica, com visão 360°. A atração é resultante de uma parceria com o Greenpeace e vai permitir que o público conheça um pouco mais da maior floresta tropical e reserva de biodiversidade do planeta, sem sair de São Paulo.

Entre as diversas atrações do segmento, uma parceria com a Vevo vai permitir que os visitantes participem de videoclipes e acompanhem todo o processo de montagem, efeitos e produção, por meio da realidade aumentada. O público ainda terá a oportunidade de viajar sem sair do lugar, se aventurar em tirolesas e conhecer as últimas novidades em games.

“Até bem pouco tempo atrás muitos pensavam que VR, ou realidade virtual, seria sempre um sonho de autores de ficção científica. Hoje em dia já é possível ver a tecnologia aplicada em diversos campos como turismo, entretenimento, educação e saúde. Suas vantagens se tornaram acessíveis ao público em geral, transformando-a numa opção de lazer e conhecimento”, declara Luís Prata, CEO da FITIC.

A Messier, empresa brasileira de produção de games com experiência digital, levará aos visitantes três criações. Uma delas é a versão para o premiado mangá Holy Avenger, um jogo de aventura em 3D para PC e Consoles (XBOX e PlayStation), no estilo “Hack and Slash”, jogos que enfatizam o combate. Outra atração no segmento é o Opus Castle, um horror game em realidade virtual gestual. A história acontece dentro de um pequeno castelo, onde uma família foi brutalmente assassinada.

O jogador precisa escapar do local e enfrentar seus medos mais terríveis. Para isso, o jogador experimenta uma imersão sensorial que usa, além dos óculos de realidade virtual, dois controles, um em cada mão, sensíveis aos movimentos e aos toques. Os óculos de realidade virtual da HTC VIVE possuem ainda duas telas de 1200×1080, uma para cada olho, com taxa de atualização de 90 hz que torna a experiência altamente realista.

Quem estiver na feira também poderá conhecer o Kriaturaz, jogo em que os personagens são parte de um novo conceito de lendas, mitos e folclore do Brasil. O jogador deve controlar e cuidar de uma criatura nascida de um pequeno ovo, que passará por diversas evoluções, começando por um nível completamente inferior (mirim) para o nível mais alto no panteão dos mitos, o Guardião das Lendas. Neste game totalmente em 3D, que mescla batalhas por turno e RPG clássico com a evolução do personagem, perda de itens ao morrer, e adição de pontos e atributos baseados em experiências, o jogador terá, ao longo de sua jornada, que desbravar cada região do Brasil, solucionando questões e enfrentando inimigos para que o mundo das lendas não entre em colapso com o mundo humano.

Entre as várias experiências da feira, os visitantes poderão viajar para o interior de São Paulo sem sair do lugar com a Tirolesa VR, inédita no Brasil. Viabilizada pela VR Studios, em parceria com o município de Brotas (SP), a atração permitirá que o público se aventure em duas das tirolesas mais famosas da cidade: o Voo do Tarzan, com 1.100 metros de percurso e 1 minuto e 20 segundos de duração, e Voo do Vale, com 800 metros de percurso e 1 minuto de descida.

Os participantes ficarão suspensos em uma estrutura metálica exatamente como se estivessem em um equipamento real. Em seguida, usarão os óculos de realidade virtual, no qual verão uma gravação em 360º realizada nas tirolesas de Brotas. Fortes ventiladores simularão o vento da descida nos rostos das pessoas. Os visitantes também vão conhecer diversas soluções que podem ser aplicadas nos segmentos de turismo, educação, arquitetura e saúde.

Quem estiver na feira também poderá conhecer Foz do Iguaçu, no Paraná. No estande da AIS – Ambientes Virtuais, as pessoas poderão fazer um tour por pontos turísticos como Itaipu Binacional, Cataratas do Iguaçu e Dream Land. A empresa Esconderijo das Crianças levará a revista de realidade virtual Mundo360, que reúne um pacote de experiência completo interagindo óculos, revista e um aparelho celular.

Essa iniciativa trouxe em um mesmo produto uma mídia que já tem mais de 350 anos juntamente com uma mídia que ainda está se desenvolvendo como mercado. A empresa apresentará, também, a melhor solução de sistema de votação online, a Chooicely, que recentemente apresentou resultados surpreendentes em um grande concurso de beleza fitness e que poderão ser conferidos em demos para os visitantes.

Para mais detalhes sobre as atrações da FITIC, acesse a programação.

SERVIÇO: FITIC – Feira de tecnologia e inovação
Data: 15 a 18 de dezembro
Local: Centro de Exposições de São Paulo
Endereço: Rod. dos Imigrantes, s/n – Água Funda, São Paulo – SP

GeForce Game Ready Driver melhora experiência de VR para games compatíveis com Oculus Touch

Você está empolgado com a realidade virtual, certo? Nós também! Para quem quer desfrutar da tecnologia em seu auge, a NVIDIA  anunciou uma atualização do GeForce Game Ready Driver que prepara os primeiros jogos compatíveis com o produto, com destaque para dois dos títulos mais procurados no estande da NVIDIA na BGS 2016: VR Sports Challenge e The Unspoken. A nova tecnologia esteve disponível durante a BGS 2016 e agora a tecnologia está ao alcance dos consumidores. A intenção é tornar a experiência do VR ainda mais imersiva.

The Unspoken promoveu, durante a última edição da Brasil Game Show, batalhas competitivas em VR entre os jogadores, que já testaram em primeira mão o Oculus Touch no controle das magias. Já o VR Sports Challenge colocou os visitantes da feira no lugar de um importante quarterback em uma partida de futebol americano, permitindo movimentos como recepção e arremesso da bola na disputa pelas jardas. Quem esteve presente e conferiu pôde sentir o quanto o Ready Driver melhora a performance de jogos em realidade virtual.

Além dos dois, outros games que estão otimizados nessa atualização são o game de esporte futurista  Ripcoil, o shooter conceitual Superhot VR e o game de sobrevivência contra zumbis Arizona Sunshine. A expectativa é que aos poucos a atualização seja compatível com muitos outros games do Oculus Rift. A NVIDIA não garante nada, mas há uma boa chance de que a próxima edição da BGS traga ainda mais novidades neste sentido.

“Na última Brasil Game Show, os brasileiros puderam experimentar antecipadamente alguns jogos preparados para o lançamento do Oculus Touch e rodando em nossa linha GeForce GTX da série 10. Isso demonstra o compromisso da NVIDIA em oferecer no país o que há de mais recente em tecnologia gráfica com a melhor performance e experiência de jogo”, diz Alexandre Ziebert, gerente de marketing técnico da NVIDIA na América Latina.

Mais sobre o Game Ready Driver

De acordo com a NVIDIA, o Game Ready é um compromisso que a empresa assume com os gamers equipados com GeForce de que sempre terão drivers otimizados para os grandes lançamentos de games, no dia em que chegarem ao mercado, e assim poderão aproveitar o jogo com a máxima performance e qualidade visual, através da instalação do último driver.

O mais recente Game Ready Driver já está disponível para GPUs GeForce da série 400 ou superior e pode ser baixado diretamente através do software GeForce Experience, que é uma maneira fácil de atualizar drivers, compartilhar vitórias e otimizar games. Com o GeForce Experience instalado, o jogador é notificado automaticamente sobre novas versões de driver da NVIDIA. Além disso, basta um clique, para atualizar o driver diretamente, sem sair do seu desktop.  PaMais informações podem ser adquiridas no informativo.

 

VR Gamer, a primeira Casa de Arcade de realidade virtual do Brasil, é inaugurada em São Paulo

Os óculos de realidade virtual já conquistaram o status de “tendência dos games” para o futuro. O grande problema é que esses assessorios não devem custar pouco nos primeiros anos, o que der afastar muitos dos jogadores. Entretanto Ja existe uma alternativa para quem quer conhecer os jogos VR mas não podem investir no equipamento por enquanto: a VR Gamer, uma casa de games dedicada aos jogos de realidade virtual.

A VR Gamer é a primeira Casa de  Arcade de realidade virtual do Brasil. O recinto foi recém-inaugurado em São Paulo, no bairro Vila Mariana. Lá os jogadores encontram salas individuais bastante confortáveis e uma biblioteca com mais de 60 títulos. A VR Gamer possui cinco salas equipadas com um set completo de realidade virtual com ambiente mapeado, óculos HTC Vive, o mais avançado do mercado, e computadores de última geração.

Para quem nunca jogou, a realidade virtual é uma experiência indescritível. Os óculos cobrem totalmente os olhos e os fones de ouvido garantem o som ambiente do game. São possibilidades de experiências únicas, como voar pelo sistema solar e ver os planetas de perto, em todos os detalhes, e até pegá-los na mão; ou observar as criaturas abissais do oceano, ou passear por um recife de coral colorido, ou explorar o corpo humano em detalhes. Para os fãs de Star Wars, a experiência de Trials on Tattooine, em que a espaçonave Millenium Falcon pousa sobre o jogador e o droid R2-D2 lhe entrega um sabre de luz, estão além de qualquer descrição.

Os óculos HTC VIVE possuem um sistema de rastreamento e mapeamento do ambiente e dos controles de movimento, que são recriados em modelos tridimensionais dentro do jogo. Os controles se transformam nos objetos que o jogador usa nos games, como armas, lanternas, espadas e todo o resto. É impressionante poder aproximar esses objetos do rosto e vê-los com perfeição.

Entre os títulos, alguns que merecem destaque são o aclamado ADR1FT, de sobrevivência e exploração espacial; The Brookhaven Experiment, jogo de terror em que o jogador precisa exterminar hordas de zumbis que tentam matá-lo; o premiado Job Simulator, que simula diversas profissões, como mecânico, vendedor, cozinheiro, e outras; The Lab, a experiência de realidade virtual da Valve, criadora do Steam, com diversas opções de jogos (como defender um castelo com arco-e–flecha no puro estilo tower defense; controlar uma pequena espaçonave dando tiros de raio laser para atingir os inimigos),  dentro de um laboratório experimental da Aperture Science, de Portal, que inclui um simpático cachorrinho robô! E muitos, muitos outros, como Holopoint, House of the Dying Sun e Vanishing Realms.
Vale muito a pena conhecer.

A VR Gamer disponibiliza uma ferramenta online de agendamento para evitar filas muito grandes na casa – pois é garantido que os usuários desfrutem dos jogos e demais experiências imersivas por horas, inclusive com a possibilidade de jogar em rede com os amigos. Mas, para quem for lá  sem prévio agendamento, a casa possui uma sala de espera com PlayStation 4 à vontade e uma área externa com som ambiente, onde são servidas algumas bebidas.

Além do arcade de realidade virtual, a VR Gamer se posiciona como um espaço para eventos, particulares ou corporativos, e também oferece um serviço único de captação, gravação e edição de gameplays em uma sala com fundo verde (chroma key).

Serviço – VR GAMER Realidade Virtual

O que:  Arcade de realidade virtual; mais de 60 jogos e experiências com HTC VIVE
Onde: Rua Dona Inácia Uchoa, 373 – Vila Mariana – São Paulo/SP
Funcionamento: De segunda a segunda, das 13h às 22h.
Quanto: R$ 30/30min. Preço promocional de R$ 15/30min no período das 13h às 18h