Arquivo da tag: ios

Languinis – Game mobile ajuda a expandir o vocabulário dos jogadores

Nosso destaque do dia é Languinis, um jogo mobile para quem quer expandir o vocabulário brincando. Trata-se de um quebra-cabeças ortográfico que ajuda o jogador a melhorar seu vocabulário e até aprender nuances de outros idiomas. O game foi consagrado o segundo jogo de palavras mais popular da App Store brasileira em novembro de 2018 e para comemorar o feito, os desenvolvedores estão lançando conteúdo exclusivo, eventos sociais, novos eventos ao vivo, modos de jogo e muito mais.

Languinis é gratuito e está disponível em português. A ideia básica é utilizar a fórmula de “match” para formar palavras. A mecânica é bem fácil de aprender, sem perder o fator desafio. Em suma, aqui o jogador encontra uma ferramenta para enriquecer seu idioma ou para ganhar vocabulário em línguas como inglês, espanhol, alemão, francês, italiano e russo.

No jogo, você precisa salvar os Languinis, uma tribo de criaturas construtoras de palavras, contra a vingança do Deus Fênix ao combinar gemas e formar palavras. Conforme as missões progridem, o jogador ganha acesso a power ups e até ao modo multiplayer, no qual enfrenta amigos ou une forças para enfrentar o Fênix.

“Nós identificamos um interesse muito grande de jogadores brasileiros,” disse Samir El Agili, presidente da publisher Tilting Point. “Os jogadores do Brasil estão entre os mais dedicados do game, explorando os novos níveis assim que ficam disponíveis e notamos a paixão deles na comunidade do jogo. Nós queremos apoiar nossos fãs no Brasil, e é por isso que estamos expandindo as opções de jogabilidade para o Brasil.”

De acordo com a Tilting Point, Publisher do jogo, Languinis atraiu um grande público disposto a aprender outros idiomas. Segundo relatórios, cerca de 15% dos jogadores brasileiros estão utilizando o game no idioma em inglês com o objetivo de melhorar suas habilidades. Para quem quiser testar, basta acessar através das lojas mobile de iOs e Android.

Abaixo tem o trailer de Languinis:

Conheça Warfield, o primeiro game da produtora indie Codematic Systems

Já imaginou um shooter em 2D com a pegada de um típico FPS com foco online, para mobile? Pois é exatamente essa a premissa de Warfield, o jogo desenvolvido pelo estúdio indie Codematic Systems de Londres, na Inglaterra. Aqui os jogadores embarcam em disputas multiplayer onde o objetivo é destruir os adversários utilizando-se das mais poderosas armas e estratégias possíveis.

Warfield tem ambientação num mundo futurista, onde soldados trajados em poderosas armaduras e municiados das mais poderosas armas possíveis devem eliminar o time rival e tomar conta do cenário. Aparentemente, os desenvolvedores buscaram inspiração em jogos de tiro futuristas como Halo ou Call of Duty, porem com um ambiente 2D todo pensado para jogar no celular.

O título oferece aos jogadores um grande arsenal, de modo que o jogador fica livre para escolher entre as mais de 20 armas disponíveis no arsenal. Você pode utilizar pistolas, espingardas, rifles, granadas e muito mais. Tudo isso utilizado para destruir os seus adversários nos 2 modos que o jogo oferece.

Até o momento, Warfield conta com três classes de heróis disponíveis, sendo que cada uma conta com habilidades especiais únicas para tornar as batalhas mais eletrizantes e únicas. Dificilmente um embate será igual ao outro, mas não pense que os combates são definidos pela sorte: quanto mais treinado seu time for, maior a probabilidade de vitória!

Warfield permite que até seis jogadores entrem nos 3 mapas disponíveis. De acordo com a produtora, há dois modos de jogo e 126 níveis diferentes. A expectativa é que o game receba atualizações frequentes e que a comunidade esteja sempre ativa nas redes mobile. O game já está disponível para as plataformas Android e iOS. Mais informações aqui.

Abaixo você confere o trailer de Warfield:

Jogo de kart Starlit On Wheels chega para celulares repleto de conteúdo

Se você é um dos milhares de fãs da franquia indie Starlite Adventures, este jogo é para você! A produtora Rockhead lançou há poucos dias o jogo Starlit On Wheels, game de kart inspirado na popular franquia de celulares. O novo título é exclusivo para Android e iOS e traz os personagens marcantes da série – Boo, Kikki, Pikke e até o vilão Nuru – em corridas por pistas malucas na melhor tradição dos jogos de kart.

Todos os personagens e veículos são customizáveis, com características próprias de velocidade, aceleração e controle, para que os jogadores escolham sua própria estratégia para chegar à vitória. O game conta com nada menos que 128 fases e um poderoso editor de pistas para que o jogador crie os seus próprios circuitos e possa compartilhá-los com a comunidade. As melhores pistas serão escolhidas semanalmente para integrar uma Copa especial do jogo.

“Estamos muito felizes em poder finalmente dividir Starlit On Wheels tanto com os fãs da série como com novos jogadores que gostam de uma boa corrida”, diz Rodrigo “Chips” Scharnberg, produtor da Rockhead. “É o resultado de anos de dedicação e trabalho e é muito recompensador ver isso agora sendo apreciado por jogadores de todas as idades”.

De acordo com a Rockhead Games, o lançamento de Starlit On Wheels é apenas o primeiro passo, pois o título continuará recebendo conteúdo inédito, eventos da comunidade e muitas surpresas. Mais novidades podem ser conferidas nas redes oficiais do estúdio – FacebookTwitterInstagram ou YouTube.

Abaixo você confere um trailer de Starlit On Wheels:

Conheça Megaquiz Discipulado, o jogo cristão da NX Games

Muito mais que um game” é o que diz o slogan de Megaquiz Discipulado, o mais recente aplicativo do estúdio brasileiro NX Games. Basicamente trata-se de um game que desafia os conhecimentos do jogador em sucessivas rodadas de perguntas e respostas relacionadas à religião. Sim, trata-se de um quis com viés religioso, em que o macete é ensinar os jogadores os valores cristãos em forma de jogo.

De acordo com os desenvolvedores, a ideia é afastar pensamentos negativos da mente do jogador, tais como depressão, ansiedade, tristeza e isolamento através de ensinamentos tirados direto da Bíblia. Este é um dos poucos jogos cristãos da atualidade, então por si só já vale pela curiosidade.

“O Megaquiz Discipulado é um game projetado para educar através do entretenimento, onde você aprende brincando. É uma ferramenta digital que ajuda a motivar e engajar o jogador no aprendizado e contribui para outra dinâmica de ensino, de forma espontânea. Com um conteúdo destinado a ensinar, tem o objetivo de disseminar a Palavra de Deus”, diz o comunicado da NX Games.

O game já esteve presente em diversos eventos de jogos nacionais, tais como a Brasil Game Show 2018 e a Expo Cristã 2018, ocorrida em setembro deste ano. A recepção nos dois eventos foi bastante positiva ao ponto de os desenvolvedores pensarem em algumas melhorias no título, a fim de tornar a mecânica básica em algo mais do que um mero quiz.

De acordo com a NX Games, Megaquiz Discipulado terá mais funções do que apenas perguntas e respostas, a fim de divertir os jogadores, tal como um chat em tempo real para conectar e manter os cristãos em contato sempre; o campo “Mensagem do Dia”, para enriquecer o dia dos leitores; e as “Missões Diárias”, que desafiam os jogadores e cumprirem determinadas tarefas para ganhar pontos e recompensas.

Se você ficou interessado, fique de olho! O aplicativo ainda não tem data de lançamento oficial, mas sabe-se que os desenvolvedores lançarão o título através da iOS e do Android.

Abaixo você confere a entrevista que o The Geek fez com o time do Megaquiz Discipulado:

WB Games lança Westworld para iOS e Android

A dica é para quem é fã da série Westworld da HBO: a Warner Bros. lançou há poucos dias o jogo mobile Westworld, que é totalmente inspirado no popular seriado, na App Store e no Google Play. O título é produzido pela WB Games San Francisco em colaboração com a Kilter Films, criadores da série. O game convida os jogadores para o universo sedutor do parque Westworld para assumirem o papel de um funcionário recém-contratado da Delos.

A narrativa do jogo foi desenvolvida pelos próprios escritores da série e apresenta personagens icônicos, como Bernard, Delores, Maeve e muitos outros. Os jogadores controlam todos os aspectos das operações do parque Westworld, incluindo a manufatura, o gerenciamento e a atualização dos “Anfitriões” baseados em IA que satisfazem uma ampla gama de desejos dos Visitantes. O jogo abrange a primeira temporada da série e contará com conteúdo adicional da esperada segunda temporada – após o seu término na programação, para evitar qualquer spoiler.

“Estamos empolgados para que os jogadores experimentem o que é gerenciar um parque temático complexo alimentado por desejos humanos e vida artificial”, disse Jonathan Knight, vice-presidente da Studio Head na WB Games San Francisco. “O game apresenta uma narrativa convincente e uma jogabilidade multi-camadas, permanecendo altamente acessível e intuitivo para jogar”.

Além da história de Westworld, o jogo proporciona uma combinação entre construção e gerenciamento do parque e desenvolvimento de personagens, como um RPG (roleplaying game). Assim como na trama televisiva, as coisas nem sempre acontecem como planejado. Os “anfitriões” podem ser mortos por Visitantes que estão insatisfeitos com seu nível de serviço, e quanto mais tempo eles forem usados, mais falharão. No entanto, as falhas podem ser amenizadas colocando-os no modo de Análise Crítica.

A WB Games informa que Westworld foi pensado para agradar os fãs da franquia, contando com o tom de humor particular da série, além de gráficos estilizados. A intenção é colocar os jogadores em sintonia com a série e que eles se sintam como se estivessem no infame parque. O título já está disponível para iOS e Android.

Abaixo tem o trailer de Westworld mobile:

 

Mushroom Guardian: game mobile para iOS relembra os clássicos platformers da era 16 bits

Nosso destaque do dia é o game Mushroom Guardian, um título de plataforma para iOS desenvolvido pelo produtor independente Mariano Larronde, da Argentina. Ele é inspirado nos jogos clássicos dos anos 90. O jogo está em desenvolvimento há quatro anos e tem como objetivo entregar uma experiência divertida sem intromissões de microtransações.

Em Mushroom Guardian, os jogadores devem testar suas capacidades sem nenhum tipo de ajuda, como era nos jogos de plataformas das antigas, os quais provocavam um profundo sentimento de vitória no jogador.

De acordo com o desenvolvedor, o game é o resultado da mistura dos jogos de plataformas de console dos anos 90s, com uma gameplay frenética que exige ao jogador habilidades muito diversas, desde corridas tradicionais, rodar pelo chão, pular, voar, subir em carrinho de trem, se se jogar em barris e tiro ao alvo com arco e flecha. Tudo ao longo de 20 desafiadores níveis cuidadosamente construídos para serem acessíveis mas bem difíceis de atingir 100%.

Na trama o jogador deve ajudar o gnomo Igory a combater o ataque do Rei Sapo e seu exército de répteis, que querem roubar todos os cogumelos mágicos da sua aldeia. Por sorte, Ziggy, o coelho guardião, que está indo ajudar com sua incrível velocidade pode rastrear o Rei Sapo.

Mushroom Guardian conta com 20 fases estilizadas em gráficos bem desenvolvidos e uma mecânica simples de aprender, totalmente inspirada em jogos clássicos: Apontar, atirar, pular, voar e rolar pelo chão. O game já está disponível para download.

Abaixo tem o trailer de Mushroom Guardian:

Conheça o jogo Torto Turtle disponível para iOS

Hoje vamos falar sobre o jogo Torto Turtle, produzido por desenvolvedores independentes brasileiros. O game é basicamente um caça-palavras para dispositivos mobile. O grande diferencial é o vasto e caprichado dicionário de palavras em conjunto com um dos belo level design para o gênero.

As fases são cheias de palavras para encontrar e você sempre terá novos desafios à medida que progride. Você nunca ficará travado numa fase ou sentirá monotonia em uma fase mal projetada. A intenção é tornar o game mais divertido e que possa ser apreciado por jogadores de todas as idades.

A jornada em Torto Turtle começa fácil e simples, mas à medida que o jogador progride, as fases ficam mais difíceis e complexas, já que o maléfico Torto Turtle usa cada vez mais seus poderes para dificultar a sua aventura. Sim, tem uma breve história para acompanhar a jogatina: o maléfico bruxo Torto Turtle aprisionou muitas criaturas inocentes e agora você precisa superar seus desafios para libertá-las.

Se ficar muito difícil, você pode gastar moedas para usar sua própria magia para enganar o vilão e mudar uma letra na grade de letras da fase. Um desempenho excelente concede moedas extras para seu cofre, prontas para serem usadas na próxima fase e poupar algum suor.

Ilustrações, música e efeitos sonoros foram feitos com cuidado e a equipe se esforçou muito para criar uma experiência final fluida e gratificante.  Torto Turtle está disponível gratuitamente para dispositivos iOS.

Vainglory terá modo 5V5 em fevereiro de 2018

Os jogadores de Vainglory podem se preparar para uma mega atualização a partir de fevereiro. A Super Evil Megacorp anunciou que o jogo receberá um novo modo de jogo 5V5. Demonstrado antes da final do Campeonato Mundial 2017, realizado em Cingapura, ele será lançado como parte da atualização 3.0 do título, em fevereiro de 2018. A intenção é tornar os combates ainda mais divertidos e acirrados, tal como acontece nos jogos de plataformas maiores.

O modo 5V5 apresentará inovações para o jogo, incluindo novos objetivos e controles mais precisos. Juntamente com o lançamento, a Super Evil Megacorp anuncia que a partir de 2018, sua estrutura global de eSports também passará a utilizar o mapa 5V5, expandindo a composição das equipes.

Com mais de 200 ações totalmente animadas e renderizado em até 120 FPS em dispositivos compatíveis, por meio da otimização do mecanismo, o novo mapa será executado nos mesmos dispositivos que atualmente executam o Vainglory 3V3. Apesar de ser uma versão simplificada do gênero, o título conta com todos os elementos clássicos, como a necessidade de destruir a base inimiga, torres de vigilância e criaturas inimigas controladas por IA.

“Ter o nosso próprio mecanismo de jogo nos permite ultrapassar os limites dos dispositivos móveis para oferecer experiências que os jogadores nunca experimentaram no celular, ou até mesmo em PCs e consoles”, afirma Tommy Krul, Diretor de Tecnologia da Super Evil Megacorp e o arquiteto-chefe da engine E.V.I.L. Para quem não conhece, Vainglory é um jogo do gênero M.O.B.A para dispositivos mobile.

O vídeo de apresentação do novo modo de jogo de Vainglory pode ser assistido abaixo:

Starlit Archery Club é o spin off mais divertido que você verá do fenômeno Starlit Adventures

Outro estúdio que está fazendo bonito, e bem bonito, é o Rockhead Games (RS), que foi um dos destaques do evento da Abragames: Casos de sucesso 2017 com o título Starlit Archery Club. Basicamente é um puzzle de combinar cores, à lá candy Crush ou Bejeweled, porém com a diferença que o foco está nas divertidas e empolgantes batalhas contra outros jogadores online.

Em Starlit o jogador precisa unir estratégia e precisão para vencer os adversários, além de ser rápido e bastante atento. Para facilitar a vida do jogador existem power ups destraváveis que garantem ótimas vantagens. Vale lembrar que há diferentes modos de jogo para o jogador passar mais tempo se divertindo.

Você deve ajudar os personagens Bo e Kikki em uma competição de arco e flecha com regras bem peculiares. Diferente de outros jogos do gênero, aqui a jogabilidade busca inovação, exigindo raciocínio rápido para decidir o melhor alvo a ser atingido e o power up mais adequado para cada situação. A mecânica gira em torno de capturar uma determinada zona vazia, pois elas esvaziam a energia do adversário, como em um game de luta.

De tempos em tempos surgem desafios especiais que fazem o jogador encarar chefões barra-pesada. Conforme o jogador avança, surgem novos mundos com desafios específicos e novos personagens. Em um dos modos de jogo o gamer deve vencer copas online contra adversários de todo o mundo se quiser evoluir.

De acordo com os desenvolvedores, além de divertir os usuários, Starlit Archery Club também é um belo estimulante cerebral, uma vez que instiga a agilidade e pensamento estratégico. Aqui não basta mirar determinados alvos, mas sim dominar as regras a fim de criar estratégias próprias e vencer os adversários. Nesse aspecto o game até lembra um eSport, já que para ser o vencedor você deve mirar mais do que suas próprias ações.

Para quem não conhece, o universo do game surgiu em Starlit Adventures em 2015, um game de aventura 2D para mobile. O título foi baixado mais de 10 milhões de vezes, recebendo destaque nas lojas online em que esteve presente. Além disso, a aventura de Bo, Kikki e companhia conquistou vários prêmios de melhor game ao redor do mundo. O sucesso foi tanto que até uma revista em quadrinho foi lançada e um piloto de série animada já está em produção. Graças a esse esmagador sucesso os produtores decidiram levar os personagens para um novo estilo de game.

O game Starlit Archery Club é free-to-play e estará disponível para free-to-play em 7 de dezembro de 2017 para Android e iOS.

Abaixo tem um trailer de Starlit Archery Club: