Arquivo da tag: online

Ongame lança Mercury Red no Brasil. Vai encarar?

Mercury Red

O pessoal da Ongame acabou se lançar um novo FPS para o público brasileiro ávido por jogatina online. Trata-se de Mercury Red, um game gratuito para PCs que promete muita adrenalina e muitas horas de desafio aos jogadores.  O game terminou a fase beta fechado com mais de 10 mil usuários e vários feedbacks positivos.

O jogo é ambientado na cidade de Las Vallu que se torna palco de uma guerra entre gangsters e policiais. Cabe ao jogador entrar na pele de um novo imigrante que deve escolher entrar na facção policial para manter a lei e a ordem, ou ingressar no time dos gangsters a fim obter riqueza e liberdade.

“Trata-se de um novo conceito de FPS com personagens e modos do jogo únicos. Além disso, só em Mercury: Red o player tem acesso a um campo de treinamento aonde é possível praticar com as novas armas.”, explicou Felipe Consentino, Coordenador de Marketing da Ongame.

Como diferencial, Mercury Red contém personagens com skills variadas, ou seja, cada personagem tem suas próprias habilidades únicas que tornam-se trunfos durante os combates. No time dos gangsters, por exemplo, há um personagem chamado BigFoot que porta uma arma chamada Vulcan Automatic, ideal para causar grande destruição. Já o personagem Hawk é ideal para ser utilizado como sniper, graças ao seu rifle de longo alcance. Um dos destaques do game são seus gráficos cartunescos e bem fluídos.

Mercury Red em português

A Ongame preocupou-se em localizar o jogo para o português, e até mesmo os personagens receberam trabalho de dublagem. A dublagem do game, vale dizer, contou com nomes bastante expressivos como Mauro Castro, que já trabalhou no recente Max Payne; e Marcio Simão, conhecido como a voz Nick Fury dos Vingadores.

Mercury Red oferece variados modos de jogos como os clássicos deathmatch e os novos “Pegue a Grana”, Dominação e “Treta”, no melhor estilo brazuca. O título é gratuito e já está disponível. O download pode ser encontrado no site da Ongame. Abaixo bocê confere o vídeo do game:

Conheça o game Eu Atleta, novo projeto da Globo

game eu atleta

A Rede Globo está investindo forte nos games! Prova disso é a criação game Eu Atleta, que chega para integrar o projeto de mesmo nome da emissora carioca, que visa instruir as pessoas sobre a prática de esportes e bons hábitos para entrar em forma e manter a saúde. O game em questão simula algumas das mais tradicionais provas de rua do Brasil, como a Volta da Pampulha e a Meia Maratona de São Paulo, com narração de Luís Roberto.

O projeto foi criado para promover a interação entre atletas profissionais e atletas de fim de semana, apresentando conteúdos como o próprio game e dicas de nutrição, saúde e treinamentos. Além do game online, o “Eu Atleta” ainda compreende colunas de jornalistas e de profissionais da saúde para auxiliar os aspirantes a atletas a entrar em forma.

Game Eu Atleta

O jogador que encarar os desafios deverão cumprir algumas provas a fim de testarem suas capacidades física e mental. O game desafia o jogador a equilibrar os status do avatar como stress, motivação  e resistência para cumprir as etapas. Mas não pense que manter o equilíbrio será fácil, afinal a ideia é justamente simular como se sente um corredor profissional ao encarar essas provas. Outras provas dificílimas devem ser adicionadas em breve como a São Silvestre e a Meia Maratona do Rio de Janeiro.

O game já está disponível e pode ser jogador gratuitamente pelo seu navegador por meio do site do projeto. Será que os jogadores  do game Eu Atleta poderão se chamar “cyber-atletas”?

Brazilian International Game Festival é anunciado em São Paulo

Brazilian International Game Festival

O mês de novembro de 2012 se aproxima, e com ele vem o Brazilian International Game Festival (o BIG), um evento voltado aos produtores de games independentes. O evento é inspirado em uma convenção realizada em São Francisco, EUA, e no Anima Mundi. A ideia é reunir a comunidade de desenvolvedores indie para mostrar seus projetos, mesmo que não estejam finalizados ou publicados.

O festival visa fortalecer a produção de games independentes no Brasil e a troca de experiências entre os produtores e se estabelecer como ponto de encontro para desenvolvedores de jogos nacionais e internacionais.

Atrações do Brazilian International Game Festival

Entre as atrações, está confirmada uma seleção dos melhores games independentes do ano no Brasil e no exterior.  Além disso, haverá um desafio em que as equipes devem desenvolver um game em 24 horas a partir de um briefieng único, workshops de jogos de tabuleiro, palestras, entre outras atividades.

Os visitantes ainda poderão testar os games desenvolvidos e conhecer os desenvolvedores. O evento se realizará entre os dias 22 de novembro a 02 de dezembro no Museu de Imagem e Som de São Paulo (o MIS). A entrada é franca. Para mais informações visite o site oficial do evento.

 

Serviço: BIG – Brazilian Internacional Game Festival

Data: 22 de novembro a 2 de dezembro de 2012

Local: MIS (Museu da Imagem e do Som de São Paulo)

Endereço: Avenida Europa, 158 – Jardim Europa, São Paulo – SP

Horário: das 12h às 22h (dias úteis) e das 11h às 21h ( fins de semana)

Entrada: gratuita

Yucca Tech anuncia seu game para Facebook: é o GodZ

Godz

Ao passo em que o Facebook tornou-se a rede social mais popular da atualidade, é natural que a cada dia mais e mais jogos sejam lançados para o site. A novidade da vez é o jogo GodZ do estúdio português Yucca Tech.

O game é de estratégia com elementos de RPG e coloca o jogador no controle de um dos 3 deuses que devem derrotar a vilã Afexha, deusa da morte e vilã na trama. Os deuses disponíveis são:  Sasha, deusa do amor; Thon, deus do fogo e Sanon, deus da Guerra. Cada uma dessas divindades tem suas próprias motivações e devem angariar forças para conquistar o território dos outros deuses.

Para isso, o jogador precisará fundar uma religião, ou unir-se a alguma existente. Feito isto, basta conquistar a crença das pessoas para fortalecer o próprio poder. Ao contrario dos games habituais do Facebook, Godz possui um final e uma história a ser desenvolvida. Já que o game trata de religiosidade, a arte foi pensada e inspirada em elementos da cultura maia, asteca e inca, o que deve dar um ar de originalidade ao game.

O jogo ainda está no estágio final de desenvolvimento, porém a página oficial no Facebook já traz informações interessantes sobre o processo e o trabalho que os portugueses estão tendo durante a produção do título. Certamente é um game para ficar de olho. Abaixo você confere um vídeo de produção do game:

Nuuvem anuncia o lançamento do RPG Krater. Quem vai baixar?

RPG Krater

A plataforma de distribuição digital de games Nuuvem anunciou que seus usuários já podem baixar o game de RPG Krater. Para quem não conhece, o game foi desenvolvido pelo estúdio sueco Fastshark e tem seu ambiente em um futuro pós-apocalíptico onde o jogador é colocado no meio de uma disputa entre três facções que disputam o controle de uma cratera que dá acesso a um mundo subterrâneo.

A versão principal contém o primeiro episódio da campanha que abre uma das três nações localizadas no interior da cratera. Além disso, os jogadores terão a sua disposição algumas atualizações gratuitas que trazem novos desafios, cavernas e personagens para a jogatina online. Futuramente haverão expansões que prometem trazer novas campanhas para o jogador.

 “Nós convidamos todos os jogadores a experimentarem o novo game hit Indie sensação do momento, desenvolvido pelo estúdio sueco Fastshark,” convida Thiago Diniz, CEO da Nuuvem. “Em Krater, a morte e os ferimentos realmente significam algo. O título traz de volta a sensação de sentir medo de morrer, como nos velhos títulos do gênero RPG.”

O título pode ser adquirido através do site da Nuuvem e tem o preço sugerido de R$ 29,90. Alguém aí já conhecia o Krater?

MMO de estratégia World of Heroes é lançado no Brasil

World of Heroes

Procurando alguma novidade no campo dos MMOs, mas não tem nenhuma idéia de qual jogo testar? O site BoaCompra acabou de trazer ao Brasil o MMO World of Heroes, produzido pelo estúdio Hangzhou Co. O game foi localizado para o nosso idioma e tem como objetivo fazer os jogadores bolarem estratégias para defender a integridade de suas cidades.

O game é gratuito e dispensa instalação, bastando o jogador acessar através do navegador.  O esquema de jogo é tipicamente RPG e o jogador encontra dois modos de combate: um automático e outro manual. No modo automático os movimentos durante o combate são decididos pelo computador. No modo manual o game ganha cara de RPG com batalhas por turno, ou seja, o jogador decide as ações dos personagens quando for sua vez.

Além disso, outra marca de World of Heroes é seu mapa hexagonal, remetendo aos jogos de RPG de tabuleiro. Deste modo, os jogadores devem se preocupar com a distância dos inimigos antes de executar os ataques, tornando os momentos de luta mais estratégicos ainda.

Boa parte do tempo de jogo é gasta no desenvolvimento da cidade-colônia. Esta tarefa é conseguida somente se o jogador for coletando recursos e construir unidades de ataque a fim de evitar o avanço de tropas rivais que almejam apoderar-se das riquezas conquistadas por você.

Para facilitar a tarefa, o jogador contará com a ajuda de heróis que servem de comandantes das cidades construídas. Os heróis dividem-se em 3 tipos: cavaleiros, elfos e magos. Além disso, há aparições de poderosas criaturas que podem ajudar os heróis, como centauros e dragões.

Para acessar o game e conhecer mais detalhes do mesmo, basta acessar a página oficial. Depois nos conte o que achou do jogo, ok?

Pesquisa curiosa diz que jogadoras online preferem games a sexo

Mulheres que jogam games online preferem suas partidas via internet a outras atividades como tomar banho, fazer compras, malhar e sexo. É o que diz uma pesquisa comissionada pela Doritos e que entrevistou 2.052 pessoas.

O universo pesquisado é pequeno, mesclou homens e mulheres, e apontou, ainda, que do público entrevistado, 50% dos homens joga online, e 49% das mulheres fazem o mesmo.

Segundo o site inglês MCV, das mulheres jogadoras, 84% dizem adorar jogar online, 75% declararam gostar de tomar banho, 71% afirmam gostar de compra, 70% comentaram gostar de sexo e, por fim, 62% disseram gostar de malhar.

Dos dados realmente relevantes descobertos, as mulheres jogam online por mais tempo que homens. De todos os entrevistados, a média de tempo jogando foi de 3,5 horas por semana, sendo que 23,1% de todo o tempo que a mulher gasta online é com games, comparado com 22,3% para homens.

Encurte ou expanda o cenário em Faulty Lines, um game de lógica

O webgame de hoje é Faulty Lines, um game de raciocínio com gráficos estilo cartoon e cuja mecânica você entenderá nos primeiros minutos de jogo.

Em Faulty Lines você percorre corredores futuristas, cheios de lasers e plataformas flutuantes, e precisa, com ajuda de uma arma especial capaz de encurtar ou expandir a tela, sumindo com perigos ou revelando novas passagens. Para encurtar, clique em dois pontos próximos, para expandir, dê um duplo clique na caixinha indicativa.

A dificuldade deste webgame é progressiva e, ao menos durante os primeiros níveis, você não deve ter dificuldade para solucionar as saídas. Tudo é feito gradualmente, de modo que você conheça os principais elementos do jogo e saiba como encará-los em fases mais avançadas.

:: Jogue Faulty Lines agora

MMOs com mensalidade não morrerão, dizem executivos

Para os executivos Thomas Bidaux e Julien Wera, da ICO Partners, os modelos praticados pelo mercado de MMOs precisam evoluir e ficar mais sofisticados.

O modelo de microtransação tem sido cotado como a grande solução para o gênero, e muitas empresas tem desistido do modelo de mensalidades. Mas, para Bidaux e Wera ainda há espaço para o modelo antigo.

Só que esse mercado, afirmam os executivos, será dedicado apenas aos jogos de maior qualidade. Wera disse que em sua opinião pessoal, os MMO blockbuster com assinatura não acabarão, mas o nicho diminuirá e apenas os melhores vingarão, ou os que tiverem uma proposta de jogo única.

O material é parte de uma entrevista reproduzida no site GamesIndustry.biz.

Duke Nudem é game de strip-tiro-ao-alvo para promover Duke Nukem Forever

Gamers mais antigos devem se lembrar de Duke Nukem, game de tiro do início da década de 90 que trazia matança e mulheres bonitas.

O game Duke Nukem Forever está desde 1997 no “lança-não-lança” e parece que já é uma realidade: será mesmo lançado na primeira quinzena de junho de 2011. E para promover o lançamento, foi liberado um polêmico webgame.

Duke Nudem é um jogo de “strip-tiro-ao-alvo”. Displays de tiro passam na tela, e você precisa atirar mais rápido e certeiro que a garota com quem está jogando.

Se ela perder, ela tira a roupa. O jogo é bobo, a mecânica é fraquinha, mas é divertido ver um game se despir de pudores e tentar agradar o público masculino.

São duas versões. A da roupa é a NSFW.

:: Jogue Duke Nudem agora