Arquivo da tag: indie

Divirta-se com um adventure gratuito em episódios

Ben304 colocou para download gratuito o adventure I Fought the Law, and the Law One, um game independente parte da série em episódios ~airwave~.

A história é centrada em Elodie Major, proprietária de uma pequena estação de rádio chamada Airwave Radio, mantida com o amigo Zak há cinco anos e tem um público fiel.

Eis que chegam as grandes gravadoras, pressionando para que a estação underground entre no mundo dos jabás. Esse é o pano de fundo de um adventure à moda antiga que merece o download por todos os fãs de um gênero praticamente esquecido.

:: Baixe o adventure I Fought the Law, and the Law One gratuitamente

Conheça Macaco Grande, um projeto de game nacional

O leitor Vitor Almeida entrou em contato conosco para divulgar o game Macaco Grande, um projeto em que está trabalhando há algum tempo.

O game é uma ode aos clássicos, e ao ver suas capturas de tela é impossível não lembrar de jogos como Donkey Kong. Nele o jogador precisa cruzar verticalmente seis edifícios, dominados por um macacão-chefe e seus asseclas, sem ser atingido pelo inimigo ou pelos cocos que são arremessados.

Em desenvolvimento sob a plataforma Unity, o game estará disponível via web, ou como download para PCs, Macs, iPhones e iPads. Para o final do processo, Vitor prometeu um detalhamento completo do processo de desenvolvimento.

:: Acesse o site de Macaco Grande e conheça melhor o projeto

Gamedevs filmam trabalho em Global Game Jam, confira o vídeo

Aqui no GR a gente costuma guardar um vídeo para apresentar na sexta-feira, mas alguns são tão bons e interessantes que não podem esperar.

É o caso do vídeo criado por três desenvolvedores da Cryptic Studios (subsidiária da Atari que trabalhou em City of Heroes), que participaram da Global Game Jam e filmaram o progresso de seu pequeno projeto indie.

O resultado foi um vídeo timelapse, uma compilação de sete minutos mostrando os principais momentos das 48 horas de trabalho de Jimb Esser, James Laird e Nick Duguid.

Gostou do vídeo? O game Benny Lava pode ser baixado de graça aqui.

[Via Kotaku]

Desenvolvedor brasileiro pede ajuda para concluir game indie

O desenvolvedor independente Matheus Borges entrou em contato conosco para pedir uma ajuda. Sua intenção é concluir um projeto, e para isso precisa da força da comunidade de gamedev.

O game em questão é Manolo e, abaixo, você confere o textinho bacana que ele nos mandou e onde ele apresenta o jogo. O email para contato segue no fim do post.

Manolo, um indie game brasileiro

Apresento-lhes Manolo, um simples fazendeiro espacial que leva uma vida pacata em seu pequeno planeta-fazenda. Um dia este é invadido por terríveis vilões, então ele descobre que chegou o seu momento de viver uma grande aventura no espaço. Esse é o indie game que Matheus Borges Alves está desenvolvendo para Iphone e Android. Veja o que Matheus diz sobre seu jogo:

Como sou programador de games, o que mais me chama a atenção em um jogo é a complexidade de como este foi programado. Por exemplo, sou apaixonado por Shadow of the Colossus, devido a sua física. E Super Mario Galaxy tem um conceito de física muito complexo que quebra todos os conceitos traicionais. Quando vi aquilo pensei: se eu conseguir programar algo assim vou provar para qualquer empresa de games no mundo que sou um programador que capaz de fazer coisas bem complexas em um game 3D.

E  para deixar a coisa ainda mais difícil, eu resolvi que deveria ser para mobile (iPhone e Android), pois a complexidade seria maior devido a limitação dos dispositivos móveis. Depois de alguns meses com a engine funcionando eu resolvi colocar o Manolo que claro, que, é claro, é uma brincadeira com o Mario, uma versão paraguaia dele. Não quero chamar a atenção pela originalidade do game, e sim pela complexidade da engine e o que é possivel fazer com ela.

Resolvi fazer o vídeo para conseguir investidores para o projeto, não para desenvolver o jogo do Manolo em si, mas sim para usar a engine de fisica espacial para desenvolver um game com essa temática.

O bacana nesse caso é que posso desenvolver um jogo bem psicodélico, totalmente desprendido das regras reais da física. Resultado, por enquanto, já mostrei o vídeo para dois investidores e os dois gostaram da ideia. Estamos avançando nas negociações. Espero que de certo e que saia um game bem psicodélico para iPhone e Android.

A jogabilidade, que lembra a de Super Mario Galaxy é impressionante para um game programado por apenas uma pessoa.

Matheus lançou um vídeo de seu protótipo no youtube para conseguir pessoas que o ajudem a concluir o game.

Quem tiver interesse pode enviar um email para matheusborges.games@gmail.com.

Capcom responde às acusações de plágio de game independente

Na semana passada falamos a respeito de um caso curioso: um estúdio independente acusa a Capcom de ter plagiado, na caruda mesmo, um game que eles elaboraram. Disseram, inclusive, que tentaram oferecer o game para a distribuidora japonesa e tiveram a porta fechada na cara.

A Capcom, todavia, se explicou a respeito das semelhanças entre Splosion Man e seu game recém-lançado para iPhone, MaXplosion. “Enquanto a Twisted Pixel conversou com nossa equipe de consoles sobre publicar “Splosion Man” para videogames, a Capcom Mobile é uma divisão diferente da Capcom com escritórios separados e, por isso, não sabia de antemão de qualquer reunião entre a equipe de console e a Twisted Pixel”, se defendeu.

A companhia disse ainda que MaXplosion foi desenvolvido de forma independente pela Capcom Mobile, e disse estar entristecida com a situação, trabalhando para ganhar a credibilidade da comunidade de gamers.

O pessoal da Twisted Pixel, apesar de ter se revoltado com a cópia, disse que não vai enfrentar legalmente a Capcom.