Arquivo da tag: ipad

Gazeus Games lança Gin Rummy para usuários de iPad

A Gazeus Games, estúdio voltado ao desenvolvimento de jogos mobile, acabou de lançar um game de cartas para iPad chamado Gin Rummy. Trata-se de um jogo bastante conhecido por fãs de carteado, cujo objetivo é atingir 100 pontos. Este não é o primeiro game da Gazeus voltado ao carteado: em seu portfólio tem Tranca, Truco, Poker etc.

Gin Rummy foi lançado gratuitamente e sua jogabilidade consiste em fazer os cem pontos, porém isto não garante a vitória durante as rodadas, pois o vencedor do jogo é definido com base no placar final, que leva em consideração alguns bônus.

O game é jogado com dois participantes e as cartas podem ser combinadas em sequências do mesmo naipe ou várias do mesmo valor, algo que lembra vagamente o Uno. Qualquer das combinações necessita de no mínimo três cartas. As cartas não utilizadas para formar as combinações são consideradas deadwoods. O jogador pode bater quando seu deadwood for igual ou inferior a 10 cartas.

Há três formas de finalizar a partida, sendo elas o Gin, Big Gin e Bater. Além disso, vale dizer que existem jogadas que fazem o jogador ganhar ou perder pontos. Todas as regras são explicadas no próprio game, a fim de agregar os jogadores de primeira viagem. Existem três níveis de dificuldade: fácil, médio e difícil.

Gin Rummy permite que o jogador convide seus amigos do Facebook para competições e ter acesso às estatísticas, que estão organizadas e detalhadas por nível de dificuldade. O usuário ainda tem regalias de customização, como a opção de escolher a velocidade da animação e a cor das cartas e do fundo de mesa; além de ligar e desligar o som. Finalmente, quando a partida termina, o resultado pode ser compartilhado no Facebook.

O game já está disponível gratuitamente na App Store e é um dos jogos de carta que prometem àquela diversão casual.

Ajude um simpático alien no jogo indie Rapid Alien

Reflexos rápidos e muita habilidade são as exigências para quem pretende se aventurar no game Rapid Alien, lançamento indie recente. O game é inspirado no game Rapid Roll (também conhecido como Rapid Ball) da Nokia, e assim como sua fonte inspiradora, o preceito é testar os reflexos do jogador.

O gameplay é simples, porém desafiador: você controla um pequeno alienígena que está pilotando sua nave espacial. Durante o percurso o jogador deve desviar de inimigos e meteoritos que surgem à frente. Essas rochas espaciais servem também como plataformas de apoio. Quanto melhor o desempenho, mais a pontuação obtida ao final do percurso. O game conta com um sistema de ranking para que os jogadores com maior senso de competitividade batam recordes e se desafiem.

O game já está disponível na App Store e custa U$ 0,99. O game foi desenvolvido pelo game designer Francisco Batista e é recomendado para jogadores casuais, com bastante potencial para agradar em cheio os jogadores graças a seu design cativante e cores vibrantes. Roda nos devices iPad, iPhone, iPod e iPod Touch.

Abaixo você confere o trailer do game Rapid Alien:

Hearthstone Heroes of Warcraft: Blizzard anuncia novo card game para PC e iPad

Hearthstone Heroes of Warcraft

A gigante dos jogos online, Blizzard, anunciou uma nova entrada no mercado de PC e iPad chamada Hearthstone Heroes of Warcraft. Basicamente trata-se de um card game tradicional que utiliza a famosa mitologia por trás de Warcraft, o maior êxito da Blizzard desde sempre. O título será gratuito e está em desenvolvimento para as plataformas Windows, iPad e Macintosh.

Os jogadores deverão construir decks da forma como acreditarem mais efetiva, com a liberdade de escolher as nove classes representadas em Warcraft. O objetivo é se tornar o maior jogador do mundo. A Blizzard já até apresentou o game no evento PAX East, prometendo que a fase de testes beta será lançada em breve.

De acordo com a companhia, a intenção com o card game era criar um gameplay simples e envolvente, tornando-o acessível tanto para os fãs da franquia Warcraft quanto a entusiastas por card games. Para isso, há uma variante de estratégias que o jogador poderá adotar nas batalhas como, por exemplo, construindo decks de ataque massivo, ou mais defensivos, ou ainda decks de magia ou se armas brancas, e por aí vai.

A intenção da empresa foi de criar um game que mantivesse o status de “épico” da Blizzard, porém em menor tempo de desenvolvimento e com um time de programadores reduzido. O resultado foi um game com gameplay fácil de se aprender, mas com muito fanservice para os jogadores de WoW.

“Sempre adoramos jogos de cards colecionáveis aqui na Blizzard e ficamos muito felizes por poder colocar em Hearthstone tudo aquilo que amamos no gênero,” afirmou Mike Morhaime, CEO e cofundador da Blizzard Entertainment. “Estamos concentrados em criar um jogo novo e divertido que seja fácil de assimilar, mas que ofereça também bastante profundidade. Por isso, não vemos a hora de poder compartilhá-lo com todo mundo.”

Até o momento a Blizzard não revelou quantas quartas o game já possui, porém informa que já está na casa das centenas, mas já há a promessa de aumentar o número de cards com lançamentos periódicos e microtransações. O título ainda não possui data de lançamento oficial, mas já deve estar em um estágio bem avançado, julgando-se pelo site e o trailer disponibilizado.

Se Hearthstone Heroes of Warcraft irá manter o legado de sucesso da franquia Warcraft, ainda é cedo dizer, mas certamente foi uma das melhores ações que a Blizzard poderia tomar com sua série mais aclamada. Afinal, todos sabemos que RPGs e card games tem tudo a ver. Será que Magic e Yu-Gi-Oh encontrarão um novo rival com este lançamento da Blizzard?

Confira o trailer abaixo de Hearthstone Heroes of Warcraft:

Buraco Jogatina: primeiro aplicativo mobile do Jogatina.com

Buraco Jogatina

Quem conhece o site Jogatina.com sabe que lá é o lugar pra encontrar jogos de cartas online e outros fãs do gênero. Pois em breve o portal também deve se tornar conhecido pela produção de jogos, pois acaba de lançar seu primeiroo aplicativo.

Chamado de Buraco Jogatina, o game retrata em versão digital o tradicional jogo de cartas oferecendo 3 opções de jogo (Buraco Aberto, Fechado e STBL), além de opção de jogatina online contra amigos ou offline contra o computador. O aplicativo é gratuito e tem versão para iPhone, iPad e Android. De acordo com os desenvolvedores, o game já foi acessado mais de 10 mil vezes em apenas na semana de lançamento.

Um grande atrativo do jogo é a compatibilidade entre as diferentes versões, ou seja, usuários de iPad podem jogar contra amigos que possuem a versão para Android graças a tecnologia multiplataforma. Além disso, os jogadores podem desfrutar de todas as funções sociais do game, como compartilhar resultados de partidas, convidar amigos, chat interno na mesa de jogo, etc.

O aplicativo permite ainda que os jogadores customizem algumas opções, como a cor da mesa e o fundo do baralho. O time de desenvolvimento se esforçou para criar uma versão digital do tradicional jogo de cartas o mais divertido possível. Tanto que recebeu várias avaliações positivas dos usuários. Se você é fã de Buraco e estava atrás de uma versão digital basta correr no Google Play ou na App Store e fazer o download gratuito.

BuracoON: estúdio Mineiro lança jogo de Buraco para iPad

buracoon

Acaba de ser lançado mais um aplicativo visando quem curte o lendário jogo de cartas buraco e sentia falta de tirar umas partidas em qualquer lugar. A desenvolvedora mineira Onrizon lançou há poucos dias uma versão de BuracoON para iPads. O aplicativo já estava disponível para outras plataformas iOS e Android, porém a versão para iPads foi desenvolvida especialmente para aproveitar o potencial do hardware da Apple.

Além das mesmas funções já encontradas nas outras versões, o aplicativo para iPad traz um visual mais rico e sofisticado, buscando aprimorar a visualização da ação na tela e a usabilidade do aplicativo. O resultado é um jogo bastante divertido e com todas as nuances do Buraco. Vale lembrar que os produtores são os mesmos por trás do hit TrucoON.

O game apresenta seis modos de jogo que variam as regras: buraco aberto, fechado, STBL, tranca, italiano e tradicional. O objetivo da produtora foi o de agradar todos os fãs de buraco, independente de qual fosse o modo de jogo favorito. Além disso, BuracoON tem seu próprio sistema de rankings, contabilizando vitórias e pontos. O game ainda conta com criação e personalização de avatar e sala de chat entre os jogadores.

Quem curte jogar Buraco, encontra no aplicativo um prato cheio. O melhor é que a versão de iPad também é gratuita. O game já está disponível para download na App Store. Se você gosta desse jogo e tem um iPad corre atrás. Mais informações sobre o jogo e as outras versões estão no site do game.

Another Dragon: primeiro jogo da Softnyx para iOS

Another Dragon

De olho no sucesso do gênero Tower Defense, a produtora brasileira Softnyx, empresa responsável por hits como Gunbound, Loveritmo e Wolfteam, acabou de lançar o Another Dragon, seu primeiro game do gênero para o sistema iOS. O game coloca o jogador na liderança do exército Dragon Knights que precisam derrotar a tirania do Rei Beuripa que juntou criaturas das trevas, orcs, goblins e dragões para controlar o reino de Belronia.

Com a ajuda de um destemido dragão, você deverá encarar confrontos ferrenhos para conquistar diversas torres inimigas espalhadas por diversas localidades do mundo, como florestas, desertos, vulcões, geleiras, etc. Mas não pense que tudo se resume a atacar: há missões em que você deve defender suas próprias torres, utilizando-se de feiticeiros, guerreiros, arqueiros, e até um golem. Isso para não falar dos cerca de 70 itens especiais para fortalecer os poderes de seu dragão.

A intenção dos produtores foi criar um Tower Defense com clima épico e muita ação. O resultado foi um game bastante chamativo para os fãs do gênero com gráficos bem trabalhados e momentos de ação bem animados. De acordo com os desenvolvedores, o objetivo de Another Dragon é utilizar um gênero consagrado em plataformas mobile para atrair os milhares de jogadores que a empresa tem cadastrados em seus outros jogos.

O título já está disponível na App Store para iPhone e iPad gratuitamente (até o segundo mundo) e para jogá-lo é necessário ter a plataforma iOS 4.0 ou superior. Vale dizer que a versão completa, comercializada por USD1,99, compreende 4 modos de jogo e 128 fases. Ao todo o jogo compreende 4 modos de jogo e 128 fases.

Se você curte o gênero Tower Defense e histórias de fantasia, o game pode ser muito interessante.

Abaixo você confere o trailer de Another Dragon:

Espelho de Londres: Game Insight lança jogo de detetives para iPad

Espelho de Londres

A Game Insight acabou de trazer um novo game para o iPad com lançamento especial para o Brasil. Trata-se de Espelho de Londres, game que utiliza elementos consagrados de Mystery Manor da própria Game Insight e que já foi jogador por 25 milhões de jogadores mundo afora.  O game coloca o jogador no controle de um detetive na época da Inglaterra Vitoriana com o objetivo de enfrentar uma perigosa quadrilha comandada pela Rainha Vermelha.

O engraçado é que o game mistura elementos das obras de Conan Doyle (Sherlock Holmes) e Lewis Carroll (Alice no País das Maravilhas). Deste modo, além do clima de suspense e mistério, o jogador irá se deparar com figuras fantasiosas como o policial conhecido por Gato que Ri e o inexplicável Chapeleiro Louco. Durante a aventura o jogador enfrenta os criminosos e explora as ruas de uma Londres totalmente artística em busca de pistas para resolver novos mistérios.

Basicamente você encontra um game com histórias paralelas, e variadas missões que desafiam o poder de observação do jogador, que deve encontrar itens escondidos e puzzles para forçar a inteligência. Além disso, é necessário ter cuidado com as evidências oferecidas pelos estranhos personagens que surgem pelo caminho.

De acordo com a Game Insight, Espelhos de Londres oferece uma experiência de jogo mais refinada que seu título anterior – Mystery Manor – graças a gráficos melhorados e configurações não usuais em jogos do gênero “busca de objetos”.

Ainda visando o sucesso entre os jogadores brasileiros, a produtora lançou o game traduzido para o nosso idioma e adaptar conteúdo original como um Sambódromo, itens colecionáveis com estilos de Samba, símbolos do Brasil, entre outros. Com essas adaptações o game fica mais com a cara do Carnaval brasileiro, certo? O game já está disponível para download gratuito na App Store.

Confira o vídeo do jogo o Espelho de Londres:

O clássico game brazuca O Enigma da Esfinge está de volta no iPad

Enigma da Esfinge

Muita gente vai se lembrar do clássico jogo Gustavinho em O Enigma da Esfinge que embalou a infância de muitos brasileiros no fim da década de 90. O game colocava o jogador na pele do garoto Gustavinho que era transportado para o Antigo Egito após um mal entendido com um velho senhor, cabendo ao jogador resolver puzzles para trazer o jovem de volta para casa.

O game foi lançado em CD-ROM em 1996 e marcou época graças à trama e desafios inteligentes e as cenas entre o gameplay que até contavam a atriz Marisa Orth para guiar o jogador. O game fez sucesso a vender cerca de 60 mil cópias no Brasil, um número expressivo para a época. Muitos anos depois e a mesma produtora 44 Toons (na época conhecida como 44 Bico Largo) colocou a mão no projeto mais uma vez, desta vez para um merecido remake para iPad.

Gustavinho em O Enigma da Esfinge para iPad

A nova versão já foi lançada e está disponível na App Store por US$ 3,99. Entre os atrativos estão os gráficos em 3D, conquistas e dois personagens inéditos (o alien Inva e a menina Fefa). Ao todo são nove fases que exercitarão o raciocínio das crianças. Além disso, o jogo é uma boa oportunidade de as crianças aprenderem sobre história, pois irão interagir com versões digitais de personagens históricos como Júlio César, Cleópatra, e vai se deparar com artefatos como o mítico Olho de Anúbis e as Pirâmides do Egito.

De acordo com os produtores, o game foi desenvolvido especialmente para estimular o raciocínio dos jogadores mais jovens, o que deve ser fato, afinal o jogo está em português e certamente facilitará a vida dos jogadores que ainda não estão familiarizados com o idioma inglês. “O Enigma da Esfinge é uma espécie de desenho animado interativo, em que a história vai se desenrolando na medida em que as crianças decifram os enigmas e desafios”, disse Ale McHaddo, fundador da produtora 44 Toons.

Crystal Catcher: jogo indie para colecionar cristais e subir no ranking

Crystal Catcher

Aqui vai a sugestão de um game feito para quem tem reflexos rápidos e gosta de colecionar itens nas telas. O game de hoje chama-se Crystal Catcher, produzido pelo estúdio Crazy Minds, ele é um jogo de aventura seguindo a linha de Temple Run, ou seja, você passa pelos cenários em alta velocidade pelos cenários pegando os cristais espalhados.

Aqui você irá controlar um pequeno robô que precisa dos cristais para energizar a energia de sua nave. Porém, a tarefa não será tão simples: há obstáculos que devem ser evitados no caminho. Os traços e sons do jogo são cartunescos, dando ao jogador um ambiente divertido e lúdico.

O game está no Game Center e possui seis leaderboard para medir o desempenho, sendo eles a melhor pontuação, maior distância, maior quantidade de cristais pegos em uma corrida, tem também leaderboard para total de pontos acumulados em todas corridas, total de cristais acumulados, e total de distância acumulada.

Há um ranking geral para que o jogador teste seu desempenho: quanto mais cristais pegar nos cenários, maior é a pontuação. Além disso, há cerca de 31 desafios disponibilizados na forma de achievments para enriquecer a experiência de jogo.

Crystal Catcher já foi lançado e está disponível nas plataformas iOS, podendo ser acessado tanto no iPad quanto no iPhone a partir da geração 3GS.

Salve o Mundo dos Doces da invasão de vegetais em JB The Jelly

JB The Jelly

Hoje vamos falar de um jogo produzido por desenvolvedores brasileiros da Oricalco Studios, o game é indie e já figurou no Anime Friends 2012, em São Paulo. Trata-se de JB The Jelly, game que coloca o jogador na pele de Jellyboy, um rapaz feito de gelatina que deve salvar o mundo dos doces da invasão do exército dos Vegealiens.

O jovem Jellyboy sempre sonhou em ser um herói de quadrinho, assim como seu ídolo Heromellow. Durante essa batalha contra os vegetais, o protagonista adota o codinome JB The Jelly e se junta a Heromellow  a fim de salvar o mundo e resgatar a princesa Trufa.

O game é de plataforma 3D e foi desenvolvido para o iPad 2 por um time de sete desenvolvedores que estudaram na escola Saga. Até então o game não tem data de lançamento, a previsão é que saia até o final do ano. Até que o jogo saia, vamos aguardar mais informações e ficar atentos, pois o jogo promete ser promissor, conforme mostra a demo do jogo: