Arquivo da tag: gratuito

Zumbi Olé – Futebol é a arma para combater zumbis em game de aluno da Fatec Carapicuíba

Ainda inspirados pelo clima de Copa do Mundo, hoje vamos falar de um game criado pelo aluno Raul Tabajara da Fatec de Carapicuíba. Trata-se de Zumbi Olé, um game de celular em que o jogador precisa driblar zumbis para somar pontos, salvar o mundo e se tornar um novo craque. O game é para dispositivos Android e já é bem conhecido do público brasileiro, de modo que já ultrapassou a marca de 33 mil downloads e está disponível gratuitamente.

O game gira em torno de Yara, uma menina que sonhava em ser jogadora de futebol, mas viu seu futuro ameaçado após um apocalipse zumbi dominar o planeta. Para sobreviver, ela resolve encarar a batalha e sair driblando os mortos-vivos, tomando cuidado para não ser capturada e devorada por eles.

A grande diferença do Zumbi Olé para tantos outros jogos é sua proposta inusitada ao misturar dois temas tão diferentes como futebol e apocalipse zumbi. Como se não bastasse, o game não tem nada de violência. Tudo aqui está envolto na habilidade e talento esportivo de Yara. O jogo foi uma das atrações do Big Festival, um dos principais eventos de games independentes do Brasil, e se classificou entre as 15 melhores produções nacionais do gênero em 2017.

A Copa do Mundo também contribuiu para aumentar o interesse dos usuários pelo aplicativo, mas o destaque tem sido a ótima aceitação do público feminino. De acordo com Raul Tabajara, colocar uma garota como protagonista foi proposital e serviu para quebrar paradigmas, dando representatividade às mulheres no esporte mais amado do país.

Para desenvolver o Zumbi Olé, o desenvolvedor contou com a parceria de amigos e do professor Alvaro Gabriele Rodrigues. Ele conta que a ideia surgiu assistindo ao seriado de zumbis Walking Dead. “Os monstros são muito lentos. Não precisa de armas para derrotá-los, basta pular para o lado e gritar: olé”, explica. “Poderia criar um jogo com essa concepção e colocar uma bola nos pés da personagem, fazendo uma alusão ao esporte mais popular do Brasil”.

Segundo o estudante, que também lançou recentemente o jogo Masmorra da Tortura, o próximo passo será uma nova versão do Zumbi Olé para computador com novos recursos, como loja virtual para compra de chuteiras mais potentes e uniformes de clubes e seleções. O game está disponível gratuitamente na Google Play.

Abaixo tem o trailer de Zumbi Olé:

Unesp disponibiliza jogos em PDF gratuitamente que auxiliam no estudo de matemática

“Matemática não é comigo”. Certamente você já ouviu essa frase, certo? Pois é justamente pensando nas pessoas com maior dificuldade no aprendizado de exatas que o Laboratório de Matemática da Unesp está disponibilizando em seu portal online mais de 50 jogos para colaborar com o aprendizado dos alunos. Os jogos podem ser impressos e trazem técnicas que desafiam a lógica, raciocínio e desenvolvimento cognitivo.

O propósito desses tipos de jogos não é focar somente na diversão e sim que os alunos busquem aumentar seu potencial, no desenvolvimento de novas habilidades. A Unesp criou o laboratório de matemática como um de seus inúmeros projetos de extensão para dar total suporte às aulas práticas de matemática.

O método segue a premissa da gamificação, ou seja, aprender jogando e se divertindo. E não funciona apenas com crianças não! Essa nova forma de aprendizado garante aos alunos maior autonomia e fornece condições suficientes para o aluno interpretar à sua maneira todo o conteúdo programático.

De acordo com a Unesp, os jogos em sala de aula colaboram para ampliar o poder de concentração do aluno, tornando o ambiente em sala de aula favorável à aprendizagem. Entre os inúmeros benefícios estão que o aluno encontra melhores sugestões para a solução de problemas, aumenta sua capacidade de autoquestionamento, desenvolve pensamento estratégico, melhora a memória e até um aumento na capacidade intelectual do aluno.

Dito isto, vamos falar sobre os 8 jogos que a Unesp indica para melhorar a capacidade dos alunos em resolver problemas matemáticos:

Os jogos são disponibilizados para download em formato PDF, prontos para serem impressos, se você é professor, pedagogo ou quer participar da educação de seu filho, basta clicar aqui. Ah, os jogos foram organizados conforme a divisão do Ensino Fundamental, do 1º ao 9º ano, e também do Ensino Médio. No site mencionado acima tem as regras e os tabuleiros para download.

Jogos do 1º ao 5º ano

1 – Sempre 10

É um tabuleiro com espaços para peças de 1 a 9. O objetivo do jogo é tentar encaixar as peças que no final deverão resultar em 10. A regra do jogo é que a soma das peças de cada linha seja 10.

As competências obtidas por meio desse jogo são habilidades de desenvolver cálculos, envolvendo operações de adição e subtração.

2 – Jogo dos pontinhos

O jogo consiste em uma folha de papel pontilhada. O objetivo desse jogo é somar mais pontos, sendo o máximo de 2 jogadores. A regra é traçar e unir os pontinhos até fechar um quadrado.

Esse jogo aumenta a capacidade de raciocínio lógico e agilidade na tomada de decisão.

3 – Feche a caixa

No tabuleiro, existem 40 casas enumeradas de 1 a 40. Será disponibilizado ao aluno 2 dados com faces diferentes. Um enumerado de 1 a 6 e outro enumerado de 1 a 10. O objetivo do jogo é rolar os dois dados e multiplicar o resultado total, ao passo que as equipes vão fechando as casas, ganha a equipe que fechar todas as casas do seu tabuleiro.

Esse jogo aumenta as competências e habilidades em desenvolver estimativa, cálculo mental envolvendo adição e multiplicação, e manipulação algébrica.

4 – Borboleta

O tabuleiro é composto por 12 espaços vazios e contém 9 peças vermelhas e 9 peças azuis. O objetivo desse jogo é capturar todas as peças do adversário. O jogo é parecido com o jogo de dama, onde o jogador vai movimentando as peças à frente até capturar as peças do adversário.

Aumenta o raciocínio lógico e intuitivo da criança.

Jogos do 6º ao 9º ano

5 – Alquerque

O alquerque é formado por um tabuleiro de 25 casas dispostas em 5 fileiras de 5 casas cada uma e possui 4 linhas que ligas as casas medianas dos 4 lados do tabuleiro. Também são disponibilizadas 12 peças vermelhas e 12 peças azuis.

O objetivo é acumular mais peças do adversário. Esse jogo estimula o raciocínio lógico e intuitivo.

6 – Estrela mágica soma 26

O jogo consiste em um tabuleiro em forma de estrela e o objetivo é preencher as casas do tabuleiro com peças enumeradas com os seguintes números: 1, 3, 4, 5, 8, 9, 10, 12. A soma em cada linha deve ser igual a 26.

O jogo desenvolve competências e habilidades de desenvolver estimativas e cálculo mental envolvendo adição e subtração.

Jogos do Ensino Médio

7 – Jogo da corrente

O jogo consiste em um tabuleiro em forma de corrente com 19 casas e são disponibilizados aos participantes 18 peças vermelhas e 18 peças azuis. O objetivo do jogo é não marcar a última casa.

Esse jogo desenvolve habilidades de elaborar estratégias e desenvolver o raciocínio lógico e intuitivo.

8 – Pentaminós

O pentaminó é um quebra-cabeça geométrico. Consiste em um tabuleiro com espaços vazios. É disponibilizado aos participantes, peças em formatos geométricos estratégicos que precisam ser encaixados nos buracos vazios do tabuleiro.

O jogo aumenta habilidades de atenção, concentração, domínio das anatomias geométricas, noção de área e perímetro.

Copa do Mundo da Rússia – Conheça seis jogos gratuitos para Android que vão te deixar no clima para torcer pelo Brasil

O clima de futebol já está por toda a parte! Milhões de brasileiros vestiram a amarelinha para torcer por nossos campeões na Rússia. Hoje vamos listar seis jogos gratuitos para dispositivos mobile para quem quer entrar no clima da Copa e desafiar os amigos em partidas arrasadoras.

Cada um dos jogos listados são de gêneros diferentes e possuem objetivos distintos, de modo que você não vai ver uma lista com oito simuladores ou dois jogos parecidos. Os jogos aqui foram escolhidos devido à sua qualidade e fator diversão. Vale dizer que quase todos os games aqui são bastante casuais e gratuitos.

 

Zezin na Copa da Rússia

O jogo que abre nossa lista é Zezin na Copa da Russia, do estúdio indie brasileiro ChackPoint. O título, que já foi tema aqui no GameReporter, coloca o jogador no controle de Zezin, um garoto aficionado por futebol. Você deve ajudar o garoto a fazer o maior número de embaixadinhas possível.

A jogabilidade é bem simples e divertida e o sistema de ranking é ideal para desafiar seus amigos por aí. O grande macete mesmo é que o título faz uso da realidade aumentada, de modo que você pode levar Zezin para fazer embaixadas em qualquer ambiente da sua casa ou do seu trabalho. Baixe Zezin na Copa da Russia aqui.

 

Top Eleven

Este aqui é para quem acha que o trabalho de técnico de futebol é moleza. Top Eleven é produzido pelo estúdio indie Nordeus e o objetivo aqui é dirigir seu próprio time de futebol, criando estratégias, escalando os melhores jogadores, assinando contratos de patrocínio e administrando treinos para melhorar suas chances de vitória.

O game tem um foco bem centrado na comunidade online, de modo que você pode desafiar outros times ao redor do mundo. De acordo com a desenvolvedora, há mais de 170 milhões de jogadores em todo o mundo, alguns dos quais já se dedicaram ao título por oito anos. Chegar ao posto de melhor técnico do mundo e vencer a Copa do Mundo não será tarefa fácil. O download é gratuito.

 

Finger Soccer Coins

Você se lembra do clássico Futebol de Botão? Pois então, a Free Mobile Sport Games reviveu a diversão da garotada para os celulares. A jogabilidade é bem fácil: basta apontar a direção da jogada e tentar acertar a bola no gol. E sim, fazer isso é extremamente viciante.

Figer Soccer Coins possui diversos torneios e é possível bolar estratégias para derrotar os adversários. A Free Mobile Sport, desenvolvedora do jogo, ainda incluiu desafios diversos para manter os jogadores entretidos. Este game é ideal para quem quer reviver a infância. Acesse o jogo através do Google Play.

 

Futebol FIFA: FIFA World Cup

Como falar de futebol digital sem mencionar a franquia nº 1 do gênero? A versão mobile não pode ser equiparada às versões de consoles e PC, porém a Electronic Arts fez um serviço de respeit para manter os fãs de simuladores de futebol entretidos. Este aqui é o título mais complexo e trabalhado da lista, mas afinal este é o único game inteiramente licenciado para a Copa.

Em comemoração ao Mundial da Rússia, a EA adicionou mapas e modos únicos, além de disponibilizar todas as 32 nações classificadas. Além de tentar ganhar o caneco, os jogadores ainda tem um modo que permite fazer previsões dos resultados das partidas reais da FIFA World Cup. Quem acertar pode até ganhar recompensas. Acesse o FIFA World Cup aqui.

 

Head Soccer Russia

Este game é do estúdio espanhol Genera Games e chama as atenções por seu estilo caricato e jogabilidade simples, porém divertida. As partidas lembram o clássico “Gol a Gol”, ou seja, apenas um jogador defendendo sua seleção para cada lado. Ganha quem fizer mais gols até o fim da partida (obviamente).

Cada jogador possui habilidades e jogadas especias para derrotar os adversários e as partidas costumam ser bem rápidas. Head Soccer Russia possui quatro modos de jogo para tornar a jogatina ainda melhor. Demora um tempo até pegar o jeito, mas quando você aprende a jogar, acaba se viciando. Download gratuito aqui.

 

World Cup Penalty 2018

Este é o jogo para quem curte fortes emoções! Esqueça as táticas e sistemas elaborados, tudo aqui se resume a bater pênaltis e derrotar as seleções adversárias. A jogabilidade é simples: barras indicam a posição e força do chute, enquanto que na hora de defender basta tocar no canto escolhido. Vencer não é fácil, mas traz a emoção característica das decisões por penais. Todas as 32 seleções que estão na Russia estão representadas neste game.  Você pode fazer o download aqui.

Passatempos Inteligentes é o aplicativo para treinar seu cérebro brincando

Hoje vamos falar de um aplicativo para dispositivos mobile que tem tudo para exercitar seu cérebro: Passatempos Inteligentes. Trata-se de uma coleção de jogos baseados nos princípios da psicologia cognitiva, que ajudam a praticar diferentes habilidades mentais, como memória, concentração e raciocínio lógico. O game está disponível há alguns meses e já foi baixado mais de 400 mil vezes tornando-se uma referência em jogos para treinar o cérebro.

Ele é uma coletânea de jogos de lógica da internet produzido pelo estúdio Smart Mobile Development, cujo intuito é divertir e aumentar o poder do cérebro. Para isso, foram selecionados diversos jogos separados por categorias e com constantes adições de novos jogos totalmente de graça. Aqui você vai ver versões do jogo da memória, jogos de lógica e quebra-cabeças.

Desde o lançamento do Brain Training, sabe-se que jogos de puzzle em geral ajudam mesmo a desenvolver o cérebro e deixar seu pensamento mais rápido e lógico. Não por acaso, jogos do estilo são frequentemente utilizados por estudantes universitários e crianças em idade educacional, a fim de melhorar seus rendimentos escolares.

De acordo com os desenvolvedores, todos os jogos contidos em Passatempos Inteligentes foram projetados para impulsionar suas habilidades de memória, concentração e reação. Há um ranking multiplayer em todos os minigames, de modo que você pode desafiar e comparar suas pontuações com os amigos.

Shopping SP Market recebe o Museu do Videogame Itinerante

Outra boa pedida para o mês das crianças é a exposição “Museu do Videogame Itinerante”, que estará no Shopping SP Market entre o dias 8 e 30 de outubro. Esta é a primeira vez que a atração vem para a capital paulista e, de acordo com os organizadores, haverão mais de 250 consoles para os visitantes conferirem de perto. A ideia é retratar cerca de 40 anos da história dos jogos eletrônicos mundiais.

A exposição é gratuita e é bastante recomendado para jogares das antigas e das novas gerações. Como não pode deixar de ser, os grandes clássicos estarão presentes como o Telejogo, Atari 2600, NES, Mega Drive, Super Nintendo, entre outros. Os consoles de nova geração também fazem da parte da mostra, assim os jogadores podem conferir toda a evolução ao longo os anos até culminar nos poderosos XBox One e PlayStation 4.

Além da exposição, o espaço Museu do Videogame Itinerante também é interativo. Lá os games podem conferir desafios de Just Dance, simuladores de corrida, desfile de cosplay e muitos outros. O evento, que somente em 2015 recebeu mais de 4 milhões de visitantes em nove estados, é o primeiro do gênero do país registrado pelo Ibram – Instituto Brasileiro de Museus.

Em 2014, o Museu do Videogame Itinerante recebeu o prêmio do Ministério da Cultura como o museu mais criativo do país. Em 2016, foi um dos museus brasileiros escolhidos para representar o país no maior encontro de museus do mundo, em Paris.

De acordo com o curador do evento, Cleidson Lima, entre as relíquias estão o primeiro console fabricado no mundo, o Magnavox Odyssey, de 1972; o Atari Pong (primeiro console doméstico da Atari), de 1976; o Fairchild Channel F, de 1976 (primeiro console a usar cartuchos de jogos); o Telejogo Philco Ford, de 1977 (o primeiro videogame fabricado no Brasil); o Nintendo Virtual Boy, de 1995 (primeiro a rodar jogos 3D); o Vectrex, de 1982 (console com jogos vetoriais que já vinha com monitor); entre outros.

Um passeio pelo Museu do Videogame Itinerante é uma ótima atividade em família, onde pais e filhos podem compartilhar bons momentos sobre as mesmas paixões: videogames. Para mais informações sobre o Museu do Videogame, basta acessar o site.

Serviço: Museu do Videogame Itinerante no Shopping SP Market

Endereço: Av. das Nações Unidas, 22.540 – ao lado estação Jurubatuba – Linha 9 da CPTM
Período: de 8 a 30 de outubro de 2016 – GRATIS
Estacionamento: R$ 8,00 por 2 horas, e R$ 2,00 por hora adicional / Manobrista: R$ 9,00 a primeira hora e R$ 2,00 por hora adicional (carro). Moto: primeira hora R$ 4,00 e R$ 1,00 por hora adicional.
Informações: (11) 5682.3666 – www.shoppingspmarket.com.br

Resgate Acqua Saga é o novo jogo sobre economia de água

Apesar de o noticiário não cobrir mais a crise hídrica como ocorria em alguns meses, ela ainda existe e é um fantasma que assombra muitos paulistas e brasileiros. É justamente para chamar a atenção sobre este problema que a Blue Comunicação lançou o game Resgate Acqua Saga para dispositivos mobile.

O título é o primeiro a ser desenvolvido pela Blue Comunicação e foi desenvolvido pela Izotonic Games. O objetivo do game é mostrar a importância da economia de água. Para isso, o game apresenta-se como um quebra-cabeça passado em um mundo futurista  onde os moradores não se preocupam com o desperdício de água . O problema é que ocorre uma terrível seca que ameaça a sobrevivência da humanidade. Cabe ao jovem Acq ajudar a recuperar as reservas hídricas para garantir o sucesso.

Acq deve encontrar vazamentos ou desperdícios de água e evitar que isso continue ocorrendo.  Para auxiliar nas missões, existem diversos bônus na hora de encaixar as peças. Outra forma de obter alguma vantagem é conquistar novos itens utilizando as GMs, as moedas do jogo mais ou menos como qualquer outro jogo social.

A jogabilidade não é muito diferente de outros puzzles como Candy Crush. O destaque está na mensagem de conscientização e no fator desafio sempre crescente. O game não requer conexão com a intenet, porém é possível desafiar os amigos através do Facebook após associar à conta da rede social.

O título possui 100 fases recheadas de desafio e diversão. Altamente recomendado para jogadores mais jovens, Resgate Acqua Saga é gratuito e pode ser obtido por meio das lojas online  para as plataformas Android e iOS.

Big Tower da Insane Sheep agora é gratuito

O time do estúdio Insane Sheep lançou recentemente o novo update do jogo Big Tower. Esta é a terceira atualização e com ela foi introduzidas novas características e conteúdos ao jogo original, bem como a transição do game para o modelo Free to Play e a disponibilidade é exclusiva para os usuários do Google Play.

Esta mudança de modelo de negócios é como um presente de fim de ano, visto que todos os jogadores podem jogar o game gratuitamente e sem as conhecidas microtransações. Vale lembrar que Big Tower foi lançado inicialmente em fevereiro de 2014 e desde então vêm recebendo atualizações constantes.

Além dessas mudanças, Big Tower ganha dois novos troféus; um sistema de recompensas para quem jogou o game antes de ele tornar-se gratuito; a adição de barras de energia para os inimigos; novos visuais para os menus, animações etc.Também vale destacar que o jogo ganhou um novo modo de jogo que visa testar o conhecimento do jogador. A lista completa de mudanças pode ser conferida no site oficial.

Para quem não conhece, o jogo é um Tower Defense com estilo visual clássico da era 8 bits. Na trama, o jogador deve ajudar o Kid Z e o Professor Genius em uma missão que envolve viagem no tempo para recuperar artefatos históricos  que servirão para criar a Big Tower, a maior torre jamais criada e a única arma capaz de vencer o vilão Kinky, que ameaça a segurança do mundo. O jogo é dos poucos a mesclar um conceito de jogo recente, com gráficos retro.

Veja abaixo o trailer do game Big Tower:

Guardiões da Cidadania: game educativo para tablets

Pensando no bem estar coletivo e nos jogadores mais jovens, a Editora Ática lançou o aplicativo Guardiões da Cidadania para as plataformas iOS e Android. O aplicativo ambiciona tornar-se uma ferramenta importante na aprendizagem em ambientes escolares, pois propõe uma reflexão de ideias acerca de valores humanos como compaixão, amor ao próximo e respeito.

A aplicação é a primeira investida na área de games cuja temática é voltada para a cidadania. O game é inspirado pelo quadrinho “O Cidadão Invisível”, escrito em 2011 por Gilberto Dimenstein (que também foi lançado pela Ática). No game o jogador encontra os personagens Naco e Patrícia que residem na mesma cidade, porém de classes sociais distintas. Após o encontro dos personagens a vida de cada um se transforma de maneira surpreendente.

O objetivo do jogador é não permitir que o jovem Naco se torne “invisível” aos olhos da sociedade. O garoto mora nas ruas e está constantemente sendo ignorado pelas pessoas nas ruas. Para não permitir que Naco seja ignorado pela sociedade, o jogador deve criar um verdadeiro embate entre o bem e o mal utilizando corretamente as cartas com personagens do livro.

O game integra recursos de animação e jogabilidade semelhante ao Super Trunfo. Deste modo, a narrativa e jogabilidade são exploradas em partidas que envolvem atributos como ataque, defesa e estado de espírito.

“Hoje, nossas bandeiras implicam em educação de qualidade para todos, com acesso universal às novas e qualificadoras tecnologias educacionais”, ressalta Ana Teresa Ralston, diretora de Tecnologia de Educação da Abril Educação.

O game tenta explorar os conceitos criados por Dimenstein e atingir os jovens com a gamificação bem aplicada. Aos que tiverem interesse, o aplicativo já está disponível para iOS e Android para tablets e pode ser baixado gratuitamente.

Onde vivem os Animais: novo aplicativo da Cuca Studio para o público infantil

Outro estúdio de games nacionais é a Cuca Studio, famosa pelo aplicativo O Som dos Bichos. A desenvolvedora indie acaba de lançar um novo projeto gratuito no mercado chamado Onde Vivem os Animais no Google Play.

Basicamente, trata-se de uma aplicação voltada ao público infantil com viés educativo que mostra o habitat de vários animais selvagens. O jogador acompanha a vida dos animais através da ótica do Capitão Jack e de sua tripulação, visitando a Savana, a Antártida, as Florestas, entre outros ecossistemas.

Durante a aventura pode-se visitar o lar de variadas criaturas, desde os calmos pássaros, até os assustadores e perigosos crocodilos, tigres, ursos, etc. O game apresenta-se em alguns pontos como um livro infantil, porém sem perder o toque de interatividade de um jogo digital. A ideia é entreter e ensinar as crianças.

Para facilitar ainda mais a vida dos mais jovens, o aplicativo possui legendas e narração em português e também em inglês. Além disso, o pacote é gratuito, bastando ser baixado no Google Play, conforme citado acima.

Se você tem filho ou irmãos pequenos e quer diverti-lo ao mesmo tempo em que o educa acerca da flora e fauna do planeta, eis aí um belo ponto de partida.

Saga oferece minicurso gratuito de desenvolvimento em UDK

Pensando em estudar game design? Preste atenção na dica! A escola Saga está oferecendo um minicurso de UDK gratuitamente. É uma boa oportunidade de conhecer a grade curricular, o mercado e como funciona esta ferramenta tão utilizada atualmente por desenvolvedores de jogos.

A Unreal Development Kit é uma das engines mais utilizadas no mercado, inclusive pela maioria das grandes empresas de jogos digitais. Alguns dos jogos mais cultuados dos últimos anos foram desenvolvidos na UDK, como Gears of War, Mass Effect, Bioshock e Batman Arkham City. Pensando em despertar o interesse de quem quer conhecer a ferramenta e atrair novos alunos, a Saga abriu minicurso para os aspirantes a desenvolvedores conhecerem as vantagens de porquê estudar este ambiente.

O minicurso “UDK e os cenários para games” acontece durante todo o mês de abril, com opções de turmas nos turnos da manhã, tarde e noite, na unidade Games da Saga (Av. Santo Amaro, 6277) e será ministrado gratuitamente. As inscrições, aliás, já estão abertas e para preenchê-las basta entrar em contato com a escola. Mas tem de ser rápido, pois as vagas são limitadas. As inscrições devem ser feitas até o dia 31 de março através de site.

Durante o curso serão abordadas técnicas de composição, construção de cenários para games e outros recursos utilizando as ferramentas do UDK, que incluem o Unreal Kismet e Lightmass. Se você já é estudante de game design ou quer conhecer a área, aproveite a oportunidade, pois ela é rara e vai dar upgrade em seu currículo.

Minicurso UDK e os cenários para games

Local: Saga Unidade Games – Av. Santo Amaro, 6277. São Paulo – SP.

Data: todo o mês de abril

Horários: manhã , tarde e noite.

Inscrições gratuitas: www.saga.art.br

Organização: Saga – School of Art, Game and Animation