Arquivo da tag: intercâmbio

Mulheres no Jogo – Projeto promove intercâmbio entre desenvolvedoras do Brasil e Alemanha

Olha que notícia mais bacana: a Abragames firmou uma parceria inédita com o BIG Festival e a fundação Stiftung Digitale Spielekultur para viabilizar o projeto Mulheres no Jogo. Concebido pelo Goethe-Institut de São Paulo e com patrocínio do Ministério das Relações Exteriores da Alemanha, o projeto tem como objetivo incentivar o contato entre mulheres desenvolvedoras de jogos, a troca de conhecimento e a internacionalização da indústria de games.

Basicamente a ideia é levar cinco desenvolvedoras alemãs de jogos para a cidade de São Paulo a fim de participar de uma residência de duas semanas, cada uma em um estúdio brasileiro de desenvolvimento de jogos. Em seguida, as desenvolvedoras de jogos brasileiras viajarão para uma residência de duas semanas na Alemanha.

A seleção das participantes foi feita em 2017 e o programa acontecerá entre março e maio de 2018. Se o projeto for um sucesso, espera-se que possa se repetir nos demais anos, dando oportunidade para outras desenvolvedoras fazer um intercâmbio na Alemanha.

O Mulheres no Jogo proporciona a mulheres do setor de jogos de ambos os países um mergulho no dia a dia de um estúdio de desenvolvimento de jogos do outro país, que terão a oportunidade de conhecer através de observação direta. Em primeiro plano, estão a troca de conhecimento e a formação de redes. Durante as residências, as participantes desenvolverão o conceito de um projeto de cooperação entre Alemanha e Brasil.

Mais informações sobre o projeto podem ser acessadas em no site da Goethe. Abaixo você vê as primeiras garotas a participar do Mulheres no Jogo:

PARTICIPANTES / ESTÚDIOS

Aiami de Siqueira Garcia / Ávido, São Paulo
Bianca Antunes / Flux, São Paulo
Caroline Ferreira Amaral / Kinship Entertainment, São Paulo
Gabriela Valentin Thobias / Skullfish Studios, São Paulo
Irmak Kaya / Waza, Berlin
Kathrin Radtke / Fizbin, Ludwigsburg
Maria Urban / Daedalic, Hamburg
Sophie Herrmann / Fizbin, Ludwigsburg
Yara Grassi Gouffon / Push Start, São Paulo
Thoughtfish, Berlin

Game Mixer reunirá desenvolvedores brasileiros e alemães para troca de experiências

Atenção desenvolvedor de games brasileiro! Você já teve vontade de trocar experiências com desenvolvedores de outros países, conhecendo técnicas de desenvolvimento e as novas tendências que agitam o mercado de jogos digitais mundo afora? Pois bem, o Goethe Institut receberá dez desenvolvedores de games brasileiros para participar do Game Mixer, que também contará com a participação de outros dez desenvolvedores de games alemães. O evento ocorrerá entre os dias 4 a 11 de novembro.

Os participantes da Alemanha são premiados e indicados ao Deutscher Computerspielpreis (Prêmio Alemão de Jogos Digitais). De acordo com os organizadores, o programa tem início com um workshop baseado no conceito de barcamp (desconferência), uma espécie de workshop com formato participativo e aberto. O objetivo é aprender uns com os outros por meio de uma conversa conjunta sobre oportunidades e desafios da indústria dos games em ambos os países. O workshop será seguido por uma mostra pública dos games dos participantes brasileiros e alemães.

O grupo terá a oportunidade de apresentar os seus jogos e de conversar em profundidade com o público. Nos dois dias que se seguem, haverá painéis de discussão teuto-brasileiros sobre as condições políticas e econômicas para promover a indústria de games em ambos os países, visitas a alguns estúdios desenvolvedores, bem como eventos de confraternização com a comunidade de desenvolvedores de games. Dentro do programa haverá também uma game jam de dois dias, onde os desenvolvedores alemães e brasileiros, em equipes mistas, trabalharão em conjunto em protótipos de jogos. O detalhe é que o inglês será a língua de comunicação durante o programa.

Para participar é fácil, mas tem de seguir algumas condições:

  • ser desenvolvedor profissional de empresa de games brasileira ou de estúdio independente de games, com ao menos um game lançado no mercado;
  • ter disponibilidade para participar em tempo integral durante os oito dias de programação;
  • ter habilidade para se comunicar em inglês.

A intenção é priorizar pequenas empresas ou estúdios desenvolvedores de games em crescimento, pois são eles que poderão obter maiores benefícios com o programa. Vale destacar que o Goethe-Institut providenciará as despesas de viagem para a cidade de São Paulo (Capital) em classe econômica; acomodação (para participantes de fora da cidade); e locomoção local.

Se você possui os requisitos e quer participar do Game Mixer, mande um email para gamemixer@saopaulo.goethe.org até 28 de agosto 2016. O email deve conter: seu currículo; carta de motivação em uma página; uma página com o descritivo de sua companhia (data de criação, quantidade de games produzidos/lançados, número de desenvolvedores, performance do produto); uma página com descrição sumária de um produto que queira exibir na mostra (contendo detalhes do game, performance do game e screenshots).

São parceiros do Goethe-Institut neste projeto: o Prêmio Alemão de Jogos Digitais, a Fundação da Cultura de Gaming Digital, a Associação Brasileira dos Desenvolvedores de Jogos Digitais (Abragames) e a Câmara de Comércio e Indústria Brasil-Alemanha. O projeto é apoiado financeiramente pelo Ministério das Relações Exteriores da República Federal da Alemanha. Uma vez selecionado para participar do Game Mixer, não há possibilidade de desistência.

Serviço – Game Mixer

Onde: Goethe-Institut São Paulo – Rua Lisboa, 974 – São Paulo, SP
Tel. +55 (11) 3296 7063
Quando: 4 a 11 de novembro

Sitehttp://www.goethe.de/ins/br/sap/ptindex.htm