Arquivo da tag: premiação

BIG Festival 2018 abre inscrições para a premiação internacional de melhores jogos

Já estão abertas as inscrições para desenvolvedores do mundo todo para submeter seus jogos para o BIG Festival 2018, o maior evento de jogos independentes da América Latina. De acordo com os desenvolvedores, as inscrições devem ser feitas até o dia 13 de abril. Após isso, serão escolhidos os games mais promissores para fazer parte do evento presencial. Para fazer a inscrição basta acessar o site do evento.

Esta é a sexta edição do evento e a grande novidade é que desta vez o evento ocorre em duas cidades simultaneamente (RJ e SP). Na capital paulista, o evento ocorre no Centro Cultural, como nas edições anteriores. Já na capital carioca, os visitantes podem conferir todos os finalistas no espaço Oi Futuro. Haverão dezenas de computadores, tablets, smartphones, consoles e dispositivos VR para que o público experimente os games independentes que mais se destacaram no ano é em seguida possa escolher seus favoritos em votação aberta.

Todos os jogos inscritos no BIG serão analisados pelo Comitê de Seleção do festival e os selecionados irão competir em categorias como Melhor Jogo, Melhor Som, Melhor Arte, Melhor Narrativa, Realidade Virtual, entre outras. Os vencedores serão anunciados no palco do evento. A expectativa é que as inscrições superem o número recorde do ano passado, quando a premiação internacional do BIG Festival recebeu 617 jogos candidatos de 54 países diferentes, sendo mais da metade deles (321) produzidos no Brasil.

Ainda de acordo com a organização do BIG, os desenvolvedores finalistas ganham entrada às rodadas de negócios do maior hub do setor de games e animação da América Latina, e podem ter a oportunidade de fazer uma palestra sobre o seu jogo. Na última edição, 3200 profissionais do setor estiveram presentes com o objetivo de fortalecer a indústria e criar oportunidades.

Serviço – 6º BIG Festival (Brazil’s Independent Games Festival)

De 23 de junho a 1 de julho (Segunda, 25, não abre)
Rodadas de Negócios – de 27 a 29 de junho
De terça a sexta: 10h às 22h / Sábado e domingo: 14h às 22h
Centro Cultural São Paulo – Rua Vergueiro, 1000 – Paraíso, SP

Mini Ini Mo, da produtora Gilp Studio, é um dos finalistas do Google Play Indie Games Festival

Já falamos aqui do genial game Indie Mini Ini Mo, da desenvolvedora brasileira Gilp Studio. Pois bem, o game não para de crescer! O título foi um dos indicados para a final da primeira edição do Google Play Indie Games Festival LATAM.

A premiação da gigante da tecnologia foi criada com o propósito de incentivar o surgimento de novos desenvolvedores de jogos indie na América Latina. Além da Gilp, outros 14 desenvolvedores de jogos receberam indicações, sendo três brasileiros e os demais da Argentina, Chile, Colômbia, Guatemala, México, Paraguai e Uruguai.

No próximo dia 24 de fevereiro uma equipe de jurados, composta por cinco pessoas escolhidas pelo Google, anunciará os três melhores games e o resultado será apresentado no evento Google Campus São Paulo. Os vencedores devem ganhar bastante credibilidade, além da visibilidade óbvia trazida pelo selo da Google.

“Todos os finalistas estão de parabéns, assim como o Google por trazer essa iniciativa para a América Latina e dar mais visibilidade aos desenvolvedores incríveis que existem por aqui”, disse Lucas Humberto Montes Ferreira, gerente de negócios e sócio fundador da Gilp Studio.“Estar entre os 15 finalistas já é uma grande honra. Vamos apresentar o jogo aos jurados e aproveitar o tempo livre para conhecer o restante dos desenvolvedores finalistas e seus jogos”, finalizou Lucas.

Para quem não conhece, Mini Ini Mo é um jogo de quebra-cabeça e aventura desenvolvido pela Gilp Studio com arte assinada pela Farândola e som pelo Chederrecords Studio, empresas de economia criativa de Uberlândia.

No game você controla 3 personagens: o Mini, o Ini e o Mo e cada um tem uma característica única. O objetivo é vencer os desafios com raciocínio lógico e criatividade para que essas criaturinhas possam encontrar seu caminho de volta para casa. O download do jogo já está disponível no Google Play.

Abaixo tem um trailer de Mini Ini Mo:

Felipe Andreoli e Nyvi Estephan serão os apresentadores do Prêmio eSports Brasil

Já falamos aqui do Prêmio eSports Brasil, promovido pelo Grupo Globo e o Go4it, que visa celebrar os grandes atletas, personalidades do universo gamer e times mais competitivos do Brasil. Pois bem, os organizadores do evento acabam de divulgar que jornalista Felipe Andreoli e a youtuber e gamer Nyvi Estephan serão os apresentadores do Prêmio eSports Brasil. O evento é o primeiro do segmento no Brasil e acontece dia 19/12 na Fundação Bienal de São Paulo.

Felipe e Nyvi serão os responsáveis por conduzir a cerimônia, que será transmitida, ao vivo, pelo SporTV e terá conteúdo exclusivo de segunda tela no e-SporTV, canal do YouTube com programação exclusiva de esports. A produção desse conteúdo será feita pela VIU, unidade de negócios digitais da Globosat. Andreoli e Nyvi ainda vão anunciar os vencedores das 15 categorias que estão em votação no site do evento.

O eSports Brasil vai reconhecer diferentes modalidades no universo dos campeonatos de games como, por exemplo, Lol, Dota 2 e CS: GO, e tem a Claro como patrocinadora máster na categoria “apresenta”. Os fãs das modalidades serão envolvidos desde o aquecimento e terão papel fundamental na escolha dos finalistas. O público vai conhecer as categorias da premiação, os jurados, os indicados, votar para levar seu atleta preferido para a final e acompanhar, na íntegra e ao vivo, tudo o que acontece no evento pelo SporTV.

A escolha dos vencedores será baseada em duas frentes: votação técnica (11 categorias) e popular (4 categorias). No aspecto técnico, um júri especializado composto por 34 nomes vai indicar os concorrentes para cada uma das 11 categorias como, por exemplo, “atleta revelação” e “melhor atleta de eSports”. Oito indicados em cada categoria vão para votação do público no site do prêmio.

Os fãs levam o indicado mais votado para a final junto com mais dois finalistas com maior número de indicações do júri. Dentre os finalistas, o júri mais uma vez vota para chegar ao vencedor. Já na eleição popular, que inclui “melhor streamer”, “melhor organização”, “melhor jogo” e “craque Claro da galera”, o público vai nomear seus favoritos e o mais votado será eleito vencedor diretamente.

Serviço – I Prêmio eSports Brasil 2017

O que: Prêmio para celebrar os principais jogadores de eSports no Brasil

Quando: 19/12/2017

Onde: Fundação Bienal de São Paulo

Site: https://www.premioesportsbrasil.com.br/

League of Legends: Estes são os favoritos ao Prêmio CBLoL

A Riot Games, que organiza o Campeonato Brasileiro de League of Legends, o CBLoL, anunciou nesta terça-feira (25) a lista de favoritos ao Prêmio CBLoL, evento que vai reverenciar os melhores jogadores da Segunda Etapa do torneio, que será decidida no dia 2 de setembro, no Mineirinho, em Belo Horizonte, Minas Gerais. Os ganhadores das nove categorias serão conhecidos no dia 13 de novembro, em um evento de gala, que contemplará os grandes destaques individuais dos embates.

O Top 10, listado abaixo, foi definido com base no desempenho (MVP, ou destaque na partida, e KDA, índice de performance) dos jogadores ao longo da Fase Regular, que terminou no último final de semana. Eles são fortes candidatos a vencer uma das nove categorias. Trata-se de um resultado parcial, já que cada categoria possui seus próprios critérios e o campeonato segue para a Fase Semifinal, onde o cenário e o ranking podem sofrer mudanças. Mais informações no LoLeSports BR.

Prêmio CBLoL

O Prêmio CBLoL será composto de nove categorias. Os participantes serão elegíveis dependendo de sua posição na equipe. Os critérios para vencer também mudam de acordo com as estatísticas principais das funções que cada um cumpre dentro da equipe e também levará em conta os votos dos casters, imprensa e jogadores profissionais. Os cálculos serão realizados pela Riot Games, organizador do evento.

CBLoL

São várias as categorias do prêmio CBLoL, entre elas estão: Melhor Jogador, Melhor Topo, Melhor Caçador, Melhor Meio, Melhor Atirador, Melhor Suporte, Melhor Técnico, Jogador Revelação, Craque da Galera. A maioria das categorias são elegíveis a todos os jogadores participantes do CBLoL. Para mais informações, acesse o LoLeSports BR

Estão são os maiores candidatos a receber os prêmios CBLoL de melhor jogador:

 

10 – Alanderson “4LaN” Meireles

Equipe: Team oNe

Posição: Caçador

MVPs: 2 (vs INTZ e T Show)

KDA: 3,7 (35/30/77)

 

9 – Rodrigo “Tay” Panisa

Equipe: paiN Gaming

Posição: Caçador

MVPs: 3 (vs CNB, ProGaming e oNe)

KDA: 3,4 (40/31/66)

 

8 – Lucas “LUSKKA” Rentechen

Equipe: ProGaming e-Sports

Posição: Atirador

MVPs: 3 (vs oNe, Keyd e CNB)

KDA: 4,1 (55/27/56)

 

7 – Felipe “Yang” Zhao

Equipe: Keyd Stars

Posição: Topo

MVPs: 3 (vs CNB, T Show e ProGaming)

KDA: 4,7 (43/25/74)

 

6 – Gabriel “Tockers” Claumann

Equipe: Red Canids

Posição: Meio

MVPs: 3 (vs paiN, oNe e T Show)

KDA: 4,9 (65/29/78)

 

5 – Micael “micaO” Rodrigues

Equipe: INTZ e-Sports

Posição: Atirador

MVPs: 3 (vs CNB, Red e paiN)

KDA: 5,0 (64/28/77)

 

4 – Gabriel “Kami” Bohm

Equipe: paiN Gaming

Posição: Meio

MVPs: 3 (vs T Show, CNB e Keyd)

KDA: 5,0 (34/21/70)

 

3 – Felipe “brTT” Gonçalves

Equipe: Red Canids

Posição: Atirador

MVPs: 3 (vs ProGaming, CNB e Keyd)

KDA: 5,8 (50/20/65)

 

2 – Bruno “Envy” Ventura

Equipe: INTZ e-Sports

Posição: Meio

MVPs: 3 (vs CNB, T Show e Keyd)

KDA: 6,1 (62/24/84)

 

1 – Luan “Jockster” Cardoso

Equipe: INTZ e-Sports

Posição: Suporte

MVPs: 4 (vs Red, ProGaming (2x) e Keyd)

KDA: 3,9 (22/45/153)

GWENT tem seu primeiro Campeonato Oficial com premiação de US$ 100 mil

A CD PROJEKT RED está investindo todas suas fichas no GWENT, o card game inspirado em The Witcher. Prova disso é o recente anúncio do primeiro Campeonato Oficial do game com uma premiação total de US$ 100 mil. O torneio colocará os melhores jogadores da comunidade contra 4 jogadores profissionais: Trump (Jeffrey Shih), Lifecoach (Adrian Koy), Noxious (Kacem Khilaji) and ppd (Peter Dager).

“É um verdadeiro privilégio poder acompanhar o quão ativos são os jogadores de GWENT no cenário competitivo. Campeonatos criados pela comunidade como o Passiflora Championship, The Seven Cats Brawl ou o The Gwentlemen’s Open são uma fonte de inspiração para todo o time da CD PROJEKT RED, e nós definitivamente queremos que este cenário cresça ainda mais”, comenta Paweł Burza, Gerente de Comunidades da CD PROJEKT RED.

catsDe acordo com a organização, os interessados em participar da etapa qualificatória deve se inscrever entre os dias 16 e 22 de março. Apenas os jogadores participantes do Beta de GWENT podem participar do campeonato, mas ainda possível obter um acesso através do site. Entretanto o torneio é apenas para os jogadores de PC, de modo que as plataformas Xbox One e Playstation 4 ficarão de fora.

Há planos de transmitir os oito melhores jogadores através o Twitch e a CD PROJEKT RED não descarta outros torneios no futuro. As qualificatórias acontecem em dois dias (8 de abril e 9 de abril), sendo elas dividias em dois grupos Temeria e Redania. Se você já é membro da comunidade The Witcher, vale a pena participar do primeiro grande evento de e-sport do game.

“GWENT: The Witcher Card Game foi criado, pois a comunidade de The Witcher clamava por este jogo em uma versão standalone. Agora vemos mais e mais jogadores com o intuito de jogar GWENT competitivamente, então esta é a chance de colocarmos estes jogadores para enfrentar gamers profissionais de peso, além de uma premiação para apimentar ainda mais a competição”, diz Marcin Iwiński, Co-fundador da CD PROJEKT RED. “Não posso esperar para ver quem sairá vitorioso!”, adiciona Iwiński.

Para participar do GWENT Challenger, basta acessar o website oficial da competição. Vale lembrar que jogadores do mundo todo poderão participar deste campeonato!

Abaixo tem o trailer de GWENT: The Witcher Card Game

Game “Un Viaje por América Del Sur” desenvolvido pela Smyowl para o Colégio Bandeirantes conquista prêmio de educação

A Smyowl já é um dos estúdios brasileiros mais reconhecidos pelos jogadores, mas agora é a hora de os desenvolvedores ganharem também aclamação da crítica especializada. O game de aventura Un Viaje Por América Del Sur, desenvolvido pela Smyowl para o Colégio Bandeirantes, é o vencedor na categoria Games para empresas privadas da nona edição do prêmio ARede Educa. O game é utilizado pelo Colégio Bandeirantes como material didático da disciplina de espanhol para alunos do 7º ano.

Un Viaje por América Del Sur é um jogo de aventura em que o jogador controla um jovem brasileiro que parte em uma aventura para recuperar a cuia e a bombila de chimarrão de seu bisavô. Durante a jornada, ele percorre diversos monumentos e pontos históricos da Argentina e do Uruguai, interage com os espaços e fala com personagens em busca de pistas. A jogabilidade é no estilo Point & Click – em que o cenário é explorado com a ajuda do toque do dedo na tela do smartphone ou tablete.

O formato Point & Click facilita a obtenção e troca de itens, que você vai guardar na sua mochila e deverá usar no momento certo para superar desafios. O jogador conta ainda com a ajuda de NPCs para solucionar os pequenos puzzles que surgem. De acordo com a Smyowl, o jogo foi cuidadosamente elaborado para que cada detalhe trouxesse conhecimento e aprendizado, sendo 100% em espanhol.

“Ter sido o parceiro do Colégio Bandeirantes no desenvolvimento de um game educacional foi uma realização. Agora, com o reconhecimento de um dos prêmios mais importantes do setor, estamos ainda mais honrados” diz Thais Beldi, diretora da Smyowl. “Este ano, passamos a atuar como uma boutique de negócios focada em tecnologia criativa – e não apenas na criação de games próprios –, e o prêmio ARede Educa mostra que a decisão foi acertada”, finaliza Thais.

Toda a aventura passa por onze cenários das cidades de Buenos Aires, Montevidéu e Colônia do Sacramento baseados em pesquisa arquitetônica e histórica, além de personagens e vestimentas típicas representativas desses países. Se você está interessado em aprender mais sobre espanhol, a Smyowl disponibilizou Un Viaje por América Del Sur gratuitamente na App Store.

Abaixo você confere um trailer de Un Viaje por América Del Sur:

UOL Jogos integra o júri do The Game Awards pelo segundo ano consecutivo

O UOL Jogos é um dos veículos de comunicação ligados aos jogos eletrônicos mais importantes do país. Prova disso é que pelo segundo ano consecutivo, o portal integra o júri do The Game Awards, cerimônia considerada o “Oscar dos games” e que premia os destaques do mundo dos jogos eletrônicos em diversas categorias, de Jogo do Ano a Melhor Jogador de eSports.

Os vencedores do The Game Awards 2016 serão anunciados no dia 1º de dezembro em um evento na cidade de Los Angeles, nos Estados Unidos, com transmissão ao vivo pelo UOL Jogos a partir das 23h30 (horário de Brasília), pela TV UOL, Youtube e Facebook. Conforme anunciado pela organização nesta semana, o jogo de ação “Uncharted 4: A Thief’s End”, exclusivo para PlayStation 4, desponta como o principal destaque, com oito indicações em categorias distintas, enquanto o shooter “Overwatch” vem em seguida, com seis indicações. Ambos concorrem a Jogo do Ano.

Para os brasileiros resta a torcida para o pro player Marcelo “coldzera” David, da SK Gaming, de “Counter-Strike: Global Offensive”, pois ele é um dos indicados a melhor jogador profissional. A SK Gaming é composta somente por brasileiros e foi indicada ao prêmio de melhor equipe de eSports. A equipe está sempre nas grandes disputas mundiais e tem um número enorme de fãs.

Os indicados e vencedores do The Game Awards são escolhidos por um júri composto por 29 veículos de comunicação de todo o mundo, como The Los Angeles Times, Wired e Entertainment Weekly. O UOL Jogos é único veículo brasileiro a integrar o júri. Além do júri especializado, o público também poderá votar em diversas categorias, incluindo Melhor Equipe de eSports e Jogo Mais Aguardado de 2017.

Abaixo você confere todos os indicados do The Game Awards:

Jogo do Ano
Doom
Inside
Overwatch
Titanfall 2
Uncharted 4: A Thief’s End

 

Melhor Estúdio
Blizzard (Overwatch, WoW, Diablo, StarCraft)
Respawn Entertainment (Titanfall 2, Titanfall)
DICE (Battlefield 1, Battlefield Hardline, Star Wars Battlefront)
id Software (Doom)
Naughty Dog (Uncharted 4: A Thief’s End)

 

Melhor Narrativa
Firewatch
Uncharted 4: A Thief’s End
Inside
Mafia 3
Oxenfree

 

Melhor Direção de Arte
ABZU
Inside
Firewatch
Overwatch
Uncharted 4: A Thief’s End

 

Melhor Música e Design de Som
Doom
INSIDE
REZ Infinite
Thumper
Battlefield 1

 

Melhor Atuação
Alex Hernandez como Lincoln Clay (Mafia 3)
Cissy Jones como Delilah (Firewatch)
Emily Rose como Elena (Uncharted 4: A Thief’s End)
Nolan North como Nathan Drake (Uncharted 4: A Thief’s End)
Troy Baker como Sam Drake (Uncharted 4: A Thief’s End)
Rich Summer como Henry (Firewatch)

 

Prêmio beneficente “Games for Impact”
1979 Revolution
Block’hood
Orwell
Sea Hero Quest
That Dragon, Cancer

Melhor Jogo Indie
Inside
Firewatch
Stardrew Valley
Hyper Light Drifter
The Witness

 

Melhor Jogo Mobile ou portátil
Clash Royale
Fire Emblem Fates
Monster Hunter Generations
Pokémon Go
Severed

 

Melhor Jogo de Realidade Virtual
Batman: Arkham VR
EVE Valkyrie
Job Simulator
REZ Infinite
Thumper

 

Melhor Jogo de Ação
Battlefield 1
Doom
Gears of War 4
Overwatch
Titanfall 2

 

Melhor Jogo de Aventura
Dishonored 2
Hitman
Hyper Light Drifter
Ratchet & Clank
Uncharted 4: A Thief’s End

 

Melhor Jogo de RPG
Dark Souls 3
Deus Ex: Mankind Divided
The Witcher 3: Blood and Wine
World of Warcraft: Legion
Xenoblade Chronicles X

 

Melhor Jogo de Luta
Killer Instinct Season 3
The King of Fighters XIV
Street Fighter V
Pokkén Tournament

 

Melhor Jogo Família
Dragon Quest Builders
LEGO Star Wars: O Despertar da Força
Pokémon Go
Ratchet & Clank
Skylanders: Imaginators

 

Melhor Jogo de Estratégia
Sid Meier’s Civilization VI
Fire Emblem Fates
XCOM 2
The Banner Saga 2
Total War: Warhammer

 

Melhor Jogo de Esportes ou Corrida
FIFA 17
Forza Horizon 3
MLB The Show 16
NBA 2K17
PES 2017

 

Melhor Jogo Multiplayer
Battlefield 1
Gears of War 4
Overwatch
Titanfall 2
Overcooked
Rainbow Six Siege

 

Melhor Jogador de eSports
Lee “Faker” Sang-Hyeok (SK Telecom 1, League of Legends)
Marcelo “coldzera” David (SK Gaming, CS:GO)
Byun-Hyun Woo (StarCraft 2)
Lee “Infiltration” Seeon-woo (Razer, Street Fighter V)
Juan “Hungrybox” Debidema (Team Liquid, Super Smash Bros.)

 

Melhor Time de eSports
SK Telecom 1 (League of Legends)
Wings Gaming (Dota 2)
SK Gaming (Multi jogos)
ROX Tigers (League of Legends)
Cloud 9 (Multi jogos)

 

Melhor Jogo de eSports
Counter-Strike: Global Offensive
Street Fighter V
Overwatch
Dota 2
League of Legends

 

Prêmio “Trending Gamer”
AngryJoeShow
Boogie2988
Danny O’Dwyer
Jacksepticeye
Lirik

 

Melhor Projeto de Fãs
Project AM2R
Pokémon Uranium
Brutal Doom 64
Enderal: The Shards of Order

 

Jogo Mais Aguardado de 2017
God of War
Horizon Zero Dawn
Mass Effect: Andromeda
Red Dead Redemption 2
The Legend of Zelda: Breath of The Wild

 

 

BIG Festival 2016 bate recorde de público

Ainda que o BIG Festival tenha começado de maneira tímida lá em 2012, hoje o evento já pode ser considerado um dos maiores e mais importantes do calendário gamer brasileiro em sua quarta edição. De acordo com estimativas da organização do evento, mais de 18 mil pessoas compareceram ao Centro Cultural São Paulo nos nove dias de evento para conferir os mais de 60 jogos disponíveis.

O número de visitantes equivale a mais de 5400 pessoas da edição anterior. Um verdadeiro recorde! Desse total, 2.400 foram profissionais que participaram do BIG Business Fórum, onde foram realizadas mais de 1.500 reuniões de negócios entre empreendedores brasileiros e internacionais. O evento realizou, ainda, 70 palestras que abordaram temas diversos relacionados aos games, desde sua concepção até a distribuição.

Como se não bastasse, houve um anúncio que pode modificar a interação entre o setor de jogos eletrônicos e o governo: foi anunciado que a Aquiris Game Studio, desenvolvedora de Porto Alegre (RS), será a primeira empresa brasileira de games a receber recursos do BNDES Procult, programa que financia negócios de empresas de todas as cadeias produtivas da economia da Cultura. O investimento de R$ 1,5 milhão foi anunciado por Luciane Gorgulho, chefe do departamento de economia da cultura do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), no dia 1 de julho, um dia depois da premiação do festival.

Por falar na Aquiris, o prêmio de Melhor Jogo do ano entre os desenvolvedores independentes ficaram com esses Gauchos. O game Horizon Chase, da Aquiris, levou o prêmio de “Melhor Jogo”. Esta é a primeira vez que uma empresa nacional ganha a categoria no BIG Festival.

Outros dois jogos brasileiros foram premiados no BIG Festival. Starlit Adventures, da Rockhead Games, também de Porto Alegre, foi o vencedor na categoria “Melhor Jogo Brasileiro”. Na categoria “Voto Popular”, quem levou foi Deed – The Game, da Sinergia Studios, de São Paulo. Ape Out, do estúdio norte-americano Gorilla Loves Company, venceu em duas categorias, “Melhor Gameplay” e “Melhor Som”.

Nas categorias BIG Starter, dedicadas a jogos brasileiros ainda em fase de produção, os vencedores foram Vetor, da Supernova Indie Games, como “Melhor Jogo Educacional”; e Monowheels VR, da IMGNATION Studios, como “Melhor Jogo de Entretenimento”.

Abaixo tem um vídeo do canal IGN Brasil sobre o que de melhor rolou no BIG Festival:

Legião dos Superpoderes é finalista no prêmio internacional Games for Change 2016

Nosso tema do dia é o jogo Legião dos Superpoderes, um título criado pela PushStart especialmente para o programa Unidos por Crianças mais Saudáveis, iniciativa da gigante alimentícia Nestlé. O game é um dos finalistas da premiação internacional Games for Change Festival, evento que esta em sua 13º edição e que busca divulgar iniciativas na área de jogos digitais que busquem impacto social positivo e mudança de atitude de seus usuários. Esta é a primeira vez que um game brasileiro é representado na etapa final do Games for Change. O vencedor será conhecido no dia 23/06 durante a noite de gala em Nova York, EUA.

“Legião dos Superpoderes” faz parte do projeto piloto “Unidos por Crianças mais Saudáveis”, lançado pela Nestlé em 2015, na cidade de São José do Rio Pardo. A iniciativa busca engajar diversos setores da sociedade para proporcionar um futuro mais saudável às novas gerações. O formato do projeto permitiu que cada participante tivesse sua própria “jornada de desenvolvimento dos superpoderes”, estimulando o aprendizado em um game virtual que, diariamente, traz desafios e missões saudáveis a serem vencidos também na vida real, mobilizando crianças e adultos de forma divertida, ativa e voluntária sobre a importância de incluir em seu consumo diário frutas, legumes e verduras, além da prática regular de atividades físicas.

A ideia basicamente é transformar cada criança em super-herói que adquire seus superpoderes ao consumir alimentos saudáveis como frutas, verduras, legumes e ao praticar exercícios físicos com regularidade. O título mobilizou crianças e adultos de toda a cidade de S. José do Rio Pardo, com mais de 3.900 crianças cadastradas em um ano de atividade do projeto, transformando a vida de diversas famílias e mobilizando também diversos setores da cidade a incorporarem melhores hábitos de Nutrição, Saúde e Bem-Estar. Interessante notar que o game transformou o município do interior paulista na 1ª cidade gamificada da América Latina.

Legião dos Superpoderes e o Games for Change

No Games for Change Festival, dez produções internacionais somam os finalistas divididos em quatro categorias: 1) melhor gameplay; 2) impacto mais relevante; 3) mais inovador e 4) melhor jogo educacional.  Os finalistas serão escolhidos por um júri de experts composto por líderes da comunidade de games, setor filantrópico, mídia e tecnologia. Na mesma noite, os finalistas concorrem ainda ao prêmio Game do Ano, concedido ao jogo que apresentar maior relevância e sinergia entre as quatro categorias. Será interessante ver Legião dos Superpoderes ganhar um dos prêmios.

Gameloft é eleita a melhor Publisher da década pela Pocket Gamer Awards

Quem está antenado no mundo dos jogos mobile sabe que recentemente surgiu o Pocket Gamer Awards, um prêmio para celebrar os grandes triunfos do desenvolvimento de jogos para dispositivos mobile. A cerimônia de premiação ocorreu na última semana e o título de melhor publisher da década ficou com os franceses da Gameloft.

Tal prêmio não compreende apenas o que foi feito no ultimo ano, mas leva em consideração todo o trabalho dos desenvolvedores e publishers ao longo da década. Deste modo, os jurados da Pocket Gamer Awards entendem que a Gameloft é a melhor empresa mobile desde 2006. Existe outra categoria para celebrar a melhor publisher do ano (que ficou com a Nintendo).

O Pocket Gamer Awards foi criado para celebrar o décimo aniversário da Pocket Gamer, o site britânico dedicado a falar sobre jogos para smartphones e consoles mobile. O prêmio é dado para os jogos e empresas que marcaram sua presença na história da indústria de jogos para celular nos últimos 10 anos. Além disso, há prêmios específicos para o último ano.

De acordo com a organização, a Gameloft foi escolhida dentre uma lista com 40 indicados. Segunda a Gameloft, este prêmio serve para destacar o pioneirismo da empresa em diversos momentos, como os primeiros lançamentos de jogos na App Store em 2008 e a criação da primeira rede de publicidade para mobile, a Gameloft Advertising Solutions, em 2015.

“Estamos muito felizes em receber este prêmio, que definitivamente coloca a Gameloft no topo da indústria de jogos digitais e sociais”, declara Julien Fournials, Vice-Presidente Sênior de Jogos da Gameloft. “Em dez anos, a empresa cresceu muito e vamos continuar oferecendo jogos de alta qualidade para todos os públicos. Temos certeza que esses jogos também serão lembrados na história dessa indústria”.

Outros vencedores da Pocket Gamer Awards

O grande prêmio de melhor jogo do ano ficou com Lara Croft Go da Square Enix, que também arrebatou o prêmio de melhor jogo para Android. Os usuários de iOS podem se orgulhar do jogo The Room Three, que foi considerado o melhor título da plataforma.

É interessante notar que a Pocket Gamer não esqueceu os jogos para consoles portáteis como o 3DS e o PS Vita, de modo que existem prêmios para melhores jogos para essas plataformas.

Abaixo você confere a relação dos premiados:

Melhor jogo para Android: Lara Croft Go

Melhor jogo para iOS: The Room Three

Melhor jogo para 3DS: Monster Hunter 4 Ultimate

Melhor jogo para PS Vita: Super Meat Boy

Melhor desenvolvedora do ano: Square Enix Montreal

Melhor Publisher do ano: Nintendo

Melhor Jogo do ano: Lara Croft Go

Melhor desenvolvedora da década: Supercell

Melhor Publisher da década: Gameloft

Melhor game da década: Ridiculous Fishing