Arquivo da tag: games

Black Friday no universo dos games

A Black Friday está quase chegando e com ela vêm os descontos de diversos produtos nos principais sites varejistas do país, inclusive na área dos games. Muita gente acredita que a Black Friday é enganosa e os descontos ofertados são em cima de aumentos de preços fixados semanas ou até dias antes. Tudo pela metade do dobro do preço, dizem as piadas da internet.

Existem até estudos que comparam a edição brasileira com a americana. Um dos estudos é da agência de viagens online ViajaNet, que realizou um comparativo entre fazer compras na Black Friday brasileira e americana, considerando que existe o custo de passagem, hospedagem, alimentação, transporte e tributação sobre os produtos comprados nos EUA.

O resultado da pesquisa da ViajaNet foi alarmante: levando em consideração apenas os valores gastos em mercadorias, as compras no Brasil custam 137% a mais. Foram pesquisados produtos como câmeras de alta definição, câmeras esportivas, notebooks, televisões Ultra HD, videogames e smartphones.

“Conclui-se que é mais vantajoso viajar para os Estados Unidos para fazer compras de alto valor durante o Black Friday. Para aquisições de menor quantia, as ofertas nacionais permanecem mais vantajosas”, comenta Alex Todres, cofundador da ViajaNet.

De fato existem lojas que realizam tal prática, porém a maioria das grandes redes varejistas aderem à Black Friday de maneira coesa, levando em consideração que em geral o preço dos videogames já é superinflado no Brasil por causa dos impostos. Além disso, não são todos os brasileiros que poderão ir ao exterior aproveitar o desconto das lojas americanas.

Aqui no Brasil, participam da Black Friday algumas lojas conhecidas que já comercializam videogames como a Americanas, Walmart, Saraiva, Submarino, entre outras. Além delas, as redes online Xbox Live e Playstation Network devem preparar descontos em compras de jogos digitais como já ocorreu em anos anteriores.

Sabe-se que pelo menos a Blizzard baixou o preço de seus jogos para quantias praticamente simbólicas, como World of Warcraft que ficará por R$ 7,48 (valor ogirinal: R$ 29,90) e Starcraft II: Wings of Liberty e a expansão Heart of the Swarm estarão com 50% de desconto (R$ 24,95). Aos que ainda não puderam jogar Reaper of Souls, a última expansão de Diablo III, o jogo poderá ser adquirido com até 50%, com preço de R$ 39,95 (valor original: R$ 79,90).

A Black Friday pode não ser a maravilha que algumas lojas apregoam, mas os jogadores mais dedicados conseguem encontrar aquele jogo tão desejado por um preço mais camarada. Grand Theft Auto V é um game recente que deve ter alguma redução de valor. Por outro lado, alguns games recém-lançados provavelmente passarão longe da lista de descontos da Black Friday, como Dragon Age Inquisition e Assassins Creed Unity, mas talvez uma garimpada possa resolver a questão.

No site oficial da Black Friday estão listadas todas as lojas que aderem à campanha.

Gamificação: curso transpõe dinâmicas dos games para o ambiente editorial e educacional

O ALT+TAB, núcleo de formação do grupo Amigos dos Editores Digitais (AED), realiza em 1 de novembro o curso ‘Para além da Gamificação’, ministrado pelo professor David de Oliveira Lemes (PUC-SP e Editor do GameReporter), em Pinheiros (São Paulo).

O curso vai mostrar por que os games se tornaram uma das maiores indústrias de conteúdo do século 21, além de provocar os participantes a se apropriarem dos conceitos do universo dos jogos para repensar práticas nos segmentos editorial e educacional.
No Brasil, a indústria de jogos tem mostrado crescimento na casa de dois dígitos desde 2008, segundo um estudo recente da Euromonitor. Feiras dedicadas ao setor, como a Brasil Game Show, atraem em torno de 250 mil pessoas, boa parte de crianças e adolescentes que esperam por até 4 horas para ver seus ídolos ou testar novos lançamentos.

O curso ‘Para além da Gamificação’ se destina a quem deseja se comunicar de maneira mais efetiva com essa audiência. Ele é voltado para quem planeja, edita e produz conteúdo editorial ou lúdico, tanto digital quanto analógico. Educadores e formadores também podem se beneficiar, assim como designers instrucionais. Não existe pré-requisito para se inscrever.

O objetivo não é apenas aplicar aspectos dos jogos superficialmente ou usar o lúdico como motivação, mas incentivar um olhar mais profundo sobre como criamos produtos, serviços e experiências no universo digital.

A metodologia da aula é ao mesmo tempo teórica e prática. “A abordagem integrada permite maior interação entre os participantes, propiciando um aprendizado e networking efetivos”, ressalta Gabriela Dias, curadora do Alt+Tab.

As inscrições já estão abertas pelo site: www.alttabdigital.com.br

INFORMAÇÕES:

Para além da Gamificação – as regras do jogo

Data: 01 de novembro, sábado, das 9h às 18h
Investimento: R$ 600 (R$ 570 com desconto até 20/10 OU em 2x de R$ 300)
Endereço: House of Work – Rua Dr. Virgílio de Carvalho Pinto, 27, São Paulo, SP
Contato: cursos@alttabdigital.com.br

Literatura e games são tema de evento no Sítio do Picapau Amarelo

UNITAU, USP e Games for Change fazem a “Ligação” de 9 a 12 de outubro

Promover a literatura entre crianças e jovens, divulgar games com foco em educação, cultura e mudança social e defender o uso criativo das novas tecnologias são os eixos da quinta edição da Ligação (Literatura Infantojuvenil, Games e Artes em Ação), uma festa em Taubaté, entre os dias 9 e 12 de outubro, no Sítio do Picapau Amarelo e no Departamento de Informática da Universidade de Taubaté (UNITAU).

O evento é uma iniciativa da Universidade de Taubaté (UNITAU), com apoio da Prefeitura e parcerias com a ONG “Instituto do Mundo”, a rede internacional “Games for Change” e o grupo de pesquisa “Cidade do Conhecimento” da USP. A festa é patrocinada pela empresa Campo Limpo Reciclagem e Transformação.
A programação, gratuita e aberta ao público, inclui contação de histórias, rodas de conversa, debates com escritores e lançamento de livros como “Brinco, Logo Aprendo – Educação, Videogames e Moralidades Pós-Modernas” (Editora Paulus), de Gilson Schwartz, um dos curadores dessa festa literária que celebra também a cultura digital de crianças e adolescentes.

Espetáculos teatrais, cinema, oficinas de criação de games e de construção de brinquedos completam a programação. Escolas e famílias paulistanas interessadas em participar contam com um serviço de apoio (traslado e hospedagem).

“O evento tem como missão tornar a leitura encantadora para crianças e jovens, discutindo a chegada da tecnologia neste contexto”, explica a curadora da “Ligação” e responsável pelo sistema de bibliotecas da UNITAU, Márcia Maria de Moura Ribeiro.
A programação é diversificada, cobrindo as áreas de literatura, games e artes com atividades para crianças, jovens, pais e professores. Entre os temas polêmicos estão as mudanças geradas pela tecnologia na produção de literatura (como, por exemplo, os blogs de literatura), a atuação de jovens escritores (haverá uma discussão com adolescentes que já lançaram livros) e o papel dos games como ferramentas de aprendizado, difusão do conhecimento e mudança social.

As atividades acontecem no Sítio do Picapau Amarelo, no Departamento de Informática da UNITAU e no Jardim Cultural.
A programação completa está disponível em www.ligacao.org.br

APOIO PROAC – Em sua quinta edição, a “Ligação” tem apoio do Proac (Programa de Ação Cultural) do Governo do Estado de São Paulo (permite a empresas apoiar projetos culturais com dedução de ICMS).

SERVIÇO
5º Festival Ligação (Literatura Infantojuvenil, Games e Artes em Ação)
Data: 9 a 12/10/2014
Entrada: gratuita e aberta ao público
Endereços:
• Sítio do Picapau Amarelo (Avenida Monteiro Lobato, s/nº – Chácara do Visconde)
• Departamento de Ciências Sociais e Letras da UNITAU (Rua Visconde do Rio Branco, 22, Centro)
• Departamento de Informática da UNITAU (Av. Marechal Deodoro, 605 – Jardim Sta. Clara)
• Jardim Cultural (Rua Domingues Ribas, 345, Chácara do Visconde)
Informações: contato@ligacao.org.br ou 3635-5166 e www.ligacao.org.br
Excursões partindo de São Paulo: contatogellyjam@gmail.com ou 30914305.

DIA 09 DE OUTUBRO – QUINTA-FEIRA

Sítio do Picapau Amarelo

Tenda Autores

A partir das 9h e durante o dia todo: Presença da Turma do Sítio do Picapau Amarelo

10h30 – Roda de conversa “Gestar não é parir” – com os grupos Clarear, Do ventre ao peito e Sementeira do nascer

15h – Oficina de Xilogravura – Aron Pereira

Tenda Oficinas

Presença da Biblioteca Móvel da SETUC

10h – Oficina Pedagógica – Criação de brinquedos – Evolução Eventos

14h – Oficina Criação de brinquedos – Cia do Sol

Sala de cinema

9h30 – Parceria SESC – filme “IEP” (80 min)

15h – Exibição do curta “Os sons do divino e o espírito santo do silêncio” e bate papo com o autor – Alexandre Gennari

UNITAU
Departamento de Informática

9h – Asi Burak – Master Class – JEDI

10h – Conflitos Globais – Vitor Cavadas e Empresa RI Jr./USP

14 h – Games for Change: projetos, cursos e rede – Gilson Schwartz

16h – Programa JEDI – UNITAU – Luis Fernando Almeida

Departamento de Ciências Sociais e Letras

19:30 – Salvo pela imaginação – Conversa com Ricardo Aleixo

DIA 10 DE OUTUBRO – SEXTA-FEIRA

Sítio do Picapau Amarelo

Tenda Autores

9h – Contação de histórias do Saci – Ditão Virgílio

10h – Leitura corporal do livro “Um amigo assim pra mim” – Vana Campos e Andressa Marques

14h – Contação de histórias do Saci – Ditão Virgílio

14h – Oficina Criação de Brinquedos – Cattia Bercano

Tenda Livraria

Dia todo: presença da Turma do Sítio do Picapau Amarelo

15h – Lançamento de livro – Mariza Baur – Era uma vez um padre e um rei…

Tenda Oficinas

Presença da Biblioteca Móvel da SETUC

10h – Oficina de HQ – Reynaldo Damázio – Parceria Casa das Rosas (SP)

10h – Oficina Criação de brinquedos – Cia do Sol

14h – Narração de história e mediação de leitura – Oficina para professores – Penélope Martins

15h – Ofício do escritor – Reynaldo Damázio – Parceria Casa das Rosas (SP)

Sala de Cinema

9h30 – Parceria SESC – Apresentação filmes infantojuvenis – “O menino da Floresta” (95 min)

14h30 – Parceria SESC – Apresentação filmes infantojuvenis – “IEP” (80 min)

UNITAU
Departamento de Informática

9h – Idade Midia – Alexandre Sayad

11h – Ludwig – Jessica M. Silva

14h – A internet do futuro e as crianças – José Roberto Amazonas

Departamento de Ciências Sociais e Letras

18h – Bate papo “Jovens escritores” – Guilherme Tauil e Jefferson Beat. Mediação: Diego Valadares

19h30 – Palestra “Formando leitores dentro da escola e de casa: caminhos para aproximar crianças e jovens dos livros” – Ilan Brenman

DIA 11 DE OUTUBRO – SÁBADO

Sítio do Picapau Amarelo

Tenda Autores

A partir das 9h e durante o dia todo: Presença da Turma do Sítio do Picapau Amarelo

10h – Cordel em debate: Marco Haurélio, Jô Oliveira e Moreira de Acopiara. Mediação: Cris Cobra

14h30 – “A onça eu engoli inteira” – Penélope Martins e Alexandre Gennari

Tenda Livraria

Presença da Biblioteca Móvel da SETUC

10h – Oficina Brinquedos – Truões

10h – Lançamento do livro “A palavra Mágica” – Teresa Bendini

11h – Oficina Teia das Palavras – Teresa Bendini

16h – Lançamento do livro “O baú do rei” – João Pedro Venâncio

Tenda Oficinas

9h30 – Oficina de Maracatu – Coletivo de artes Cultura na Kombi

O dia todo – “A ciência Maluca do Visconde” – Jarbas Noronha

11h – Oficina de Stencil – Coletivo Anartistas

11:30 – Contação de histórias – Tia Rose

13h30 – Oficina Brinquedos – Balakko Bacco

14h – Contação de histórias -Alexandre Vila

14h30 – Oficina Brinquedos – Cia Philaderpho

15h30 – Espetáculo “Sanestina me contou, depois li nos livros!” – Ciça Oliveira

Teatro

Dia Todo: DJ Ângelo

11h – Teatro do Sítio – Visconde Esconde

16h – Teatro do Sítio – Visconde Esconde

Sala de Cinema

9h30 – Parceria SESC – Apresentação filmes infantojuvenis – “O menino da Floresta” (95 min)

14h30 – Parceria SESC – Apresentação filmes infantojuvenis – “IEP” (80 min)

UNITAU
Departamento de Informática

9h – Grupo JEDAI_SJCampos – Paula Piccolo

11h – Feminismo e Games – Dianaluz C.L.Correia

14h – ProgramaÊ! – Lucas Machado Rocha

Jardim Cultural

20h – Narração de contos – Penélope Martins (especial adultos)

21h – Lançamento do livro “O homem bumerangue” de Téo Lorent

DIA 12 DE OUTUBRO – DOMINGO

Sítio do Picapau Amarelo

Tenda Autores

10h – Oficina Brinquedos – Psiu e Cia

9h30 – Oficina de desenho – Jô Oliveira

10h30 – “Sete histórias de medo, versos de horror e outros bichos de fazer dó” – Penélope Martins

11h30 – Contação de História – Cia do Sol

13h – Oficina Brinquedos – Tia Alegria

14h – Contação de Histórias – Truões

15h – Show Poesia, Cantiga e Brincadeiras

José Santos, Selma Maria e Luiz Ribeiro

16h30 – Mesa de encerramento

Tenda Livraria

Dia todo: DJ Saturno

Dia todo: Presença da Turma do Sítio do Picapau Amarelo

Presença da Biblioteca Móvel da SETUC

11h – Intervenção Polvos poéticos

11h30 – Lançamento do Livro: Brinco, logo aprendo – Gilson Schwartz

Edu Lourenço e Ciça Oliveira – Cantação (musical) de histórias interativa “A historia do Zé Melado”

14h – Oficina Teia das Palavras – Teresa Bendini

Tenda Oficinas

11h – Intervenção Cosplay e bate papo com os personagens

14h – Oficina de Stencil – Coletivo Anartistas

15h – Oficina Criação de brinquedos – Molinha e Cia

Teatro

11h – Teatro do Sítio – Visconde Esconde

16h – Teatro do Sítio – Visconde Esconde

Sala de Cinema

9h30 – Parceria SESC – Apresentação filmes infantojuvenis – “O menino da Floresta” (95 min)

14h30 – Parceria SESC – Apresentação filmes infantojuvenis – “O menino da Floresta” (95 min)

UNITAU
Departamento de Informática

9h – Grupo JEDAI_SJCampos – Paula Piccolo

10h – FazGame com Carla Zeltzer

14h – Brincando com a Internet das Coisas – Leandro Andrade

NC Games confirma que campanha Play Festival continua em setembro

Boa notícia para quem quer aumentar a coleção de jogos sem desembolsar muito: a NC Games, maior distribuidora de games do Brasil, confirmou que a campanha Play Festival continuará válida no mês de setembro. De acordo com a empresa, mais de 280 jogos e 500 mil peças de variadas plataformas como Playstation 3, Xbox 360, Wii e PCs mantém descontos, com preços a partir de R$ 59,90.

A campanha iniciou em agosto e contou com a colaboração de algumas das maiores lojas varejistas do Brasil como Saraiva, Lojas Americanas, Magazine Luiza, Extra, Fnac, entre outras. Alguns dos games que entraram na promoção foram as franquias Call of Duty, GTA, Just Dance, Assassin’s Creed, Diablo etc.

A intenção da campanha é aumentar as vendas e repassar preços mais amistosos aos consumidores finais. Lembrando que a promoção é válida até o dia 30/09 ou enquanto durarem os estoques. Para mais informações sobre a Play Festival e conferir a lista completa de títulos participantes, acesse o site da campanha.

Escola Brasileira de Games ensina como abrir uma empresa

Muitos jovens desenvolvedores nutrem o sonho de abrir suas próprias produtoras a fim de publicar seus títulos de forma independente. Entretanto, existe muita burocracia para conseguir tal feito e é ainda mais difícil gerenciar um negócio tão arriscado quanto abrir uma desenvolvedora de games. Pensando nesses desenvolvedores, o administrador de empresas Marcus Imaizumi criou a Escola Brasileira de Games (EBG), uma escola que dá dicas de estratégias de marketing, planos de negócio e planejamento financeiro para que a futura desenvolvedora não vá à falência nos primeiros meses.

A escola é pioneira na arte de treinamento e capacitação em gestão de negócios envolvendo jogos eletrônicos. Marcus Imaizumi trabalha com administração de empresas há 15 anos, tendo passagens por empresas como Yahoo!, Habbo e Innogames.

De acordo com o empresário, a criação da EBG foi motivada após observar que muitos jogos desenvolvidos no Brasil tinham potencial de sucesso comercial, mas acabavam falhando porque seus criadores não sabiam posicioná-los no mercado. “Nosso objetivo é prover o conhecimento necessário para que os alunos obtenham sucesso com suas criações”, disse Marcus Imaizumi, fundador e professor da EBG.

A EBG nasceu com auxílio da Gamebiz, também dirigida por Imaizumi e especializada em desenvolvimento de negócios para jogos online. Para atender a expectativa dos alunos, a escola utiliza experiências e práticas de gestão reais de empresas da área de várias partes do mundo.

A princípio a escola oferece 30 cursos de curta duração (entre 3 a 8 horas), focados em administração e empreendedorismo, marketing, publicidade, monetização, game design e produção. As aulas são ministradas por profissionais com larga experiência como o próprio Imaizumi, que atuou como country manager no Brasil para empresas de fora.

A intenção da escola é que os alunos formados sejam capazes de pesquisar o mercado, analisar a concorrência, elaborar previsão de vendas e criar planos de promoção. Além disso, há aulas focadas em “realidade aumentada”, “oportunidades de marketing em games” e “storytelling”. Para mais informações sobre horários e valores, acesse o site oficial da EBG.

Level Up apresenta jogos inéditos no Anime Friends

O Anime Friends 2014 foi o máximo! O famoso evento que reúne fãs da cultura japonesa aconteceu entre os dias 24 e 27 de julho no Campo de Marte, em São Paulo. A Level Up decidiu apostar no evento para mostrar dois de seus mais novos jogos para o Brasil. O primeiro deles é SMITE, jogo estratégico de ação em terceira pessoa; e HEX, um card game com elementos de RPG e personalização de decks.

SMITE terá um estande dedicado, onde os jogadores poderão conhecer o game, participar de brincadeiras que valem brindes especiais. O game coloca deuses de diversas mitologias como grega, egípcia e hindu em uma batalha em terceira pessoa voltada na estratégia. O game chega ao país localizado em português pela Level UP em parceria com a Hi-Rez, desenvolvedora do game.

O outro grande estande da Publisher é dedicado ao jogo HEX, um card game para PCs que deve ser lançado no segundo semestre (também com dublagem em português). O game promete muita estratégia e nível de personalização profundos, permitindo ao jogador editar poderes e gemas diferentes, subindo os personagens de nível. Os jogadores poderão trocar cartas na casa de leilões integrada ao jogo.

Além de SMITE e HEX, a empresa ainda trouxe jogos já conhecidos dos brasileiros como Grand Chase, Warface, Combat Arms e Ragnarök (que completa dez anos em atividade no país). A empresa deixou os jogos acessíveis em 24 computadores que poderam ser utilizados à vontade pelo público.

A LUG ainda organiza as finais do Campeonato Anime Friends de Combat Arms (em 27 de julho), que utilizarão dez computadores no palco principal. A final será transmitida em um telão e será disputada entre as equipes eZg Team, Boinas Verdes, PHD Razer e Blaclegendz. A equipe campeã levará o cobiçado de R$ 7 mil em dinheiro, 300 mil em cash, um item permanente para cada jogador e cinco kits Corsair (que contam com um Headset 1500, um Teclado K60 e um Mouse M40 Raptor). As equipes que ficarem em segundo e terceiro também levam prêmios (3 mil e 2 mil, respectivamente), além de itens temporários.

Jogos Ativos: PUCPR sedia evento voltado a games e saúde

Durante os dias 19 a 21 de setembro a cidade de Curitiba sediará o evento Jogos Ativos: Possibilidades e Implicações para a Promoção, Tratamento e Reabilitação no Contexto da Saúde. O evento tem como objetivo reunir profissionais da área da saúde e computação para criar e discutir jogos que utilizem o corpo, ou seja, algo que vai de acordo com as intenções da Nintendo.

O evento ocorre no Ginásio de Esportes da PUCPR, em Curitiba. Nesses três dias de evento ocorrerão palestras e tutoriais voltados aos públicos de ambas as áreas e uma Game Jam com duração de 40 horas, cuja finalidade é criar um “exergame”. Para  participar do evento, basta preencher uma ficha de inscrição no site oficial.

O Jogos Ativos promete dois prêmios muito interessantes para os melhores desenvolvedores. A primeira é a premiação SENAI, que confere uma pré-qualificação para a equipe vencedora para a etapa final do processo seletivo da Incubadora SENAI, que ocorre em fevereiro de 2015. Além disso, os desenvolvedores ganham 1 mês de participação gratuita no Clube do Empreendedor SENAI durante o segundo semestre de 2014.

Há ainda a premiação Unity, que dá ao time vencedor uma licença completa da última versão da ferramenta de desenvolvimento Unity, uma das engines mais utilizadas nos últimos tempos e que está sendo cada vez mais solicitada no portfólio de profissionais por estúdios de games no Brasil.

Serão vendidos quatro tipos de ingressos para o evento, sendo eles Game Jam, Acadêmico PUCPR, Público Externo e Evento Completo. Cada um tem seu preço afixado e serão comercializados em três lotes (julho, agosto e setembro), com variações de preços. Então é bom ficar de olho! As inscrições se encerram em 14/09.

Serviço: Jogos Ativos

Onde: Rua Imaculada Conceição, 1155, Prado Velho, Curitiba – PR.

Quando: de 19 a 21 de setembro

Contato: jogosativos2014@gmail.com

BNDEs divulga resultado de extensa pesquisa sobre games

O Banco Nacional do Desenvolvimento Econômico e Social (BNDEs) publicou na quarta-feira (2) uma pesquisa inédita que mostra o atual estado da indústria de jogos eletrônicos no Brasil. O estudo é bastante extenso e revelador, explorando características da indústria, tendências, necessidades e até soluções para o mercado progredir. A pesquisa está disponível online.

O relatório levou cerca de uma no para ser concluído e foi realizado pela Fundação de Apoio à Universidade de São Paulo (FUSP). Apesar de a pesquisa demonstrar interesse do BNDES pela indústria, isto não indica de modo algum que a entidade planeja criar linhas de crédito para investir no setor ou criação de novos projetos. De acordo com Luciane Melo, gerente do departamento de pesquisa e operações do BNDES, o banco pode financiar jogos sem a criação de uma linha de crédito específica.

A pesquisa deixa claro que existe uma diferença muito grande entre a indústria nacional e os países líderes do setor. “O mercado brasileiro não é maduro como o de outros países e se inserir nele não seria algo simples e barato”, alerta Davi Nakano, vice coordenador da pesquisa.

O mais interessante do estudo é que ele disseca a indústria de modo cirúrgico, contando até como começa o desenvolvimento de um projeto e formas de conseguir sucesso financeiro com um projeto. Todavia, apesar de um cenário promissor para a indústria, o Brasil ainda está muito atrás dos EUA, Canadá, Japão, França, entre outros, no quesito investimento em políticas públicas para o setor. Investir na produção de jogos para consoles de mesa como PS3 e X360 não é o correto a se fazer, de acordo com o BNDES, mas sim investir em jogos para plataformas mobile e jogos sociais.

Ainda de acordo com o mapeamento, o Brasil possui cerca de 133 empresas dedicadas a produzir jogos no Brasil, ainda que e a indústria não tenha grandes diferenças entre startups e de empresas desenvolvedoras de aplicativos. A maior parte das empresas são pequenas e ainda precisam de incentivos governamentais para continuar existindo.

Por fim, o relatório diz que o Estado é muito importante para difundir novos paradigamas tecnológicos através de capacitar profissionais, superar atrasos tecnológicos, promover a produção internar e aumentar a competitividade e inovação. Uma etapa importante para isso é incentivar universidades dedicadas a jogos digitais e promover financiamento estudantil a quem mostrar-se interessado.

Além de apontar o estado atual, o relatório mostra onde os jogos brasileiros podem melhorar, como na criação de novas IPs, melhorar a qualidade profissional. O BNDES até sugere que para não só os inteiramente pobres, mas sim ocupados demais em suas carreiras.

Os relatórios completos você pode baixar aqui.

Franquia Titanfall pode deixar de ser exclusiva da Microsoft no futuro, diz investidor da EA

Titanfall nem foi lançado e a EA já está pensando em transformar a IP em uma série. Pelo menos é o que o site SeekingAlpha deixou transparece em conversa com Blake Jorgensen, investidor da EA. Além disso, a franquia pode deixar de ser uma exclusividade dos jogadores do Xbox.

“Tenho certeza que haverá futuros Titanfalls que em algum momento poderão ser produtos multiplataformas. Não sei, isto é com as equipes que estão cuidando do projeto agora, mas no fim das contas estamos entusiasmados com este Titanfall e acreditamos que será um grande jogo e que será ótimo para o Xbox One”, disse Jorgensen.

Vale lembrar que em outubro Vince Zampella, cofundador da Respawn Entertainment anunciou através do twitter que a produtora trabalhará com o Playstation 4 da Sony. Será que a Microsoft já está perdendo um de seus principais exclusivos?

“Tenho certeza que haverá futuros Titanfalls que em algum momento poderão ser produtos multiplataformas. Não sei, isto é com as equipes que estão cuidando do projeto agora, mas no fim das contas estamos entusiasmados com este Titanfall e acreditamos que será um grande jogo e que será ótimo para o Xbox One”, disse Jorgensen.

Gamefik: site de comércio voltado na gameficação e preços baixos

gamefik

Quem é gamer sabe que jogos eletrônicos são caros no Brasil. Um game de lançamento chega custando por volta de R$ 199,99, um custo muito elevado levando-se em consideração que geralmente nessa época sai pelo menos uns três jogos que você PRECISA comprar. Uma boa alternativa para quem quer manter o hobby sem gastar muito e sem apelar para a pirataria sempre foram os games usados.

Apesar das empresas serem muito contra o mercado de jogos usados, essa é uma prática comum entre os jogadores e que não será abolida tão cedo. Pensando nesse nicho de mercado, surgiu o site Gamefik, uma iniciativa que incentiva a compra, troca e venda de jogos usados entre os usuários por um preço mais acessível.

A ideia básica é que qualquer pessoa pode se cadastrar na plataforma e divulgar aqueles games que não querem mais ou sair em busca daquela raridade perdida. O site foi incubado graças ao capital da F2 Investimentos e da união de quatro amigos que viram a possibilidade de criar um site de comércio entre jogadores numa experiência mais divertida. Trata-se da gamificação, ou seja, quanto mais o usuário compra, vende, troca ou comenta, mais ele é premiado dentro do site. Tal premiação vem na forma de descontos, destaque e outros mimos. Trocando em miúdos, como uma rede social.

O site está em fase inicial, mas já conta com cerca de 5 mil usuários desde que surgiu. A equipe pretende que o lançamento oficial ocorra no início de fevereiro, ocasião em que espera-se alcançar 100 mil jogadores. Além de jogos usados, o Gamefik também irá trabalhar com jogos novos, graças às lojas de games que poderão anunciar seus produtos.

O acesso é muito fácil e rápido, basta fazer um cadastro e incluir os jogos da sua biblioteca. Em seguida você pode escolher se quer disponibilizá-los para troca ou venda. Como o site tem um ranking de jogos mais procurados (incluindo lançamentos), dá para o jogador ter uma noção do quão valioso é aquele game encostado na prateleira. Entretanto não adianta tentar extrapolar, o Gamefik vai monitorar o valor dos jogos vendidos para evitar abusos.

Ah, caso esteja se perguntando da questão de segurança, a equipe criadora do site garante que irá se esforçar para ninguém levar “chapéu”. Caso haja problemas na negociação o site devolve o dinheiro ao comprador. “Nos preocupamos em trabalhar com as melhores empresas para garantir a máxima segurança na experiência de uso da plataforma.  Se tratando de transações financeiras, por sermos uma “ponte” que liga um gamer ao outro, nos colocamos como se fossemos um banco. O Gamefik estorna sem burocracia nenhuma o dinheiro para o comprador e penaliza o vendedor por não cumprir o que foi anunciado, que dependendo do caso, poderá ser excluído da nossa comunidade por tempo indeterminado”, informa o site

Se você procura algum jogo em especial, dê uma visitada no site Gamefik, pois lá tem bastante coisa. Eu mesmo consegui encontrar uns jogos que estava procurando por aí.