Arquivo da tag: metroidvania

Necrosphere é o jogo da Cat Nigiri para quem busca desafio e não tem medo de perder vidas

Está aí procurando um jogo desafiador e cheio de personalidade? Sua busca termina aqui! Nosso destaque do dia é o jogo Necrosphere, da produtora indie brasileira Cat Nigiri. Aqui temos uma aventura ao estilo metroidvania cuja dificuldade é bastante elevada e vai fazer o jogador perder muitas vidas. O título esteve presente em diversos eventos de games e conquistou bastante espaço e atenção dos jogadores Brasil afora.

O protagonista de Necrosphere é o jovem Terry Cooper, um agente secreto que acaba indo para o mundo pós-vida e deseja voltar desesperadamente para o mundo dos vivos. Para isso, ele deve passar por centenas de obstáculos e armadilhas mortais. Necresphere é basicamente o lugar para onde vão as almas dos que morreram, tantos os bons como os maus.

Neste plano astral não há outras pessoas, ou seja, cada indivíduo é condenado a passar por seu próprio inferno. Não há nada a se fazer aqui, apenas esperar por toda a eternidade. Contudo existe uma maneira de sair deste ambiente inóspito, mas para tanto é necessário passar por diferentes obstáculos e alcançar uma portal capaz de te levar de volta à normalsphere, o mundo dos vivos.

A jogabilidade é bem simplista: apenas dois botões de ação. Apesar da alta dificuldade do game (lembra bastante o Super Meat Boy), Necrosphere tem uma curva de aprendizado rápida, de modo que os jogadores irão dominar os desafios facilmente. Já até rolam desafios speed run entre a comunidade de jogadores. Se você curte um desafio, este jogo é bastante indicado. De acordo com os produtores, o game tem cerca de 2,5 horas de gameplay.

Necrosphere já está disponível para PCs através da Steam. Há planos de levar o jogo para outras plataformas no futuro. Ah, se você ainda tem dúvidas quanto a qualidade do título, saiba que ele é nada menos que o grande vencedor da SBGames Curitiba 2017 nas categorias Júri Popular e Melhor Jogo.

Abaixo tem o trailer de Necrosphere:

The Crown Stones: Mirrah – jogo indie coloca o jogador para explorar o mundo espiritual

Hoje nosso destaque é todo especial para quem curte jogos old school, mas não deixa de apreciar novidades. A Frater Studios está com um projeto bem interessante no Catarse chamado “The Crown Stones : Mirrah“, um game com cara de 16 bits que mistura os gêneros aventura, RPG e Horror e que tem como característica mais marcante a dificuldade e a atmosfera densa.

Aqui temos um metroidvania bem ambicioso que não esconde suas influências de Castlevania, Demon’s Crest e Blackthorne, mas que não tem medo de usar mecânicas mais atuais, lembrando a franquia Dark Souls por sua dificuldade absurda e o ambiente de total escuridão. Espere bastante dificuldade e momentos em que o raciocínio é mais importante que a ação.

O ambiente denso é desesperador e é com um encontrar seres de uma realidade deturpada. De acordo com os desenvolvedores, uma das maiores inspirações foi o livro de RPG brasileiro “Spiritum: O Reino dos Mortos“. Pessoas que já possuem conhecimentos de espiritismo notarão facilmente as referências, enquanto que quem não conhece nada da crença irão descobrir um mundo totalmente novo.

A trama de The Crown Stones : Mirrah conta a aventura de Rivail Kuth, um membro da Ordem Nephalin (filhos de anjos), que deve adentrar as profundezas do Reino espiritual a fim de resgatar um dos membros da Ordem que fora aprisionado temos atrás. O problema é que o resgate não deve ser nenhum pouco fácil, pois o Umbral é permeado pelos piores espíritos que já passaram pela Terra. Para completar, assim que Rivail entra no mundo espiritual ele perde suas memórias.

Para auxiliar a missão de Rivail, há várias habilidades especiais e um sistema de esquiva bastante útil durante os combates. É possível também passar muitas áreas evitando o confronto graças a mecânica aprimorada de stealth. Já para quem quer bancar o bruto, os desenvolvedores bolaram uma mecânica chamada Rage que nada mais é que uma Barra que sobe pontos à medida que os inimigos são derrotados. Quando a barra está cheia você pode liberar uma habilidade especial através do chakra. São vários ataques especiais que tornam o game mais divertido.

The Crown Stones : Mirrah está com sinal Verde do Greenlight na Steam e versões para as plataformas Xbox One e PS4 estão nos planos do estúdio. A intenção atual é aumentar a popularidade e conquistar mais fãs. A campanha de financiamento, aliás, está aberta no Catarse e pelo entusiasmo da equipe da Frater têm tudo para ser bem sucedida.

Abaixo você confere o trailer de The Crown Stones : Mirrah:

Estúdio Tom Atum lança beta de Greedy Guns, uma aventura metroidvania

Faz pouco tempo que a equipe da desenvolvedora indie Tio Atum lançou a versão beta de seu primeiro game para PC, o Greedy Guns, um shooter metroidvania com foca em multiplayer e ação insana. O game ainda não foi lançado oficialmente, mas ele já recebeu aprovação no Steam Greenlight. De acordo com a produtora, o game será lançado ainda este ano para PC, Mac e Linux.

Greedy Guns suporá até dois jogadores simultâneos e os tiroteios são intensos, assim como a correria desenfreada, de modo que o game lembra bastante o clássico Metal Slug. De fato, parece que o jogo é uma ode aos jogos dos anos 90. Basicamente, o jogador controla um mercenário que é contratado pela empresa HOLOCORP para invadi um mundo alienígena em troca de dinheiro, muito dinheiro. Com o trabalho de liderar a invasão humana a um planeta alienígena, cabe também ao jogador destruir toda a forma de vida hostil que encontrar.

O jogo apresenta gráficos bastante coloridos e cativam bastante o jogador ao longo dos vários níveis disponíveis. Além disso, Greedy Guns conta com muitas habilidades especiais para o jogador desbloquear. Trata-se de um legítimo old school de ação! Conforme dissemos, a versão beta foi lançada e pode ser baixada gratuitamente no site da produtora.

Abaixo está o trailer do game Greedy Guns: