Arquivo da tag: puzzle

Conheça Duo, o puzzle indie minimalista mais desafiador da semana

Para quem gosta de puzzles, a dica do dia é Duo, um jogo minimalista onde o jogador deve fazer com que dois personagens se encontrem usando o cenário a seu favor e prevenindo que eles caiam no caminho. O game é bastante divertido e possui uma mecânica simples, ideal para jogadores mais jovens, porém com dificuldade crescente ao passo em que os cenários são vencidos.

O game foi criado pelo desenvolvedor independente Bruno Suco e já está na Steam para download pelo preço de R$ 2,99. Além de quebra-cabeças envolventes, Duo possui músias do compositor Kevin MacLeod, criador do projeto Incompetech, que permite que qualquer um possa usar suas músicas livremente.

Duo possui 30 fases, todas feitas à mão. Parece pouco, mas Bruno garante que o nível de dificuldade vai fazer você gastar mais tempo aqui do que em outros games AAA que custam 25 vezes o preço de Duo. Os visuais também são minimalistas, lembrando um jogo de tabuleiro. Basicamente os personagens são um casal tentando passar pelos obstáculos para se encontrar. Para quem gosta de desafio, Duo promete ser um prato cheio.

Confira o trailer de Duo:

Triangulae: puzzle desafiador é lançado para iOS

O destaque do dia é cortesia do desenvolvedor indie Ricardo Fonseca, que criou o jogo para homenagear a esposa, mas devido à qualidade do produto acabou lançando no mercado. Trata-se do game Triangulae, um puzzle em que o jogador deve mover triângulos de forma a posicioná-los e formar um quadrado.

A jogabilidade lembra títulos como Candy Crush e Bejeweled, de modo que o jogador só precisa arrastar as peças para o lado que deseja posicioná-las. O título possui três modos de jogo (clássico, tempo e persistência), assim o jogador encontra desafios diferenciados a cada partida. O melhor é que há suporte para idioma português, assim os jogadores mais jovens podem se divertir sem empecilhos.

“Estou na etapa final de criação de um protótipo feito para um jogo de tabuleiro inspirado em Triangulae, e assim como a versão mobile, eu adoraria fazer uma versão multi-jogador também”, revelou Ricardo Fonseca, criador do game.

Triangulae foi desenvolvido totalmente por apenas uma pessoa (em apenas cinco dias), inclusive a trilha sonora, que persistiu após Ricardo descartar cerca de 19 faixas que ele criou para o game. O game é a prova que trabalho e dedicação e esforço rendem frutos.

O game está disponível para download na App Store com preço de US$ 1,99. Até o momento não há previsão de lançamento para uma versão Android.

Abaixo está o trailer do game Triangulae:

Firecast Studios lança Jelly Dreams, jogo de puzzle estilo Sokoban

Conhece o Sokoban? Pois bem, se você gosta, aqui temos um game que segue nessa linha e é lançamento. Trata-se do jogo Jelly Dreams, da desenvolvedora indie Firecast Studios. Para quem não conhece o gênero, trata-se de um puzzle que desafia o pensamento lógico do jogador, através de uma divertida viagem aos fantásticos sonhos do personagem Nino, um garoto apaixonado por gelatina. O game foi lançado no Splitplay e no Desura, além de estar em votação no Steam Greenlight.

Com estilo cartunesco e traços cativantes, o game conta com 80 fases, de modo que os cenários são diferenciados e servem para divertir o jogador. O título é a primeira criação da Firecast e apesar de ser um puzzle ele possui até mesmo um breve roteiro: você é Nino, um garoto apaixonado por gelatina.

Os mundos visitados durante a jogatina são provenientes dos sonhos de Nino, pois apesar de adorar a guloseima, sua mãe não o deixa comer mais do que é saudável, assim o menino embarca no mundo dos sonhos, onde sua gula não fará mal. Entretanto, antes de comer, ele precisa solucionar quebra-cabeças, juntando cubos de gelatina de cores iguais.

Jelly Dreams possui 80 fases, três pacotes temáticos para jogar (Floresta Mágica, Ilha do Tesouro e Velho Oeste), sete fantasias para download (pijama, pirata, vaqueiro, astronauta, soldado, super herói e dinossauro) e mais de 40 conquistas. De acordo com a desenvolvedora, o game não é a única versão do Sokoban, mas se diferencia pelo visual atraente e pela riqueza temática. Já está disponível para download.

Abaixo está o trailer do game Jelly Dreams:

Gameloft lança Batalha dos Mares para iOS e Android

A Gameloft lançou seu mais novo game visando os fãs de RPG e puzzle. Nomeado Batalha dos Mares, o título chegou ao mercado cheio de pompa, tentando conquistar os jogadores com uma mecânica viciante e muita estratégia. Basicamente você controla heróis que estão na missão de defender o mundo de Pondera , que está sob ameaça de criaturas malignas. Para isso, o jogador comanda as forças elementais a fim de destruir os inimigos.

A jogabilidade é das mais fáceis, bastando ao jogador arrastar o dedo sobre as orbes para conectá-las e encadear sequências de ataques. Cinco ou mais combinações da mesma cor geram uma super orbe que pode detonar todas de um só elemento, causando o maior estrago possível. Já os corações vistos na tela servem para recuperar sua energia. A jogabilidade é fácil, mas os desafios não são facilitados pelos adversários.

O game permite que o jogador recrute mais de 500 aliados, de modo que se pode formar um time equilibrado ou agressivo, de acordo com o elemento chave que será encontrado na missão. Há um círculo de vantagens e desvantagens que devem ser estudados para tornar os confrontos mais tranquilos.

O game é para plataformas mobile (iPhone, iPad e Android), e, tal como ocorre em jogos para essas plataformas, ele possui um estilo visual cheio de cores e personagens cartunescos. As cores são fortes e dão o tom para os cenários em 3D. De acordo com a Gameloft, há quem considere o estilo visual, aliado à temática de fantasia em ambientes marítimos, parecido com o sucesso dos mangás One Piece.

Batalha dos Mares  pode ser baixado gratuitamente na App Store e no Google Play. De acordo com a gigante dos jogos mobile, o game deve ganhar uma versão em breve para Windows Phone e Windows. Abaixo você confere o trailer do game:

Batalha dos Mares

Fast Cubes é o novo game da desenvolvedora indie Last Candy Games

O game de hoje veio do desenvolvedor indie Lucas Meyer da produtora Last Candy Games. Trata-se do jogo Fast Cubes, um título puzzle casual que é bastante simples, mas tem tudo para prender o jogador por várias horas no smartphone.

Basicamente você deve controlar um cubo preto e fazê-lo desviar de outros cubos coloridos que começam a cair em sua direção. O controle é bastante simples e intuitivo, de modo que o jogador somente precisa arrastar o cubo para a direção desejada. Mas não pense que as coisas são tão simples, pois à medida que o jogador vai passando de nível as coisas vão se complicando.

Para facilitar a vida do jogador, há uma linha preta na parte superior da tela que mostra a ordem em que os blocos coloridos estão chegando. A ideia é ter reflexos rápidos e muita atenção. Toda a perspectiva é em 2D.

O game foi lançado tanto para Android, quanto iOS e surpreendentemente foi criado em apenas 2 dias. “A idéia foi fazer um jogo viciante para matar o tempo”, disse Lucas Meyer. O game é gratuito. E fica o aviso: Fast Cubes é bastante desafiador!

Abaixo você confere o trailer do game, que dá uma ideia de como jogar sem se complicar.

Fast Cubes

Escape Block: novo game indie é puzzle desafiante

Sabe aqueles jogos que mexem com o raciocínio lógico do jogador, daqueles que o jogador precisa pensar antes de agir? Pois bem, assim é o novo game criador pelo desenvolvedor indie Beto de Oliveira,  que foi batizado de Escape Block.

Trata-se de um puzzle 2D em que o jogador deve levar um bloco azul até um portal no menor tempo e número de movimentos possíveis. Para simples, mas a missão é dificultada ao passo em que o jogador vai passando de fases, pois a dificuldade vai aumentando gradativamente.

Ao todo são 18 fases por temporada, sendo que três são liberadas se o jogador conseguir um total de três estrelas em todas as fases anteriores. A cada nova temporada um novo obstáculo aparece para que o jogador vença-o. O jogo é frenético.

Para jogá-lo, basta tocar e arrastar seu dedo para a direção em que quer empurrar o bloco. Para passar a fase o jogador somente precisa que o bloco caia no portal. Parece simples, porém existem fases realmente desafiadoras. O highscore é baseado no número de estrelas conquistadas nas fases, no tempo utilizado para passar o nível e a quantidade de movimentos até conseguir colocar o bloco no portal.

Tanto a parte da jogabilidade, quanto a parte gráfica e sonora são simples. De modo que o jogo é voltado para jogadores casuais e para quem procura por desafios ininterruptos. O título chegou inicialmente apenas para dispositivos iOS, mas já conta com a versão Android e está disponível para download gratuito.

Trailer do game Escape Block

 

Paraíso dos Doces: novo puzzle para smartphones da Gameloft

O mais novo game da Gameloft é um título de puzzle chamado Paraíso dos Doces. O game está disponível para smartphones iPhone, iPad, iPad Touch, Android, Windows Phone 8 e Windows 8! O game é gratuito e coloca o jogador no controle de Hannah, uma chefa especializada em doces que deve impedir o vilão Moelleux de disseminar o mundo com suas tortas de lama e brigadeiros enlatados.

O game se passa em um universo fictício e a grande sacada é vencer Moelleux e seus capangas em concursos de chef. A dinâmica e os desafios se dão através de combinações de “peças” mesclado com um sistema de turnos. O jogador pode mover os doces em qualquer direção (inclusive na diagonal), de modo que o game passa a ser de reflexos e estratégia. A jogabilidade é simples e lembra jogos como Candy Crush e Bubble Poke.

Paraíso dos Doces já está disponível na App Store, Google Play e Windows Store. Além do modo principal, há desafios extras como eventos diários, fazer bolos, servir clientes etc. Por fim, o game tem um feeling social, permitindo que o jogador desafie amigos pela supremacia do ranking ou desbloqueie novos mapas com a ajuda dos amigos.

Assista ao trailer de Paraíso dos Doces:

Positivo lança “As aventuras de Jonas Bonfaro” no Facebook

O jogo gratuito As aventuras de Jonas Bonfaro combina desafios de lógica e de memória e se diferencia pelo desenvolvimento com animações em 3D, locução e legendas. O objetivo da companhia é divulgar a marca ao promover a interação com gamers em todo o país.

A Positivo Informática, maior fabricantes de PCs do Brasil, acaba de lançar o game As aventuras de Jonas Bonfaro, um título de aventura com puzzles com animações em 3D. No título, os jogadores vivenciam diversas aventuras com o detetive Jonas Bonfaro, que deve resolver mistérios e desafios de lógica e de memória. O detetive tem o auxílio de uma jornalista investigativa chamada Daiana Fontoura e do professor de astronomia Jorge Cosmo.

Toda a aventura se passa em uma cidade interiorana, onde fatos estranhos começam a acontecer: luzes misteriosas são avistadas no céu, uma plantação de milho é atacada, golfinhos são raptados do aquário e uma fábrica de tecnologia é invadida. Nesse ínterim, cabe ao Detetive Bonfaro descobrir que tipo de mistério cerca a cidade ao melhor estilo Arquivo X.

O game é do gênero point & click e foi desenvolvido para promover uma interação desse público com a marca Positivo e gerar engajamento nas mídias sociais, além de promover a marca no universo gamer. Os desafios envolvem raciocínio lógico e para facilitar as coisas, o jogador pode convidar os amigos para ajudá-lo a liberar dicas para vencer os desafios.

As aventuras de Jonas Bonfaro tem classificação etária livre, podendo ser apreciado principalmente pelos jogadores mais jovens. O game é exclusivo para PCs e está localizado em português, incluindo dublagem. De acordo com a Positivo, o crescimento do mercado gamer é um dos motivos para apostar em advergames.

Vemos os games como uma das ferramentas de comunicação para as marcas. Desta forma, o principal propósito de As aventuras de Jonas Bonfaro é, a partir de um ambiente lúdico e interativo, criar e estreitar relacionamento entre a Positivo Informática e o público interessado em jogos”, disse Maurício Roorda, vice-presidente de Marketing e Produto da Positivo Informática.

O título já está disponível e pode ser acessado através do perfil da Positivo no Facebook.

Confira o trailer do game As aventuras de Jonas Bonfaro

Click Brain: um desafio a sua memória

Nosso destaque do dia é um jogo para smartphones bem simples, mas que tem todo o potencial para viciar os gamers e testar o cérebro de quem se habilitar a passar algum tempo jogando. Click Brain é um jogo indie brasileiro que é basicamente um jogo da memória para celulares.

Nele, o jogador visualiza cartas por alguns segundos e depois elas são viradas ao contrário, restando ao usuário clicar nas cartas que formam pares. Sim, o game é muito simples no começo, mas aos poucos as coisas ficam mais difíceis. Após alguns exercícios de memorização, o game instiga o jogador a fazer cálculos usando as cartas que surgem em poucos segundos. Por exemplo, uma carta mostra um problema, enquanto que outra mostra o resultado. É bem desafiador.

O intuito do jogo é incentivar o pensamento rápido e memorização de padrões. Pense nele como uma espécie de estimulante cerebral. Além da jogabilidade simplificada, o jogo também conta com gráficos eficientes e uma trilha sonora movida a músicas eletrônicas, de modo a manter o cérebro desperto.

Click Brain conta com 24 níveis divididos em 3 níveis de dificuldade. Vale ressaltar também que a produtora Falcone Games ainda adicionou um sistema de ranking e troféus para deixar a jogatina ainda mais envolvente e competitiva. O jogo já está disponível para iOS e Android e tem suporte aos idiomas inglês, espanhol e português. Em breve deve sair versões para Blackberry e Windows Phone.

Abaixo tem o trailer do game Click Brain:

Conheça o jogo indie North Wind: Trill of Consciouness

O game indie da vez é chamado North Wind: Trill of Consciouness, um jogo bastante incomum com mais cara de retro que você já viu. Nele acompanhamos a história de Dir, um garoto selvagem que foi criado por uma Amazona em segredo. Para garantir que o garoto possa sobreviver sozinho, a mulher que o cria propõe um desafio: colocá-lo em uma caverna a fim de derrotar um morcego. Porém as coisas não ocorrem como esperado.

A missão não será fácil, pois haverá uma missão de inimigos a serem derrotados. A dinâmica do jogo se resume a explorar e coletar mapas, reordenando-os a fim de descobrir novas localidades. Para conseguir mais mapas, o jogador deve coletar energias roxas.

Existem oito mapas que podem ser combinados, gerando um total de 512 combinações possíveis. Os cenários variam de templos, à cavernas e florestas, conferindo boa variedade na hora da exploração. Na verdade, o game tem elementos de RPG e adventure, lembrando por vezes jogos como Metroid, por exemplo.

É difícil explicar como funciona, mas a ideia é a troca de partes do mapa por partes de outro mapa, a fim que eles se integrem e liberem novos caminhos.

O game é inspirado em livros infantis, porém tem um nível de dificuldade elevado. A ideia é que o jogador sobreviva aos desafios neste puzzle cheio de personalidade. O game já está disponível para download na App Store e tem versão em português. North Wind: Trill of Consciouness esteve em desenvolvimento desde setembro de 2012 pelo game designer Henry Gosuen.

Abaixo você confere o trailer do game North Wind: Trill of Consciouness: