Arquivo da tag: Outlast 2

Anote na agenda: Os Dez games mais aguardados para o mês de Abril

Para os apaixonados por games, o mês de abril reserva ótimas novidades. A NZN, elaborou um guia com os games mais aguardados do mês em parceria com Bruno Micali. Os jogos são variados e atendem todos os perfis de jogadores, seja ele fã de corrida, RPG ou puzzle. O mês de abril costuma ser fraco em relação a lançamentos, já que o mercado está em stand by por causa da E3, mas isto não impede que bons títulos sejam lançados. E é isto que vamos ver!

“Além da nova jornada da Atlus, temos outros destaques em abril: Mario Kart 8 Deluxe, que traz no Switch um pacote completo de um dos melhores games da franquia; Yooka-Laylee, aventura dos mesmos criadores de Banjo-Kazooie que vai apostar na fórmula nostálgica dos anos 90 em mundos coloridos; Outlast 2, que quase foi banido na Austrália de tanta violência que terá; e muito mais!”, explica.

Confira os dez games mais aguardados do mês de abril:

 

  1. Syberia 3

Lançamento em 25 de abril para PS4, Xbox One e PC

syberia-3

O clássico Syberia traz de volta a advogada americana Kate Walker, que agora investiga a posse de uma fábrica de brinquedos em uma aventura que vai do centro até o leste europeu. A busca por respostas leva a personagem para uma série de acontecimentos em um gameplay que mistura exploração, combinação de pistas e elementos de survival, tudo com um toque de suspense do escritor Benoit Sokal, que também escreveu os dois primeiros jogos.

 

  1. Puyo Puyo Tetris

puyo-puyo-tetrisLançamento em 25 de abril para PS4 e Switch

Previsto para o PS4 e o Nintendo Switch, Puyo Puyo Tetris oferece muitas cores e diversos efeitos especiais dentro da fórmula Tetris, que aqui ganha uma nova roupagem. Para quem quiser jogar sozinho, a SEGA prometeu uma campanha duradoura, além de cinco modos multiplayer!

 

  1. Dragon Quest Heroes 2

Lançamento em 25 de abril para PS4 e PC

Dando continuidade ao sucesso do primeiro Dragon Quest Heroes, o segundo título inclui quatro novos personagens, alguns já conhecidos da série, e outras inclusões ao sistema de combate, que promete ser ainda mais dinâmico. Os jogadores poderão explorar o mundo de Dragon Quest cooperativamente, tanto no single-player quanto no multiplayer.

 

  1. Full Throttle Remastered

fullthrottleLançamento em 18 de abril para PS4, PS Vita e PC

Em Full Throttle Remastered, história gira em torno de Ben, líder de uma gangue de motoqueiros que vivem em um futuro apocalíptico. Assim como ocorreu em Grim Fandango e Day of the Tentacle, será possível alternar entre o visual antigo e os gráficos remasterizados.

 

  1. Mario Kart 8 Deluxe

mariokart8deluxe_16-970x647-cLançamento em 28 de abril para Switch

Mario Kart 8 chegará ao Switch com algumas promessas, como novos personagens, itens inéditos e um modo batalha redesenhado. Além disso, o jogo fará uso de todos os recursos do console, aproveitando as funcionalidades dos Joy-Cons e do modo portátil.

 

  1. Little Nightmares

Lançamento em 28 de abril para PS4, Xbox One e PC

99ad20d5d83fb616b0c255e396adbaaa

Criado por uma desenvolvedora sueca, a Tarsier Studios, Little Nightmares é claramente inspirado em LittleBigPlanet, Unravel e outros títulos de plataforma. O jogo começou a chamar atenção por apresentar ambientes criados com um toque de arte. A ideia é misturar plataforma, puzzles e stealth em cenários interativos e minimalistas.

 

  1. Sniper: Ghost Warrior 3

sniper-ghost-warrior-3Lançamento em 25 de abril para PS4, Xbox One e PC

Sniper: Ghost Warrior 3 coloca o jogador na pele de um atirador de elite que deve adotar diversas abordagens para invadir bases inimigas, incluindo o uso de um drone. A desenvolvedora polonesa CI Games garantiu também um parkour de qualidade e várias atividades secundárias.

 

  1. Outlast 2

outlast2_windmill-edLançamento em 25 de abril para PS4, Xbox One e PC

Outlast 2 quase foi banido da Austrália por apresentar violência sexual e outros conteúdos muito mais pesados que os do primeiro jogo. A história é sobre um personagem que deve encontrar sua esposa e, para isso, viaja até o deserto do Arizona, onde descobre mistérios sinistros que trazem o inferno para o atual plano. De acordo com a desenvolvedora, a ideia é inserir elementos assustadores com uma pegada mais survival.

 

  1. Yooka-Laylee

yooka_and_laylee_sittingLançamento em 11 de abril para PS4, Xbox One e PC

O projeto de Yooka-Laylee nasceu a partir de uma campanha bem-sucedida no Kickstarter e trará mundos coloridos, seções de plataforma e dois personagens carismáticos que têm diálogos ilustrados através de onomatopeias. Além do PS4, Xbox One e PC, uma versão pra Switch está nos planos, mas será lançada posteriormente.

 

  1. Persona 5

Lançamento em 4 de abril para PS3 e PS4

persona-5-review_hsds

O jogo compartilha temas e conceitos dos games anteriores, mas a Atlus fez uma promessa a quem nunca se aventurou por esse RPG bem-humorado: não é preciso conhecer a franquia pra se arriscar em Persona 5. De dia, o jogador é um estudante. De noite, deve enfrentar criaturas da escuridão que, na verdade, têm tudo a ver com sua vida pessoal. Essa é apenas uma das características de Persona 5, que trará um sistema de combate revigorado, muita exploração e um ritmo cadenciado que a série tipicamente coloca diante dos jogadores.

FonteNZN

 

Top 10: Games indie para 2017

O ano de 2017 já bate às portas e muita gente já está de olho nos pesos-pesados que serão lançados. Se você não curte apenas games AAA, já sabe que muitos dos jogos independentes podem ser tão bons ou melhores que qualquer grande lançamento publicado pelas grandes empresas. Pensando nisso, selecionamos dez games indie que você precisa ficar de olho em 2017. Ao final da lista você vai concordar que o ano promete ser um dos melhores para os gamers.

Talvez estes games não sejam tão conhecidos quanto Marvel vs Capcom, mas pode acreditar que qualquer um deles tem possibilidades de ser tão bem sucedido quanto o jogo de luta dos super-heróis. As perspectivas são tão altas pois a atual geração está finalmente amadurecida e os estúdios já podem tirar o máximo proveito dos hardwares. Nesta lista não enumeramos por ordem de importância. Deste modo, cada um dos games é igualmente aguardado.

 

Confira abaixo dez dos mais aguardados jogos indie para 2017:

 

Flinthook

Plataformas: XO, PC I Editora: Tribute Games

A Pixel Art de Flinthook é a segunda coisa que mais chama as atenções no game da Tribute Games. A primeira? A ação desenfreada e a jogabilidade viciante, é claro. As inspirações são  Spelunky e Rogue Legacy. Há ação no game, bem à lá Megaman das antigas, o que deixou os visitantes da E3 2016 bastante entusiasmados. O título ainda não tem uma data de lançamento definida, mas a promessa é que ele chegue ao mercado em 2017 mesmo.

 

HOB

Plataformas: PC, PS4 I Editora: Runic Games

O pessoal da Runic Games não é nenhum pouco inexperiente: em 2009 eles trouxeram o ótimo RPG de ação Torchlight, o que dá a eles a confiança necessária para o lançamento de HOB, um adventure que fará o jogador mergulhar num mundo de fantasia desolador. O planeta está “quebrado” e cabe a você consertar tudo, para isso você deve resolver diversos puzzles em ruínas de um mundo mecânico. Um dos elementos mais interessantes do game é que a narrativa não tem qualquer linha de diálogo ou textos. Sim, você vai ter de interpretar e resolver o mundo usando apenas sua inteligência.

 

Hollow Knight

Plataformas: Wii U, PC I Editora: Team Cherry

Hollow Knight é um metroidvania que te coloca na pele de uma espécie de coelho antropomórfico que deve explorar as profundezas de cavernas e túneis habitados por criaturas ferozes e grotescas. Há muito foco em exploração e combate que fará os jogadores desejarem conhecer cada pequeno buraco e vala encontrados. Durante as aventuras, o jogador vai conhecer outras criaturas dispostas a ajuda-lo, porém não pense que tudo são flores: os combates prometem ser especialmente difíceis.

 

Little Nightmares

Plataformas: PS4, PC, XO I Editora: Bandai Namco

Uma garota de nove anos chamada Six é sequestrada e levada para o The Maw, um local repleto de almas corrompidas que a querem devorar. Sim, a trama é de terror, mas o game em si não é nada assustador. Imagine o clima soturno das aventuras animadas de Tim Burton para ter uma ideia do que aguarda Six. O game promete algumas referências da vida moderna e representações de criaturas que nos atormentavam na juventude. “Levou 10 anos para chegar até esse momento, para revelar o jogo mais empolgante da história da nossa empresa: um conto sombrio e excitante sobre desajustados grotescos!” disse Andreas Johnsson, Business Developer & Deputy CEO no Tarsier Studios.

 

Rime

Plataformas: PS4, Switch I Editora: Grey Box & Six Foot

Rime é um adventure em mundo aberto repleto de puzzles que está em desenvolvimento exclusivo para o PS4. Ele foi revelado durante a Gamescom 2013 e desde então não saiu do radar dos fãs da plataforma da Sony. Infelizmente a Tequila Works, desenvolvedora do game, não revelou quase nada desde então. Sabemos que Rime conta a história de um garoto que deve sobreviver e escapar de uma ilha misteriosa assolada por uma terrível maldição. Os vídeos revelados deixam a impressão de que esta será uma aventura bastante solitária e intensa. Os visuais lembram algo de Legend of Zelda: Wind Waker.

 

Seasons of Heaven

Plataformas: Switch I Editora: Nintendo

Seasons of Heaven foi o primeiríssimo título a ser anunciado para o Nintendo Switch e pelo que vimos há motivos de sobra para ficarmos empolgados. Aqui acompanhamos as aventuras de Yann, um garoto com síndrome de Asperger, e seu cachorro Ani. Ambos devem interagir para vencer desafios e resolver puzzles. Se quiser uma referência de como isso vai funcionar, podemos apontar algo como Brothers: A Tale of Two Sons e The Last Guardian (talvez). O título ainda não tem previsão de estreia, mas sabe-se que ele é baseado no livro homônimo de Nicolas Augusto, que gira em torno de um grupo de sobreviventes em um mundo pós-civilização.

 

Yooka-Laylee

Plataformas: PC, PS4, XO, Switch I Editora: Team17

A desenvolvedora Playtonic Games é formada por ex-funcionários da Rare, fato que explica as similaridades do jogo com o clássico Banjo-Kazooie. Sim, este é um game de plataforma 3D bastante colorido e musical. Os protagonistas são Yooka, um camaleão e Laylee, um morcego fêmea que devem utilizar habilidades únicas para enfrentar inimigos e explorar um vasto mundo cheio de segredos e itens escondidos. A versão de Wii U foi cancelada para dar prioridade ao recém-anunciado Switch. A melhor parte é que Yooka-Laylee já tem data de lançamento concreta: 11 de abril.

 

Prey for the Gods

Plataformas: PC, PS4, XO I Editora: No Matter Studios

Prey for the Gods ganhou bastante destaque nos últimos meses após a comunidade detectar semelhanças entre o game do No Matter Studios e grandes clássicos como Shadow of the Colossus e Tomb Raider. No game, o jogador incorpora uma exploradora que vai em busca de respostas para um “inverno sem fim” que atinge a ilha onde ela vive. Para acabar com a estação que está matando diversas pessoas, o jogador deve enfrentar e derrotar os deuses gigantes que estão causando sofrimento aos seus adoradores. A mecânica de combate parece muito com Shadow of the Colossus, inclusive os inimigos são gigantescos.

 

Outlast 2

Plataformas: PC, PS4, XO I Editora: Red Barrels

Passados três anos desde seu lançamento, Outlast ainda é um dos games mais aterrorizantes já criados. Esta é uma boa razão para estarmos entusiasmados com a sequência, mas não a única. Os vídeos disponibilizados pelos produtores deixam claro que Outlast 2 manterá a atmosfera claustrofóbica do primeiro game. A ambientação será uma fazenda escura e repleta de fenômenos paranormais. Os gráficos estão ainda melhores e deixam claro que os sustos serão ainda mais realistas. Ainda não temos uma data de lançamento definida, mas a expectativa é que o título chegue ainda em 2017.

 

Cuphead

Plataformas: PC, XO | Editora: Microsoft

Já falamos sobre Cuphead em nossa seleção de games indie mais aguardados para 2016, o que significa que o título está há muito tempo em desenvolvimento. Felizmente este parece ser o caso de um atraso motivado a melhorar o game ao invés de problemas no desenvolvimento. Vale lembrar que já na BGS 2015 ele esteve disponível para jogatina e desde aquela época já demonstrava ser um dos games indie mais espetaculares. A trama gira em torno de Cuphead, uma criatura que deve derrotar inúmeros chefões para pagar uma dívida com o diabo. O grande macete são os visuais inspirados nos desenhos dos anos 30-40 extremamente fluídos e divertidos.