Arquivo da tag: LoL

Big Gods inaugura nova Gaming House em São Paulo

A Big Gods, uma das principais organizações do eSport brasileiro está em fase de expansão e para mostrar que daqui em diante será uma equipe mais competitiva, foi anunciado que haverão investimentos em novas equipes. Neste ano. Além de manter um time em League of Legends, a equipe anunciou lineups com novos jogadores em mais três jogos que fazem parte do circuito mundial de eSports, sendo eles: Counter Strike, Hearthstone, Heroes of the Storm e Street Fighter V.

O objetivo da Big Gods é obter sucesso também nestes jogos, tal como foi obtido em LoL (atualmente a Big Gods ostenta o primeiro lugar no Circuito Desafiante). Para que isso ocorra, a equipe replicará a f´romula de sucesso nos demais jogos e até irá adotar um “CT” oficial: as cinco equipes passam a morar juntas na nova Gaming House da organização, localizada no Que Tal Hostel, em São Paulo.

“Investir nestes jogadores é mais um passo que a Big Gods dá para carimbar seu nome na história do eSport nacional”, disse Danilo Salgueiro, gerente geral da Big Gods. “Temos a certeza que com este investimento e com o crescimento da modalidade, nossos jogadores têm tudo para conquistar títulos em 2016. Depois de pesquisarmos o local ideal para ser a casa para nossos atletas, decidimos transformar o Que Tal Hostel em nossa Gaming House, que acabou sendo apelidada de ‘Olimpo’ pela organização”, completa.

Como se não bastasse, a Big Gods também estará de cara nova. De acordo com a organização, o uniforme será totalmente remodelado para o início da temporada, mas sem abandonar as cores rubro-negras que já caracterizaram um dos times profissionais de eSports mais competitivos da atualidade.

Abaixo está a nova Lineup da Big Gods para 2016

League of Legends
Felipe “Ranger” Brombilla – Topo
Leonardo “Leozuxo” Camícia – Caçador
Rafael “Rakin” Knittel – Meio
Lucas “Luskka” Rentechen – Atirador
Ygor “RedBert” Freitas – Suporte

Heroes of the Storm
Murillo “Murizzz” Tuchtenhagen – Flex
Juan “Jschritte” Passos – Flex
Matheus “Typhex” Santos – Tank/Flex
Esteban “DEUS” Aspera – Assassin
Rodrigo “Vieira” Lopes – Support

Counter-Strike
Alef ”tatazin” Pereira
Gabriel “gaabxx” Carli
Denner “KHTEX” Barchfield
Gabriel “BIEL THE MAGICIAN” Romais
Lucas “skip” Santiago

Street Fighter V
Daniel “Cabeça”

HearthStone
Leo “Leomane” Almeida
Yan “Vinny” Schuawb

XLG é a nova organizadora do Circuito Desafiante de LoL

Notícias interessantes para quem é fã de League of Legends: a Xtreme League (XLG) fechou uma parceria com a Riot, de modo que a XLG será a nova organizadora do circuito o principal torneio de acesso ao Campeonato Brasileiro de LoL (o CBLoL). Com a parceria, espera-se que a organização do Circuito Desafiante de League of Legends seja melhor e mais organizado.

Para quem não conhece, a XLG é uma liga de e-Sports organizada pelo BoaCompra, uma empresa ligada ao UOL. Outra novidade interessante é que a transmissão do torneio será feita com exclusividade pela Azubu, rede de entretenimento especializada em esportes eletrônicos. De acordo com a XLG, o Circuito Desafiante terá início no próximo dia 18 de janeiro e contará com seis times: 2Kill Gaming, Big Gods, Brave E-Sports, Estúdio XP, Keyd Warriors e Robot E-Sports, disputando um total de R$ 40.000,00 (quarenta mil reais) em dinheiro.

Os primeiros confrontos já foram definidos. O Circuito de LoL será dividido em dois splits, disputados no formato de pontos corridos. A primeira semana será marcada pelos seguintes confrontos:

 

– Segunda-feira (18/01) às 21:00:

– 2kill vs Big Gods

 

– Terça-feira (19/01) às 19:30:

– Estúdio XP vs Brave e-Sports

– Keyd Warriors vs Robot

 

O calendário completo do Circuito Desafiante de LoL está disponível no site da XLG. A transmissão ao vivo dos jogos será feita exclusivamente pela Azubu, no canal da XLG.

Abaixo tem o trailer de LoL:

 

 

Riot Games abre 20 vagas para São Paulo

A Riot Games, produtora por trás do sucesso League of Legends, anunciou a abertura de 20 vagas para seu escritório em São Paulo. As vagas são para especialistas em artes, business intelligence, desenvolvimento web, produção de vídeos, suporte ao jogador, tecnologia da  informação (TI), entre outros. Tais vagas são parte do plano de expansão da Riot na América Latina.

“Estamos em busca de profissionais que sejam apaixonados por jogos em geral e que possuam uma grande bagagem no mercado de trabalho” afirma Roberto Iervolino, Gerente Geral da Riot Games. “Nosso escritório já possui 63 funcionários inovadores, comprometidos com o objetivo de oferecer a melhor experiência a nossos jogadores”, completa.

A Riot Games oferece vários benefícios aos seus funcionários, tais como uma bolsa anual para jogos, de modo que o funcionário pode se especializar ainda mais no ramo da empresa. Em um ranking da revista Fortune, a Riot Games foi eleita a 13º melhor empresa para se trabalhar. Se você é profissional da área de jogos eletrônicos e está em busca de uma oportunidade em uma grande empresa, aí está a chance!

Como participar do processo seletivo da Riot Games

Para participar do processo seletivo, basta entrar no site da Riot e selecionar a cidade de São Paulo, selecionar a vaga de interesse e anexar uma carta de apresentação juntamente com o currículo. De acordo com a Riot Games, todas as vagas exigem o idioma inglês (entre nível avançado e fluente). Após análise de currículos, a empresa entrará em contato para agendar entrevistas.

Sana 2015 terá campeonatos de games e espaço dedicado aos jogos brasileiros

O tradicional evento Sana 2015 está mais do que confirmado e vai ocorrer entre os dias 17 e 19 de julho, no Centro de Eventos do Ceará, em Fortaleza. Como todos sabe, este evento consolidou-se como o maior espetáculo de cultura pop e oriental do Nordeste, inclusive rivalizando as atenções com alguns grandes eventos do gênero que ocorrem no Sudeste. O grande destaque é que, além de quadrinhos, mangás e concurso cosplay, o evento também contará com campeonatos de games e uma área especial dedicada a jogos produzidos no Brasil.

O espaço chamado Arena Sana Games permitirá que os visitantes acompanhem a grande final do Campeonato Brasileiro de Point Blank (CBPB), um dos jogos de FPS mais populares da atualidade para PC. Durante o torneio, vários times de jogadores profissionais disputarão um prêmio de R$ 15 mil em dinheiro. Além deste torneio, haverá um estande para promover CrossFire 2.0, o famoso FPS da SmileGate. O intuito é apresentar aos jogadores as melhorias gráficas e técnicas da nova versão.

Vale destacar que outros games também marcarão presença no evento, de modo que os visitantes podem se divertir durante muitas horas. Entre os jogos que estarão no Sana, estão League of Legends, DotA 2 e Just Dance, entre outros. O grande destaque é o espaço para os desenvolvedores brasileiros de jogos, onde os visitantes podem conhecer produtos criados em nosso país. Um dos games nacionais no espaço é o Full Metal Wars, desenvolvido pela Prosperity Games, sediada em Campina Grande, Paraíba.

Os ingressos para o Sana já estão à venda e podem ser adquiridos no site do evento ou nos postos de venda oficiais. Quem comprar o Combo, que dá direito aos três dias de evento, concorrer ao sorteio de um Playstation 4.

Sana 2015

Quando: 17, 18 e 19 de julho, das 10 às 20h
Onde: Centro de Eventos do Ceará – Av. Washington Soares 999 – Fortaleza
Quanto: Ingressos Individuais de R$25 a R$ 80 (2º Lote) ou R$ 65,00 o Combo para os 3 dias

Mais informações: http://www.portalsana.com.br/ingressos

Curitiba sedia evento Mega Gamer UTFPR em agosto

Atenção jogadores de Curitiba, Paraná: nos dias 28 a 30 de agosto a cidade irá sediar a segunda edição do evento Mega Gamer UTFPR, um evento criado pela Associação Atlética Acadêmica de Esportes Eletrônicos da UTFPR (AAAE-sport UTFPR-CT), que visa reunir jogadores e fãs de jogos eletrônicos.

A edição de 2014 foi realizada em 2 dias e conseguiu atrair cerca de 750 visitantes, um número modesto, mas que serviu aos organizadores para mostrar que a ideia pode atrair os gamers. Para atrair mais pessoas e tornar o Mega Gamer UTFPR, a organização realizará uma série de atrações, incluindo campeonatos, palestras e mais de 30 estandes.

Entre as atrações estão espaços para card games, RPG e boardgames. Além disso, já foi confirmado que ocorrerão torneios de Just Dance, Pokémon, League of Legends, Dota 2, Counter Strike, Hearthstone, o primeiríssimo Campeonato Nacional de Minecraft etc. Um dos destaques deve ser o concurso cosplay que deve atrair muitos fãs de cultura pop e oriental.

Haverá uma Feira de Tecnologia e Games que vai servir para expor novas tecnologias ligadas à indústria de jogos eletrônicos, incluindo uma área de pesquisa e inovação das Universidades. A intenção parece ser mostrar aos visitantes o que pode ser tendência para os anos vindouros.

Os interessados podem conseguir maiores informações sobre o evento no site oficial. O evento ocorre na UTFPR no Campus Curitiba, localizado na Rua Pedro Gusso, 2635 – Bairro Novo Mundo.

Behive anuncia jogadores que integram novos times profissionais

Após um processo que perdurou meses, a Behive enfim anunciou os jogadores que passam a integrar os dois times profissionais que disputarão torneios de League of Legends pela startup. O processo iniciado no início do ano reuniu mais de mil candidatos em busca do sonho de ser um jogador profissional de LoL, sendo treinado e remunerado como se fosse um emprego convencional.

Os dez cyberatletas escolhidos são Adailton Mota, Anna Carolina Aurili, Bruno Di Franco, Daniel Lontra, Derick Lima, Fábio Coda, Gabriel Leite, Livia Rodrigues, Raphaela Laet e Ruan Ramos. Estes jovens foram escolhidos após analise de habilidades e comportamental como se fosse um processo seletivo rotineiro de RH, afinal a Behive pretende levar a estrutura empresarial e gestão profissional para os e-Sports.

“Foi uma seleção com alto nível de competidores. Para a decisão final, levamos em consideração a possibilidade de desenvolvimento de cada jogador, análise comportamental da equipe composta e habilidades de jogo”, disse Miriam Tsugawa, a master coach da Behive e coidealizadora do projeto. “Não queríamos jogadores prontos, mas sim jogadores que permitissem uma interação e uma dinâmica com respeito e competitividade e com um potencial de vitória dentro de uma organização em conjunto e em equipe”, completou.

O processo de escolha foi bastante criterioso e na última etapa restaram apenas 60 candidatos no chamado tryout. Esses passaram por uma bateria de testes psicológicos e físicos, além de entrevistas pessoais. Os dez selecionados começam a ‘trabalhar’ em 2015 em locais e horários a serem definidos pela Behive. Inicialmente, os dez jogadores irão compor dois times de LoL e a expectativa é que, em 2015, disputem o Campeonato Brasileiro de League of Legends e, em 2016, vençam alguma competição.

Se o projeto da Behive for bem sucedido, espera-se que outras empresas adotem o formato empresarial para formar times profissionais, afinal as competições de e-Sports movimentam milhões de dólares ao redor do mundo.

Behive: startup cria novo time brasileiro de e-Sports para competições mundiais

Imagine um processo seletivo em que o cargo pleiteado é ser um jogador de videogame profissional, com direito a salário e tudo o mais. Essa é a ideia da Behive, startup criada com o intuito de formar equipes profissionais de e-sports e competir no cenário mundial de e-sports.

A ideia é ambiciosa e o processo seletivo está a todo vapor, na verdade a última etapa ocorre neste final de semana na Unidade Guarulhos da Escola Saga. No local, 60 candidatos concorrem as 10 vagas de emprego como cyber atleta. Tudo o que eles devem fazer é jogar League of Legends em condições intensas do ponto de vista técnico e emocional, e uma entrevista individual. Os escolhidos integram os dois times criados pela Behive.

“O tryout é só mais uma etapa de um modelo absolutamente inovador de montagem de time de e-Sports no Brasil, e abre um novo capítulo na história dos cyber atletas”, diz Anderson Lourenço, um dos idealizadores da Behive.

A Behive deve agir como uma instituição esportiva, como os times de futebol profissional. Ou seja, eles contratam talentos, dão treinamento, firmam contratos com os atletas e passam a gerir a carreira profissional, além de inscrever os membros do time em competições mundiais e nacionais dos games que estiverem treinando. A meta é vencer os milionários torneios que surgem ao redor do mundo.

Parte do trabalho da Behive já está pronto: já existe o técnico do time, no caso o experiente cyber atleta Guilherme “Necro” da Silva, que já foi técnico da equipe paiN Gaming, que também jogo LoL profissionalmente. “Vou fazer o trabalho de um verdadeiro treinador: pegar talentos da base e transformá-los em campeões. Esse é o meu desafio pelos próximos anos na Behive”, afirma.

Os 60 candidatos saíram de um processo que perdura desde o mês de abril e contava com cerca de mil candidatos inscritos pela página da Behive no Facebook. Para chegar nesta fase os candidatos precisavam ser maiores de idade até janeiro de 2015 e passar por uma avaliação de perfil comportamental.

“A ideia é de trabalho e cooperação, como acontece numa colmeia (hive, em inglês) onde as abelhas trabalham de forma organizada e harmônica para o bem-estar comum. Por isso também a junção com be, do verbo ser em inglês”, explica Miriam, master coach da Behive.

Evidentemente, a Behive está de olho nas gordas premiações que campeonatos de e-sports oferecem aos vencedores. Este ano, a final do Campeonato Mundial de LoL foi no Sagam, um dos estádios da Copa do Mundo de Futebol de 2002, na Coréia do Sul, e a equipe vencedora faturou US$1 milhão. Ocorreram outros campeonatos semelhantes ao redor do mundo. Imagine quanto dinheiro uma equipe bem estruturada e capacitada pode lucrar, se vencer diversos campeonatos?

A Behive pretende ainda que o centro de treinamento seja diferente das chamadas gaming houses. No caso, o que vai ser feito é uma gaming office, ou seja, um escritório montado de maneira lúdica, mas que não lembra um ambiente doméstico. A intenção é transformar uma equipe de e-sports em negócio mesmo.

“Inspiramos-nos nas outras modalidades esportivas, em que os atletas vão para seus clubes treinar, mas voltam para suas casas e levam uma vida social como qualquer outra pessoa”, explica Lourenço. “Dessa forma, também estimulamos nossos atletas a continuarem seus estudos”, acrescenta Miriam.

Os dez selecionados pelo tryout começam a ‘trabalhar’ em janeiro de 2015, quando será anunciada a localização do escritório e outras informações sobre o espaço, horários de treinamento etc. Os jogadores da Behive também terão remuneração mensal e outros direitos comuns aos trabalhadores brasileiros. Inicialmente, os dez jogadores irão compor dois times de LoL e a expectativa é de, em 2015, disputarem o Campeonato Brasileiro de League of Legends e, em 2016, vencerem alguma competição.

A fase final de seleção – o Tryout – aconteceu no último final de semana (15 e 16 de novembro), na Saga Guarulhos, às 8h30, com uma apresentação da master coach Miriam Tsugawa, e um briefing do técnico Necro.  Os dez selecionados serão conhecidos na semana de 17 a 21 de novembro.

Riot Games anuncia Etapa Regional de League of Legends

A Riot Games acaba de anunciar a segunda etapa do Circuito Brasileiro de League of Legends, a etapa regional. Nesta fase a Riot prepara eventos presenciais nas cidades de São Paulo e Rio de Janeiro, local da grande final do campeonato. Em jogo estará a chance para representar o Brasil no torneio de novas regiões, que garante a vaga para o Campeonato Mundial.

De acordo com a Riot, a Etapa Regional contará com a participação de cyber atletas famosos de equipes profissionais como CNB e-Sports Club, KaBuM!, KeyD Stars e PaiN Gaming. Além desses, outros quatro times entram na disputa pela vaga retromencionada no Campeonato Mundial e o prêmio de R$ 55 mil. O torneio terá prêmio total de R$ 100 mil e terá as partidas transmitidas pelo Twitch e Azubu.

As disputas ocorrerão entre as oito equipes no tradicional esquema de quartas de finais e semifinais entre os dias 18 e 20 de julho no Espaço das Américas, em São Paulo. Já a final ocorre no Ginásio do Maracanãzinho, em 26 de julho, no Rio de Janeiro. O segundo colocado ganhará um prêmio de R$ 25 mil e o terceiro e quarto, R$ 10 mil cada um.

“Estamos muito animados em realizar um evento no Maracanãzinho, referência em esportes no Brasil. Organizar um torneio dessa magnitude prova o crescimento do eSport no País e a paixão de nossos jogadores”, disse Philipe Monteiro, gerente de eSports da Riot Games Brasil. “Com esse amadurecimento da modalidade, as equipes têm se preparado mais e disputado partidas equilibradas, já que todas querem a oportunidade de representar o Brasil em torneios internacionais”, ressalta.

League of Legends é atualmente um dos games de maior sucesso no mundo e jogado por milhões de jogadores em todas as partes do planeta. De acordo com a Riot, os torneios movimentaram mais de US$ 8 milhões. Mais informações sobre o torneio podem ser encontradas no site da competição.

Etapa Regional de League of Legends

Etapas presenciais:

18, 19 e 20 de julho 2014 – Espaço das Américas – Rua Tagipuru, 795, São Paulo – SP

26 de julho de 2014 – Ginásio do Maracanãzinho – Rua Professor Eurico Rabelo s/n, Rio de Janeiro – RJ