Arquivo da tag: Mukutu

Alpha Beat Cancer – Game brasileiro para crianças com câncer é premiado no World Summit Awards

Que os games são ferramentas importantes até mesmo para a medicina, você já sabia, certo? Pois bem, a bola da vez é o Alpha Beat Cancer,   desenvolvido pela Mukutu em parceria com o Instituto Beaba, que acaba de ser premiado com o World Summit Awards na categoria global de Saúde e Bem Estar. O game ajuda crianças com câncer a entender melhor a doença.

Para quem não conhece, o WSA é uma importante premiação global que tem o intuito de selecionar e promover os melhores e mais inovadores conteúdos digitais do mundo, valorizando a relevância em relação ao contexto em que foi criado, bem como a contribuição a inclusão e acessibilidade digitais.

A equipe da Mukutu e do Instituto Beaba viajaram para o congresso da premiação, que aconteceu na cidade de Viena, na Áustria, entre 20 e 22 de março de 2018.

De acordo com os.desenvolvedores, a ideia do Alpha Beat Cancer é desmistificar o câncer para pacientes infantis. No jogo, a criança pode se divertir atendendo pacientes, higienizando objetos ou contendo hemorragias – entre outras missões distribuídas em 20 mini-games. Assim o jogador aprende os termos do mundo oncológico e se sente mais confiante para aderir ao tratamento. O jogo é totalmente grátis para o usuário, sem nenhum tipo de publicidade.

A competição global é resultado de seleções nacionais, envolvendo mais de 150 países, que em concursos locais, selecionam as melhores práticas e os melhores projetos em oito categorias. O WSA teve início em 2003, em Genebra, no âmbito da Cúpula das Nações Unidas sobre a Sociedade da Informação (WSIS – World Summit on the Information Society) e vem sendo realizado a cada dois anos, coordenado pelo Centro Internacional de Novas Mídias (ICNM – International Center for New Media), de Salzburg, Áustria. Por conta da premiação, o Instituto Beaba também ganhará uma aceleração mentorada pelo WSA.

“Entre a ideia e o reconhecimento que o Alpha Beat Cancer vem recebendo foram três anos. Agora milhares de pacientes da pediatria oncológica já baixaram o game, aprenderam mais sobre o câncer e estão mais engajados no tratamento”, comemora Ludmila Rossi, CMO do grupo Mkt Virtual.

Você pode baixar Alpha Beat Cancer para iOS ou Android aqui.

Puzzle independente convida jogador a ajudar macacos a coletar frutas coloridas para Leonardo da Vinci

fruitsntails

Hoje vamos falar do game Fruits‘n Tails da produtora indie Mukutu, selo de games fundado pela agência digital brasileira Mkt Virtual. O título foi lançado há algumas semanas para celulares e tablets e é um puzzle cujo jogador deve controlar os macacos Ticelli, Vince, Ludovico e Sanzio, coletando frutas coloridas.

Os babuínos transformam essas tintas em cores para o célebre pintor Leonardo da Vinci, que está em uma crise de inspiração. Conforme o jogador passa pelas fases, surgem novos personagens e recursos que tornam o jogo mais complexo. O design e a personalidade dos personagens faz diferença no gameplay. O macaco azul, por exemplo, é o mais esperto e alegre; já o cinza é mais sério e sisudo, sendo o mentor dos outros; o macaco vermelho é o mais desconfiado e está sempre atento a tudo; por fim tem o macaco amarelo que é um show à parte, sempre cheio de caras e bocas.

De acordo com o time de criação, o desenvolvimento de Fruits’n Tails levou mais de um ano, pois um dos desafios era criar algo novo no campo dos consoles portáteis. “É uma mecânica inovadora que se enquadra na categoria action puzzle, pois no game o usuário precisa ter raciocínio e agilidade além de trazer à tona a mecânica color match“, explica Danilo Costa, produtor e responsável pelo conceito do jogo.

O game Fruits’n Tails tem gráficos bastante coloridos e uma jogabilidade bem simples. É o tipo de game para divertir qualquer jogador. O game está disponível em versão paga e gratuita na App Store, no Google Play, na Amazon Apps e no BlackBerry World. Mais informações sobre o game podem ser obtidas através do site oficial.

Abaixo você confere o trailer do game: