Arquivo da tag: multiplayer

Seal Online oferece prêmios para jogadores brasileiros

Enquanto você lê está matéria, tem uma galera se divertindo no closed beta de Seal Online, o MMORPG da coreana Playwith Latin America. Ciente do potencial que o game tem em terras tupiniquins, a produtora decidiu uma série de ações exclusivas para premiar os jogadores locais que estão ajudando a melhorar a qualidade do game. Até o dia 11 de maio, a Playwith Latin America premiará os usuários de Seal Online com trajes produzidos especialmente para o público do Brasil e dinheiro virtual.

As roupas especiais têm temáticas típicas do Brasil, como o traje de capoeira e a roupa de samba. Para ganhar as vestimentas de samba, os jogadores precisam atingir o nível 50, e para ganhar a vestimenta de capoeira, precisam atingir cinco personagens ao nível 20 do game. Para quem não conhece, Seal Online é um Massive Multiplayer Online que coloca o jogador no mundo de Shiltz para encarar quests desafiadoras, batalhas contra NPCs e personagens míticos com design inspirado em animações japonesas.

Como o jogo é novo para o público brasileiro, a Playwith tem feito acompanhamento constante das partidas durante o closed beta e oferece tutoriais aos jogadores que estiverem com dúvidas. A partir do feedback dos jogadores, a produtora fará ajustes para garantir que Seal Online esteja de acordo com o gosto e as expectativas dos brasileiros.

Ainda durante a fase closed beta, um concurso realizado pelo bate papo do jogo oferecerá um prêmio de cinco milhões de CEGELS (o dinheiro no jogo). Além dos trajes e do concurso, a Playwith Latin America preparou também dois eventos especiais exclusivos aos participantes brasileiros de Seal Online. Em um deles, um foguete com destino à Lua leva os jogadores para uma viagem onde há diversos prêmios raros.

Para quem não quer ir tão longe, a terra de Shiltz ganhou uma nova arena de batalhas player versus player, em que o jogador pode mostrar toda a sua força e receber em troca itens poderosos e joias. As premiações são exclusivas para os participantes do closed beta, que vai até 11 de maio e tem limite de participação de 10 mil jogadores. Ainda dá tempo de participar do closed beta, basta acessar o site do game.

Abaixo tem o trailer de Seal Online:

Futebol Latino Online está em votação na Steam

Para quem gosta de futebol e jogatina online, a dica é Futebol Latino Online, um game indie que pretende reunir até 22 jogadores em uma única partida em um esquema de 11 x 11 (cada jogador controlando um personagem). O game está em votação na Steam Greenlight e portanto precisa de apoio da comunidade para conseguir ser lançado neste veículo.

O grande macete do game é justamente a possibilidade de reunir 11 amigos para compor o time, de modo que este é o primeiro game de futebol a permitir tal interação. De acordo com os criadores, Futebol Latino Online busca transmitir a sensação real de uma partida, permitindo que cada jogador aplique suas estratégias e demarque sua posição, como zagueiro, atacante meia etc.

Em outras entradas de Futebol Latino, os jogadores apenas podiam jogar com o teclado dirigindo-se à quatro ou oito direções, porém com o lançamento de Futebol Latino Online, é possível controlar 360 graus e com a ajuda do mouse pode-se dar um passe exato no lugar desejado.

A primeira etapa do jogo é a de criação de jogador: você pode selecionar uma posição de FW (atacante), MF (volante) ou DF (zagueiro). Quando seu jogador alcança certo nível de habilidade, você pode especializar sua posição. Cada posição está desenhada de forma equilibrada. Após se especializar, será importante jogar adequadamente na sua posição escolhida. No modo de equipe, dependendo da sua pontuação, é possível subir para a primeira divisão ou baixar para a segunda.

Como se não bastasse, além de manter a boa atuação do jogador, há a possibilidade de administrar o time, como no futebol real. Assim, é importante elaborar uma estratégia detalhada, administrar a fama do clube, e melhorar as finanças da equipe se quiser comprar um jogador mais habilidoso.

Por fim, Futebol Latino Online se distingue de outros jogos de esporte ao introduzir a câmera em terceira pessoa por trás do jogado, como em um game de ação. Há também uma câmera inteligente que se aproxima ou se afasta do jogador a fim de ajudar o gamer a tomar a melhor ação possível.

De acordo com a desenvolvedora, o game chega ao mercado nos idiomas inglês, espanhol, português e coreano. Se você tem interesse neste lançamento, basta ir até a pagina do projeto na Steam.

Abaixo tem o trailer de Futebol Latino Online:

Conheça The Last War, o survival da equipe WolfB

Um game bem ambicioso está sendo produzido pela equipe brasileira do WolfB, mas para se tornar real precisa de ajuda no site de crowdfunding Kickante. O jogo em questão chama-se The Last War, um survival horror com foco em multiplayer online onde os jogadores precisam resistir ao apocalipse zumbi que varreu a maior parte da civilização. De acordo com os desenvolvedores, o grande destaque deve ser o nível de dificuldade, pois este está sendo aprimorado para tornar o jogo o mais desafiador possível.

O game permite que o jogador alterne a visão da câmera entre 1º e 3º pessoa, de modo que os jogadores deixem o jogo da forma que considerem melhor para jogar. The Last War está em desenvolvimento há cerca de um ano e tem influências em jogos bastante conhecidos do público gamer, como DayZ e Infestation.

Além de ser o primeiro projeto do gênero produzido por brasileiros, The Last War também quer inovar em outros aspectos, como a introdução do grupo A Ordem. Formada por administradores, a Ordem é um grupo criado com o objetivo nos servidores e monitorar a ação dos jogadores e, assim que algum player tentar burlar o sistema anticheat do jogo, a Ordem sai em seu encalço para assassiná-lo. A intenção é trazer paz para as cidades e eliminar jogadores com reputação negativa da jogatina.

Outro aspecto interessante é que o mapa inicial do game é a cidade do Rio de Janeiro. Já imaginou um apocalipse zumbi na Cidade Maravilhosa? Se a equipe conseguir passar demais metas, será incluído o mapa da Amazônia. Quem sabe futuramente eles não incluem mapas de outras cidades brasileiras, como São Paulo e Porto Alegre? Não custa sonhar.

A meta inicial é de R$ 30 mil, que serão utilizados para a compra de equipamentos e licenças de programas para a produção do jogo. A versão inicial terá 10 modelos de armas, quatro personagens jogáveis e três zumbis diferentes (cada um com suas habilidades especiais). A campanha fica no ar por mais 50 dias, então se você gostou do projeto e quer contribuir, corre lá na página do Kickante.

Abaixo tem o trailer de The Last War:

Jogo de tabuleiro War é lançado para Tablets e PCs

Quem não conhece o jogo de tabuleiro War? Um grande clássico que ainda é jogado e adorado por milhões de pessoas ao redor do mundo. O único problema é achar uma galera para jogar sempre que se tem vontade né? As coisas mudaram! A partir de hoje é possível jogar War a qualquer hora do dia, pois a Growgames acaba de lançar o port do game para o mundo digital.

War está disponível gratuitamente para Android, iOS e PC. Quem desenvolveu o game foi a produtora Sioux, que já havia trabalhado em outros advergames como o Grow ABC Animado, Microsoft Caçadores de Conhecimento, USP Papo Reto, entre outros. De acordo com a desenvolvedora, o game mantém as mesmas características do jogo de tabuleiro, ou seja, muita estratégia e viradas espetaculares.

“War é um produto incrível e leva-lo para o ambiente digital é um privilégio. Foram meses de trabalho e contamos com o envolvimento dos fãs, que testaram o jogo em fase Beta e nos deram feedbacks para aprimorá-lo”, disse Danilo Parise, diretor de marketing e produtos da Sioux.

Para quem não conhece, War é o jogo de tabuleiro de estratégia em que os participantes envolvem-se em um conflito bélico pelo mundo. No início da partida cada um recebe um objetivo diferente, quem o alcança primeiro é declarado vencedor. Mas para isso, é preciso passar por diversas tarefas que exigem, além de um pouco de sorte, pensamento estratégico e astúcia, como movimentar e posicionar exércitos, investir contra esquadrões rivais, conquistar territórios e continentes e, depois, defende-los dos ataques inimigos. O game é um dos mais jogadores ao redor do mundo desde seu lançamento na década de 70.

A versão digital mescla o clássico com as novas tecnologias: com um toque é possível rolar os dados que comandam as jogadas ou reposicionar as tropas pelo mapa. Além disso, o game possui uma trilha sonora imersiva, de modo que as partidas fiquem mais dinâmicas e divertidas. O jogador pode desafiar os amigos através de partidas online ou apenas jogar singleplayer contra o computador. Vale lembrar que o modo multiplayer online em dispositivos móveis somente é habilitado com pagamento.

Interessados podem acessar o jogo através da App Store, da Google Play ou pelo site do jogo para jogar através da web.

Trailer Jogo de Tabuleiro War:

DragonJam Studios prepara o lançamento de Wincars Racer

O estúdio indie DragonJam anunciou seu primeiro game para PC, mirando os amantes de jogos de corrida com interação online. Wincars Racer é um título multiplayer online com a premissa de relembrar os antigos jogos de corrida de árcade da década de 90, porém com algumas firulas e tratamento gráfico dos jogos contemporâneos.

O game ainda não tem data de lançamento definida, mas de acordo com o estúdio, o lançamento será em breve. Quem estiver interessado pode fazer a inscrição no site do game a fim de garantir um lugar nos testes betas que serão realizados antes do lançamento oficial. Vale mencionar que o game surgiu primeiramente no Kickstater.

Anteriormente o jogo era conhecido pelos desenvolvedores como “Formula Wincars”. A mudança do nome ocorreu por diversas razões, de acordo com a DragonJam. Uma delas é que os jogadores poderiam acreditar erroneamente que o game seria focado na Fórmula 1, sendo que o jogo tem um viés árcade parecido com jogos como Burnout ou Mario Kart. Outro motivo para a mudança do nome era a possibilidade de o jogo ter problemas de licenciamento por causa da palavra Formula.

Wincars Racer promete uma jogabilidade rápida e muitos power ups espalhados pelos cenários. De fato, parece que a desenvolvedora queria fazer seu próprio Mario Kart, porém com o público alvo sendo os jogadores de PC conectados online. Mais novidades no site do game.

Abaixo tem o trailer do projeto Wincars Racer:

Rivais em Batalha: game coloca os mascotes de Cruzeiro e Atlético para lutar

Nosso destaque do dia é o jogo indie Rivais em Batalha, um título criado pelo desenvolvedor Humberto Milanez. O game é um TPS (Tiro em Terceira Pessoa) que coloca um grupo de galos em confronto contra um grupo de raposas humanóides. Os combates são realizados entre você e outros 15 jogadores em disputas online.

Uma curiosidade: Humberto é estudante na UFMG e foi na rivalidade entre os times mineiros (Atlético e Cruzeiro) que surgiram os personagens centrais do jogo.  O objetivo do game é bem simples, tal qual a jogabilidade: mirar e destruir as forças inimigas. As batalhas são vencidas pelo time que tiver maior pontuação. Lembrando que a cada soldado inimigo derrotado, a pontuação do time vai subindo.

Os jogadores têm à disposição diferentes tipos de armamentos como rifles, pistolas, metralhadoras, entre outros. A intenção é que as batalhas ganhem um ar de estratégia ao invés de apenas mirar e atirar.

O game tem como grande foco as partidas online e na dinâmica de atacar e defender. O game está em fase beta e ainda precisa de alguns ajustes, mas o desenvolvedor espera que a comunidade possa ajudar a melhorar o título.

Abaixo tem o trailer do game Rivais em Batalha:

Ongame lança Mercury Red no Brasil. Vai encarar?

Mercury Red

O pessoal da Ongame acabou se lançar um novo FPS para o público brasileiro ávido por jogatina online. Trata-se de Mercury Red, um game gratuito para PCs que promete muita adrenalina e muitas horas de desafio aos jogadores.  O game terminou a fase beta fechado com mais de 10 mil usuários e vários feedbacks positivos.

O jogo é ambientado na cidade de Las Vallu que se torna palco de uma guerra entre gangsters e policiais. Cabe ao jogador entrar na pele de um novo imigrante que deve escolher entrar na facção policial para manter a lei e a ordem, ou ingressar no time dos gangsters a fim obter riqueza e liberdade.

“Trata-se de um novo conceito de FPS com personagens e modos do jogo únicos. Além disso, só em Mercury: Red o player tem acesso a um campo de treinamento aonde é possível praticar com as novas armas.”, explicou Felipe Consentino, Coordenador de Marketing da Ongame.

Como diferencial, Mercury Red contém personagens com skills variadas, ou seja, cada personagem tem suas próprias habilidades únicas que tornam-se trunfos durante os combates. No time dos gangsters, por exemplo, há um personagem chamado BigFoot que porta uma arma chamada Vulcan Automatic, ideal para causar grande destruição. Já o personagem Hawk é ideal para ser utilizado como sniper, graças ao seu rifle de longo alcance. Um dos destaques do game são seus gráficos cartunescos e bem fluídos.

Mercury Red em português

A Ongame preocupou-se em localizar o jogo para o português, e até mesmo os personagens receberam trabalho de dublagem. A dublagem do game, vale dizer, contou com nomes bastante expressivos como Mauro Castro, que já trabalhou no recente Max Payne; e Marcio Simão, conhecido como a voz Nick Fury dos Vingadores.

Mercury Red oferece variados modos de jogos como os clássicos deathmatch e os novos “Pegue a Grana”, Dominação e “Treta”, no melhor estilo brazuca. O título é gratuito e já está disponível. O download pode ser encontrado no site da Ongame. Abaixo bocê confere o vídeo do game:

UNO para Android ganha versão gratuita

Quem tem Android pode se divertir de graça com o jogo de cartas UNO, da Gameloft.

A versão gratuita, disponibilizada ontem, traz publicidade e deve aumentar consideravelmente a base de jogadores. Para quem se incomoda com anúncios e prefere pagar, a versão sem patrocínio do game continua disponível no Android Marketplace.

UNO pode ser jogado multiplayer via Wi-Fi, além de trazer um torneio com dificuldade crescente. Abaixo, confira um vídeo do game:

VP da Bethesda diz que forçar multiplayer em todos os games é perda de tempo

Hoje em dia, são poucos os jogos que não possuem recursos multiplayer. As empresas dirigem esforços e incluem a funcionalidade mesmo a títulos que a prioridade seja o modo individual. Mas, será que precisaria ser assim?

Para Pete Hines, vice-presidente de marketing da Bethesda Softworks, incluir um modo multiplayer a qualquer título é “perda de tempo”.

De acordo com o executivo, as pessoas perguntam porque não foi incluído um modo multiplayer em Skyrim ou Prey 2. “Bem, nossa questão sempre é oposta quando falamos com um desenvolvedor. Se você está fazendo multiplayer, porque está fazendo? O que quer conseguir com isso?”, comentou em entrevista ao site Next-Gen.

“Se você está fazendo isso apenas para riscar da listinha ou porque todas as outras distribuidoras dizem que você tem que ter multiplayer, então desencane, não se preocupe, é uma perda de tempo, uma distração gigantesca e tornará o produto final pior”.

Para Hines, o ideal é fazer o melhor jogo possível, mesmo que seja um título individual de 15 ou 20 horas.

O que você acha? Concorda ou cabe ao desenvolvedor atender a demanda e encontrar saídas inteligentes para modos multiplayer em todos os títulos?

Destrua inimigos com estratégia em UMAG Multiplayer

Muito provavelmente você conhece Worms, o jogo de estratégia em que, na pele de minhocas armadas, você precisa destruir a equipe adversária.

UMAG é um webgame multiplayer que segue uma mecânica parecida. Os cenários são simples, e a jogabilidade não tem mistério. Os turnos possuem tempo contadinho em 12 segundos, a mira e a potência do disparo são feitos no mouse.

Fique de olho, é cada um por si e você provavelmente encontrará muitos jogadores viciados em UMAG, prontos para te detonar.

Um webgame divertido, que merece ser jogado.

:: Jogue UMAG Multiplayer agora