Arquivo da tag: puzzle

Conheça Tap Cube, o novo jogo da Overdrive

Hoje vamos falar de mais um jogo indie com bastante potencial de diversão. Criado pelo estúdio brasileiro Overdrive, Tap Cube é um puzzle ideal para quem gosta de jogos casuais e alto nível de desafio. Basicamente você tem 10 segundos para vencer cada um dos desafios de um cubo bizarro. A ideia é observar atentamente a imagem e tente copiá-la o mais rápido que puder, sempre somando um tempo extra para o objetivo seguinte.

Tap Cube ocupa pouco espaço no celular e foi otimizado para rodar liso em muitos dispositivos que tenham Android 4.0 ou superior instalado! O game é bem desafiador e altamente competitivo, você vai querer sempre bater o seu recorde e comparar com seus amigos.

Tap Cube é rápido e viciante, perfeito para aquele momento em que precisamos esperar. Os desafios são bastante variados e estimulam o raciocínio lógico. Já que estimula a agilidade, Tap Cube é indicado para todas as idades e tem potencial para agradar fãs de jogos casuais e jogadores que procuram novidades.

A jogabilidade é bem simples e fácil de aprender. Você só precisa deslizar o dedo a fim de posicionar as peças nos locais adequados e “copiar” a imagem que aparece. Mas não pense que as coisas serão fáceis: alguns níveis são bem complicadinhos e precisam de atenção para serem concluídos.

O game está disponível na Google Play e Itch.IO

Escape Room SP confirma participação no escape Week

Quem já teve o prazer de conhecer um jogo de fuga sabe que a experiência é unica. Entre os dias 16 a 24 de junho acontece o 1ª Escape Week no Brasil, que vai reubir diversas empresas do setor jogos de fuga. Uma das participantes é o Escape Room SP.

Durante esta semana espacial de fuga, cada jogador terá o valor único de R$36,90 (sendo que R$1,00 será revertido para ONG MAPAA!, que resgata animais de rua). Incentivo extra para os apaixonados pelo universo de H.P. Lovecraft tentarem desvendar, em até uma hora, os mistérios da sala Harbinger, criada pela casa de jogos de fuga, localizada na Vila Mariana, em parceria com a empresa de board games Galápagos.

Uma vez dentro da sala de horror psicológico a paranoia e a insanidade estarão à espreita dos jogadores em cada canto do quarto marcado pela loucura. Assombrado por uma força incompreensível, o misterioso homem chamado Willian Briden desapareceu deixando para trás apenas papéis e objetos que revelam uma mente torturada por pesadelos bastante vívidos. Nesta aventura, até 6 jogadores terão apenas 1 hora para impedir que algo terrível aconteça e assim salvar a humanidade.

Para viver esta experiência pelo Escape Week, basta entrar em contato diretamente com o Escape Room SP e verificar os horários disponíveis da sala Harbinger a partir do dia 01/06.

Serviço – Escape Room SP no 1º Escape Week

Local: Rua Bagé, 268 – Vila Mariana – São Paulo / SP

Data: de 16 a 24 de junho

Faixa etária: Acima de 14 anos

Valor durante o Escape Week: R$ 36,90 por pessoa para a sala Harbinger

CANDY AND TRICKS será lançado em 13 de Outubro para PC e MOBILE

Hoje vamos falar de um game indie que tem potencial para agradar qualquer tipo de jogador. Candy and Tricks, da Gutierrez Games, é um jogo de puzzle e aventura que conta a história de um gato preto que tenta voltar para a casa de sua dona, uma bruxa. Porém, essa aventura não será fácil, pois para chegar em seu destino ele precisa enfrentar diversos desafios em um cenário de fantasia repleto de referências ao Halloween.

Candy and Tricks conta com 60 fases e foi criado para proporcionar uma desafiadora aventura ao jogador. O jogo foi elaborado para ter uma gameplay de 24h, onde o jogador encontrará desafios extremamente difíceis em que ele deverá usar estratégias criativas e muita agilidade para concluir suas fases. De acordo com Antonio Gutierrez, criador do game, o projeto traz de volta a jogabilidade divertida e desafiadora de um dos clássicos da web: “O Jogo mais difícil do Mundo”, porém com novos recursos.

pt1b“Desde nossa infância cultivamos o sonho de criar uma empresa de jogos bem sucedida. Já desenvolvemos diversos outros projetos, mas Candy and Tricks é o primeiro a ser produzido com o objetivo de ir para mercado de jogos. Com a ajuda de diversos mentores e usuários nos fornecendo excelentes feedback sobre o jogo, estamos aprendendo a cada dia que passa mais sobre nosso sonho”, conta Rodrigo Gutierrez, CEO da Gutierrez Games.

O grande desafio é vencer as diversas fases morrendo o menor número de vezes possível. Quanto mais rápido, melhores são os prêmios recebidos ao final das fases e há ainda recompensas a serem coletadas que facilitam a vida do jogador. Se você gosta de alto desafio e jogos com estética retrô, dê uma olhada no que os irmãos Gutierrez fizeram aqui após quatro anos conquistando editais públicos e sendo finalistas em competições na área de games.

Para quem não conhece, a Gutierrez Games é uma produtora paulista com dois jogos e dois aplicativos na Play Store. Dentre eles The Infection, jogo casual onde o jogador é um vírus que tenta sobreviver dentro da corrente sanguínea e Recado Para Você, aplicativo de frases motivacionais diárias.

Abaixo tem o trailer de Candy and Tricks:

Chime Sharp retorna ao Xbox One e Playstation 4 repleto de novidades

O game indie que abre nossa semana veio direto da Inglaterra, trata-se de Chime Sharp, um puzzle musical bastante inusitado para Xbox One e Playstation 4. O game é da produtora Chilled Mouse e chega às lojas online no próximo dia 21 de fevereiro e é a sequência de Chime, uma mistura de Tetris e música eletrônica/chiptune. O título é bastante divertido e viciante graças a sua jogabilidade desafiadora e visuais hipnóticos.

Chime Sharp conta com 16 níveis e variados modos que devem ocupar muitas horas dos jogadores. Um dos destaques é a trilha sonora que embala o game: entre os artistas estão figuras talentosas como CHVRCHES, Steve Reich e Kavinsky. As melodias criam um crescendo para entrar em sintonia com a jogatina, que também sobe de nível.

kavinsky
Kavinsky, um dos artistas convidados em Chime Sharp

“Em Chime Sharp, as regras básicas são as mesmas do original, apresentando a mesma trilha sonora hipnótica e divertida de alguns artistas pioneiros mais experimentais que conhecemos”, disse Ian Baverstock, CEO da Chilled Mouse. “Com uma nova estética, elegante e novos modos experimentais, Chime voltou e desta vez quer se tornar sua mixtape favorita”.

Chipzel, uma das artistas mais conhecidas a criar som com Game Boy
Chipzel, uma das artistas mais conhecidas a criar som com Game Boy

“Eu estava entusiasmado por fazer parte da equipe desenvolvedora de Chime Sharp, pois a franquia Chime oferece um novo estilo de jogo que eu nunca vi antes – você pode realmente sentir a música trabalhando com o jogo, perfeitamente integrado para imersão total”, disse Chipzel, um dos artistas por trás da música para Chime Sharp. “A música, ‘Psychonaut’, foi criada com este estilo de jogo em mente. Eu a criei com várias camadas, que são reveladas aos poucos até o arranjo final. Eu tentei recompensar o jogador à medida que ele avança, através do uso de melodias evocativas e transições eufóricas”.

Para quem não conhece, Chime Sharp é descrito como um crossover entre Tetris e um sequenciador musical. O jogador está em uma corrida contra o tempo enquanto ajusta os blocos no lugar. Conforme as peças se ajustam a “beatline” passa e as mixas transformando em novas notas para a música eletrônica. O objetivo é cobrir toda a grade de jogo, completando quads de 3×3 ou mais, gerando pontos enquanto desfruta de obras de músicos aclamados.

dfgxs

Muitos desses músicos são desconhecidos do grande público, mas quem está por dentro da cena eletrônica já deve conhecer os nomes KavinskyCHVRCHESSteve ReichLosChipzelAndy HungMessage to BearsTimothy SchmalzMagic SwordShirobonNovellerHaiku SalutLuc GreyA Mote of DustSymbion Project, e CFCF. Além das músicas hipnóticas, Chime conta com quatro modos de jogo desbloqueáveis imprevisíveis. Conforme a jogatina avqança, as coisas ficam mais desafiadoras e divertidas. Você ainda pode desafiar seus amigos em um sistema de ranking bastante divertido.

Abaixo você confere o trailer de Chime Sharp:

Conheça Duo, o puzzle indie minimalista mais desafiador da semana

Para quem gosta de puzzles, a dica do dia é Duo, um jogo minimalista onde o jogador deve fazer com que dois personagens se encontrem usando o cenário a seu favor e prevenindo que eles caiam no caminho. O game é bastante divertido e possui uma mecânica simples, ideal para jogadores mais jovens, porém com dificuldade crescente ao passo em que os cenários são vencidos.

O game foi criado pelo desenvolvedor independente Bruno Suco e já está na Steam para download pelo preço de R$ 2,99. Além de quebra-cabeças envolventes, Duo possui músias do compositor Kevin MacLeod, criador do projeto Incompetech, que permite que qualquer um possa usar suas músicas livremente.

Duo possui 30 fases, todas feitas à mão. Parece pouco, mas Bruno garante que o nível de dificuldade vai fazer você gastar mais tempo aqui do que em outros games AAA que custam 25 vezes o preço de Duo. Os visuais também são minimalistas, lembrando um jogo de tabuleiro. Basicamente os personagens são um casal tentando passar pelos obstáculos para se encontrar. Para quem gosta de desafio, Duo promete ser um prato cheio.

Confira o trailer de Duo:

Triangulae: puzzle desafiador é lançado para iOS

O destaque do dia é cortesia do desenvolvedor indie Ricardo Fonseca, que criou o jogo para homenagear a esposa, mas devido à qualidade do produto acabou lançando no mercado. Trata-se do game Triangulae, um puzzle em que o jogador deve mover triângulos de forma a posicioná-los e formar um quadrado.

A jogabilidade lembra títulos como Candy Crush e Bejeweled, de modo que o jogador só precisa arrastar as peças para o lado que deseja posicioná-las. O título possui três modos de jogo (clássico, tempo e persistência), assim o jogador encontra desafios diferenciados a cada partida. O melhor é que há suporte para idioma português, assim os jogadores mais jovens podem se divertir sem empecilhos.

“Estou na etapa final de criação de um protótipo feito para um jogo de tabuleiro inspirado em Triangulae, e assim como a versão mobile, eu adoraria fazer uma versão multi-jogador também”, revelou Ricardo Fonseca, criador do game.

Triangulae foi desenvolvido totalmente por apenas uma pessoa (em apenas cinco dias), inclusive a trilha sonora, que persistiu após Ricardo descartar cerca de 19 faixas que ele criou para o game. O game é a prova que trabalho e dedicação e esforço rendem frutos.

O game está disponível para download na App Store com preço de US$ 1,99. Até o momento não há previsão de lançamento para uma versão Android.

Abaixo está o trailer do game Triangulae:

Firecast Studios lança Jelly Dreams, jogo de puzzle estilo Sokoban

Conhece o Sokoban? Pois bem, se você gosta, aqui temos um game que segue nessa linha e é lançamento. Trata-se do jogo Jelly Dreams, da desenvolvedora indie Firecast Studios. Para quem não conhece o gênero, trata-se de um puzzle que desafia o pensamento lógico do jogador, através de uma divertida viagem aos fantásticos sonhos do personagem Nino, um garoto apaixonado por gelatina. O game foi lançado no Splitplay e no Desura, além de estar em votação no Steam Greenlight.

Com estilo cartunesco e traços cativantes, o game conta com 80 fases, de modo que os cenários são diferenciados e servem para divertir o jogador. O título é a primeira criação da Firecast e apesar de ser um puzzle ele possui até mesmo um breve roteiro: você é Nino, um garoto apaixonado por gelatina.

Os mundos visitados durante a jogatina são provenientes dos sonhos de Nino, pois apesar de adorar a guloseima, sua mãe não o deixa comer mais do que é saudável, assim o menino embarca no mundo dos sonhos, onde sua gula não fará mal. Entretanto, antes de comer, ele precisa solucionar quebra-cabeças, juntando cubos de gelatina de cores iguais.

Jelly Dreams possui 80 fases, três pacotes temáticos para jogar (Floresta Mágica, Ilha do Tesouro e Velho Oeste), sete fantasias para download (pijama, pirata, vaqueiro, astronauta, soldado, super herói e dinossauro) e mais de 40 conquistas. De acordo com a desenvolvedora, o game não é a única versão do Sokoban, mas se diferencia pelo visual atraente e pela riqueza temática. Já está disponível para download.

Abaixo está o trailer do game Jelly Dreams:

Gameloft lança Batalha dos Mares para iOS e Android

A Gameloft lançou seu mais novo game visando os fãs de RPG e puzzle. Nomeado Batalha dos Mares, o título chegou ao mercado cheio de pompa, tentando conquistar os jogadores com uma mecânica viciante e muita estratégia. Basicamente você controla heróis que estão na missão de defender o mundo de Pondera , que está sob ameaça de criaturas malignas. Para isso, o jogador comanda as forças elementais a fim de destruir os inimigos.

A jogabilidade é das mais fáceis, bastando ao jogador arrastar o dedo sobre as orbes para conectá-las e encadear sequências de ataques. Cinco ou mais combinações da mesma cor geram uma super orbe que pode detonar todas de um só elemento, causando o maior estrago possível. Já os corações vistos na tela servem para recuperar sua energia. A jogabilidade é fácil, mas os desafios não são facilitados pelos adversários.

O game permite que o jogador recrute mais de 500 aliados, de modo que se pode formar um time equilibrado ou agressivo, de acordo com o elemento chave que será encontrado na missão. Há um círculo de vantagens e desvantagens que devem ser estudados para tornar os confrontos mais tranquilos.

O game é para plataformas mobile (iPhone, iPad e Android), e, tal como ocorre em jogos para essas plataformas, ele possui um estilo visual cheio de cores e personagens cartunescos. As cores são fortes e dão o tom para os cenários em 3D. De acordo com a Gameloft, há quem considere o estilo visual, aliado à temática de fantasia em ambientes marítimos, parecido com o sucesso dos mangás One Piece.

Batalha dos Mares  pode ser baixado gratuitamente na App Store e no Google Play. De acordo com a gigante dos jogos mobile, o game deve ganhar uma versão em breve para Windows Phone e Windows. Abaixo você confere o trailer do game:

Batalha dos Mares

Fast Cubes é o novo game da desenvolvedora indie Last Candy Games

O game de hoje veio do desenvolvedor indie Lucas Meyer da produtora Last Candy Games. Trata-se do jogo Fast Cubes, um título puzzle casual que é bastante simples, mas tem tudo para prender o jogador por várias horas no smartphone.

Basicamente você deve controlar um cubo preto e fazê-lo desviar de outros cubos coloridos que começam a cair em sua direção. O controle é bastante simples e intuitivo, de modo que o jogador somente precisa arrastar o cubo para a direção desejada. Mas não pense que as coisas são tão simples, pois à medida que o jogador vai passando de nível as coisas vão se complicando.

Para facilitar a vida do jogador, há uma linha preta na parte superior da tela que mostra a ordem em que os blocos coloridos estão chegando. A ideia é ter reflexos rápidos e muita atenção. Toda a perspectiva é em 2D.

O game foi lançado tanto para Android, quanto iOS e surpreendentemente foi criado em apenas 2 dias. “A idéia foi fazer um jogo viciante para matar o tempo”, disse Lucas Meyer. O game é gratuito. E fica o aviso: Fast Cubes é bastante desafiador!

Abaixo você confere o trailer do game, que dá uma ideia de como jogar sem se complicar.

Fast Cubes

Escape Block: novo game indie é puzzle desafiante

Sabe aqueles jogos que mexem com o raciocínio lógico do jogador, daqueles que o jogador precisa pensar antes de agir? Pois bem, assim é o novo game criador pelo desenvolvedor indie Beto de Oliveira,  que foi batizado de Escape Block.

Trata-se de um puzzle 2D em que o jogador deve levar um bloco azul até um portal no menor tempo e número de movimentos possíveis. Para simples, mas a missão é dificultada ao passo em que o jogador vai passando de fases, pois a dificuldade vai aumentando gradativamente.

Ao todo são 18 fases por temporada, sendo que três são liberadas se o jogador conseguir um total de três estrelas em todas as fases anteriores. A cada nova temporada um novo obstáculo aparece para que o jogador vença-o. O jogo é frenético.

Para jogá-lo, basta tocar e arrastar seu dedo para a direção em que quer empurrar o bloco. Para passar a fase o jogador somente precisa que o bloco caia no portal. Parece simples, porém existem fases realmente desafiadoras. O highscore é baseado no número de estrelas conquistadas nas fases, no tempo utilizado para passar o nível e a quantidade de movimentos até conseguir colocar o bloco no portal.

Tanto a parte da jogabilidade, quanto a parte gráfica e sonora são simples. De modo que o jogo é voltado para jogadores casuais e para quem procura por desafios ininterruptos. O título chegou inicialmente apenas para dispositivos iOS, mas já conta com a versão Android e está disponível para download gratuito.

Trailer do game Escape Block