Arquivo da tag: pc

Conheça Colina, um game indie de terror feito por brasileiro

Colina
Games de terror simplesmente conseguem mexer com nosso subconsciente de uma forma como nenhum outro game consegue e é justamente por isso que eles são tão comentados entre os jogadores, principalmente quando conseguem transmitir a real sensação de terror ao jogador. Veja só alguns casos como os primeiros jogos da franquia Silent Hill, ou mesmo Dead Space e o ovacionado Slender: The Eight Pages. São todos games que transmitem o terror psicológico e por isso tornaram-se Cult entre os fãs do gênero.

Se você curte ficar assustado na frente da TV, anime-se, pois há uma novo game no pedaço que promete te deixar sem dormir. Colina é um game indie totalmente em português criado por uma única pessoa, o desenvolvedor Denis Alvarez que o finalizou em árduos 3 meses. Na trama o jogador encarna um adolescente à procura de seus pais que desapareceram em uma pequena casa no topo de uma colina. O problema é que o lugar é recheado de histórias de arrepiar os cabelos. A missão do adolescente é sobreviver e descobrir que segredos se escondem na pequena casa.

Além da trama pontuada por mistério e acontecimentos estranhos, Colina conta a seu favor com a mesma engine utilizada em Slender, o Unity 3D, ou seja, o game não fica devendo em nada para sua inspiração mais evidente, pelo menos não em recursos e aspectos técnicos. Quem tiver peito para jogar vai encontrar corredores escuros, florestas ao anoitecer, barulhos medonhos e… fantasmas.

De acordo com Denis, o projeto foi iniciado em novembro de 2012 e todo o processo foi fruto de seu esforço, desde a arte até o roteiro. Apesar de se utilizar da mesma engine, Colina não é uma cópia de Slender, apesar de alguns jogadores prejulgarem o game dessa forma. “Na verdade (essas semelhanças) se devem a alguns mecanismos padrões da engine que existe para todos os jogos do mesmo gênero”, disse o produtor.

Uma curiosidade é que o game demandou tanta força de vontade de seu criador que ele até pensou em desistir do projeto. De acordo com ele, o game só podia ser trabalhado durante os finais de semana e madrugadas. O jogador mais atento vai perceber dentro da misteriosa casa da colina um porta retrato com a foto de um casal. O casal é justamente o produtor do game e sua esposa, que auxiliou no processo de criação.

O objetivo de Colina é apresentar uma proposta diferente no ramo dos jogos de suspense existentes no mercado. A ideia é criar suspense e tensão com conteúdo e mistério a ser desvendado. E pelo que pudemos conferir o game é recomendadíssimo para quem tem nervos de aço, pois o clima é de verdadeiro terror. O game Colina está disponível gratuitamente para download em site próprio.

Abaixo você confere o trailer do game:

Atrativa comemora o sucesso de Delicious entre o público feminino

Delicious

Talvez você não saiba ainda, mas Delicious da produtora Atrativa foi um dos games brasileiros mais populares de 2012 com cerca de 500 mil downloads. O jogo é para PC e apresenta uma garota de 32 anos chamada Emily que faz de tudo para ter sucesso nos negócios.

A jovem empreendedora já protagonizou oito jogos e tornou-se rapidamente um grande sucesso entre as mulheres brasileiras. De acordo com a produtora Atrativa, o público de Delicious é formado por cerca de 82% de mulheres na faixa de 25-49 anos. Certamente o game é um dos mais populares entre o público feminino brasileiro, visto que a série permanece viva desde 2006 e ano após ano tem ganhado mais notoriedade na mídia.

A franquia já recebeu até três indicações para o prêmio GameHouse Game Awards de 2010, nas categorias Game of the Year, Game of the Year: People’s Choice Award e Top Time Management Game, onde foi o vencedor.

Ao longo dos anos, os jogadores ajudaram a Emily a gerenciar seus negócios e vida pessoal. A garota já teve seu próprio restaurante, programa de TV e casamento, tudo retratado em seus games mais ou menos como em The Sims, quando acompanhamos a vida de personagens digitais.

“Acredito que o apelo de Delicious seja a identificação do público com Emily, mas também o dinamismo do jogo, que traz atividades diversas, e novidades a cada novo capítulo – uma das histórias se concentra nos negócios, enquanto a outra na vida pessoal e nos preparativos para o casamento”, disse André Faure, CEO da Atrativa e Diretor da GameHouse para América Latina.

Se você está pensando em introduzir os videogames para sua namorada, Delicious pode ser um tiro certeiro, afinal ele tem a habilidade de chamar a atenção das jogadoras!

Arkaneiro Demon Hunters, o novo game de American MacGee

Akaneiro Demon Hunters

O célebre produtor American McGee, famoso por títulos como Doom, Quake e o recente Alice, acabou de lançar seu mais novo jogo para Mac e PC. Batizado de Akaneiro Demon Hunters, o título retrata o período Edo no Japão, época em que bravos guerreiros enfrentavam demônios conforme o folclore japonês.

O game foi desenvolvido pelo estúdio Spicy Horse Games de Xangai, China, do próprio McGee e que esteve por trás de Alice: Madness Returns.  Assim como fez com o conto de Alice, McGee utilizou uma obra bastante conhecida como base de seu game, desta vez o jogador encontra uma versão do conto da Chapeuzinho Vermelho mesclado ao folclore nipônico e seus mitos.

Basicamente o jogador irá caçar criaturas lendárias do Japão em um mundo vasto (cerca de 20 mapas). Você irá acompanhar a saga da Order of Arkane, uma organização conhecida como caçadores vermelhos que dedicam suas vidas a combater os temíveis Yokais (monstros, fantasmas e demônios). No mundo dos jogos, eles agem como os famosos Templários do ocidente.

O estilo de jogo é RPG de ação com um estilo visual bastante vivo e vibrante. Além das versões para PC e Mac, a produtora havia disponibilizado uma campanha no Kickstater para financiar versões para Linux e celulares. A meta de 200 mil foi alcançada com sucesso, então é só aguardar informações sobre essas versões.

Voltando a falar da versão de PCs, o game já está disponível e o download é gratuito, porém com algumas restrições. Se o jogador preferir desbloquear todos os mapas e conteúdos, terá a opção de fazê-lo desembolsando US$ 20 dólares. Além disso, há uma moeda dentro do jogo chamada Karma que possibilita habilitar os conteúdos aos poucos.

Para jogar Akaneiro, os jogadores devem visitar a página oficial, registrarem-se e fazer o download gratuito.

Abaixo, vocês conferem o vídeo de Akaneiro Demon Hunters:

Gamemaxx anuncia primeiro update em Dragonica

Dragonica

Os fiéis fãs do MMORPG Dragonica têm todos os motivos para comemorar, pois a Gamemaxx, empresa responsável por sucessos como Cabal Online e King of Pirates, anunciou a primeira atualização do game no país que promete renovar e intensificar a experiência de jogo. Batizado de Colisão dos Mundos, a atualização conta com um pacote de conteúdos muito grande, como um novo mapa, novos itens, mais pets e habilidades inéditas para os personagens.

O grande plus nessa atualização é o novo mapa que adiciona novas missões aos jogadores e vilões. Porém, para adentrar a nova área os jogadores precisam obter um item especial chamado Set Especial junto a um NPC que fica de guarda próximo ao novo mundo. Este item deixa os jogadores imunes aos efeitos da dimensão da nova área.

Além do novo mapa, os jogadores encontrarão quatro novos pets e quatro novos NPCs que auxiliarão os jogadores a se habituarem em Colisão dos Mundos. Outras novidades interessantes são os novos itens especiais para fortalecer os jogadores e o aumento do level máximo de cada personagem para 70.

De acordo com Gamemaxx esse update tem como objetivo tornar o mundo de Dragonica mais divertido e atrativo aos jogadores. Vale lembrar que a atualização é apenas uma das primeiras ações da Gamemaxx para comemorar seus seis anos de atividade no Brasil. Para jogar Dragonica e conferir as novidades de Colisão dos Mundos basta fazer o download gratuito no site do jogo.

The Settlers Online chega ao Brasil em versão em português

The Settlers Online

Demorou um pouquinho, mas finalmente os jogadores brasileiros podem aproveitar o game The Settlers Online em português. A Ubisoft acabou de anunciar o lançamento da versão em português deste MMO free-to-play que roda diretamente nos navegadores.

Para quem não conhece, The Settlers Online é um game que mistura simulador de construção e estratégia em tempo real. O título foi desenvolvido pelos estúdios Ubisoft Blue Byte da Alemanha, e foi lançado em meados de setembro de 2012, trazendo diversos conceitos e elementos já explorados pelos games da franquia.

No mundo online os jogadores podem se estabelecer em novas cidades e se unir a outros jogadores conectados para formar um reino próspero e poderoso. Além disso, é possível fazer negócios e trocar bônus entre os outros gamers conectados.

The Settlers Online: 35 milhões de jogadores

“The Settlers Online já é um sucesso enorme em países como a Alemanha, onde há mais de 1,7 milhão de jogadores. No Brasil existem mais de 35 milhões de jogadores online e queremos levar o TSO para esses gamers que curtem e procuram um jogo de estratégia que seja bonito, realmente desafiador e tenha excelente conteúdo totalmente em português”, disse Bertrand Chaverot, diretor da Ubisoft Brasil.

Para acessar a versão beta fechada, já em português, os jogadores precisam ir até a página nacional do game. De acordo com a Ubisoft, foram preparados conteúdos especialmente adaptados ao jogador brasileiro. Em outras palavras, se você gosta de estratégia e MMO, confira Settlers Online, pois ele promete bastante diversão.

Abaixo você confere o trailer de lançamento do game:

Ongame lança Mercury Red no Brasil. Vai encarar?

Mercury Red

O pessoal da Ongame acabou se lançar um novo FPS para o público brasileiro ávido por jogatina online. Trata-se de Mercury Red, um game gratuito para PCs que promete muita adrenalina e muitas horas de desafio aos jogadores.  O game terminou a fase beta fechado com mais de 10 mil usuários e vários feedbacks positivos.

O jogo é ambientado na cidade de Las Vallu que se torna palco de uma guerra entre gangsters e policiais. Cabe ao jogador entrar na pele de um novo imigrante que deve escolher entrar na facção policial para manter a lei e a ordem, ou ingressar no time dos gangsters a fim obter riqueza e liberdade.

“Trata-se de um novo conceito de FPS com personagens e modos do jogo únicos. Além disso, só em Mercury: Red o player tem acesso a um campo de treinamento aonde é possível praticar com as novas armas.”, explicou Felipe Consentino, Coordenador de Marketing da Ongame.

Como diferencial, Mercury Red contém personagens com skills variadas, ou seja, cada personagem tem suas próprias habilidades únicas que tornam-se trunfos durante os combates. No time dos gangsters, por exemplo, há um personagem chamado BigFoot que porta uma arma chamada Vulcan Automatic, ideal para causar grande destruição. Já o personagem Hawk é ideal para ser utilizado como sniper, graças ao seu rifle de longo alcance. Um dos destaques do game são seus gráficos cartunescos e bem fluídos.

Mercury Red em português

A Ongame preocupou-se em localizar o jogo para o português, e até mesmo os personagens receberam trabalho de dublagem. A dublagem do game, vale dizer, contou com nomes bastante expressivos como Mauro Castro, que já trabalhou no recente Max Payne; e Marcio Simão, conhecido como a voz Nick Fury dos Vingadores.

Mercury Red oferece variados modos de jogos como os clássicos deathmatch e os novos “Pegue a Grana”, Dominação e “Treta”, no melhor estilo brazuca. O título é gratuito e já está disponível. O download pode ser encontrado no site da Ongame. Abaixo bocê confere o vídeo do game:

Vitrum está pronto: pague quanto quiser e ajude uma instituição de caridade

Vitrum

Vocês devem se lembrar do jogo Vitrum do estúdio 9heads, game de plataforma em primeira pessoa que utiliza uma engine própria para simular uma física toda especial, como superpulo e inversão de gravidade. Nós já havíamos falado sobre o jogo aqui no GameReporter, agora voltamos a falar sobre ele porquê a 9heads já lançou o produto para aquisição nas plataformas Windows.

O game pode ser comprado através das lojas Desura, Indievania e IndieCity. Porém, àqueles que acessarem o game através do Gumroad podem escolher qual preço desejam pagar (mínimo de U$4,99), além disso, o estúdio irá doar 10% dos lucros obtidos para a instituição Child’s Play. Ou seja, você escolhe quanto vai pagar no jogo e ainda ajuda uma instituição de caridade.

Para quem não conhece, Vitrum coloca o jogador no controle de um androide capacitado a converter a energia de cristais coloridos em habilidades extraordinárias, incluindo a manipulação da gravidade.  O problema é que alguns cristais causam dano ao androide. O objetivo é resolver os puzzles de cada um dos 45 estágios dentro do laboratório abandonado. O game promete exercitar o raciocínio do jogador, além de apresentar efeitos bastante inventivos para um game indie.

No vídeo abaixo, você confere como é o game:

Hoplon anuncia parceria com publisher americana para alcançar mais fãs de MMO

Taikodom

Ciente da dificuldade que é desenvolver games no Brasil e agradar a gregos e troianos, a desenvolvedora Catarinense Hoplon Infotainment  anunciou suas próximas cartadas para expandir sua influência no mercado de games brasileiro.

A primeira iniciativa é uma parceria com a GamersFirst, publisher dedicada a jogos online gratuitos . Além disso, a companhia promete manter atualizações em Taikodom: Living Universe e o passo mais curioso é o início do desenvolvimento de games para o Playstation 3 da Sony, marcado para ocorrer ainda em 2012.

O acordo firmado com a GamersFirst permitirá que a Hoplon publique jogos aqui no Brasil com exclusividade, como é o caso do MMO Fallen Earth. A ideia da empresa é manter o modelo free-to-play, mantendo a jogatina isenta de custos e cobrando na venda de itens. Além disso, os títulos da GamersFist que vierem ao Brasil pela Hoplon contarão com servidores, suporte e atendimento local.

Estamos muito orgulhosos de representar uma empresa como a GamersFirst. Nossa primeira intenção era distribuir Taikodom: Living Universe no exterior, o que aproximou as duas empresas e acabamos por fechar um acordo bilateral”, disse Tarqüinio Teles, presidente da Hoplon Infotainment.

Esse primeiro game a ser lançado, Fallen Earth, basicamente é um shooter em primeira pessoa que mescla elementos de RPG. O objetivo do jogador é se unir a uma facção (seis no total) para tomar o controle de territórios e as cerca de 70 cidades para perpetuar a sua cultura num mundo pós-apocalíptico. Um dos destaques é que 95% dos itens adquiríveis no game são criadas pelos próprios jogadores.

Sobre Taikodom, a Hoplon anunciou que a nova atualização será lançada em meados de agosto, contando com novos conteúdos como naves, itens, eventos e um modo de conquista de território. Ou seja, manter a série viva entre os brasileiros. Quanto ao desenvolvimento de games para o PS3 a Hoplon não deu qualquer detalhe de como isso deve funcionar, então aguardaremos notícias!

Enquanto isso confira de que se trata o Fallen Earth no vídeo abaixo:

Mr. Elastic: game indie promete muita diversão aos jogadores

Mr. Elastic

Mais uma dica de jogo indie aqui no GameReporter! Desta vez nossa sugestão é o game Mr. Elastic, um jogo de plataforma 2D que lembra um pouco o clássico de PSP Locoroco. A diferença é que em Mr. Elastic, a movimentação pelo cenário se dá com o auxílio de elásticos.

O game foi desenvolvido pelos programadores Daniel Gadens e Diego Tadiotto, que se uniram para formar o estúdio Action Game Studio, localizado em Caxias do Sul, RS. O game levou dois anos para ser concluído.

A jogabilidade é um pouco difícil, pois o jogador precisa coordenar os movimentos entre o teclado e o mouse. Porém, o jogador mais persistente deve se acostumar após um tempo de jogatina. O jogo possui 27 cenários distribuídos em 4 mundos, sendo que cada um desses mundos possui um cenário “secreto” que é mais desafiador que os anteriores. O jogador ainda terá de resolver pequenos puzzles para passar pelas fases, como se adaptar a mudanças de gravidade, passar por portas trancadas, etc.

Ao todo há dois modos de jogo. O primeiro é o mais simples, bastando o jogador chegar ao fim do cenário o mais rápido possível para bater recordes e entrar no ranking do site oficial do jogo.

O segundo modo de jogo incentiva a exploração, desafiando o jogador a encontrar três estrelas em cada fase a fim de liberar novos cenários e extras. Entretanto, coletar as três estrelas não é tão simples: a primeira é adquirida passando-se de fase; a segunda é obtida após o jogador encontrar todos os pedaços de estrelas espalhados no cenário; e a terceira é adquirida quando o jogador termina a fase em um tempo menor do que o definido pelo computador.

O ponto negativo é que o jogo ainda não possui um modo multiplayer, contudo há um sistema de ranking para aqueles que querem saciar seus espíritos competitivos. Além disso, Mr. Elastic possui achievements que são liberados no modo campanha. Essas conquistas ficam atreladas ao perfil do jogador após este ter feito um cadastro no site.

O game tem o preço sugerido de US$9,99, porém os jogadores tem a opção de baixar a versão demo antes de desembolsar na compra. O jogo está disponível apenas para PCs que utilizem os sistemas operacionais Windows XP, Vista e 7.

Confira abaixo o vídeo de gameplay do jogo:

Heroes of Newerth chega ao Brasil através do portal Axeso5

Se você é fã de MMOs aí vai uma dica: mais um game do gênero está prestes a desembarcar em terras tupiniquins! Trata-se de Heroes of Newerth que foi criado pela S2 Games, a mesma produtora de Savage.

Heroes of Newerth será lançado e distribuído pelo portal axeso5.com que irá se responsabilizar pelas versões em português e espanhol do jogo, além disso, HoN terá suporte da E-Prepag que providenciará a venda de créditos aos jogadores.

“Com um serviço de HoN em espanhol e português, axeso5.com e S2 Games procuram dar aos usuários latinos um serviço de maior qualidade. Os jogadores da América Latina poderão utilizar suas moedas locais através da ampla rede de formas de pagamento que axeso5.com tem nesta região”, disse Cristian Schweizer, CEO da companhia.

O lançamento do game em nosso país compreende servidores localizados, assistência aos jogadores, serviço de vendas de serviços, além da criação de torneios e eventos dentro do ambiente de jogo. De acordo com a produtora, os campeonatos lançados na América Latina deverão seguir os moldes dos torneios aisáticos como a HoN National Championship, que possui prêmios de mais de 50 mil dólares.

O game possui mais de 2,5 milhões de contas ativas no sudeste asiático desde seu lançamento em 2011. O lançamento efetivo deve ocorrer no início de abril e os jogadores que já tem cadastro no game poderão migrar suas contas para os novos servidores com todo o apoio da produtora, ou seja, sem perder as contas já criadas.

Para quem não conhece, Heroes of Neweth foi lançado em 2010 e é muito assemelhado ao mapa customizado de Warcraft III: The Frozen Throne, o DotA. Basicamente o game divide os jogadores em dois times rivais: os Legion contra o Hellbourne. O gênero do game é obviamente RTS de ação. Confira abaixo o vídeo que mostra do que se trata o game: