Arquivo da tag: inscrições

Abertas inscrições do segundo programa de pré-aceleração da Playbor

Estão abertas desde o último domingo (13 de agosto de 2017), as inscrições para a próxima pré-aceleração da Playbor. A intenção é auxiliar novos produtores de jogos a lançarem seus produtos no mercado. Desta vez haverão duas turmas: uma presencial em Minas Gerais, com o patrocínio do Sebrae Minas; e outra nacional e remota, repetindo o mesmo modelo que foi consolidado no começo do ano. Você tem até o dia 27 de agosto para enviar a inscrição do seu game.

A abertura do processo será com uma GameJam que começa no dia 1 de setembro. Depois disso, 20 times selecionados (10 em cada turma) passarão por oito semanas de uma maratona de desenvolvimento de jogos voltada para o produto. Ao fim, haverá mais uma seleção e os finalistas passarão por duas semanas de uma consultoria focada em negócios e empreendedorismo.

“A ideia do programa é criar oportunidades para o desenvolvimento de jogos independentes no Brasil. A Playbor oferece suporte, contatos e mentorias com as figuras mais importantes do cenário de games nacional para que os times forem uma boa estrutura e consigam caminhar no mercado com as próprias pernas”, explicou Marcelo Faria, diretor de aceleração da Playbor.

As inscrições estão abertas no site da Playbor para equipes com dois ou mais integrantes que estejam dispostos a empreender no mercado de jogos. A primeira edição revelou muitos jogos interessantes que até saíram aqui no GameReporter como o Cursiva e Bonded Heroes.

Sobre a Playbor

Para quem não conhece, a Playbor foi fundada em 2015 por empreendedores e entusiastas de games. Ela é a primeira empresa do Brasil focada em acelerar o desenvolvimento de jogos digitais. Executou seu primeiro programa de pré-aceleração no começo de 2017, revelando talentos como a Kaldra Games e a Rev Studio.

Estão abertas as inscrições para a competição principal do BIG Festival

O BIG Festival sempre atrai centenas de desenvolvedores indies a São Paulo, pois eles almejam o prêmio de R$ 20 mil em dinheiro e o reconhecimento pelo seu trabalho. Alguns jogos que já venceram o BIG ganharam bastante destaque entre os jogadores mundo afora. Exemplos práticos são Papo & Yo, Unmechanical, Aritana e a Pena da Harpia, que ganharam prêmios e caíram nas graças do público.

Pois bem, se você tem um jogo ambicioso e quer fazê-lo bem sucedido, o BIG pode cortar caminhos. A terceira edição já tem data para ocorrer (27 de junho a 5 de julho), e se você quer colocar seu game lá, já pode começar a se mexer. Os desenvolvedores de jogos indie já podem inscrever seus projetos na competição principal do BIG Festival.  As inscrições podem ser realizadas até o dia 30 de abril.

O prêmio é bastante disputado: só na edição do ano passado foram mais de 450 jogos inscritos. Para este ano, a organização vai dividir os inscritos em nove categorias (Melhor Jogo, Revelação Brasil, Melhor Som, Melhor Arte, Melhor Narrativa, Melhor Gameplay, Inovação, Melhor Jogo Educacional ou de Aprendizagem e Voto Popular). A partir daí serão escolhidos 30 títulos que ficarão expostos em um salão, onde o público poderá testar e escolher seus favoritos.

Para submeter um jogo, basta acessar o site oficial do evento e seguir as instruções descritas. Depois é só torcer para que seu game seja bom o bastante para cativar a crítica e o público!

Já estão abertas as inscrições para o BIG Festival 2015

E já estão abertas as inscrições para o Brazil’s Independent Games Festival – o BIG Festival 2015, primeiro e único evento de games da América Latina que celebra os jogos independentes. A terceira edição ocorrerá entre os dias 1 e 10 de maio no Centro Cultural e os desenvolvedores podem submeter seus jogos para participar do evento.

As inscrições podem ser feitas até o dia 20 de março através do site do evento. Não importa qual a plataforma do seu game, basta submetê-lo à análise da organização do evento. As estimativas são de que os vencedores recebem cerca de R$ 50 mil em prêmios, sendo que aspectos visuais, sonoros, narrativos, gameplay e inovação são levados em consideração para a seleção dos títulos expostos.

Desenvolvedores de fora do Brasil também podem se inscrever, e, caso o game seja escolhido para participar do evento, ganham a viagem para São Paulo. Como é de praxe, os jogos finalistas ficam disponíveis para os visitantes testarem (alguns também ficam online). Outra novidade é que a edição deste ano terá uma seção especial voltada aos jogos educacionais e de aprendizado.

Mais informações no site do evento.