Arquivo da tag: premiação

Esses são os indicados a melhores jogos do Brazil Game Awards

E por fim saiu a lista dos indicados ao prêmio Brazil Game Awards 2018 (BGA), a principal premiação nacional de jogos digitais nacionais. A relação de indicados foi divulgada hoje (05/12) e serviu para mostrar que este ano foi um dos melhores de todos os tempos para quem curte videogames.

Os indicados são escolhidos por um júri independente, formado por diversos veículos de alta relevância ligados a jogos eletrônicos, tecnologia e cultura nerd. Ao todo, votam 40 produtores de conteúdo, de sites a influenciadores. A lista de ganhadores sai no dia 12/12/2018 no site oficial.

Para quem não conhece, o Brazil Game Awards (BGA) nasceu em 2015 como um júri independente que reunia veículos e críticos de videogame do país para eleger os melhores jogos da Brasil Game Show (BGS). Em 2018, o Brazil Game Awards passou a eleger os melhores games do ano, não mais atrelado à Brasil Game Show.

Entre os jogos mais indicado e que são favoritos a ganhar os prêmios estão Marvel’s Spider-Man (Insomniac Games/Sony Interactive Entertainment), Assassin’s Creed Odyssey (Ubisoft Quebec/Ubisoft), God of War e o animalesco Red Dead Redemption 2. A disputa promete ser acirrada. Vale destacar o brasileiro Horizon Chase Turbo, que figura na categoria Melhor Jogo de Corrida, além de brigar pelo título de Jogo Brasileiro do Ano.

Abaixo você confere as categorias e indicados ao Brazil Game Awards:

 

Jogo do Ano

Assassin’s Creed Odyssey (Ubisoft Quebec/Ubisoft)

God of War (SIE Santa Monica Studio/Sony Interactive Entertainment)

Marvel’s Spider-Man (Insomniac Games/Sony Interactive Entertainment)

Monster Hunter World (Capcom)

Red Dead Redemption 2 (Rockstar Games)

 

Jogo Brasileiro do Ano

Dandara (Long Hat House/Raw Fury)

Distortions (Among Giants)

Horizon Chase Turbo (Aquiris Game Studio)

No Heroes Here (Mad Mimic Interactive/Chorus Worldwide)

Sword Legacy Omen (Firecast Studio/Fableware Narrative Design/Team17)

 

Jogo Mais Aguardado – 2019

Anthem (BioWare/Electronic Arts)

Devil May Cry 5 (Capcom)

Kingdom Hearts III (Square Enix)

Resident Evil 2 Remake (Capcom)

Sekiro: Shadows Die Twice (FromSoftware/Activision)

 

Melhor Jogo Original

A Way Out (Hazelight Studios/Electronic Arts)

Celeste (Matt Makes Games)

Dead Cells (Motion Twin)

Detroit: Become Human (Quantic Dream/Sony Interactive Entertainment)

Marvel’s Spider-Man (Insomniac Games/Sony Interactive Entertainment)

 

Melhor Jogo para PC

Assassin’s Creed Odyssey (Ubisoft Quebec/Ubisoft)

Battlefield V (EA DICE/Electronic Arts)

Call of Duty: Black Ops 4 (Treyarch/Activision)

Celeste (Matt Makes Games)

Monster Hunter World (Capcom)

 

Melhor Jogo para Console

Celeste (Matt Makes Games)

Forza Horizon 4 (Playground Games/Microsoft Studios)

God of War (SIE Santa Monica Studio/Sony Interactive Entertainment)

Marvel’s Spider-Man (Insomniac Games/Sony Interactive Entertainment)

Red Dead Redemption 2 (Rockstar Games)

 

Melhor Periférico/Hardware

GeForce RTX 2070 (NVIDIA)

GeForce RTX 2080 (NVIDIA)

Nintendo Labo (Nintendo)

Poké Ball Plus (The Pokémon Company/Nintendo)

Xbox Adaptive Controller (Microsoft)

 

Melhor Jogo de Tiro

Battlefield V (EA DICE/Electronic Arts)

Call of Duty: Black Ops 4 (Treyarch/Activision)

Destiny 2: Renegados (Bungie/Activision)

Far Cry 5 (Ubisoft Montreal/Ubisoft)

Insurgency: Sandstorm (New World Interactive)

 

Melhor Jogo de Ação e Aventura

Assassin’s Creed Odyssey (Ubisoft Quebec/Ubisoft)

God of War (SIE Santa Monica Studio/Sony Interactive Entertainment)

Marvel’s Spider-Man (Insomniac Games/Sony Interactive Entertainment)

Red Dead Redemption 2 (Rockstar Games)

Shadow of the Tomb Raider (Eidos Montréal/Square Enix)

 

Melhor Jogo de Luta

BlazBlue: Cross Tag Battle (Arc System Works)

Dragon Ball FighterZ (Arc System Works/Bandai Namco Entertainment)

SoulCalibur VI (Bandai Namco Entertainment)

Street Fighter 30th Anniversary Collection (Capcom)

Street Fighter V Arcade Edition (Capcom)

 

Melhor RPG

Assassin’s Creed Odyssey (Ubisoft Quebec/Ubisoft)

Dragon Quest XI: Echoes of an Elusive Age

Monster Hunter World (Capcom)

Ni no Kuni II: Revenant Kingdom (Level-5/Bandai Namco Entertainment)

Octopath Traveler (Square Enix/Acquire/Nintendo)

 

Melhor Jogo de Corrida

F1 2018 (Eden Games/Codemasters)

Forza Horizon 4 (Playground Games/Microsoft Studios)

Horizon Chase Turbo (Aquiris Game Studio)

On Rush (Codemasters/Deep Silver)

The Crew 2 (Ivory Tower/Ubisoft)

 

Melhor Jogo de Esporte

FIFA 19 (EA Vancouver/EA Sports)

Madden NFL 2019 (EA Tiburon/EA Sports)

Mario Tennis Aces (Camelot Software Planning/Nintendo)

NBA 2K19 (Visual Concepts/2K Sports)

Pro Evolution Soccer 2019 (PES Productions/Konami)

 

Melhor Jogo de Estratégia

Frostpunk (11 bit studios)

Into the Breach (Subset Games)

The Banner Saga 3 (Stoic Studio/Versus Evil)

Thronebreaker: The Witcher Tales (CD Projekt RED)

Valkyria Chronicles 4 (SEGA)

 

Melhor Jogo para a Família

Mario Tennis Aces (Camelot Software Planning/Nintendo)

Overcooked 2 (Ghost Town Games/Team17)

Pokémon Let’s Go (Game Freak/Nintendo)

Super Mario Party (NDcube/Nintendo)

Spyro Reignited Trilogy (Toys for Bob/Activision)

 

Melhor Jogo Mobile

Donut County (Ben Esposito/Annapurna Interactive)

Florence (Mountains)

Fortnite (Epic Games)

PUBG MOBILE (Lightspeed & Quantum/Tencent Games)

REIGNS: Game of Thrones (Nerial/Devolver Digital)

 

Melhor Multiplayer

Battlefield V (EA DICE/Electronic Arts)

Call of Duty: Black Ops 4 (Treyarch/Activision)

Monster Hunter World (Capcom)

Overcooked 2 (Ghost Town Games/Team17)

Sea of Thieves (Rare/Microsoft Studios)

 

Melhor Trilha Sonora

Celeste (Matt Makes Games)

God of War (SIE Santa Monica Studio/Sony Interactive Entertainment)

Marvel’s Spider-Man (Insomniac Games/Sony Interactive Entertainment)

Ni no Kuni II: Revenant Kingdom (Level-5/Bandai Namco Entertainment)

Red Dead Redemption 2 (Rockstar Games)

 

Melhor Estúdio

Capcom

Insomniac Games

Rockstar Games

SIE Santa Monica Studio

Ubisoft Quebec

 

Melhor Publisher

Devolver Digital

Nintendo

Rockstar Games

Sony Interactive Entertainment

Ubisoft

 

Melhor Jogo Independente

Celeste (Matt Makes Games)

Dead Cells (Motion Twin)

Frostpunk (11 bit studios)

Into the Breach (Subset Games)

The Messenger (Sabotage Studio)

 

Melhor Dublagem em Português

Assassin’s Creed Odyssey (Ubisoft Quebec/Ubisoft)

Detroit: Become Human (Quantic Dream/Sony Interactive Entertainment)

Far Cry 5 (Ubisoft Montreal/Ubisoft)

God of War (SIE Santa Monica Studio/Sony Interactive Entertainment)

Marvel’s Spider-Man (Insomniac Games/Sony Interactive Entertainment)

 

Melhor Equipe de eSport do Brasil

Black Dragons

Brasil Gaming House

INTZ e-Sports

KaBuM! e-Sports

paiN Gaming

 

Melhor Pro Player do Brasil

André “Nesk” Oliveira (Rainbow Six Siege – Team Liquid)

Epitácio “TACO” de Melo (CS:GO – Team Liquid)

Gabriel “Fallen” Toledo (CS: GO – Mibr )

Marcelo “Coldzera” David (CS: GO – Mibr)

Matheus “dyNquedo” Rossini (League of Legends – KaBuM! e-Sports)

 

Melhor Jogo de eSports

Counter-Strike: Global Offensive (Hidden Path Entertainment/Valve Corporation)

Fortnite (Epic Games)

League of Legends (Riot Games)

Overwatch (Blizzard Entertainment)

Rainbow Six: Siege (Ubisoft Montreal/Ubisoft)

 

League of Legends – Riot Games anuncia datas para a segunda edição do Prêmio CBLoL

A segunda Etapa do Campeonato Brasileiro de League of Legends 2018 (CBLoL) está a todo o vapor, proporcionando partidas memoráveis. A primeira rodada começou bem quente e até o final vai pegar fogo, pois as oito equipes são extremamente bem preparadas e contam com jogadores experientes. Já visando o alto nível da competição, a Riot Games, produtora e distribuidora do jogo, acaba de anunciar a data do Prêmio CBLoL.

Para quem não conhece, o Prêmio CBLoL é um evento que premia os melhores jogadores do torneio. De acordo com a organização do torneio, o evento será realizado no dia 28 de novembro, em uma noite de gala. A expectativa é que os jogadores encarem os desafios com afinco a fim de se tornarem ainda mais reconhecidos.

Pelo segundo ano consecutivo, os jogadores profissionais têm que lutar não só pela vitória no CBLoL, mas também pelo posto de melhor jogador do país em cada posição. A premiação contempla nove categorias e os vencedores são escolhidos por especialistas e pela torcida.

Confira abaixo as nove categorias do Prêmio CBLoL:

  • Melhor Jogador
  • Melhor Topo
  • Melhor Caçador
  • Melhor Meio
  • Melhor Atirador
  • Melhor Suporte
  • Melhor Técnico
  • Jogador Revelação
  • Craque da Galera

Sobre o CBLoL 2018

O Campeonato Brasileiro de League of Legends (CBLoL) é o campo de batalha no qual os melhores times profissionais do país se enfrentam, lutando não só pela supremacia em League e um lugar na história, mas também por uma vaga no Campeonato Mundial. Em 2018 o CBLoL chega com um novo formato, organizado em Melhor de 3 e Escalada, para trazer mais competitividade.

As Finais já passaram pelo Rio de Janeiro (Maracanãzinho), por São Paulo (Allianz Parque e Ginásio do Ibirapuera) e por Belo Horizonte (Mineirinho), com a presença de, em média, 10 mil pessoas em cada partida decisiva. A competição também é transmitida em salas de cinema, no YouTube, no Twitch e no SporTV.   Mais informações no site do CBLoL.

Estes são os games brasileiros em destaque no BIG Festival 2018

Com a aproximação do BIG Festival 2018, chegou a hora de conhecer os jogos finalistas do painel Big Starter. O espaço dá ao desenvolvedor indie de games a oportunidade de apresentar seu projeto ainda não finalizado ou publicado comercialmente a uma platéia composta por desenvolvedores, potenciais investidores, nomes relevantes do game design nacional e internacional, jornalistas e outros formadores de opinião.

A categoria é formada exclusivamente por jogos nacionais e é uma das maiores oportunidades para os desenvolvedores mostrar seu projetos e dar aquele pontapé inicial para conquistar espaço e um financiamento. De acordo com a organização do evento, nesta edição foram inscritos mais de 156 jogos. Destes, foram selecionados 5 jogos finalistas na categoria Jogo Educacional ou de Impacto e outros 5 Jogos na categoria Jogo de Entretenimento.

Abaixo você confere os 10 finalistas do BIG Starter, separados por categorias:

Jogo Educacional ou de Impacto

  • AmbIA – Imesys
  • Projeto Ticolicos – Lost DEVS
  • Legally Addicted – Nonsense Bulls
  • CLEAVER – Equipe CLEAVER
  • Mompas – Studio Nebulosa

Jogo de Entretenimento:

  • One beat Min – PixJuice
  • Little Dude the Game – Initial Tape
  • U.A.I. – Umbu Games
  • Golf 2D – Estúdio Vaca Roxa
  • Jamie’s Dream – Cartonbox Studio

Todos os finalistas apresentarão seus games para um público entusiasta por games e um júri formado por profissionais da indústria, investidores, jornalistas, formadores de opinião entre outros. Os grandes vencedores devem apresentar características que tornem seus produtos únicos, pois os jogos serão analisados em diferentes critérios, tais como aspectos audiovisuais, interativos, mecânica e criatividade. Os dois ganhadores receberão troféu e um prêmio de R$ 20 mil cada.

Outra área de interesse para quem curte jogos nacionais é o Panorama Brasil 2018, um espaço para apresentar 30 jogos que não foram selecionados para a premiação principal do BIG, mas que demonstraram alta qualidade e merecem ser vistos pelo público. Desses 30 jogos, 10 são produzidos por estudantes.

A lista abaixo mostra quais são estes games:

Akane  (Ludic Studios)
AREIA (GILP Studio)
Dog Duty (Zanardi&Liza)
Grand Shooter (Grumpy Panda Studios)
Grashers (Rafael Renan Skoberg)
Hop Dog (Ludic Side)
Kaze and The Wild Masks (Vox Game Studio)
Mana Sparks (BEHEMUTT / Kishimoto Studios)
ManaRocks (Rockgames Ltda.)
Minesweeper Genius (Mgaia Studio)
Patuanú (Andurá Studio)
Pigeons Attack (Nixtor Game Studio)
Ritmosphere (Luiz Carlos Martins Loyola Filho)
Scrash (Cat nigiri)
Solar Fighters (Jhonatas da Silva Farias)
Sunken Brawl (Dope Ape Studios / Umizon)
Sword of Yohh (UNDEVS)
Vector Race (Rafael Forbeck)
Vigilante Ranger (Sinergia Studios)
Wild Glory (LAJE Studios / Manalith Studios

 

Serviço – BIG Festival 2018

Onde: Centro Cultural São Paulo (SP) e Centro Cultural Oi Futuro (RJ)

Quando: 23 de junho a 1 de julho

Quanto: Gratuito

C4 – Jogo desenvolvido por brasileiro é finalista do IMGA Awards GLOBAL 2018

O International Mobile Gaming Awards Global (IMGA GLOBAL) está em sua 14º edição. O evento é dedicado a premiar os melhores jogos para dispositivos mobile e é reconhecido por ser o mais antigo e respeitado evento do gênero. Este ano há uma grata surpresa: um dos finalistas é justamente o jogo brasileiro chamado C4, um puzzler de combinação de cores. Esta é mais uma prova de que os jogos brasileiros estão em franca ascensão.

Para quem não conhece, o IMGA é o mais longevo programa de reconhecimento de jogos para dispositivos móveis, iniciado em 2004. Com sua longa história e processo de avaliação único, trouxe alguns dos mais populares aplicativos do mundo para os holofotes, como Candy Crush Saga e Clash Of Clans. É a única competição que une a indústria através da celebração da excelência e inovação nos jogos.

“Os indicados como o C4 exibem novos patamares de criatividade e a qualidade emergente das produções encontradas nos jogos para dispositivos móveis”, disse, Maarten Noyons, fundador do IMGA. Ou seja, você pode esperar um game diferenciado aqui, que foge do comum, ao passo que entrega uma experiência divertida e elaborada.

O jogo C4 é um quebra cabeça de combinação de cores que promete desafiar a mente do jogador ao extremo. Para passar os diferentes níveis é preciso uma boa estratégia, raciocínio rápido e foco apurado. O título foi desenvolvido por Cristiano Monteiro e possui 54 níveis, com dificuldade progressiva. Apesar de ser simples de aprender a jogar, é bastante difícil dominar o jogo para avançar até os últimos níveis.

O propósito de C4 é pintar cada um dos retângulos brancos/cinzas/pretos de uma das quatro cores disponíveis (vermelho, verde, azul e laranja) de maneira que dois retângulos que compartilhem uma borda (total ou parcialmente) não possuam a mesma cor. Quanto tiver pintado todos os retângulos o jogo irá verificar se dois retângulos vizinhos foram pintados da mesma cor e avançar você ao próximo nível ou declarar fim de jogo com um ícone de seta de quatro pontas que indica o local onde ocorreu a duplicação. Mas fique alerta, pois você deve completar os níveis dentro do tempo delimitado.

“O C4 não está focado em um visual elaborado, distrações, ou outros artifícios. Trata-se de uma interface elegante apresentando um jogo único, desafiador sem ser impossível, finito mas parecendo sem fim, para todas as idades, inteligente, robusto e bem testado, competitivo. Todos os elementos que um bom jogo deve ter antes de mostrar uma interface bonitinha. Simples, direto ao ponto, elegância espartana, a volta às raízes dos quebra cabeças, divertido e competitivo”, disse Cristiano Monteiro, desenvolvedor do C4.

Como um dos indicados, o C4 também é elegível ao prêmio da “Escolha Popular”, que se trata de uma votação online pelos fãs do jogo de qualquer parte do planeta. Até o dia 18 de Março de 2018 Os jogadores poderão votar no site do IMGA Awards. Os vencedores serão anunciados em 20 de Março de 2018 durante a aguardada cerimônia de premiação que acontecerá em São Francisco, Estados Unidos. C4 é gratuito e está disponível no Google Play.

Abaixo tem o trailer de C4:

BIG Festival 2018 abre inscrições para a premiação internacional de melhores jogos

Já estão abertas as inscrições para desenvolvedores do mundo todo para submeter seus jogos para o BIG Festival 2018, o maior evento de jogos independentes da América Latina. De acordo com os desenvolvedores, as inscrições devem ser feitas até o dia 13 de abril. Após isso, serão escolhidos os games mais promissores para fazer parte do evento presencial. Para fazer a inscrição basta acessar o site do evento.

Esta é a sexta edição do evento e a grande novidade é que desta vez o evento ocorre em duas cidades simultaneamente (RJ e SP). Na capital paulista, o evento ocorre no Centro Cultural, como nas edições anteriores. Já na capital carioca, os visitantes podem conferir todos os finalistas no espaço Oi Futuro. Haverão dezenas de computadores, tablets, smartphones, consoles e dispositivos VR para que o público experimente os games independentes que mais se destacaram no ano é em seguida possa escolher seus favoritos em votação aberta.

Todos os jogos inscritos no BIG serão analisados pelo Comitê de Seleção do festival e os selecionados irão competir em categorias como Melhor Jogo, Melhor Som, Melhor Arte, Melhor Narrativa, Realidade Virtual, entre outras. Os vencedores serão anunciados no palco do evento. A expectativa é que as inscrições superem o número recorde do ano passado, quando a premiação internacional do BIG Festival recebeu 617 jogos candidatos de 54 países diferentes, sendo mais da metade deles (321) produzidos no Brasil.

Ainda de acordo com a organização do BIG, os desenvolvedores finalistas ganham entrada às rodadas de negócios do maior hub do setor de games e animação da América Latina, e podem ter a oportunidade de fazer uma palestra sobre o seu jogo. Na última edição, 3200 profissionais do setor estiveram presentes com o objetivo de fortalecer a indústria e criar oportunidades.

Serviço – 6º BIG Festival (Brazil’s Independent Games Festival)

De 23 de junho a 1 de julho (Segunda, 25, não abre)
Rodadas de Negócios – de 27 a 29 de junho
De terça a sexta: 10h às 22h / Sábado e domingo: 14h às 22h
Centro Cultural São Paulo – Rua Vergueiro, 1000 – Paraíso, SP

Mini Ini Mo, da produtora Gilp Studio, é um dos finalistas do Google Play Indie Games Festival

Já falamos aqui do genial game Indie Mini Ini Mo, da desenvolvedora brasileira Gilp Studio. Pois bem, o game não para de crescer! O título foi um dos indicados para a final da primeira edição do Google Play Indie Games Festival LATAM.

A premiação da gigante da tecnologia foi criada com o propósito de incentivar o surgimento de novos desenvolvedores de jogos indie na América Latina. Além da Gilp, outros 14 desenvolvedores de jogos receberam indicações, sendo três brasileiros e os demais da Argentina, Chile, Colômbia, Guatemala, México, Paraguai e Uruguai.

No próximo dia 24 de fevereiro uma equipe de jurados, composta por cinco pessoas escolhidas pelo Google, anunciará os três melhores games e o resultado será apresentado no evento Google Campus São Paulo. Os vencedores devem ganhar bastante credibilidade, além da visibilidade óbvia trazida pelo selo da Google.

“Todos os finalistas estão de parabéns, assim como o Google por trazer essa iniciativa para a América Latina e dar mais visibilidade aos desenvolvedores incríveis que existem por aqui”, disse Lucas Humberto Montes Ferreira, gerente de negócios e sócio fundador da Gilp Studio.“Estar entre os 15 finalistas já é uma grande honra. Vamos apresentar o jogo aos jurados e aproveitar o tempo livre para conhecer o restante dos desenvolvedores finalistas e seus jogos”, finalizou Lucas.

Para quem não conhece, Mini Ini Mo é um jogo de quebra-cabeça e aventura desenvolvido pela Gilp Studio com arte assinada pela Farândola e som pelo Chederrecords Studio, empresas de economia criativa de Uberlândia.

No game você controla 3 personagens: o Mini, o Ini e o Mo e cada um tem uma característica única. O objetivo é vencer os desafios com raciocínio lógico e criatividade para que essas criaturinhas possam encontrar seu caminho de volta para casa. O download do jogo já está disponível no Google Play.

Abaixo tem um trailer de Mini Ini Mo:

Felipe Andreoli e Nyvi Estephan serão os apresentadores do Prêmio eSports Brasil

Já falamos aqui do Prêmio eSports Brasil, promovido pelo Grupo Globo e o Go4it, que visa celebrar os grandes atletas, personalidades do universo gamer e times mais competitivos do Brasil. Pois bem, os organizadores do evento acabam de divulgar que jornalista Felipe Andreoli e a youtuber e gamer Nyvi Estephan serão os apresentadores do Prêmio eSports Brasil. O evento é o primeiro do segmento no Brasil e acontece dia 19/12 na Fundação Bienal de São Paulo.

Felipe e Nyvi serão os responsáveis por conduzir a cerimônia, que será transmitida, ao vivo, pelo SporTV e terá conteúdo exclusivo de segunda tela no e-SporTV, canal do YouTube com programação exclusiva de esports. A produção desse conteúdo será feita pela VIU, unidade de negócios digitais da Globosat. Andreoli e Nyvi ainda vão anunciar os vencedores das 15 categorias que estão em votação no site do evento.

O eSports Brasil vai reconhecer diferentes modalidades no universo dos campeonatos de games como, por exemplo, Lol, Dota 2 e CS: GO, e tem a Claro como patrocinadora máster na categoria “apresenta”. Os fãs das modalidades serão envolvidos desde o aquecimento e terão papel fundamental na escolha dos finalistas. O público vai conhecer as categorias da premiação, os jurados, os indicados, votar para levar seu atleta preferido para a final e acompanhar, na íntegra e ao vivo, tudo o que acontece no evento pelo SporTV.

A escolha dos vencedores será baseada em duas frentes: votação técnica (11 categorias) e popular (4 categorias). No aspecto técnico, um júri especializado composto por 34 nomes vai indicar os concorrentes para cada uma das 11 categorias como, por exemplo, “atleta revelação” e “melhor atleta de eSports”. Oito indicados em cada categoria vão para votação do público no site do prêmio.

Os fãs levam o indicado mais votado para a final junto com mais dois finalistas com maior número de indicações do júri. Dentre os finalistas, o júri mais uma vez vota para chegar ao vencedor. Já na eleição popular, que inclui “melhor streamer”, “melhor organização”, “melhor jogo” e “craque Claro da galera”, o público vai nomear seus favoritos e o mais votado será eleito vencedor diretamente.

Serviço – I Prêmio eSports Brasil 2017

O que: Prêmio para celebrar os principais jogadores de eSports no Brasil

Quando: 19/12/2017

Onde: Fundação Bienal de São Paulo

Site: https://www.premioesportsbrasil.com.br/

League of Legends: Estes são os favoritos ao Prêmio CBLoL

A Riot Games, que organiza o Campeonato Brasileiro de League of Legends, o CBLoL, anunciou nesta terça-feira (25) a lista de favoritos ao Prêmio CBLoL, evento que vai reverenciar os melhores jogadores da Segunda Etapa do torneio, que será decidida no dia 2 de setembro, no Mineirinho, em Belo Horizonte, Minas Gerais. Os ganhadores das nove categorias serão conhecidos no dia 13 de novembro, em um evento de gala, que contemplará os grandes destaques individuais dos embates.

O Top 10, listado abaixo, foi definido com base no desempenho (MVP, ou destaque na partida, e KDA, índice de performance) dos jogadores ao longo da Fase Regular, que terminou no último final de semana. Eles são fortes candidatos a vencer uma das nove categorias. Trata-se de um resultado parcial, já que cada categoria possui seus próprios critérios e o campeonato segue para a Fase Semifinal, onde o cenário e o ranking podem sofrer mudanças. Mais informações no LoLeSports BR.

Prêmio CBLoL

O Prêmio CBLoL será composto de nove categorias. Os participantes serão elegíveis dependendo de sua posição na equipe. Os critérios para vencer também mudam de acordo com as estatísticas principais das funções que cada um cumpre dentro da equipe e também levará em conta os votos dos casters, imprensa e jogadores profissionais. Os cálculos serão realizados pela Riot Games, organizador do evento.

CBLoL

São várias as categorias do prêmio CBLoL, entre elas estão: Melhor Jogador, Melhor Topo, Melhor Caçador, Melhor Meio, Melhor Atirador, Melhor Suporte, Melhor Técnico, Jogador Revelação, Craque da Galera. A maioria das categorias são elegíveis a todos os jogadores participantes do CBLoL. Para mais informações, acesse o LoLeSports BR

Estão são os maiores candidatos a receber os prêmios CBLoL de melhor jogador:

 

10 – Alanderson “4LaN” Meireles

Equipe: Team oNe

Posição: Caçador

MVPs: 2 (vs INTZ e T Show)

KDA: 3,7 (35/30/77)

 

9 – Rodrigo “Tay” Panisa

Equipe: paiN Gaming

Posição: Caçador

MVPs: 3 (vs CNB, ProGaming e oNe)

KDA: 3,4 (40/31/66)

 

8 – Lucas “LUSKKA” Rentechen

Equipe: ProGaming e-Sports

Posição: Atirador

MVPs: 3 (vs oNe, Keyd e CNB)

KDA: 4,1 (55/27/56)

 

7 – Felipe “Yang” Zhao

Equipe: Keyd Stars

Posição: Topo

MVPs: 3 (vs CNB, T Show e ProGaming)

KDA: 4,7 (43/25/74)

 

6 – Gabriel “Tockers” Claumann

Equipe: Red Canids

Posição: Meio

MVPs: 3 (vs paiN, oNe e T Show)

KDA: 4,9 (65/29/78)

 

5 – Micael “micaO” Rodrigues

Equipe: INTZ e-Sports

Posição: Atirador

MVPs: 3 (vs CNB, Red e paiN)

KDA: 5,0 (64/28/77)

 

4 – Gabriel “Kami” Bohm

Equipe: paiN Gaming

Posição: Meio

MVPs: 3 (vs T Show, CNB e Keyd)

KDA: 5,0 (34/21/70)

 

3 – Felipe “brTT” Gonçalves

Equipe: Red Canids

Posição: Atirador

MVPs: 3 (vs ProGaming, CNB e Keyd)

KDA: 5,8 (50/20/65)

 

2 – Bruno “Envy” Ventura

Equipe: INTZ e-Sports

Posição: Meio

MVPs: 3 (vs CNB, T Show e Keyd)

KDA: 6,1 (62/24/84)

 

1 – Luan “Jockster” Cardoso

Equipe: INTZ e-Sports

Posição: Suporte

MVPs: 4 (vs Red, ProGaming (2x) e Keyd)

KDA: 3,9 (22/45/153)

GWENT tem seu primeiro Campeonato Oficial com premiação de US$ 100 mil

A CD PROJEKT RED está investindo todas suas fichas no GWENT, o card game inspirado em The Witcher. Prova disso é o recente anúncio do primeiro Campeonato Oficial do game com uma premiação total de US$ 100 mil. O torneio colocará os melhores jogadores da comunidade contra 4 jogadores profissionais: Trump (Jeffrey Shih), Lifecoach (Adrian Koy), Noxious (Kacem Khilaji) and ppd (Peter Dager).

“É um verdadeiro privilégio poder acompanhar o quão ativos são os jogadores de GWENT no cenário competitivo. Campeonatos criados pela comunidade como o Passiflora Championship, The Seven Cats Brawl ou o The Gwentlemen’s Open são uma fonte de inspiração para todo o time da CD PROJEKT RED, e nós definitivamente queremos que este cenário cresça ainda mais”, comenta Paweł Burza, Gerente de Comunidades da CD PROJEKT RED.

catsDe acordo com a organização, os interessados em participar da etapa qualificatória deve se inscrever entre os dias 16 e 22 de março. Apenas os jogadores participantes do Beta de GWENT podem participar do campeonato, mas ainda possível obter um acesso através do site. Entretanto o torneio é apenas para os jogadores de PC, de modo que as plataformas Xbox One e Playstation 4 ficarão de fora.

Há planos de transmitir os oito melhores jogadores através o Twitch e a CD PROJEKT RED não descarta outros torneios no futuro. As qualificatórias acontecem em dois dias (8 de abril e 9 de abril), sendo elas dividias em dois grupos Temeria e Redania. Se você já é membro da comunidade The Witcher, vale a pena participar do primeiro grande evento de e-sport do game.

“GWENT: The Witcher Card Game foi criado, pois a comunidade de The Witcher clamava por este jogo em uma versão standalone. Agora vemos mais e mais jogadores com o intuito de jogar GWENT competitivamente, então esta é a chance de colocarmos estes jogadores para enfrentar gamers profissionais de peso, além de uma premiação para apimentar ainda mais a competição”, diz Marcin Iwiński, Co-fundador da CD PROJEKT RED. “Não posso esperar para ver quem sairá vitorioso!”, adiciona Iwiński.

Para participar do GWENT Challenger, basta acessar o website oficial da competição. Vale lembrar que jogadores do mundo todo poderão participar deste campeonato!

Abaixo tem o trailer de GWENT: The Witcher Card Game

Game “Un Viaje por América Del Sur” desenvolvido pela Smyowl para o Colégio Bandeirantes conquista prêmio de educação

A Smyowl já é um dos estúdios brasileiros mais reconhecidos pelos jogadores, mas agora é a hora de os desenvolvedores ganharem também aclamação da crítica especializada. O game de aventura Un Viaje Por América Del Sur, desenvolvido pela Smyowl para o Colégio Bandeirantes, é o vencedor na categoria Games para empresas privadas da nona edição do prêmio ARede Educa. O game é utilizado pelo Colégio Bandeirantes como material didático da disciplina de espanhol para alunos do 7º ano.

Un Viaje por América Del Sur é um jogo de aventura em que o jogador controla um jovem brasileiro que parte em uma aventura para recuperar a cuia e a bombila de chimarrão de seu bisavô. Durante a jornada, ele percorre diversos monumentos e pontos históricos da Argentina e do Uruguai, interage com os espaços e fala com personagens em busca de pistas. A jogabilidade é no estilo Point & Click – em que o cenário é explorado com a ajuda do toque do dedo na tela do smartphone ou tablete.

O formato Point & Click facilita a obtenção e troca de itens, que você vai guardar na sua mochila e deverá usar no momento certo para superar desafios. O jogador conta ainda com a ajuda de NPCs para solucionar os pequenos puzzles que surgem. De acordo com a Smyowl, o jogo foi cuidadosamente elaborado para que cada detalhe trouxesse conhecimento e aprendizado, sendo 100% em espanhol.

“Ter sido o parceiro do Colégio Bandeirantes no desenvolvimento de um game educacional foi uma realização. Agora, com o reconhecimento de um dos prêmios mais importantes do setor, estamos ainda mais honrados” diz Thais Beldi, diretora da Smyowl. “Este ano, passamos a atuar como uma boutique de negócios focada em tecnologia criativa – e não apenas na criação de games próprios –, e o prêmio ARede Educa mostra que a decisão foi acertada”, finaliza Thais.

Toda a aventura passa por onze cenários das cidades de Buenos Aires, Montevidéu e Colônia do Sacramento baseados em pesquisa arquitetônica e histórica, além de personagens e vestimentas típicas representativas desses países. Se você está interessado em aprender mais sobre espanhol, a Smyowl disponibilizou Un Viaje por América Del Sur gratuitamente na App Store.

Abaixo você confere um trailer de Un Viaje por América Del Sur: