Arquivo da tag: online

GWENT tem seu primeiro Campeonato Oficial com premiação de US$ 100 mil

A CD PROJEKT RED está investindo todas suas fichas no GWENT, o card game inspirado em The Witcher. Prova disso é o recente anúncio do primeiro Campeonato Oficial do game com uma premiação total de US$ 100 mil. O torneio colocará os melhores jogadores da comunidade contra 4 jogadores profissionais: Trump (Jeffrey Shih), Lifecoach (Adrian Koy), Noxious (Kacem Khilaji) and ppd (Peter Dager).

“É um verdadeiro privilégio poder acompanhar o quão ativos são os jogadores de GWENT no cenário competitivo. Campeonatos criados pela comunidade como o Passiflora Championship, The Seven Cats Brawl ou o The Gwentlemen’s Open são uma fonte de inspiração para todo o time da CD PROJEKT RED, e nós definitivamente queremos que este cenário cresça ainda mais”, comenta Paweł Burza, Gerente de Comunidades da CD PROJEKT RED.

catsDe acordo com a organização, os interessados em participar da etapa qualificatória deve se inscrever entre os dias 16 e 22 de março. Apenas os jogadores participantes do Beta de GWENT podem participar do campeonato, mas ainda possível obter um acesso através do site. Entretanto o torneio é apenas para os jogadores de PC, de modo que as plataformas Xbox One e Playstation 4 ficarão de fora.

Há planos de transmitir os oito melhores jogadores através o Twitch e a CD PROJEKT RED não descarta outros torneios no futuro. As qualificatórias acontecem em dois dias (8 de abril e 9 de abril), sendo elas dividias em dois grupos Temeria e Redania. Se você já é membro da comunidade The Witcher, vale a pena participar do primeiro grande evento de e-sport do game.

“GWENT: The Witcher Card Game foi criado, pois a comunidade de The Witcher clamava por este jogo em uma versão standalone. Agora vemos mais e mais jogadores com o intuito de jogar GWENT competitivamente, então esta é a chance de colocarmos estes jogadores para enfrentar gamers profissionais de peso, além de uma premiação para apimentar ainda mais a competição”, diz Marcin Iwiński, Co-fundador da CD PROJEKT RED. “Não posso esperar para ver quem sairá vitorioso!”, adiciona Iwiński.

Para participar do GWENT Challenger, basta acessar o website oficial da competição. Vale lembrar que jogadores do mundo todo poderão participar deste campeonato!

Abaixo tem o trailer de GWENT: The Witcher Card Game

Ballistic Overkill – FPS competitivo brasileiro consegue sucesso após muitas mudanças ao longo de sete anos

Hoje o tema é um game nacional bastante conhecido pela comunidade gamer e que é sinônimo de sucesso e dedicação de seus desenvolvedores. Trata-se de Ballistic Overkill, um shooter da Aquiris com bastante intensidade e funcionalidades. O game está completando sete anos (nasceu como Ballistic) e ao longo destes anos todos jamais deixou de receber suporte dos desenvolvedores e da comunidade mostrando que a dedicação pode transformar um simples FPS online em um título premium para quem procura um shooter premium para PCs.

ss_5772178d78ffe1ced3a1846b44f5cb34d78d06af-600x338Ballistic Overkill é um jogo de ritmo bastante acelerado e muita ação, o gameplay tem influencias de clássicos como Quake III Arena, Unreal Tournament, e outros jogos mais recentes como CoD4 Modern Warfare ou Battlefield 3. Desde que foi lançado, Ballistic Overkil recebeu muitas funcionalidades e novidades que apenas serviram para engrandecer o projeto, como novos mapas, armas, modos de jogo, servidores dedicados, interface, músicas, sistema de conquistas, comandos de voz e melhorias nas opções de sensibilidade do jogo.

Se você jogava a antiga versão Ballistic em 2012, certamente viu que as mudanças foram tão progressivas e grandes que o game de hoje nem pode ser comparado com o do inicio. A recepção do Ballistic Overkill por parte da comunidade de FPS tem sido muito boa, conquistando a atenção de gamers hardcores do FPS e casuais, mas também de pessoas que nunca jogaram um FPS PvP e adoraram o fato de ser um jogo fácil de se começar a jogar.

ss_d6381e805de37345fd105529b36efb7708a463c7-600x338De acordo com a Aquiris Studio, Ballistic Overkill vendeu mais de 45 mil cópias desde a abertura do Acesso Antecipado em 2015, e a adesão tem aumentado a cada nova atualização. Outra forma de aumentar a quantidade de jogadores para Ballistic Overkill foi apoiar Youtubers e divulgação através de imprensa. Um dos destaques de Overkill é seu ritmo acelerado e a necessidade de se trabalhar em equipe, ao melhor estilo Team Fortress 2. O game contém sete classes de personagens com habilidades únicas e mais de 30 armas.

Apesar de ter começado com F2P, a Aquiris decidiu tornar o modelo de negócio em Premium, o que certamente não foi uma tarefa fácil, mas os desenvolvedores conseguiram reverter a situação. Para isso, eles mostraram que o game estava ficando melhor a cada nova atualização e deixando o diálogo aberto com a comunidade.

ss_bd343a2f41f27c6b1be4d138eb129aab4daf78cb-600x338

“O maior desafio definitivamente foi gerir as expectativas dos jogadores durante esse processo de transição. Veja só, ir de premium a F2P é até comum, no entanto, o oposto não é. Jogadores não estão acostumados com isso. Não só isso, mas tivemos o problema com o próprio port. Alguns jogadores não entendiam o fato de que grande parte do jogo precisava ser refeita praticamente do zero. Para eles era tão simples quanto colocar o jogo do jeito que era no Facebook, mas no Steam. No final, apenas os jogadores hardcore de Ballistic permaneceram. Só agora estamos presenciando um surto de novos jogadores”, disse Arthur Bobany, game designer da Aquiris.

Mais funcionalidades de Ballistic Overkill

ss_aa1d019c0eb41598345c397c6674ff9cbaf8c77f-600x338Você consegue pontos de XP no final de cada partida, eventualmente evoluindo o nível do seu personagem e desbloqueando mais armas e habilidades. O jogo está em Acesso Antecipado desde outubro de 2015 e recebendo atualizações constantes. Os Modos de Jogo disponíveis no momento são: Disputa de Times, Free For All (cada um por si), Captura de Pontos e Rei do Pedaço.

De acordo com a desenvolvedora, Ballistic Overkill tem mais de mais de 35 servidores espalhados pelo mundo todo, de modo que os jogadores têm a liberdade de navegar pelo lobby e encontrar o servidor com a qualidade de conexão mais adequada. Jogadores também podem criar seus próprios servidores e convidar amigos para jogar juntos. O game está disponível na Steam.

Abaixo tem o trailer de Ballistic Overkill:

 

Ongame cria campanha #SomosTodosGamers para levantar bandeira contra o preconceito nos games

Em 2015 a equipe de Marketing da Ongame, famosa Publisher dos jogos online Aika, Metin 2 e Point Blank, criou a campanha “#JogueComoUmaMulher” foi bastante positiva e bem aceita pela comunidade gamer. Pois bem, a equipe queria retomar a campanha para o último Dia da Mulher, porém os planos mudaram e a nova campanha é “#SomosTodosGamers”. O intuito é banir o preconceito dos jogos online, seja ele qual for!

Não importa se você é homem, mulher ou qual a sua opção sexual, somos todos gamers!” – afirma Thais, Coordenadora de Marketing da Ongame Entretenimento. A ideia para a campanha é celebrar outras datas emblemáticas que coincidem em Março, pois além de termos o Dia Internacional da Mulher (8), temos também o Dia Contra a Discriminação Racial (21) e o Dia Nacional do Orgulho Gay(25).

unnamedNão é de hoje que jogadores relatam abusos em partidas online. Quem nunca ouviu alguma história de mulheres sendo perseguidas por jogadores mais abusados ou casos de preconceito sexual. A campanha da Ongame quer ir justamente contra isso, pois não importa qual seja o seu gosto ou suas escolhas. Os jogos existem para nos distrair, para vivermos em um mundo onde todos têm os mesmos gostos.

Objetivo da Ongame é unir a comunidade de jogadores

De acordo com a Ongame, o jogo online pode ser interativo, divertido e até mesmo competitivo, mas foi feito para unir as pessoas, para poderem ser algo diferente da realidade, algo que desejam como: magos, elfos, guerreiros, atiradores, caçadores, monstros, etc. Resumindo, não somos melhores do que ninguém, cada pessoa tem suas escolhas e gostos diferentes. Jogadores de Aika, Metin 2 e Point Blank já aderiram a campanha e a expectativa é que ela chegue aos Trending Topics em breve.

Twitch lança Pulse, ferramenta que facilita contato entre streamers e seus fãs

Uma das críticas mais comuns ao serviço de streaming Twitch é a ausência de ferramentas que possibilitem maior interação entre o streamer e seu público. Pois bem, este problema está no passado graças ao Pulse, uma ferramenta social que permitirá que a comunidade mantenha contato com seus streamers preferidos.

De acordo com o Twitch, os criadores de conteúdo terão a oportunidade de compartilhar clipes, destaques de seus últimos jogos, textos, fotos e horários de suas próximas transmissões com seus amigos, seguidores e com a comunidade em geral. Este é o primeiro serviço de streaming que disponibiliza tantas funções em um só local, deixando concorrentes de peso para trás.

twitchA ideia é que os usuários da plataforma possam acompanhar em tempo real, em um só lugar, conteúdos de variados serviços como a própria Twitch, além de Vimeo, YouTube, Imgur e Gfycat. Para os streamers, o Pulse permitirá a interação com seus fãs e também com espectadores de forma mais ampla, atingindo seguidores que não visitam regularmente o canal. Deste modo, você até consegue atingir um público mais amplo através do Pulse.

O lançamento vem em boa hora, pois a maioria dos campeonatos estão prestes a começar ou já começaram, como o Circuito Desafiante ou o Smite. O Pulse ficará disponível na página inicial da Twitch para todos os seus usuários. O aplicativo móvel da plataforma também receberá a ferramenta social em breve. Para quem não conhece, a Twitch é a plataforma líder em vídeos sociais e comunidade para gamers. Para mais informações sobre a Twitch, visite o site oficial, o Twitter (#Twitch) e o blog.

Riot Games abre inscrições para as Classificatórias do Circuito Desafiante de LoL

Finalmente a Riot Games divulgou os primeiros detalhes do Circuito Desafiante de League of Legends. A publisher, em parceria com a Promo Arena, anunciou o início das inscrições para as Classificatórias do Circuito Desafiante. De acordo com o regulamento, os times interessados poderão escolher uma das três opções de classificatórias que preferem participar. Todas têm vagas ilimitadas e serão realizadas em formato 5v5 (eliminação simples, melhor de um).

Confira abaixo mais detalhes:

 

Classificatória #1

  • data: 04 de março (sábado)
  • início: 13h (classificatória em um único dia)
  • transmissão da fase final a partir das 18h

Classificatória #2

  • data: 13 e 14 de março (segunda e terça-feira)
  • início: 18h (classificatória dividida em 2 dias)
  • transmissão de todas as rodadas em cada dia a partir das18h

Classificatória #3

  • data: 20 e 21 de março (segunda e terça-feira)
  • início: 18h (classificatória dividida em 2 dias)
  • transmissão de todas as rodadas em cada dia a partir das 18h

 

image

Após as três classificatórias, os vencedores de cada etapa estarão garantidos para as finais, que serão realizadas nos dias 27 e 28 de março. Ainda haverá um quarto time integrante que será definido pela soma de pontos. Os dois vencedores das finais disputarão a Série de Promoção para o Circuito Desafiante de League of Legends.

 

Regras Principais do Circuito Desafiante de LoL:

– Na página de inscrição você pode encontrar o Regulamento Completo;
– 17 anos completos até dia 31 /07/2017;
– No mínimo 16 campeões sem contar a rotação grátis da semana;
– Serão apenas 6 banimentos;
– Não pode fazer transmissão do jogo;
– As equipes classificadas precisarão ter no mínimo 60% da escalação usada na inscrição (no máximo 2 jogadores poderão ser trocados durante o torneio);
– Inscritos em equipes do CBLoL ou no Circuito Desafiante não poderão participar da Classificatória.

 

Para mais informações sobre as Classificatórias do Circuito Desafiante, acesse o site oficial.

Game Academy oferece novo curso de game design online

Nosso destaque do dia é a Game Academy, conhecida como a primeira escola online do Brasil com foco em games. A instituição acaba de lançar um novo curso de game design, que é um curso com tutorial na qual o aluno tem o acompanhamento semanal de um tutor, tendo a responsabilidade de entregar exercícios com certa frequência e vídeo conferências semanais. Neste curso de game design os alunos aprendem conceitos básicos como plano de construção de jogo, objetivos, mecânicas etc. Ao final o aluno já aprende conceitos mais complexos como programação e plano de monetização.

De acordo com os organizadores do projeto Game Academy, o curso merece destaque por ser rápido e simples, com bastante conteúdo teórico resumido em pouco mais de 4 horas de videoaulas. Além disso, eles são descomplicados e tem uma linguagem divertida, capaz de agradar todos os tipos de jogadores, graças as suas referências a outros jogos, seriados e desenhos animados.

O curso possui bom embasamento, pois as aulas são inspiradas em mais de 30 livros de game design e de produção de jogos. Em outras palavras, foi adotada uma metodologia certeira para fazer os novos alunos entenderem a matéria sem grandes problemas. Os exercícios são diferenciados, abrindo-se mão da decoreba e de métodos tradicionais. A ideia é fazer com que o aluno se envolva com os exercícios que despertem o pensamento crítico e analítico.

Sobre a Game Academy

Com tudo isso dito, vale destacar que o curso é recomendado a todos os game designers iniciantes, intermediários e avançados que gostariam de aprimorar seus conhecimentos teóricos e a todos aqueles que possuem uma ideia para um jogo e gostariam de estrutura-la em um projeto real.

A duração é de oito semanas (carga horária de 20h), sendo que as videoconferências ocorrem sempre às quintas-feiras. Este espaço é ideal para os alunos tirarem dúvidas e  interagir com o tutor. Se você ficou interessado, basat acessar o site da Game Academy ou entrar em contato através de e-mail (contato@gameacademy.com.br).

Equipe de e-Sports CNB cria arena em parceria com a HyperX

Os e-sports estão cada vez mais populares atualmente e isso não é novidade para ninguém. De acordo com dados do SuperData, empresa especializada em dados sobre jogos, os jogos eletrônicos já somam mais de 70 milhões de espectadores. Com tantas pessoas dedicadas a este tipo de jogo, não é de se surpreender que os investimentos em e-sports aumentem gradativamente. E é justamente isso que a equipe CNB está fazendo em parceria com a HyperX ao lançar uma nova arena para competições nacionais.

O CNB HyperX Arena tem capacidade para até 150 pessoas e está localizado na capital paulista.  O local contará com palco equipado com computadores especiais para gamers, telão para exibição de jogos de todas as modalidades do e-Sports, lanchonete e showrooms de patrocinadores. A inauguração ocorreu no dia 17 de junho e a expectativa é que os fãs dos Blumers frequentem  o ambiente a cada competição que a equipe participe.

“Nossa ideia é ter um espaço intimista para que seja a casa da nossa torcida e amantes de e-Sports, um lugar para que possam torcer assistindo aos jogos do CNB HyperX e interagir participando de nossos eventos”, explica Carlos Júnior, um dos sócios fundadores da equipe CNB.

CNB HyperX Arena

A arena era um sonho antigo do CNB e já estava idealizado desde 2009. Para sair do papel foi necessário um investimento de nada menos que R$300.000,00. O sonho começou a se tornar realidade desde o último mês de novembro graças a uma parceria com a HyperX. Com a novidade, a expectativa é de que 15 mil torcedores possam conhecer o local durante o primeiro ano, criando um engajamento cada vez maior para o clube.

“Este ano vamos lançar mais projetos visando essa interação e novas experiências entre os torcedores e o nosso clube. Além de um acampamento gamer, ainda estamos planejando uma outra ideia para surpreender ainda mais o universo de e-Sports, conta Carlos Júnior, responsável pelo projeto Peneira HyperX Preparando Campeões.

Level Up comemora 12 anos de vida com histórias fascinantes e promoções especiais

O ano era 2004 e o mercado de games no Brasil era bem diferente do que é hoje: a pirataria dominava o país, a internet ainda não estava tão massificada e as lan houses eram a casa dos jogadores mais dedicados. Nesse ínterim surgiu a Level Up, uma das empresas dedicadas a jogos eletrônicos mais importantes do Brasil. A proposta da empresa era extremamente diferente para a época, apresentando aos brasileiros títulos que exigiam conexão com a internet para serem jogados.

A ideia era impensável, visto que a internet não era tão disseminada quanto hoje. Especialistas no ramo afirmavam que o público alcançável pela LuG seria de no máximo 2000 usuários. Conforme a história comprova, as coisas foram bastante diferente: Ragnarok, o primeiro MMORPG com mundos permanentes, totalmente em português e com servidores no território nacional, conquistou mais de 1,7 milhões de jogadores em pouco tempo. O êxito fez da Level Up uma empresa reconhecida nacionalmente.

A partir desse pontapé inicial a empresa lançou diversos outros MMORPG localizados para o público brasileiro, alcançando mais de 35 milhões de players. Sucessos renomados como Warface, Perfect World e Combat Arms, Nexon e KOG são apenas alguns dos exemplos de jogos bem sucedidos trazidos ao país pela Publisher.  Nestes anos todos a LuG até mesmo se aventurou no mercado editorial, criando publicações especiais de seus jogos mais populares.

Para celebrar o 12º aniversário, a Level Up colheu algumas histórias tocantes de jogadores para dividir com seus fãs. Personagens como Gabriela, programadora e jogadora de Perfect World, que descobriu seu marido no mundo online. Outra história é de Humberto, jogador de Ragnarök há 10 anos, que percebeu no jogo a forma de se aproximar de seu filho. Há ainda a história de Pedro, analista de sistemas e soldado em Combat Arms há cinco anos, que conheceu sua namorada nos campos de batalha. Tem também o conto de Rafael, designer e jogador de Warface há 3 anos, que viajou o país para conhecer os irmãos de armas. Estas e outras histórias magníficas são narradas no site especial de 12 anos de Level Up.

O aniversário é da Level Up, mas o presente é do jogador

Durante os festejos, os jogadores também podem aproveitar as ações especiais que englobam a todos os jogos da publicadora. Há períodos bonificados, retorno de itens limitados, ofertas de pacotes especiais, descontos vantajosos, além do esperadíssimo CASH Bonificado, que garante 30% de bônus nas compras das moedas eletrônicas. E mesmo quem não é jogador pode aproveitar: todos que criarem contas durante o período das celebrações receberão prêmios imperdíveis.  Para mais informações sobre todas as comemorações, promoções e eventos, acesse o site especial.

Level Up e destaques da comunidade de Warface se unem para crias novas regras para os torneios de 2016

A Level Up convidou recentemente membros da comunidade de jogadores de Warface para uma visita em sua sede. A intenção era coletar feedbacks para melhorar o jogo e definir regras para os próximos campeonatos de Warface que ocorrerem. Não é a primeira vez que a Level Up leva jogadores até sua sede para debater um jogo: um dos programas periódicos da empresa chama-se “Visita Level Up”, que permite que membros da comunidade conheçam as instalações, vejam os setores da companhia e batam um papo com os responsáveis por seus jogos favoritos.

A visita dos jogadores de Warface ocorreu em Abril, no escritório da Level Up, em São Paulo. A visita serviu para criar as “Regras 2.0”, o conjunto de regras a serem utilizadas durante as competições oficiais de Warface em todos os campeonatos a ocorrer neste ano. Elas delimitam o tamanho dos mapas utilizados em competição, modos de jogo, armamentos e equipamentos de uso restrito ou proibido para as competições. O objetivo dessas regras é tornar as competições mais equilibradas e justas para todos, de modo a valorizar as habilidades de cada competidor.

De acordo com a Level Up, estavam presentes neste encontro alguns membros importantes do cenário de e-sports brasileiro para que assim fique assegurado que as opiniões dos jogadores fossem ouvidas. Naturalmente que essas regras não são obrigatórias em todos os campeonatos, mas elas servem como base para determinar os oficiais e estabelecer um padrão para os torneios particulares organizados por outras ligas.

Ainda segundo a publisher, essa iniciativa reitera a postura da empresa em sempre se aproximar de seus fãs, de forma que possam contribuir com o bem da comunidade e ajudar a trazer momentos inesquecíveis a todos – tanto dentro quanto fora de seus jogos. As normas detalhadas do competitivo e os membros da comunidade participantes podem ser conferidos no site oficial do game.

Além de estabelecer as Regras 2.0, o encontro serviu para que os visitantes deixassem feedbacks aos responsáveis pelo Warface no Brasil, falando sobre a performance das partidas, armas e equipamentos que gostariam de ver, melhorias nos modos e traduções, entre outros. A Level Up se comprometeu a melhorar gradativamente o jogo e torna-lo mais parecido possível com o que a comunidade de jogadores espera. Para conferir como foi a Visita Level Up de Warface, basta acessar a página do Facebook.

Sobre Warface

Para quem não conhece, Warface é um FPS Online desenvolvido pela Crytek. O game possui visuais bacanas, física realista e um sistema de combate fluído. O título é free-to-play e há um modo cooperativo que permite evoluir o personagem conforme as partidas são vencidas. O game recebe atualizações constantes e novas missões desafiadoras a cada nova atualização. Atualmente este é um dos jogos mais jogados do cenário e-sport profissional.

 

Seal Online oferece prêmios para jogadores brasileiros

Enquanto você lê está matéria, tem uma galera se divertindo no closed beta de Seal Online, o MMORPG da coreana Playwith Latin America. Ciente do potencial que o game tem em terras tupiniquins, a produtora decidiu uma série de ações exclusivas para premiar os jogadores locais que estão ajudando a melhorar a qualidade do game. Até o dia 11 de maio, a Playwith Latin America premiará os usuários de Seal Online com trajes produzidos especialmente para o público do Brasil e dinheiro virtual.

As roupas especiais têm temáticas típicas do Brasil, como o traje de capoeira e a roupa de samba. Para ganhar as vestimentas de samba, os jogadores precisam atingir o nível 50, e para ganhar a vestimenta de capoeira, precisam atingir cinco personagens ao nível 20 do game. Para quem não conhece, Seal Online é um Massive Multiplayer Online que coloca o jogador no mundo de Shiltz para encarar quests desafiadoras, batalhas contra NPCs e personagens míticos com design inspirado em animações japonesas.

Como o jogo é novo para o público brasileiro, a Playwith tem feito acompanhamento constante das partidas durante o closed beta e oferece tutoriais aos jogadores que estiverem com dúvidas. A partir do feedback dos jogadores, a produtora fará ajustes para garantir que Seal Online esteja de acordo com o gosto e as expectativas dos brasileiros.

Ainda durante a fase closed beta, um concurso realizado pelo bate papo do jogo oferecerá um prêmio de cinco milhões de CEGELS (o dinheiro no jogo). Além dos trajes e do concurso, a Playwith Latin America preparou também dois eventos especiais exclusivos aos participantes brasileiros de Seal Online. Em um deles, um foguete com destino à Lua leva os jogadores para uma viagem onde há diversos prêmios raros.

Para quem não quer ir tão longe, a terra de Shiltz ganhou uma nova arena de batalhas player versus player, em que o jogador pode mostrar toda a sua força e receber em troca itens poderosos e joias. As premiações são exclusivas para os participantes do closed beta, que vai até 11 de maio e tem limite de participação de 10 mil jogadores. Ainda dá tempo de participar do closed beta, basta acessar o site do game.

Abaixo tem o trailer de Seal Online: