Arquivo da tag: Peace Maker

Festival Games for Change começa no dia 29 de novembro na USP

games for change
Ótima notícia! O evento Games for Change chega a sua terceira e aguardada edição entre os dias 29 de novembro a 1 de dezembro. O evento, conhecido por revelar games educativos e bem intencionados, é organizado pelo grupo de pesquisa Cidade do Conhecimento da USP e terá como um dos pontos altos o lançamento do game austríaco Ludwig, que chega ao país em parceria com o UOL Jogos.

O Games for Change 2013 reunirá profissionais do mercado e pesquisadores das principais áreas do conhecimento humano para debater o impacto e importância dos games na saúde, sociedade, aprendizagem, inovação tecnológica, etc. Além disso, haverá espaço pra debater a realidade aumentada, computação em nuvem e mobilidade, ou seja, o evento promete trazer muita inovação e informação.

A programação se dará na ECA e no Centro de Práticas Esportivas da USP e é previsto ainda oficinas de criação de jogos (as famosas Jams) e variados debates. Um dos destaques é a presença do presidente mundial do Games for Change, Asi Burak, criador do game Peace Maker (que retrata o conflito árabe-israelense), e Jörg Hofstätter, criador do lançamento Ludwig.

Games são objetos complexos, interdisciplinares e transmidiáticos. Seu impacto tem sido crescente, especialmente em áreas tidas como alheias ao entretenimento como educação, cultura, saúde, meio-ambiente, segurança e defesa. O Festival é uma referência única na América Latina para quem está atento à gamificação. Vamos apresentar e debater tendências, mas também oferecer oficinas de game design e lançar produtos de ponta como Ludwig, game patrocinado pelo Ministério da Educação da Áustria e pela Prefeitura de Viena“, explica o Diretor para América Latina da rede Games for Change e professor da Escola de Comunicações e Artes – ECA da USP, Gilson Schwartz.

O trailer de Peace Maker:

Como sempre, o Games for Change busca a transformação da sociedade contemporânea. Inclusive a própria USP busca se transformar em uma instituição mais adepta de mídias globalizadas. Esse é um dos eixos do projeto de pesquisa “Wish – World Innovation and Sustainability Helix”.

O desafio maior da USP é enfrentar o jogo da globalização. No campo da cultura digital, percebemos que as relações entre a universidade, a inovação e o desenvolvimento social exigem o enfrentamento de questões onde o futuro da tecnologia depende tanto das novas formas de entretenimento e cultura quanto do domínio das chamadas “hard sciences” para gerar novos modelos. Os games são um exemplo dessa fronteira interdisciplinar da sustentabilidade“, explica Guilherme Ary Plonski, coordenador científico do Núcleo de Pesquisa em Política e Gestão da Tecnologia e da Inovação Sustentável (PGT), da Faculdade de Economia e Administração da USP, coordenador do WISH.

As palestras serão organizadas por tema em três trilhas que ocorrerão ao mesmo tempo, sendo elas Impacto, Aprendizagem e Inovação.

As palestras e debates estão organizados tematicamente em três trilhas que ocorrerão simultaneamente: Impacto, Aprendizagem e Inovação. Na trilha “Impacto” os convidados discutirão os vícios e virtudes dos games e das novas interfaces narrativas da cultura digital, seus efeitos e riscos em áreas como saúde, ativismo político, empreendedorismo, transformação de mercados e modelos de publicidade.  Além de professores e pesquisadores, são esperadas as participações de ativistas do Brasil e do exterior, além de outras organizações, como, por exemplo, o Ludens, grupo de pesquisa do Departamento de História e o Núcleo de Pesquisa em Saúde Integral da Criança e do Adolescente da Universidade Federal Fluminense.

Já a trilha da Aprendizagem visa mostrar como os games podem ser úteis na era da educação, mostrando como a forma lúdica serve para engajar alunos de diferentes idades e níveis escolares em determinado campo do saber.  Tal aspecto poderá ser vivenciado pelos participantes através de teste dos games nos laboratórios da ECA. Um dos games desse meio é o retromencionado Ludwig, que será distribuído em parceria com o UOL Jogos e o Boa Compra.

Adotamos nos projetos de aconselhamento e orientação pedagógica da Cidade do Conhecimento na USP a expressão “edugamificação” para designar esse horizonte transmidiático em que os jogos e o entretenimento tornam-se o centro da experiência pedagógica digital“, afirma o Curador do Festival e líder do grupo de pesquisa que representa a rede Games for Change no Brasil, Gilson Schwartz.

Com relação aos games da trilha da Inovação, basta dizer que as discussões girarão em torno da relação entre games e mudanças no paradigma na produção e consumo de tecnologia. “O tabuleiro digital será ultrapassado pela Internet das Coisas, onde jogar um game digital terá impacto no mundo real, a própria realidade física interconectada funcionará como um tabuleiro em tempo e tamanho reais”, disse José Roberto Amazonas, professor da Escola Politécnica que vai abordar a convergência entre gamificação e a Internet das Coisas.

Por fim, a Games for Change também irá abordar a convergência entre games e diferentes suportes audiovisuais como cinema e televisão. Ou seja, será uma oportunidade única de conferir o quanto os games evoluíram até chegar onde estão e como eles podem mudar o cenário mundial e influenciar outras mídias. Compareça!

Abaixo o trailer de Ludwig:

III Festival Games for Change América Latina

Escola de Comunicações e Artes da USP

29-30 de novembro de 2013

Seminário Pré-Festival: “I Seminário Internacional de Iconomia: Os Games na Helix Global”

Inscrições pelo Formulário no site da Games for Change Brasil: www.gamesforchange.org.br