Arquivo da tag: mobile

McLaren Shadow Project 2018 – Logitech e McLaren buscam o melhor gamer de corrida do mundo

Então você se considera um baita jogador de jogos de corrida? Pois é chegado o momento de mostrar seu valor! A Logitech, fabricante de acessórios para computador, uniu-se à equipe da McLaren para criar o megaevento de eSports McLaren Shadow Project, uma busca global pelo melhor jogador de games de corrida. Este é o segundo evento de eSports em que a equipe de Fórmula 1 participa e que possui alcance global.

De acordo com os organizadores do evento, esta competição acontecerá em várias plataformas, incluindo Xbox, PC, Mobile e VR, e vai colocar os entusiastas por corridas digitais para disputar em games distintos, como Forza Motorsport, Gran Turismo, Real Racing 3, iRacing e rFactor 2. O participante poderá escolher sua plataforma e jogo preferidos, o que torna o torneio ainda mais aberto.

O torneio McLaren Shadow Project será dividido em três etapas e contará com o apoio da linha Logitech G, que fornecerá todos os equipamentos para os competidores e tornará a experiência de e-racing ainda mais imersiva. A primeira etapa do campeonato começa em julho e as semifinais acontecem em novembro no McLaren Technology Centre, no Reino Unido.

As finais acontecem em janeiro de 2019 e o vencedor do ganhará uma vaga no novo time de eSports da McLaren, além de fazer parte do programa de desenvolvimento, que explora como os games podem trazer melhorias na própria equipe. O campeão ainda terá a chance de acompanhar as corridas e ganhará kits personalizados.

Esta é a segunda vez que Logitech e McLaren se juntam em busca de talentos no e-racing. No ano passado, o programa World’s Fastest Gamer reuniu competidores de 78 países, e o vencedor ganhou um emprego na McLaren. Você pode buscar mais informações do torneio no site oficial.

Baby Trump – Novo jogo da Icon Games usa bom humor para retratar protestos contra o presidente mais polêmico dos últimos tempos

O destaque do dia é o novo game da produtora brasileira Icon Games, o Baby Trump. Basicamente trata-se de um runner que coloca o jogador no comando de um grupo de manifestantes que carregam um balão com o rosto do presidente norte-americano Donald Trump em uma passeata até a cidade. O grupo tem um grande balão caracterizado como um bebê Trump, cabe ao jogador levar o balão até a cidade mais próxima para vencer o cenário.

Mas não pense que a tarefa será fácil: vários opositores russos Trump tentarão a todo custo furar o balão com facas. Cabe ao jogador tocar na tela para desviar das facas e armadilhas colocadas no ar. Os manifestantes pulam para tentar alcançar o balão, enquanto que outros saltam de para-quedas. Um único golpe irá furar o balão atrapalhando a passeata.

A mecânica de jogo é semelhante ao falecido Flappy Bird, ou seja, basta um toque na tela para fazer o balão subir mais alto. Quanto mais tempo você mantém o balão no céu, mais rápido a ação ocorre, tornando a dificuldade maior. Durante a passeata você deve coletar balões de dinheiro para os fundos de campanha da manifestação.
Baby Trump tem rankings para que você possa postar nas redes sociais e desafiar os amigos. A jogabilidade é simples e ideal para quem curte jogos casuais. Além disso, o jogo tem um estilo de arte minimalista, porém colorido, o que deve atrair jogadores mais jovens. O título é gratuito e está disponível na Google Play.

Sobre o Baby Trump:

O balão Baby Trump existe de verdade é geralmente é muito utilizado em protestos contra o presidente americano, como forma de ridicularizar sua política e forma de interagir com as pessoas. Muito relacionado às polêmicas, o presidente dos EUA costuma responder seus críticos pelo twitter, justificando o aparelho celular na mão do boneco inflável.

Jogo oficial Final Fantasy Awakening mobile chega ao Brasil em português

Essa é para os fãs de Final Fantasy que estavam esperando por novidades. A Square-Enix, em parceria com o estúdio Oasis Games, acaba de lançar o jogo Final Fantasy Awakening para Android e iOS. O game segue a premissa de outros jogos da própria franquia, sendo um RPG de ação 3D com o mesmo estilo visual, narrativa, e sistema de combate consagrados da popular franquia.

O título conta com batalhas em tempo real a fim de dar maior dinamismo aos combates. O jogador precisará pensar estrategicamente para saber os melhores momentos para usar as habilidades especiais dos personagens, que são os 14 guerreiros originais de Final Fantasy Type-0. Cada herói possui conjuntos de habilidades e características de combate únicas.

De acordo com a Square-Enix, a formação de guerreiros segue o esquema 1+2+2. Isso significa que o jogador terá um personagem principal, e poderá alterar dois personagens conforme os combates exigirem. Isso representa um elemento tático que deve ser levado em conta, dependendo de cada adversário.

Os gamers podem até invocar os Eidolons, os deuses da guerra, em combate. Eidolons, como Ifrit, Shiva, Odin e Bahamut, são criaturas colossais e extremamente poderosas, características da série Final Fantasy, que podem alterar o curso dos combates.

A fim de agarrar os jogadores brasileiros, a produtora vai garantir suporte em português, além de facilitar as formas de pagamento ingame através dos sistemas do BoaCompra e do PagSeguro. O título é gratuito para jogar, mas possui venda de itens na loja dentro do jogo.

Como não poderia deixar de ser, Final Fantasy Awakening ainda conta com cenas cinemáticas de alta qualidade, e com o elenco de dubladores japoneses originais de Final Fantasy Type-0. Incluindo Hanazawa Kana (Deuce), Kaji Yuuki (Ace), Nakamura Yuuichi (Trey), e vários outros seiyuus de destaque. Com isso, o jogo oferecerá a mais imersiva experiência para todos os jogadores.

O jogador poderá usar os 14 heróis Class Zero, diretamente do Final Fantasy Type-0 original, e mais alguns heróis inéditos. Alguns desses ‘Demônios Vermelhos’ incluem Ace, armado com um baralho de cartas; Deuce, conhecida como “A Voz da Cura”, que ataca os inimigos com a música de sua flauta; Rem, “Lâminas da Sombra”, que usa duas adagas para dilacerar os oponentes; e vários outros. Disponível para Android e iOS.

Abaixo tem um trailer de Final Fantasy Awakening:

Zumbi Olé – Futebol é a arma para combater zumbis em game de aluno da Fatec Carapicuíba

Ainda inspirados pelo clima de Copa do Mundo, hoje vamos falar de um game criado pelo aluno Raul Tabajara da Fatec de Carapicuíba. Trata-se de Zumbi Olé, um game de celular em que o jogador precisa driblar zumbis para somar pontos, salvar o mundo e se tornar um novo craque. O game é para dispositivos Android e já é bem conhecido do público brasileiro, de modo que já ultrapassou a marca de 33 mil downloads e está disponível gratuitamente.

O game gira em torno de Yara, uma menina que sonhava em ser jogadora de futebol, mas viu seu futuro ameaçado após um apocalipse zumbi dominar o planeta. Para sobreviver, ela resolve encarar a batalha e sair driblando os mortos-vivos, tomando cuidado para não ser capturada e devorada por eles.

A grande diferença do Zumbi Olé para tantos outros jogos é sua proposta inusitada ao misturar dois temas tão diferentes como futebol e apocalipse zumbi. Como se não bastasse, o game não tem nada de violência. Tudo aqui está envolto na habilidade e talento esportivo de Yara. O jogo foi uma das atrações do Big Festival, um dos principais eventos de games independentes do Brasil, e se classificou entre as 15 melhores produções nacionais do gênero em 2017.

A Copa do Mundo também contribuiu para aumentar o interesse dos usuários pelo aplicativo, mas o destaque tem sido a ótima aceitação do público feminino. De acordo com Raul Tabajara, colocar uma garota como protagonista foi proposital e serviu para quebrar paradigmas, dando representatividade às mulheres no esporte mais amado do país.

Para desenvolver o Zumbi Olé, o desenvolvedor contou com a parceria de amigos e do professor Alvaro Gabriele Rodrigues. Ele conta que a ideia surgiu assistindo ao seriado de zumbis Walking Dead. “Os monstros são muito lentos. Não precisa de armas para derrotá-los, basta pular para o lado e gritar: olé”, explica. “Poderia criar um jogo com essa concepção e colocar uma bola nos pés da personagem, fazendo uma alusão ao esporte mais popular do Brasil”.

Segundo o estudante, que também lançou recentemente o jogo Masmorra da Tortura, o próximo passo será uma nova versão do Zumbi Olé para computador com novos recursos, como loja virtual para compra de chuteiras mais potentes e uniformes de clubes e seleções. O game está disponível gratuitamente na Google Play.

Abaixo tem o trailer de Zumbi Olé:

Conheça o Fast 4 Foods, primeiro game mobile da produtora indie Night Lab

O destaque para iniciar a semana é o primeiro game desenvolvido pelo estúdio Night Lab, uma empresa indie do Brasil que é dedicada em jogos eletrônicos e HQs. O título em questão chama-se Fast 4 Foods e é exclusivo para Android, onde o jogador deve ajudar os pobres animais da fazenda a escapar de um terrível cozinheiro.

Basicamente você deve ajudar o animal a fugir antes que ele vire comida. Desenvolvido na plataforma Unity, o Fast 4 Foods te coloca numa corrida desenfreada onde o jogador deve tocar na tela para desviar de obstáculos como outros animais da fazenda. Fast 4 Foods é do gênero infinite runner e conta com um tom de humor bem sacado para divertir os jogadores. Se você for pego, por exemplo, o porquinho vira bacon.

Tal como ocorre em jogos do gênero infinite runner, a dificuldade é gradativa, de modo que a cada obstáculo a velocidade aumenta até chegar um nível de dificuldade extrema. O desafio mesmo é conquistar a melhor pontuação possível e desafiar os amigos para ver quem consegue o melhor score.

Sobre os aspectos técnicos: Fast 4 Foods tem um gráfico mais cartoon, colorido e divertido que vai agradar os jogadores mais jovens. A trilha sonora também é bem frenética para combinar com o estilo de jogo. A jogabilidade é bem simple: um toque na tela faz o personagem pular. É tudo bem intuitivo para agregar jogadores de todas as idades. O jogo está disponível gratuitamente no Google Play.

Abaixo tem um trailer de Fast 4 Foods:

WB Games lança Westworld para iOS e Android

A dica é para quem é fã da série Westworld da HBO: a Warner Bros. lançou há poucos dias o jogo mobile Westworld, que é totalmente inspirado no popular seriado, na App Store e no Google Play. O título é produzido pela WB Games San Francisco em colaboração com a Kilter Films, criadores da série. O game convida os jogadores para o universo sedutor do parque Westworld para assumirem o papel de um funcionário recém-contratado da Delos.

A narrativa do jogo foi desenvolvida pelos próprios escritores da série e apresenta personagens icônicos, como Bernard, Delores, Maeve e muitos outros. Os jogadores controlam todos os aspectos das operações do parque Westworld, incluindo a manufatura, o gerenciamento e a atualização dos “Anfitriões” baseados em IA que satisfazem uma ampla gama de desejos dos Visitantes. O jogo abrange a primeira temporada da série e contará com conteúdo adicional da esperada segunda temporada – após o seu término na programação, para evitar qualquer spoiler.

“Estamos empolgados para que os jogadores experimentem o que é gerenciar um parque temático complexo alimentado por desejos humanos e vida artificial”, disse Jonathan Knight, vice-presidente da Studio Head na WB Games San Francisco. “O game apresenta uma narrativa convincente e uma jogabilidade multi-camadas, permanecendo altamente acessível e intuitivo para jogar”.

Além da história de Westworld, o jogo proporciona uma combinação entre construção e gerenciamento do parque e desenvolvimento de personagens, como um RPG (roleplaying game). Assim como na trama televisiva, as coisas nem sempre acontecem como planejado. Os “anfitriões” podem ser mortos por Visitantes que estão insatisfeitos com seu nível de serviço, e quanto mais tempo eles forem usados, mais falharão. No entanto, as falhas podem ser amenizadas colocando-os no modo de Análise Crítica.

A WB Games informa que Westworld foi pensado para agradar os fãs da franquia, contando com o tom de humor particular da série, além de gráficos estilizados. A intenção é colocar os jogadores em sintonia com a série e que eles se sintam como se estivessem no infame parque. O título já está disponível para iOS e Android.

Abaixo tem o trailer de Westworld mobile:

 

Sociedade Nagô – Revolta dos Malês vira tema de game para Windows e Android

Hoje vamos falar do game brasileiro Sociedade Nagô, criado pelo estúdio indie Strike Games. O título foi lançado há poucos dias e reconta a sangrenta Revolta dos Malês, um levante de escravos ocorrido na cidade de Salvador, Bahia, em 25 de janeiro de 1835. O game é para PCs e dispositivos mobile e alterna entre o jogo virtual e tarefas no mundo real. Basicamente trata-se de um apanhado de mini games recheados de mistério, desafios e tarefas que envolvem emitir opiniões, ilustrar e escrever textos.

O foco de Sociedade Nagô é trazer o conteúdo histórico da Revolta de forma mais aprofundada com um suporte pedagógico, juntamente com o fator lúdico. Este é mais um game com um pano de fundo histórico extremamente importante na história do Brasil. O game segue o estilo de Point & Click, de modo que pode ser apreciado por todos os tipos de jogadores.

Há muitas influências de graphic novels ao longo da jogatina, de modo que os personagens apresentados sempre procuram o jogador para contar informações históricas e que ajudam no desenrolar da trama. Vale dizer também que o título faz a alusão à sociedade secreta fictícia do jogo formada pela maioria de libertos africanos da etnia Nagô.

Sociedade Nagô demorou cinco meses de produção e foi financiado pela Secretaria do Audiovisual do Ministério  da Cultura, por meio do edital App pra cultura 2017. O projeto também conta com parceria da Strike Games e Labrasoft (grupo de pesquisa do IFBA).

Sociedade Nagô – O Início é idealizado pelo game designer Alexandre Santos, é financiado pela Secretaria do Audiovisual do Ministério da Cultura, por meio do edital App pra cultura 2017. O projeto foi desenvolvido pela Strike Games em parceria com a Labrasoft (grupo de pesquisa do IFBA). O lançamento oficial ocorreu no último dia 16 de junho no Shopping Bela Vista e contou com a participação do Grupo Afro Malê DeBalê.

Sobre a Revolta dos Malês

Para quem não sabe, em 1835, na noite de 24 para 25 de janeiro um grupo de negros africanos e brasileiros islamizados  se rebelou contra a elite senhorial, com o objetivo de alcançar a liberdade e implantar um califado com seus costumes e tradições em Salvador. Esta luta ficou conhecida como Revolta dos Malês. O levante foi motivado pela intolerância religiosa, política e cultural. A situação inflamou-se dos dois lados e culminou na morte de 70 escravos revoltosos e 7 soldados. Também foram feitos 200 presos, que foram julgados e condenados a penas variadas, como açoites, morte ou envio de volta à África.

Você pode baixar o game gratuitamente na Google Play ou acessar o game através do itch.io para Windows.

Abaixo tem um trailer de Sociedade Nagô – O Início:

Copa do Mundo da Rússia – Conheça seis jogos gratuitos para Android que vão te deixar no clima para torcer pelo Brasil

O clima de futebol já está por toda a parte! Milhões de brasileiros vestiram a amarelinha para torcer por nossos campeões na Rússia. Hoje vamos listar seis jogos gratuitos para dispositivos mobile para quem quer entrar no clima da Copa e desafiar os amigos em partidas arrasadoras.

Cada um dos jogos listados são de gêneros diferentes e possuem objetivos distintos, de modo que você não vai ver uma lista com oito simuladores ou dois jogos parecidos. Os jogos aqui foram escolhidos devido à sua qualidade e fator diversão. Vale dizer que quase todos os games aqui são bastante casuais e gratuitos.

 

Zezin na Copa da Rússia

O jogo que abre nossa lista é Zezin na Copa da Russia, do estúdio indie brasileiro ChackPoint. O título, que já foi tema aqui no GameReporter, coloca o jogador no controle de Zezin, um garoto aficionado por futebol. Você deve ajudar o garoto a fazer o maior número de embaixadinhas possível.

A jogabilidade é bem simples e divertida e o sistema de ranking é ideal para desafiar seus amigos por aí. O grande macete mesmo é que o título faz uso da realidade aumentada, de modo que você pode levar Zezin para fazer embaixadas em qualquer ambiente da sua casa ou do seu trabalho. Baixe Zezin na Copa da Russia aqui.

 

Top Eleven

Este aqui é para quem acha que o trabalho de técnico de futebol é moleza. Top Eleven é produzido pelo estúdio indie Nordeus e o objetivo aqui é dirigir seu próprio time de futebol, criando estratégias, escalando os melhores jogadores, assinando contratos de patrocínio e administrando treinos para melhorar suas chances de vitória.

O game tem um foco bem centrado na comunidade online, de modo que você pode desafiar outros times ao redor do mundo. De acordo com a desenvolvedora, há mais de 170 milhões de jogadores em todo o mundo, alguns dos quais já se dedicaram ao título por oito anos. Chegar ao posto de melhor técnico do mundo e vencer a Copa do Mundo não será tarefa fácil. O download é gratuito.

 

Finger Soccer Coins

Você se lembra do clássico Futebol de Botão? Pois então, a Free Mobile Sport Games reviveu a diversão da garotada para os celulares. A jogabilidade é bem fácil: basta apontar a direção da jogada e tentar acertar a bola no gol. E sim, fazer isso é extremamente viciante.

Figer Soccer Coins possui diversos torneios e é possível bolar estratégias para derrotar os adversários. A Free Mobile Sport, desenvolvedora do jogo, ainda incluiu desafios diversos para manter os jogadores entretidos. Este game é ideal para quem quer reviver a infância. Acesse o jogo através do Google Play.

 

Futebol FIFA: FIFA World Cup

Como falar de futebol digital sem mencionar a franquia nº 1 do gênero? A versão mobile não pode ser equiparada às versões de consoles e PC, porém a Electronic Arts fez um serviço de respeit para manter os fãs de simuladores de futebol entretidos. Este aqui é o título mais complexo e trabalhado da lista, mas afinal este é o único game inteiramente licenciado para a Copa.

Em comemoração ao Mundial da Rússia, a EA adicionou mapas e modos únicos, além de disponibilizar todas as 32 nações classificadas. Além de tentar ganhar o caneco, os jogadores ainda tem um modo que permite fazer previsões dos resultados das partidas reais da FIFA World Cup. Quem acertar pode até ganhar recompensas. Acesse o FIFA World Cup aqui.

 

Head Soccer Russia

Este game é do estúdio espanhol Genera Games e chama as atenções por seu estilo caricato e jogabilidade simples, porém divertida. As partidas lembram o clássico “Gol a Gol”, ou seja, apenas um jogador defendendo sua seleção para cada lado. Ganha quem fizer mais gols até o fim da partida (obviamente).

Cada jogador possui habilidades e jogadas especias para derrotar os adversários e as partidas costumam ser bem rápidas. Head Soccer Russia possui quatro modos de jogo para tornar a jogatina ainda melhor. Demora um tempo até pegar o jeito, mas quando você aprende a jogar, acaba se viciando. Download gratuito aqui.

 

World Cup Penalty 2018

Este é o jogo para quem curte fortes emoções! Esqueça as táticas e sistemas elaborados, tudo aqui se resume a bater pênaltis e derrotar as seleções adversárias. A jogabilidade é simples: barras indicam a posição e força do chute, enquanto que na hora de defender basta tocar no canto escolhido. Vencer não é fácil, mas traz a emoção característica das decisões por penais. Todas as 32 seleções que estão na Russia estão representadas neste game.  Você pode fazer o download aqui.

PROACOINS – Game similar ao Pokémon Go permite aos jovens de SP trocarem pontuação por curso de inglês

Inspirado pelo sucesso de Pokémon GO, o Teatro Municipal de São Paulo aproveitou a apresentação de Marcelo Tas para lançar o game PROACOINS, um game de realidade aumentada que tem como objetivo cumprir provas na cidade de São Paulo em locais culturais e educacionais. Os jogadores podem visitar até 3500 lugares da cidade a fim de resolver missões específicas e interagir com outros jogadores. O macete é a possibilidade de ganhar até cursos de inglês no Minds English School.

Conforme o jovem vai cumprindo as atividades mais consegue aprimorar o seu avatar. A iniciativa foi feita pelo Instituto PROA que ajuda mais de 600 jovens anualmente e este ano completou 10 anos de existência. Para o planejamento do game e a criação das 10 mil tarefas disponíveis nele, o PROA contou com a parceria da Prefeitura de São Paulo, Secretaria de Cultura, e a desenvolvedora de tecnologia Oracle.

O grande ganho do PROACOINS, além desses jogadores aprenderem mais sobre a própria cidade e evoluírem como cidadãos, é que os estudantes de escolas públicas poderão trocar os seus pontos (moedas virtuais) por vários benefícios educacionais. Entre eles: bolsas em universidades, intercâmbio, ingressos para cinema, e bolsas na Minds English School.

“Apoiamos este game do PROA porque acreditamos que esses jovens podem se desenvolver na carreira e na vida aprendendo um segundo idioma. Só em São Paulo temos 9 escolas da Minds. Ou seja, o estudante que usar o APP e cumprir os pontos necessários, pode trocar por bolsas de estudo da Minds na unidade que for mais próxima”, evidencia Leiza Oliveira, CEO da Minds Idiomas.

O APP, PROACOINS, foi oficializado nesse último sábado, dia 19, como o aplicativo oficial da Virada Cultural. O evento teve recorde de público e através do game, o jogador recebia missões nos palcos, nas atrações que aconteceram nesse último final de semana.
Para saber mais, acesse o site oficial do game.

Torne-se uma lenda dos e-Sports no jogo mobile League of Gamers, jogo gratuito para Android

Já imaginou se tornar um astro dos e-Sports disputando partidas e torneios mundo a fora? Esta é a premissa de League of Gamers, jogo mobile da produtora brasileira Tapps Games. Seu objetivo é se tornar um jogador famoso em todo o mundo. Para isso, você deve vencer pequenos torneios, formar times e aprimorar seus equipamentos de jogos como teclados e mouses.

A jogabilidade é baseada no sistema de tap, ou seja, você deve dar toques no touch do celular para derrotar os inimigos que surgem na tela e aumentar sua experiência e dinheiro. Conforme você melhora os status do seu personagem, mais famoso é rico ele fica.

Não importa se seu tipo de jogo preferido é FPS, MOBA, Estratégia, ou Esporte – para conseguir chegar ao topo, você precisa mostrar esforço e habilidade de um verdadeiro gamer. Parece que o time da Tapps Games quis transformar League of Gaming em uma analogia bem fiel ao que os grandes astros reais do e-Sports enfrentam desde o início da carreira até o estrelato.
League of Gamers é gratuito e já está disponível para download através do Google Play.

Tal como outros jogos do gênero, ele é bem divertido e viciante. Os gráficos são no estilo Cartoon e esbanjam cor e bom humor. Até frases típicas do cenário são usadas nos diálogos do game.

Abaixo tem o trailer de League of Gamers: