Arquivo da tag: Livro

Brinco, logo aprendo: educação, videogames e muito mais

A Bienal do Livro de São Paulo agitou a cidade e, como não poderia deixar de ser, os videogames estão devidamente representados no evento. Durante a Bienal foi lançado o livro Brinco, logo aprendo: educação, videogames e moralidades pós-modernas de Gilson Schwartz. O livro traz algumas reflexões das relações entre o brincar, fazer e pensar, combinando perspectivas de economia, filosofia, tecnologia e educação.

Lendo assim não parece um conteúdo voltado para fãs de videogames, entretanto a obra tem muito a ver com o hábito de jogar, pensar e agir. A obra conta que o videogame é uma das etapas mais avançadas da tendência econômica e política da sociedade da informação. Isso não apenas no conteúdo, mas também nos principais “jardineiros” do conhecimento (os intelectuais), que perdem a sua função em face de máquinas (hardware), sistemas (software) e redes.

Pois, como ressalta o autor: “a disseminação de games e da educomunicação tornou-se rapidamente uma visão hegemônica em todo o mundo. Governos apostam em ecossistemas educacionais como ferramentas de superação da crise financeira, que é também crise do trabalho e da identidade do sujeito autônomo que confia e depende da ampliação incessante da democracia de massa. Bibliografia e links na internet completam esse percurso”.

A ideia básica do livro é substituir o mantra “penso, logo existo”, em prol de uma nova forma de pensamento concreto baseado em “brinco, logo aprendo”. Apresenta-se no livro como os jogos eletrônicos auxiliam no aprendizado.

O conteúdo do livro Brinco, logo aprendo é bastante reflexivo e foi idealizado Schwartz, que é economista e sociólogo formado na USP. O dinheiro das vendas do livro serão destinadas às ações da Games for Change no Brasil. A Games for Change é uma iniciativa que celebra os jogos eletrônicos como formas autênticas de promover bons costumes, conscientização e a cidadania de seus usuários.

Para quem estiver em São Paulo, na sexta-feira, dia 13 de outubro, às 19h, tem o lançamento do livro na Livraria Cultura do Conjunto Nacional.

Flávia Gasi lança livro sobre relação entre games e mitologia

Games e Mitologia

Uma boa dica de leitura envolvendo os videogames é o livro Videogames e Mitologia: a poética do imaginário e dos mitos gregos nos jogos eletrônicos da Marsupial Editora. A obra sai do forno no dia 24 de outubro e tem como autora a jornalista de games Flávia Gasi, que fez carreira trabalhando em veículos de fama como a revista EGW, Nintendo World, Scrap MTV, Revista Oficial do Xbox, Rolling Stone, Omelete, entre outros.

O livro estuda o processo de criação das narrativas e mecânicas dos games e como tal processo se relaciona com a Mitologia, em especial a mitologia grega. Além disso, o livro aborda as bases teóricas, que apresentam o conceito de “Imaginário” no universo dos games. Alguns dos games que fizeram parte do estudo estão God of war, Bioshock e Eternal Sonata que, segundo Flávia Gasi, apresentam diferentes características ligadas ao estudo do imaginário.

De acordo com Gasi, esta é a primeira vez que é publicada uma obra dedicada a pesquisa deste tema, não havendo nada parecido em qualquer outro país. Quem já leu qualquer texto ou assistiu palestras da Flávia já sabe o que esperar: o Imaginário e Mitologia aplicados aos videogames e como as referências podem ser das mais sutis às mais descaradas possíveis. É um tema bastante interessante, afinal de contas.

O lançamento de Videogames e Mitologia ocorre no dia 24 de outubro, em São Paulo, na Livraria Geek e depois no dia 12 de novembro no Rio de Janeiro, na Livraria da Travessa do Barra Shopping. O livro possui 128 páginas e tem preço definido em R$ 35,00.

 

Ficha técnica:

Videogames e Mitologia: a poética do imaginário e dos mitos gregos nos jogos eletrônicos

Autora: Flávia Gasi

Marsupial Editora

128 páginas

R$ 35,00

Livro de game design Regras do Jogo chega ao Brasil

Regras do Jogo - Livros de Game Design

Aí vai uma dica preciosa para desenvolvedores que estão buscando boas referencias na hora de desenvolver seus games, ou apenas gostariam de um pouco de teoria na estante para servir de base a seus projetos. Trata-se da coleção “Regras do Jogo”, uma tradução do livro Rules of Play, escrita por Katie Salem e Eric Zimmernan e trazida ao Brasil pela editora Blucher.

Na obra são abordados os aspectos teóricos básicos do game design, propondo discussões críticas sobre as potencialidades dos jogos, desde os mais simplistas aos mais engenhosos. Em outras palavras, a coleção é um verdadeiro estudo da profundidade que um game pode e deve fazer, e não apenas uma mera análise conceitual do que eles fazem atualmente.

De acordo com os responsáveis pela obra, há um estímulo a decodificação dos jogos, permitindo que o leitor os compreenda melhor a partir de seu desenvolvimento. Regras do Jogo traz ainda um debate sobre o passado, presente e futuro do desenvolvimento dos jogos eletrônicos, devendo situar os novos estudantes de gamedev sobre os caminhos que a indústria deve trilhar. A obra foi dividida em quatro volumes visando tornar a leitura mais leve e prazerosa.

A obra completa tem o preço sugerido de R$195,00, podendo ser adquirida através das principais livrarias do país. Vale dizer que a obra já recebeu elogios de importantes nomes da indústria dos games como Will Wright, por exemplo. Mais informações da coleção podem ser adquiridas no site da editora Blucher.

Game World 2012 contará com lançamento do livro “1984: A Febre dos Videogames Continua”

Você gosta de videogames, certo? Consideramos que se você chegou a esta página então a resposta é um sonoro sim. Neste caso, apostamos que você deve se interessar por literatura, ainda mais se ela estiver relacionada aos videogames. Se este é o seu caso, sugerimos a leitura do livro “1984: A Febre dos Videogames Continua” do escritor e colecionador de games Marcus Vinicius Garret Chiado, conhecido como Garretimus.

O livro é o sucessor da obra “1983: O ano dos videogames no Brasil” de 2011, também escrito por Marcus Garret. O primeiro livro narrava a história do surgimento dos videogames em nosso país, recheado de fatos históricos e várias curiosidades. Já o novo livro narra novos fatos ocorridos em 1984 enquanto os videogames ainda engatinhavam em nosso país. Várias das histórias não fazem parte do primeiro livro, pois são frutos de uma pesquisa mais intensificada.

O leitor poderá encontrar estatísticas, entrevistas, fotos, histórias e curiosidades do nosso passado gamístico. O interessante é que a obra consegue reunir muito material da época que praticamente foi esquecido pelos velhos jogadores. E não é por menos, na ocasião o Brasil passava por um período delicado em sua política, fazendo com que a imprensa relegasse os videogames a um terceiro plano. Além disso, o jornalismo de games certamente nem existia na época como existe hoje.

O livro conta está maior que o anterior (desta vez com 156 páginas) e apresenta  muitas histórias de bastidores envolvendo lançamentos de consoles similares ao velho Atari, como o Dactar, Supergame e o Intellivision II. Além disso, há histórias sobre os lançamentos de periféricos como o Basic Keyboard e o Com-K7. Mais do que uma seqüência, o novo livro serve para adicionar e expandir os conhecimentos adquiridos para aqueles que leram o primeiro livro.

O lançamento contará com a presença do autor durante o evento Game World 2012 entre os dias 31/03 e 01/04 no estande da Acigames. Garret aproveitará o evento para promover e autografar os livros para os compradores, além de conversar com os visitantes. 1984: A Febre dos Videogames Continua tem preço definido em R$ 50,00 durante o evento. O pacote com os dois livros sairá por R$ 80,00 durante a feira.

Livro brasileiro sobre a produção de personagens next-gen é lançado

O leitor Alessandro Lima, que é designer 3D, professor e escritor, entrou em contato conosco para informar que seu livro “Design de Personagens para Games Next-Gen Vol. 1” já está nas prateleiras.

No livro, Alessandro detalha o processo de criação de personagens para as atuais plataformas (PS3, Xbox 360 e também PC), com base em uma pesquisa prévia e na própria experiência profissional do designer.

O trabalho de dois anos foi dividido em dois volumes, sendo que o segundo já está em fase final de produção pela editora Ciência Moderna.

O preço sugerido para o livro é de R$ 99, que acompanha um DVD. Há ainda a possibilidade de compra do livro em PDF, por R$ 59,40.

:: Compre o livro do site da Ciência Moderna

Livro sobre videogames no Brasil em 1983 será lançado amanhã em São Paulo (SP)

Amanhã, dia 5 de agosto, a loja UZ Games e a ACIGAMES promoverão o lançamento do livro “1983: O Ano dos Videogames no Brasil”, trabalho de Marcus Vinicius Garrett Chiado, também conhecido como Garrettimus.

No livro são abordados os primeiros videogames lançados em solo brasileiro no período, bem como as empresas envolvidas e suas estratégias, todos os dados calcados em pequisas de publicações da época, como revistas, jornais e publicações especializadas na época.

Do telejogo e dos minigames até uma profunda abordagem dos consoles Atari, Odyssey, Intellivision e Colecovision, o livro discorre em suas 108 páginas e inúmera ilustrações e entrevistas em um tema importante para quem se importa e gosta da história dos games.

O lançamento acontecerá na UZ Games do Shopping Ibirapuera a partir das 19 horas. O livro custa R$ 40 e a loja fica na Av. Ibirapuera, 3.103, Loja 64 – Piso Moema, São Paulo/SP.

Quem vai?