Arquivo da tag: Level Up!

Hype celebra o Dia das Mulheres com promoção de 20 jogos com protagonistas femininas

O dia internacional das mulheres está chegando e para celebrar o acontecimento a Hype, plataforma de jogos digitais da Level Up, preparou uma grande promoção em 20 jogos cujas protagonistas são mulheres. A promoção já está no ar e vai até o dia 9 de março com jogos bastante reconhecidos como Lara Croft and The Temple of Osiris, Tomb Raider: Anniversary, Resident Evil 5 e o brasileiro Toren.

Além da oferta desses games, durante o mesmo período, quase todos os jogos e pacotes vendidos no Hype podem ser adquiridos com 10% de desconto. Para isso, basta inserir o código PLAYLIKEAGIRL na área de cupom durante o processo de compra. No caso dos jogos da promoção do Dia das Mulheres, o desconto do cupom será dado sobre o valor promocional.

unnamed-1O objetivo é aumentar as vendas e celebrar uma data tão icônica. A Hype foi lançada há pouco tempo e de acordo com a Level Up, seu diferencial é ser baseada em dois pilares: comodidade e preço. São milhares de jogos das maiores desenvolvedoras do mundo reunidos em um único ambiente. O Hype está disponível  totalmente em português, tem navegação simples, textos explicativos e inúmeras vantagens para os jogadores.

Confira abaixo a lista completa de jogos e seus respectivos preços na Hype:

 

Jogo Venda 10%
Lara Croft and the Guardian of Light R$  16,99  R$  15,29
Lara Croft and The Temple of Osiris R$  36,99  R$  33,29
Lara Croft and the Temple of Osiris – Icy Death Pack R$  10,49  R$    9,44
Lara Croft and The Temple of Osiris – Season Pass R$  19,99  R$  17,99
Lara Croft and The Temple of Osiris – Season Pass Included R$  53,99  R$  48,59
Tomb Raider R$  34,99  R$  31,49
Tomb Raider DLC Collection R$  34,99  R$  31,49
Tomb Raider: Anniversary R$  16,99  R$  15,29
Tomb Raider: GOTY Edition R$  49,99  R$  44,99
Tomb Raider: Legend R$  12,99  R$  11,69
Remember Me R$  49,99  R$  44,99
Resident Evil 5 R$  39,99  R$  35,99
Resident Evil 5 – Gold Edition R$  59,99  R$  53,99
Resident Evil 5 – Untold Stories Bundle R$  29,99  R$  26,99
Sacred 3 R$  27,99  R$  25,19
Planet Diver R$    8,39  R$    7,55
Scary Girl R$  21,99  R$  19,79
Shelter 2 R$  27,99  R$  25,19
Shelter 2: Mountains R$  10,49  R$    9,44
Toren R$  19,99  R$  17,99

 

Para conhecer todos os títulos em promoção, acesse o site da Hype.

 

Level Up revela detalhes dos primeiros torneios profissionais de Paladins e Smite

O ano de 2017 promete ser um dos mais intensos para os cyberatletas, pois vários campeonatos já foram confirmados. Dois dos mais promissores são as ligas profissionais de Paladins e Smite, da Hi-Rez. A Level Up revelou há alguns dias os detalhes dos campeonatos desses games.

De acordo com a Publisher, a temporada 2017 dos dois títulos será dividida em três campeonatos, chamados splits, com seis equipes cada e classificação e premiação independentes, ou seja, os participantes do primeiro split não têm vaga garantida nos outros dois e todos os times de cada torneio da liga profissional receberão um prêmio em dinheiro de acordo com seu desempenho.

A temporada de Smite começou oficialmente no último, 18 de fevereiro, quando foram realizadas as classificatórias para o primeiro split. As inscrições já foram encerradas, mas o primeiro split em si será realizado a partir da primeira semana de março em sistema de pontos corridos, em que todos enfrentam todos duas vezes. A premiação será bem generosa para a equipe vencedora: US$10 mil, oferecida pela Hi-Rez.

Já o primeiro split da liga profissional de Paladins, jogo multiplayer do gênero FPS (First Person Shooter), começou no dia 17 de fevereiro, com duração de três semanas e premiação de US$6 mil. A intenção é tornar o game em um dos mais jogados pelas ligas profissionais, tal como ocorre com o concorrente Crossfire e o CS: Global Offensive.

Convite especial para vencedores do 1º split de Smite e Paladins

Os times ganhadores do primeiro split da temporada 2017 de Smite e Paladins serão convidados a participar, respectivamente do Smite Masters e Paladins Masters, em Atlanta , nos Estados Unidos, no final de abril. Todas as partidas dos splits das duas ligas serão transmitidas ao vivo pelo TwitchYoutube e Facebook da Level Up.

INTZ se prepara para o Mundial de Smite que acontece em janeiro com premiação de um milhão de dólares

O Mundial de Smite, o multiplayer online battle arena (MOBA) distribuído no Brasil pela Level Up, está quase chegando e os times mais competitivos do mundo já se preparam para essa disputa especialmente difícil. O Brasil será representado pelos garotos do INTZ que tentarão levar para casa o prêmio de um milhão de dólares. O evento será realizado entre os dias 5 a 8 de janeiro de 2017, em Atlanta, nos EUA.

O Mundial de Smite é promovido pela Hi Rez – Hi Rez |Expo – para apresentar suas novidades ao mercado. Quem quiser acompanhar basta ficar de olho no canal do Twitch da Level Up. Além de Smite, durante o Hi Rez |Expo também será realizado um campeonato de Paladins, jogo de tiro em primeira pessoa desenvolvido pela Hi Rez Studios. Nesta competição, o Brasil conta com a equipe Back Dragons que disputará o prêmio de 150 mil dólares, além do título de melhores esportistas do game.

Mundial de SmiteO prêmio da competição de Smite é uma das maiores oferecidas por competições de eSports. Não por acaso o time da INTZ promete chegar com toda a força e disposição, inclusive os Intrépidos terão o time completo para a disputa e a expectativa é conseguir uma boa colocação.

“Tiramos um tempo para assistir os campeonatos internacionais e ver como eles estavam jogando. Agora já voltamos aos treinos”, disse Nann, o capitão do INTZ em entrevista ao X5TV. “Para nós é um alívio ir com o time completo e é um sentimento bom de estar ao lado de jogadores que treinaram e se ajudaram durante esse tempo”, completa o cyberatleta.

Serviço – Mundial de Smite – Hi Rez | Expo

Quando: 5 a 8 de janeiro de 2017

Onde: Atlanta, EUA

Onde assistir: Twitch da Level Up

Level Up leva jogadores de Smite para o eGames Showcase no Rio de Janeiro

Parece que o espírito olímpico invadiu os videogames! Pois, em meio às celebrações olímpicas, a Level Up, em parceria com o Comitê Internacional da eGames, levará o jogo Smite para o Rio de Janeiro. De acordo com a empresa, esta participação será a única dentre as distribuidoras de jogos online a participar do evento. O eGames Showcase será realizado durante a Olimpíada Rio 2016, no dia 15 de agosto e terá como palco a Casa de Hospitalidade do Reino Unido, localizada no Parque Lage.

A Level Up chegou a convidar jogadores que participaram do último mundial de Smite (SWC 2016) para mostrar uma partida a nível competitivo mundial. A ideia é mostrar o alto nível dos jogadores mais dedicados, mostrando que eles não devem em nada aos esportistas das olimpíadas, pelo menos em se tratando de dedicação. Nessas partidas será possível conferir de perto todo o trabalho em equipe, técnicas e estratégias que levaram esses jogadores a se tornarem grandes cyberatletas.

“O cenário de esportes eletrônicos está crescendo e isso já é uma realidade. A Level Up participar de um evento dessa relevância apenas comprova que estamos no caminho certo”, disse Henrique Fajardo, Gerente de Produtos de Smite no Brasil. “Acreditamos que tanto Smite quanto todo o cenário competitivo de eSports tende a crescer ainda mais daqui para frente”.

Vale destacar que o eGames Showcase será um evento de caráter totalmente online, de modo que a única maneira de prestigiar os confrontos é através de streaming. Haverão times de diversas regiões do mundo competindo, de modo que a ideia é fazer uma mini-olimpíada de jogos eletrônicos. No site do evento há informações de onde assistir e quando serão realizadas as partidas.

Para quem não conhece, SMITE é um dos MOBAs mais populares da atualidade. O jogo coloca figuras mitológicas em combates titânicos altamente competitivos pela supremacia no campo de batalha. As partidas costumam ser bastante empolgantes e são decididas mais pela estratégia do que pela sorte dos times em competição. O jogador assume o papel de divindades de diversos panteões – nórdico, grego, romano, maia, chinês, hindu e o recém-chegado japonês –, cada qual com habilidades distintas que, combinadas com as de outros membros de seu time, podem desencadear resultados cataclísmicos! Por se tratar de um MOBA, o jogo valoriza o trabalho em equipe, e todos devem agir em sincronia para superar os desafios.

Por seu equilíbrio refinado, ele estimula o crescimento do cenário de eSports, promovendo times e organizações. O gameReporter chegou a assistir de perto a final de Smite no Brazil Gaming League, realizado este ano. O acesso e o download do jogo são totalmente gratuitos. Para mais informações, confira o site oficial do jogo.

 

Serviço – eGames Showcase

Onde: British House, Parque Lage, Rio, Brazil

Quando: 15 e 16 de Agosto de 2016

 

Level Up comemora 12 anos de vida com histórias fascinantes e promoções especiais

O ano era 2004 e o mercado de games no Brasil era bem diferente do que é hoje: a pirataria dominava o país, a internet ainda não estava tão massificada e as lan houses eram a casa dos jogadores mais dedicados. Nesse ínterim surgiu a Level Up, uma das empresas dedicadas a jogos eletrônicos mais importantes do Brasil. A proposta da empresa era extremamente diferente para a época, apresentando aos brasileiros títulos que exigiam conexão com a internet para serem jogados.

A ideia era impensável, visto que a internet não era tão disseminada quanto hoje. Especialistas no ramo afirmavam que o público alcançável pela LuG seria de no máximo 2000 usuários. Conforme a história comprova, as coisas foram bastante diferente: Ragnarok, o primeiro MMORPG com mundos permanentes, totalmente em português e com servidores no território nacional, conquistou mais de 1,7 milhões de jogadores em pouco tempo. O êxito fez da Level Up uma empresa reconhecida nacionalmente.

A partir desse pontapé inicial a empresa lançou diversos outros MMORPG localizados para o público brasileiro, alcançando mais de 35 milhões de players. Sucessos renomados como Warface, Perfect World e Combat Arms, Nexon e KOG são apenas alguns dos exemplos de jogos bem sucedidos trazidos ao país pela Publisher.  Nestes anos todos a LuG até mesmo se aventurou no mercado editorial, criando publicações especiais de seus jogos mais populares.

Para celebrar o 12º aniversário, a Level Up colheu algumas histórias tocantes de jogadores para dividir com seus fãs. Personagens como Gabriela, programadora e jogadora de Perfect World, que descobriu seu marido no mundo online. Outra história é de Humberto, jogador de Ragnarök há 10 anos, que percebeu no jogo a forma de se aproximar de seu filho. Há ainda a história de Pedro, analista de sistemas e soldado em Combat Arms há cinco anos, que conheceu sua namorada nos campos de batalha. Tem também o conto de Rafael, designer e jogador de Warface há 3 anos, que viajou o país para conhecer os irmãos de armas. Estas e outras histórias magníficas são narradas no site especial de 12 anos de Level Up.

O aniversário é da Level Up, mas o presente é do jogador

Durante os festejos, os jogadores também podem aproveitar as ações especiais que englobam a todos os jogos da publicadora. Há períodos bonificados, retorno de itens limitados, ofertas de pacotes especiais, descontos vantajosos, além do esperadíssimo CASH Bonificado, que garante 30% de bônus nas compras das moedas eletrônicas. E mesmo quem não é jogador pode aproveitar: todos que criarem contas durante o período das celebrações receberão prêmios imperdíveis.  Para mais informações sobre todas as comemorações, promoções e eventos, acesse o site especial.

Level Up e destaques da comunidade de Warface se unem para crias novas regras para os torneios de 2016

A Level Up convidou recentemente membros da comunidade de jogadores de Warface para uma visita em sua sede. A intenção era coletar feedbacks para melhorar o jogo e definir regras para os próximos campeonatos de Warface que ocorrerem. Não é a primeira vez que a Level Up leva jogadores até sua sede para debater um jogo: um dos programas periódicos da empresa chama-se “Visita Level Up”, que permite que membros da comunidade conheçam as instalações, vejam os setores da companhia e batam um papo com os responsáveis por seus jogos favoritos.

A visita dos jogadores de Warface ocorreu em Abril, no escritório da Level Up, em São Paulo. A visita serviu para criar as “Regras 2.0”, o conjunto de regras a serem utilizadas durante as competições oficiais de Warface em todos os campeonatos a ocorrer neste ano. Elas delimitam o tamanho dos mapas utilizados em competição, modos de jogo, armamentos e equipamentos de uso restrito ou proibido para as competições. O objetivo dessas regras é tornar as competições mais equilibradas e justas para todos, de modo a valorizar as habilidades de cada competidor.

De acordo com a Level Up, estavam presentes neste encontro alguns membros importantes do cenário de e-sports brasileiro para que assim fique assegurado que as opiniões dos jogadores fossem ouvidas. Naturalmente que essas regras não são obrigatórias em todos os campeonatos, mas elas servem como base para determinar os oficiais e estabelecer um padrão para os torneios particulares organizados por outras ligas.

Ainda segundo a publisher, essa iniciativa reitera a postura da empresa em sempre se aproximar de seus fãs, de forma que possam contribuir com o bem da comunidade e ajudar a trazer momentos inesquecíveis a todos – tanto dentro quanto fora de seus jogos. As normas detalhadas do competitivo e os membros da comunidade participantes podem ser conferidos no site oficial do game.

Além de estabelecer as Regras 2.0, o encontro serviu para que os visitantes deixassem feedbacks aos responsáveis pelo Warface no Brasil, falando sobre a performance das partidas, armas e equipamentos que gostariam de ver, melhorias nos modos e traduções, entre outros. A Level Up se comprometeu a melhorar gradativamente o jogo e torna-lo mais parecido possível com o que a comunidade de jogadores espera. Para conferir como foi a Visita Level Up de Warface, basta acessar a página do Facebook.

Sobre Warface

Para quem não conhece, Warface é um FPS Online desenvolvido pela Crytek. O game possui visuais bacanas, física realista e um sistema de combate fluído. O título é free-to-play e há um modo cooperativo que permite evoluir o personagem conforme as partidas são vencidas. O game recebe atualizações constantes e novas missões desafiadoras a cada nova atualização. Atualmente este é um dos jogos mais jogados do cenário e-sport profissional.

 

Criadora de World of Tanks firma parceira com a Level Up no Brasil

A Wargaming, criadora do hit World of Tanks firmou uma parceria improvável, porém bastante benéfica, com a Level Up Games. Basicamente a LUG fica responsável por ações de marketing dos dois jogos mais conhecidos da Wargaming: World of Tanks e World of Warships. Deste modo, a LUG vai cuidar da comunidade local e bolará estratégias para promover os jogos e aumentar a base de jogadores no Brasil.

O acordo é benéfico para as duas empresas, pois a Level Up ganha mais uma conta importante, ao passo que a Wargaming pode ganhar novos fãs. O acordo estreita o contato dos jogadores brasileiros na hora de obter suporte uma vez que a Wargaming é oriunda da Rússia. A Level Up foi escolhida graças a sua vasta experiência em jogos online e bom relacionamento com seus jogadores.

“Selecionamos nossos parceiros com cautela pelo compromisso que temos, com nossos usuários, de levar a melhor experiência dentro e fora do jogo”, diz Tatiana Moreira, Gerente de Publicação da Level Up. “Nosso objetivo é expandir o número de usuários ativos e levar à Wargaming os desejos e expectativas dos brasileiros”. Ela completa revelando que “compondo este projeto, somados aos nossos mais de 150 funcionários, temos uma equipe full time, dedicada a esses 2 jogos, sob a supervisão do Fabio Fujiyama e da Daniela Shimayev, que atende diretamente a esta conta. Os servidores permanecem sob administração da Wargaming, em território internacional”.

Para quem não conhece, World of Tanks é o simulador de combate de blindados mais popular do mundo. Ele pode ser descrito como a versão atual do clássico Battle City, um jogo de batalha entre tanques bastante popular na geração 8 bits (se você não conhece, corre atrás). World of Tanks está disponível desde 2010 e desde então já alcançou a impressionante marca de mais de 120 milhões de contas criadas e mais de 1.1 milhão de jogadores simultâneos no mundo todo.

O jogo entrou para o livro Guinness ao quebrar o recorde com o maior número de jogadores ativos em um mesmo servidor – mais de 190 mil usuários logados simultaneamente. Já o World of Warships é baseado em batalhas navais e possui jogabilidade mais estratégica.

World of Tanks e World of Warships possuem download e acesso gratuito. Além disso, existem torneios bastante disputados de WoT, que costumam atrair alguns dos melhores times de e-Sports do mundo. Apostamos que os times mais famosos do Brasil acabarão por criar line ups para disputar torneios desses jogos em breve, pois a representação da Level Up vai impulsionar esses games em terras tupiniquins.

Abaixo tem um trailer de World of Tanks:

Level Up apresenta jogos inéditos no Anime Friends

O Anime Friends 2014 foi o máximo! O famoso evento que reúne fãs da cultura japonesa aconteceu entre os dias 24 e 27 de julho no Campo de Marte, em São Paulo. A Level Up decidiu apostar no evento para mostrar dois de seus mais novos jogos para o Brasil. O primeiro deles é SMITE, jogo estratégico de ação em terceira pessoa; e HEX, um card game com elementos de RPG e personalização de decks.

SMITE terá um estande dedicado, onde os jogadores poderão conhecer o game, participar de brincadeiras que valem brindes especiais. O game coloca deuses de diversas mitologias como grega, egípcia e hindu em uma batalha em terceira pessoa voltada na estratégia. O game chega ao país localizado em português pela Level UP em parceria com a Hi-Rez, desenvolvedora do game.

O outro grande estande da Publisher é dedicado ao jogo HEX, um card game para PCs que deve ser lançado no segundo semestre (também com dublagem em português). O game promete muita estratégia e nível de personalização profundos, permitindo ao jogador editar poderes e gemas diferentes, subindo os personagens de nível. Os jogadores poderão trocar cartas na casa de leilões integrada ao jogo.

Além de SMITE e HEX, a empresa ainda trouxe jogos já conhecidos dos brasileiros como Grand Chase, Warface, Combat Arms e Ragnarök (que completa dez anos em atividade no país). A empresa deixou os jogos acessíveis em 24 computadores que poderam ser utilizados à vontade pelo público.

A LUG ainda organiza as finais do Campeonato Anime Friends de Combat Arms (em 27 de julho), que utilizarão dez computadores no palco principal. A final será transmitida em um telão e será disputada entre as equipes eZg Team, Boinas Verdes, PHD Razer e Blaclegendz. A equipe campeã levará o cobiçado de R$ 7 mil em dinheiro, 300 mil em cash, um item permanente para cada jogador e cinco kits Corsair (que contam com um Headset 1500, um Teclado K60 e um Mouse M40 Raptor). As equipes que ficarem em segundo e terceiro também levam prêmios (3 mil e 2 mil, respectivamente), além de itens temporários.

Ragnarok Online: ainda existe isso no Brasil?

Ragnarok Online
Febre no início do século XXI, Ragnarok Online conquistou muitos fãs aqui no Brasil. O game praticamente moldou a jogatina online em nosso país e levou muita gente para as LAN houses, movimentando muito dinheiro por aqui. Passado alguns anos, os jogadores tem à sua disposição uma grande variedade de títulos MMORPG (muitos deles tecnicamente superiores ao jogo da Level Up!), fazendo com que Ragnarok Online fosse relegado ao fatídico esquecimento.

Hoje vamos publicar o texto cedido pelo jornalista Renan Biazotti, 24 anos, que dissertou sobre o passado deste game tão icônico no cenário dos games online no Brasil e como o produto manteve-se vivo no coração dos fãs:

“Ragnarok Online foi um dos MMORPGs mais jogados no Brasil, isso é incontestável, principalmente no início dos anos 2000. Esse game de gráficos simplórios mexeu com a vida de muito gamer por aí e abriu as portas para uma infinidade de outros jogos onlines aportarem em solo brasileiro. Mas e hoje? Como está o famoso (ou nem tanto) Ragnarök Online?

Sem dúvida o prestígio já não é mais o mesmo. Nem a Level UP! Games (a controversa Lug) está dando tanta bola para o game que a tornou conhecida no Brasil. Muitos outros lançamentos, com gráficos 1.000 vezes melhores (no mínimo), tomaram a cabeça da empresa. Mas será que o tempo do Ragnarök acabou? Será que não existe mais espaço para gráficos 2D no século XXI?

Com certeza existe. Ragnarök pode não ser mais o furacão que abalou a net brasileiro em tempos atrás, mas com certeza mantém a força de players veteranos, que até hoje se dedicam a “upar” seus personagens e perseguir as famosas e cobiçadas cartas de MVP e itens divinos (vendendo itens por quantias astronômicas, que ultrapassam os milhares). E no Brasil? O jogo continua forte, e isso é graças aos servidores privados.

Quando a Lug passou a cobrar para se jogar o Ragnarök e alguns grupos de fanáticos lançaram emuladores para o game, o cenário nacional se modificou de uma forma definitiva. Hoje os servers privados (não-oficiais) possuem mais de 50% da parcela de players em atividade. E eles não param, mesmo com o lançamento de um servidor gratuito pela Level Up! Um exemplo é o servidor RagnaQuest que foi lançado há menos de duas semanas.

O RagnaQuest apresenta todas as características que transformaram os privados em atrações à parte do servidor oficial. É mais fácil de evoluir, de conseguir itens e cartas e muitas outras coisas. É uma prova de que o Ragnarök Online continua vivo no Brasil! Diferente, menor, mas ainda assim conquistando jogadores em todos os cantos das terras verde e amarelas”.

E aí? Você ainda joga Ragnarok Online?

Já soube que o Chico Bento ganhou um MMO para as redes sociais?

Chico Bento

A notícia está meio “old”, mas vale falar sobre isso aqui no GameReporter. No final do mês de agosto de 2012, a Level Up! lançou o jogo Turma do Chico Bento, o primeiro game MMO estrelado pelo Chico Bento, o simpático caipira imortalizado por Maurício de Souza.

O game está disponível no Orkut e Facebook e permite que os jogadores explorem a Vila Abobrinha, passando pela roça, o ribeirão e o pomar do Nhô Lau, encontrando vários dos amigos do Chico Bento que já foram retratados nos gibis.

O jogo marca também um importante passo para a Level Up!, pois ele é o début da empresa no desenvolvimento ramo de jogos sociais. Vale lembrar, porém, que o game nasceu após uma parceria com a Insolita Studios, a mesma produtora do jogo Freekscape do PSP.

Quando analisamos as opções de tema desse nosso primeiro jogo para redes sociais, além da exigência de ser um personagem brasileiro, demos muito valor a aspectos como variedade de conteúdo disponível e potencial de aceitação para toda a família. E agora, com o jogo no ar, temos certeza de que, além do Chico Bento ter sido a escolha certa em termos de perfil, conseguimos juntar desafios, aventuras e diversão de uma forma que vai cativar jogadores de ambos os sexos e todas as idades”, disse Julio Vieitez, diretor geral da Level Up! Brasil.

Como não poderia deixar de ser, o game inspirou-se nas aventuras vividas pelos personagens nos quadrinhos com o intuito de que o jogador se identifique com a obra de Maurício. Ao criar o avatar, por exemplo, o personagem possui os traços característicos da Turma do Chico Bento. Também chamam as atenções os cenários, bem coloridos, e a trilha sonora composta pelo músico Lucas Lima.

O game já foi lançado e está disponível nas duas redes sociais retrocitadas. O acesso é gratuito. Você pode ter uma ideia melhor do que se trata assistindo o vídeo  abaixo: