Arquivo da tag: minas gerais

“Bem Pensado!” – Evento em BH debate indústria de games em clima descontraído

Bem Pensado

Cerveja, comida mineira e videogames! Este é o clima que os jogadores de Belo Horizonte poderão encontrar no evento “Bem Pensado”, que ocorre às 20h00 do dia 08 de outubro (hoje!). Basicamente o evento é um encontro para debater a indústria de games, os caminhos do conhecido Gamification e o cenário de desenvolvimento em BH.

O Bem Pensado – Games Edition é fruto da parceria entre o restaurante Venda Velha e a equipe da Penser Desenvolvimento Estratégico com cooperação da Angra Games e terá mediação de Marcelo Nery, coordenador do Curso de Jogos Digitais da PUC-MG. Os organizadores esperam discutir a indústria de forma inteligente e promover a integração entre os participantes, ou seja, fazer do evento uma boa oportunidade de unir a indústria local, buscando soluções para desafios encontrados no cotidiano.

“A parceria com a Angra para este evento vem casar praticidade e necessidade. Vamos trocar experiências, abrir mercado e criar excelentes oportunidades para todos os participantes. Sabemos da força do cenário de games e temos certeza que o evento será muito proveitoso”, disse Daniel Santos, um dos idealizadores do evento.

Descrito com o conceito de Open Bar, Open Food e Open Mind, o evento foi idealizado justamente para reunir interessados em debater e fazer negócios, economia, empreendedorismo, marketing, etc. Entretanto a comida e a cerveja são justamente para quebrar o clima pessoal. A idéia PE que os participantes encontrem um clima de descontração e fortalecimento de rede de contatos. Deste modo, esqueça o perfil de aula ou palestra, mas sim de conversa e debate.

“É muito importante unirmos pessoas que querem estar à frente, debater e fazer crescer determinadores setores. Nada melhor do que criar essa condição num ambiente leve, sem as formalidades das instituições maçantes”, diz Fernando Pacheco.

Serviço – Bem Pensado – 3ª edição
Quando – Dia 8 de outubro, 20h.
Onde – Restaurante Venda Velha (R. Vila Rica, 812 – Padre Eustáquio. Belo Horizonte – MG)
Contato – 31 8705-2754 / 8403-5634 e facebook.com/BemPensado

Inscrições: http://goo.gl/2Enlhp

Quanto: R$ 40 (Incluso cerveja, água, refrigerante, comida de boteco e prato especial)

IndieReporter: conheça a mineira O2 Games e suas criações

No post de ontem apresentamos Daniel Coquieri, técnico em Processamento de Dados que começou sua carreira de programador aos 15 anos e aos 21 passou à gestão de seu próprio estúdio.

A O2 Games foi fundada em dezembro de 2005, em Belo Horizonte, Minas Gerais, e nesses seis anos publicou dois jogos de esporte, o GameGol e o Golaço – Esporte Interativo, ambos para serem jogados a partir de navegadores.

Hoje, a O2 conta com 13 funcionários em seu quadro, sendo 7 desenvolvedores (AS, PHP, .NET, NoSQL etc), 2 artistas responsáveis por todos os gráficos, 2 game masters (que gerenciam as comunidades dos games), 1 DBA e 1 funcionário de infra. A equipe é gerida por Daniel, no cargo de CEO, e seu sócio Bernardo Bethonico, responsável pela administração e gestão financeira.

O próximo game da O2 Games, previsto para abril e maio, ainda é secreto. Mas Daniel revelou para nós que será um título esportivo para a rede social Facebook, voltado para o público masculino.

Enquanto ele não chega, recomendamos que você confira a qualidade dos dois primeiros games do estúdio. No próximo post, resenharemos o game Golaço, e contaremos um pouco de seu desenvolvimento.

Vagas para trabalhar com games em Viçosa, Minas Gerais

A Jungle Digital Games, de Viçosa (MG), entrou em contato com o GameReporter e disse que está procurando cinco profissionais para integrar seu quadro de funcionários.

São duas vagas para analistas programadores, que precisam estar capacitados para criar jogos digitais, animações e vídeos. Estes profissionais precisam ter curso em jogos digitais, ciências da computação ou graduação equivalente.

É preciso também experiência em C#, inglês técnico básico e facilidade de trabalhar em equipe. Experiência em Unity 3D, Blender, After Effects ou similares é diferencial.

Ainda está estudando? A Jungle procura também um estagiário em programação, cursando ciências da computação ou áreas afins. É preciso ter inglês técnico básico, conhecimento em PHP, JavaScript e CSS. Se conhecer Flash sai na frente.

O estúdio procura um desenhista para criar conceitos artísticos, materiais gráficos da empresa e criação de cenários e personagens. Os requisitos incluem conhecimento em Photoshop e Illustrator (ou softwares similares), experiência em digitalização de imagens e saber desenhar a mão. São desejados conhecimentos em Flash, 3D Studio Max e experiência em animação de personagens 3D.

Por fim, além das vagas já citadas, a Jungle contratará um pedagogo capaz de desenvolver atividades e conteúdos para os jogos da empresa, acompanhando a execução de projetos educacionais.

O candidato deverá ter mestrado em educação, psicologia educacional e facilidade de trabalhar em equipe.

Se interessou por alguma das vagas? Para se candidatar, envie seu currículo para o email curriculos@jungledigitalgames.com.br.