Arquivo da tag: notícia

Gamellito – Jogo produzido na UEL ensina os cuidados que a criança diabética deve ter

Um game criado na Universidade Estadual de Londrina (UEL) tem tudo para se tornar um instrumento no tratamento da diabetes. Trata-se do jogo Gamellito Adventures, um pet virtual em que o jogador deve ajudar o alienígena Mellito a se adaptar a doença da diabetes tipo 1 (DM1). Toda a interação ingame tem por objetivo fazer com que as crianças se identifiquem com o personagem e aprendam a lidar com a patologia de forma divertida.

Durante a jogatina a criança deve ficar atenta aos níveis de insulina do Mellito, pois se ela ficar baixa, o personagem fica enfraquecido. Outra coisa a se preocupar é se a insulina ficar alta demais, pois se isso acontecer, o personagem pode até morrer. O macete é dar a noção para quem tem diabetes de que é uma doença que demanda atenção frequente. Deste modo, a criança aprende a se cuidar se divertindo.

A trama de Gamellito narra a história de Mellito, um alienígena laranja que vive no planeta Záccari, onde todos os seus amigos são cinzas. Vez por outra Mellito sente fraquezas, sede e fome excessiva, além de outros sinais de que há algo errado com sua saúde. Após uma breve pesquisa, o personagem descobre o planeta Terra, onde crianças possuem os mesmos sintomas. Mellito manda um sinal ao nosso mundo a fim de encontrar uma criança que possa ajudá-lo a aprender mais sobre a diabetes e como tratar a doença.

Gamellito é composto basicamente por três mini games: um shmup, para representar a viagem do Mellito para a Terra; uma esteira para selecionar alimentos saudáveis; e um speed runner, em que o jogador deve desviar de alimentos inapropriados como bolos e chocolates. Nesta última parte, aliás, há até metáforas do que as crianças diabéticas enfrentam, tais como preconceito, piadas e imposição de hábitos por parte de adultos. Não fosse o bastante, o título ainda conta com quizzes para firmar alguns ensinamentos sobre o tratamento da doença.

De acordo com Vânia Vargas, psicóloga da UEL, Gamellito ajuda as crianças a se adaptar melhor à diabetes, pois a criança acaba por entender os cuidados que irá precisar ter durante sua vida. Além disso, a abordagem de pet care do Gamellito faz com que se gere um sentimento de empatia para com o visitante espacial.

Gamellito ainda está em fase final de desenvolvimento através da produtora Coffe & Coffe,  startup da Incubadora Internacional de Empresas de Base Tecnológica da Universidade Estadual de Londrina (Intuel). O desenvolvimento já dura quatro anos pelos estudantes do departamento de computação da UEL. Há duas versões do game: “Pró” e “Kids”.

A primeira é mais voltada para profissionais de saúde que desejam usar a aplicação como instrumento no tratamento das crianças mais jovens. Já a versão kids é recomendada para crianças como meio de diversão lúdica, de modo que pode-se jogar sozinha ou com acompanhamento dos pais. Se você ficou interessado em Gamellito, basta entrar em contato com os desenvolvedores através da página do game para ter acesso a uma versão de testes.

Abaixo tem um trailer de Gamellito Adventures:

Webedia se prepara para final de mega torneio de PUBG com personalidades brasileiras dos games

Esta é para quem é fã de PlayerUnknown’s Battlegrounds (PUBG): a Webedia, gigante francesa de mídia digital acaba de anunciar uma parceria com o Facebook para lançar um novo torneio entre personalidades reconhecidas do mundo dos jogos. O torneio foi batizado de Facebook Gaming Creators Cup powered by IGN e promete reunir milhares de brasileiros para acompanhar partidas eletrizantes.

A ideia básica foi reunir alguns dos gamers mais famosos do Facebook em partidas competitivas utilizando a estrutura da Webedia Gaming, em São Paulo. Entre os participantes estão nomes de peso do streaming como Netenho, Ellen Simili, Diana Zambrozuski, Forever, Davy Jones, Jon Vlogs, Tixinha, Kalera, Malena0202, Monark e Patriota. De acordo com os organizadores, o torneio deve ajudar gamers e novos streamers a construir e fortalecer suas comunidades na rede social.

“Hoje, não se pode falar em gaming sem considerar o aspecto social do mercado: fãs enxergam os jogadores como estrelas, influenciadores. Um projeto como este, onde conseguimos unir a expertise que temos em produção e transmissão de campeonatos, com um programa interessante que pode criar novos influenciadores e renovar o mercado faz com que elevemos a outro nível o entretenimento gaming”, afirma Aydin Sarmadi, diretor geral da Webedia Gaming.

Os organizadores escolheram o PUBG, por ser um game bastante popular e capaz de atrair multidões. Afinal, o shooter atingiu recentemente a marca de 400 milhões de jogadores cadastrados e é nome forte nos principais torneios de eSports mundo afora. Outro ponto de interesse é que as partidas terão cobertura jornalística in loco dos sites IGN e Versus. A expectativa é que a transmissão bata recordes de visualizações no Facebook.

“Os games são perfeitos para criar e aproximar comunidades e o nosso objetivo é oferecer recursos e formatos que cultivem um profundo engajamento e interação entre criadores e fãs. O Facebook Gaming Creators Cup é um evento que une gamers, seus amigos e fãs para competir, assistir e compartilhar em um ambiente descontraído e divertido”, destaca o gerente de Esports e Competitive Gaming no Facebook, Patrick Chapman.

A competição teve início dia 03 de dezembro com uma fase de grupos. As duplas foram divididas em dois times e, ao longo das semanas foram realizadas seis partidas em três dias de transmissão online para definir os melhores.

FINAL

A etapa final reunirá cinco duplas em duplas de cada grupo, que irão para a final presencial, que acontece em 16 de dezembro, em São Paulo, na Arena IGN. O evento será transmitido na Página do IGN Brasil no Facebook, das 14h às 15h, e terá apresentação de Carol Costa e de Nyvi Estephan. A narração fica a cargo de Murillo Shooow, Gordox e BiDa.

Confira abaixo os líderes das duplas que disputam a final neste domingo no torneio da Webedia:

  • Netenho
  • Romaniqs
  • Magalzao
  • Fiaspo Games
  • DiddyBR
  • Forever
  • Davy Jones
  • Patriota
  • Tixinha
  • Malena0202

 

FaZe Clan e Immortals são os representantes do Brasil nas finais mundiais da Rainbow Six Pro League, no Rio de Janeiro

O mês de novembro será especialíssimo para os fãs de Rainbow Six Pro League, afinal é quando ocorre a finalíssima do mundial da categoria. As equipes FaZe Clan e Immortals demonstraram seu valor e garantiram a vaga para as disputas finais e se juntarão a outras seis equipes para a final, que ocorrerá no Jeunesse Arena, no Parque Olímpico do Rio de Janeiro, nos dias 17 e 18 de novembro: FaZe Clan e Immortals.

As outras seis equipes são oriundas de outras três regiões (América do Norte, Europa e Ásia/Pacífico). Cinco delas já foram definidas, sendo elas: Evil Geniuses e Rogue (América do Norte), Nora Rengo e Fnatic (Ásia-Pacífico) e G2 Esports (Europa). Nesta quinta-feira, Mockit Esports, Team Secret e Millenium disputam a última vaga da Europa.

A FaZe Clan, campeã regional pela segunda vez consecutiva de Rainbow Six, garantiu uma das vagas com duas rodadas de antecedência. Já a Immortals precisou esperar até os últimos momentos da primeira fase para comemorar seu lugar nas finais mundiais. Quem não teve motivos para celebrar foi a Black Dragons, que acabou rebaixada para a divisão de acesso do torneio. E a paiN Gaming, sétima colocada da fase regional, disputará a repescagem tentando continuar na elite da Pro League.

Agora, FaZe e Immortals terão a missão de manter o Brasil no posto mais alto da modalidade. De origem norte-americana, as organizações entraram no cenário brasileiro neste ano e querem consolidar suas marcas, mostrando o porquê são referência nos eSports. Em maio, a Liquid mostrou a força do país para o mundo ao derrotar a PENTA Sports, considerado o melhor time do mundo, na decisão e faturar o caneco da sétima temporada da Pro League. Foi a primeira vez que uma line-up brasileira alcançou esse feito. Resta torcer para que os brasileiros deste ano repitam o feito.

 

Novo calendário competitivo de Rainbow Six

Dirigindo-se para o quarto ano de Rainbow Six Siege desde o seu lançamento, a Ubisoft colocou em vigor, em junho deste ano, o novo calendário de competições profissionais da franquia com o intuito de auxiliar no crescimento do cenário competitivo.

Com a consolidação de grandes competições anuais como o “Six Invitational” e o “Six Major Paris”, o cenário segue em crescimento exponencial com o aumento do número de jogadores e a entrada de organizações organizações internacionais tradicionais no competitivo de Rainbow Six Siege, como a Cloud9, Ninjas in Pyjamas, Fnatic, entre outras.

Além dos Majors, a Ubisoft também mudou o formato da Rainbow Six Pro League. Após uma transição na sétima temporada, a Pro League está sendo disputada anualmente em duas temporadas de seis meses e segue ativa em sua oitava temporada, atraindo grande público e interesse da mídia.

Por fim, o Brasileirão Rainbow Six estreia seu novo calendário com disputas anuais de junho a setembro (modelo europeu) a partir da temporada 2019.

Esports Week busca capacitar profissionais e entusiastas do esporte eletrônico brasileiro

Os eSports movimentam a cada ano um caminhão de dinheiro no Brasil e no mundo. Para se ter ideia, as grandes finais mundiais dos principais torneios como Rainbow Six e League of Legends conseguem encher as arenas. Além disso, a audiência das partidas costumam ser enormes através de canais de streaming. Foi pensando neste sucesso e em ajudar a capacitar os profissionais do setor que surge a Esports Week (ESW), um evento totalmente dedicado aos campeonatos de jogos eletrônicos.

A Esports Week está agendada entre 06 e 09 de fevereiro de 2019 na cidade de São Paulo, e tem como principal objetivo expandir e consolidar os profissionais envolvidos no cenário brasileiro dos esportes eletrônicos, fornecendo conteúdo e experiências para o desenvolvimento, qualificação, entretenimento e networking deste mercado. Os organizadores do evento informam que as vagas são limitadas e toda a estrutura contará com áreas distintas, destinadas a todos os públicos interessados no setor.

“Queremos que o Brasil seja reconhecido mundialmente não apenas pelo talento de nossos jogadores profissionais, mas também como uma referência de conteúdo e geração de negócios para o cenário como um todo”, afirma Rubens do Carmo, Diretor Executivo e de Projetos da Esports Week. “Percebemos essa carência no setor, devido ao enorme foco dado ao entretenimento. Por trás de cada partida encontramos um ambiente repleto de oportunidades de carreira e negócios, que operam em conjunto para oferecer novas experiências aos jogadores e ao público. Por meio da ESW, queremos entregar uma imersão completa em todas as áreas impactadas pelo mercado”, completa.

Um dos destaques do evento serão as paletras, onde os participantes poderão aprofundar seus conhecimentos e debater ideias. Haverá ainda a Arena de Entretenimento, voltada aos entusiastas e amantes de esports que buscam a diversão e contato mais próximo com seus ídolos e equipes prediletas. Já o Espaço para Expositores expande a possibilidade de negócios e networking, enquanto os Workshops capacitam e atualizam profissionais já inseridos ou interessados no segmento.

Atrações inéditas no cenário brasileiro

Com mais de 40 atrações, a ESW contará com palestras de empresas que participam pela primeira vez de um evento voltado à capacitação do segmento no Brasil. É o caso da Newzoo, que apresentará o tema Dimensionando e entendendo as oportunidades dos esports no Brasil, além dos executivos internacionais Jonathan Pan, instrutor de esports da University of California, e Rachel Gowers, reitora assistente da Staffordshire University. O evento oferecerá também workshops com foco em Psicologia e Locução nos Esports, espaço destinado a Meet & Greet e showmatches de League of Legends e Counter-Strike: Global Offensive.

De acordo com os organizadores, a ESW tem papel de questionar, auxiliar na qualificação e entreter os interessados no cenário, trazendo a democratização e acesso à informação para profissionais, empresas e também investidores, incentivando o empreendedorismo, a troca de experiências e novos adeptos e espectadores para os esports.

Mais informações sobre a Esports Week podem ser acessadas no site do evento.

 

Serviço: Esports Week – ESW

Data: 06 a 09 de fevereiro de 2019

Local: Centro de Convenções Rebouças – Av. Rebouças, 600 – Pinheiros – São Paulo/SP

Auditório de Palestras: das 10h às 20h

Arena de Entretenimento: das 12h às 21h

 

Dazz divulga balanço da participação na BGS 2018 e expectativas de crescimento para 2018 e 2019

Após participar da 11 edição da Brasil Game Show, a Dazz, proeminente fabricante de periféricos para PCs voltados ao publico gamer, traz seu balanço final da feira, realizada entre os dias 10 a 14 de outubro. O resultado foi tao promissor que, de acordo com a empresa, o evento superou todas as expectativas de visitação, contatos e negócios.

Os resultados do evento aumentaram as projeções da companhia para 2018 e 2019. As expectativa é que com o lançamento de 30 produtos para este ano, a empresa deve fechar o ano com aumento de faturamento de 50%. Para 2019, as projeções são ainda mais otimistas: crescimento de 60%.

“Tivemos uma participação realmente marcante nesta edição da BGS. Além de nosso estande ficar em um local privilegiado, ao lado de grandes players como Nintendo, PlayStation e Xbox, contamos com 18 lançamentos para o mercado de games que fizeram bastante sucesso entre os visitantes”, enfatiza Antônio Nascimento, gerente de produtos da Dazz.

Só para o primeiro trimestre de 2019, a Dazz já planeja o lançamento de 40 novos itens, o que levará a marca a um total de 160 SKUs na linha de games. Para conquistar o consumidor, a Dazz irá manter a estratégia de oferecer produtos com tecnologia e design em harmonia com as mais atuais tendências de mercado.  Algumas das grandes novidades para o ano que vem serão a chegada de nobreaks para gamers e outros lançamentos que prometem surpreender o consumidor.

O estande da Dazz na BGS contou com diversas atrações, como campeonatos de games, sorteio de brindes; atividades de palco, área kids tematizada e a presença de Youtubers famosos. Além de proporcionar ao visitante uma experiência real com os principais lançamentos da marca, o estande ainda apresentou protótipos de futuros lançamentos.

Entre seus 18 lançamentos para a BGS 2018, a Dazz trouxe teclados, mouses, headsets, controles e cadeiras gamers. Abaixo você confere a galeria de fotos do estande da Dazz na Brasil Game Show 2018 . Você pode conferir todo o catálogo da empresa no site oficial.

Galeria de fotos da Dazz na BGS 2018:

Este slideshow necessita de JavaScript.

(Fotos por Victor Candido)

 

VPSL cria websérie “Mulheres no Controle” para promover discussão sobre empoderamento feminino

A época que se falava que mulheres e videogames não combinam ficou no passado, ainda assim, algumas pessoas ainda veem com estranheza ver garotas que se dedicam aos games. Pensando em dar visibilidade a essa discussão e promover o empoderamento feminino, a VPSL, principal liga virtual de jogadores profissionais do pais, criou uma websérie com influenciadoras a fim de trazer o debate do empoderamento feminino para o universo da cultura digital.

Intitulado Mulheres no Controle, o programa terá periodidade semanal, e contará com a participação de nomes como o da velejadora e escritora Heloísa Schurmann e da modelo profissional Ariella Moura, entre outras personalidades.

No primeiro programa da série, Ariella conversa com a atleta profissional de esportes eletrônicos, capitã e dona do time Black Dragons, Nicolle Merhy – também conhecida como Cherrygumms. Nicolle fala um pouco da sua carreira no mundo dos e-Sports, do seu início como cyber atleta, da relação com a sua família, seus amigos e também de como é ser mulher em um universo majoritariamente formado por jogadores do sexo masculino.

“O programa será conduzido por essas mulheres fortes e competentes, que irão entrevistar uma as outras, compartilhando suas opiniões e experiências profissionais que as levaram a conquistar protagonismo nesse novo universo digital”, afirma Nuno Bianchi, sócio-diretor da VPSL.

O primeiro episódio de Mulheres no Controle já está disponível e pode ser visualizado no canal da VPSL no YouTube. A websérie conta com a produção e direção de David Schurmann, cineasta brasileiro de carreira internacional.

Sobre a VPSL

Organizando torneios de FIFA Pro Clubs desde 2014, a VPSL é a principal liga virtual de jogadores profissionais do País. A liga organiza torneios para o game FIFA da EA Sports nas modalidades ProClubs e FIFA Ultimate Team (FUT). O objetivo da empresa é criar um ambiente saudável e divertido para a comunidade de games brasileira.

Abaixo tem o primeiro vídeo de Mulheres no Controle:

 

SAGA recebe fãs de games na primeira edição do Gamer Day Recife

Neste sábado (06/10), das 10 às 18h, a SAGA, maior rede de escolas de desenvolvimento de games, abre as portas da sua unidade em Recife para a primeira edição do Saga Gamer Day, evento com várias atrações para os fãs de jogos digitais. Para participar, os interessados podem se inscrever gratuitamente pelo site e levar um quilo de alimento não perecível no dia do evento.

O Gamer Day Recife é fruto de uma parceria da SAGA com o MaxConPE, um dos maiores portais especializados em cultura POP de Pernambuco. Os visitantes encontrarão uma área free-to-play para o público jogar à vontade jogos de console (Dragon Ball Z Fighter, Injustice 2, Marvel vs Capcom, Mortal Kombat X, Spider-Man, Street Fighter V), campeonatos de Fifa 18 e Fifa 19, arena retrô com fliperamas e videogames clássicos, arena board games com jogos de tabuleiro, concurso de cosplay e distribuição de brindes.

O evento também contará com a presença de youtubers da comunidade gamer de Recife, como Anton Rodrigues, Felipe Soares, Marcelo Silva, Mariana Cordeiro, Messias Amorim, Mirela Paes, Raisa Brennichi e Riodenis Campos, que irão interagir e jogar com o público.

Durante o Saga Gamer Day, o público também poderá visitar as instalações da unidade de Recife, conferir a infraestrutura da escola, ver trabalhos de alunos etc. Mais informações sobre a SAGA e seus cursos também estão disponíveis no site da empresa.

 

Serviço – Gamer Day Recife

Local: SAGA Recife – Avenida Conselheiro Aguiar, 2333-M1 – Boa Viagem – Recife/PE

Data: 06 de outubro

Horário: Das 10h às 18h

Entrada: um quilo de alimento não perecível

 

Fábrica de Jogos organiza Game Jam neste final de semana

Marque aí na sua agenda: nesta sexta-feira (05/10) o site Fabrica de Jogos irá organizar uma Game Jam de 48 horas para que os participantes criem um jogo sob um tema específico a ser definido no dia. O objetivo do evento é promover um espaço de rede de contatos, aprendizagem e união entre desenvolvedores de jogos iniciantes a mais avançados. O evento também conta com o apoio do Blog Diogo Pimenta, a Escola Brasileira de Games e do Marcos Game Dev.

O evento é gratuito e aberto ao público e totalmente digital. Deste modo, não será uma Game Jam com espaço físico definido. O tema será apresentado em uma live do youtube no canal do Fábrica de Jogos. A partir deste programa, os participantes terão até às 21hs do dia 07 de outubro para entregar um jogo completo a partir do tema informado. Esta live ocorrerá entre 20:30 e 21:00 do dia 05 de outubro, antes do evento. Todas as atividades e compartilhamento de ideias entre equipes ocorrerá no servidor Discord do Fábrica. Também será nesse espaço que terão contato com os mentores, ou seja, pessoas que já participaram do Fábrica e que tem experiência em games nas áreas de game design, arte e programação.

Esses mentores ajudarão os participantes nos projetos a serem criados e orientarão nas dúvidas durante a Game Jam. Para participar há algumas regras: você deve ser estudante brasileiro que estuda independente (sem vínculos institucionais) ou que pertence a uma instituição de ensino pública ou privada nacional, todos desenvolvedores que não são profissionais. Outras pessoas fora desse escopo podem participar, porém não concorrerão a menções honrosas que valem prêmios nem serão avaliados para essa premiação pelos mentores.

De acordo com o Fábrica, caracteriza-se profissional como alguém que trabalha já em estúdios de jogos ou que já tenha um portfólio de jogos com vendas significativo. Portfólio de 3 jogos profissionais e 2 anos de experiência ou de abertura da empresa. Os jogos, para participar de menções honrosas e premiações, precisam ser nas plataformas web e PC. Podem desenvolver em outras (inclusive jogos analógicos), porém não serão avaliados para premiação nem menções honrosas.

Ainda de acordo com os organizadores, os softwares de desenvolvimento do jogo do evento são livres. É possível também os participantes fazerem lives na comunidade Twitch do Fábrica, compartilhando o seu desenvolvimento durante o evento. Para participar, basta ler o regulamento contido no site e ver procedimentos de inscrição. Recomenda-se atenção a esses detalhes, pois eles podem custar sua classificação no evento para as próximas etapas.

 

Serviço – Game Jam Fábrica de Jogos

 

Onde: Lives no Youtube do Fábrica e Participação via Discord

Quando: 21:00 de 05/10/2018 até 21:00 de 07/10/2018 (48 horas)

Quanto: Gratuito

Quem pode participar: Estudantes brasileiros de instituições de ensino público e privadas ou autônomos nos estudos. Outros fora desse público podem participar, porém não concorrem a menções, prêmios nem serão avaliados pelos mentores.

Regulamento: https://www.even3.com.br/gamejamfabrica2018

Level Up Games anuncia parceria de Ragnarok Online com Warp Portal Brasil

O jogo Ragnarok Online é um clássico desde seu lançamento oficial no Brasil em 2004 e um dos responsáveis pela popularização do estilo MMORPG no país. Muitos acreditam que essa gloria ficou no passado e o jogo foi esquecido. Ledo engano: a Level Up continua trabalhando arduamente para melhorar a experiência de jogo mês a mês. Prova disso é a reestruturação que o game vai passar a partir de outubro.

A LUG uniu forças a Warp Portal, publicadora pertencente à Gravity Interactive (desenvolvedora do jogo), e responsável pelo servidor internacional de Ragnarök Online, para trazer mais conteúdo e atualizações para o game. A princípio as mudanças não serão tão sensíveis, já que Ragnarok continua disponível em português, porém haverá um processo gradativo de migração do Minha Conta Level Up para uma conta Warp Portal Brasil. A migração acontecerá no dia 23 de outubro por meio de uma página especial no site do Ragnarök Online.

“A Level Up continuará no dia a dia do Ragnarok da mesma maneira que sempre trabalhou e para o jogador, não haverá grandes mudanças de início. Ele vai se conectar aos mesmos servidores, com os mesmos personagens, itens e ROPs. Os servidores continuam no Brasil. E daqui a alguns meses teremos grandes novidades para mostrar,” explica Julio Vieitez, diretor da Level Up Brasil.

Cronograma da migração

 

  • Bloqueio de criação de novas contas de RO pela Level Up 

Período: a partir de 01/10

  • Manutenção para preparar o sistema 

Período: das 12h às 18h de 23/10

  • Migração de contas de RO para a Warp Portal Brasil 

Período: a partir de 23/10 através uma página especial

  • Abertura de novas contas de RO pela Warp Portal Brasil 

Período: a partir de 23/10 diretamente pelo site da Warp Portal

A expectativa é que os jogadores das antigas (e novos) encontrem um jogo todo renovado nos próximos meses, com mais atualizações e suporte para melhorar a jogatina. Afinal, Ragnarok Online é um dos jogos mais queridos do público brasileiro e continua com uma legião bastante fiel e ativa. Para conhecer mais sobre o jogo e viver aventuras fantásticas acesse aqui.

Torcedores suíços protestam contra os eSports durante partida de futebol

Quem diria que os eSports iriam acabar gerando a ira de fãs do esporte tradicional? Pois foi justamente isso que aconteceu no último final de semana em partida válida pela Swiss Super League, a principal liga de futebol da Suíça. Durante uma partida entre as equipes Young Boys e o FC Basel os torcedores que lotaram o estádio começaram a jogar bolas de tênis e até um controle em direção ao gramado. A atitude era um protesto contra a resolução da Federação Suíça de Futebol em forçar os times da liga a montarem equipes para disputar torneios digitais.

Além dos objetos, os torcedores apresentaram cartazes demonstrando sua insatisfação com a liga virtual. O tumulto foi tão grande que o arbitro foi obrigado a interromper o jogo por cerca de dois minutos até que os torcedores se acalmassem. A insatisfação se deve por conta que a organização do campeonato quer formar uma liga de futebol virtual em que todas as equipes da 1º Divisão participem em torneios de FIFA.

O problema é que alguns torcedores acreditam que se as equipes começarem a focar nos eSports a grana para os times de futebol comece a minguar. Alguns clubes do Brasil como Flamengo e Santos já aderiram aos eSports e formaram times para disputar torneios como o de League of Legends e Rainbow Six. A ação causou a desaprovação de alguns torcedores, mas nada tão sério quanto o episódio suíço.

Fonte: Gamerant

Imagina se a moda pega aqui no Brasil. Você apoiaria seu time de futebol em um torneio de eSports?