Arquivo da tag: filme

Documentário da Crua Produções vai mostrar bastidores da cena indie no Brasil

Quem não se recorda do documentário Indie Game: The Movie? Pois bem, chegou a vez de um grupo de cineastas criar uma versão nacional, mostrando os bastidores de empresas de desenvolvimento da games independentes do Brasil. A ideia é da Crua Produções  e vai abordar como tema o processo, a rotina, as dificuldades, e as conquistas de quatro empresas de jogos independentes, sendo uma empresa de Santa Catarina (Cat Nigiri), uma de Minas Gerais (GILP) e duas de São Paulo (Kinship e Sinergia). Além disso, haverá um trecho todo especial mostrando as empresas durante a BGS 2017.

O documentário já possui dois trailers lançados e são separados por “levels”. O Level 1 mostra um pouco sobre como foram as gravações com a Cat Nigiri, em Santa Catarina. E o Level 2 mostra sobre como foram as gravações com GILP, em Minas Gerais. Ambos já estão disponíveis no canal do youtube, e o restante será liberado durante os próximos três meses.

Para quem não conhece, a Crua Produções é uma produtora acadêmica independente e sem fins lucrativos criada em 2015 por alunos da Universidade Anhembi Morumbi, tendo seu primeiro projeto, o curta metragem “João 11:25”, lançado em junho de 2016 e o seu segundo projeto lançado em maio de 2017, o longa-metragem documental “A Imagem da Música: Os anos de influencia da MTV Brasil”, o qual alcançou mais de 16 mil visualizações no youtube, virando notícia em diversos veículos da internet.

Se você curte o trabalho de produtores independentes, assim como nós, fique ligado nas novidades deste projeto. De acordo com a Crua Produções, a ideia é lançar o documentário em janeiro de 2018. Já que as gravações vão ser encerradas durante a BGS, se você estiver pelo evento, quem sabe não vai aparecer no documentário?

Abaixo você confere o primeiro trailer do projeto que vai mostrar a cena indie no Brasil:

EA lança Vida secreta dos Bichos para dispositivos mobile

Fãs de cinema e animações poderão conferir no próximo dia 8 de julho o novo filme da Illumination Entertainment, A Vida Secreta dos Bichos: Tá Liberado! Para acompanhar este lançamento, a Electronic Arts lançou o game oficial para smartphones gratuitamente, com versões para a App Store e Google Play. O título é composto por quebra-cabeças desafiantes e um clima divertido e colorido como no longa-metragem.

Durante a aventura, o jogador deve chegar até a cidade de Nova York com a ajuda de Max, revelando novos amigos e desafios pelo caminho. Os jogadores poderão perseguir esquilos com Mel ou procurar ossos gigantes para o Duke. Durante o progresso, ao alcançar altas colocações no quadro de posições, os jogadores encontram novos amigos, incluindo Chloe, que não pode ser incomodado a menos que haja comida; Leonard, o poodle do punk elegante e Bola de Neve, o coelho mais bonito e também mais insano.

A Vida Secreta dos Bichos tem uma jogabilidade estilo match 3, se assemelhando muito a sucessos como Candy Crush ou Bejeweled. O objetivo é realizar combinações perfeitas para desbloquear novos efeitos e momentos secretos. O game tem jogabilidade casual e simples, de modo que a intenção dos produtores foi criar um projeto viciante e capaz de conquistar milhares de jogadores.

“Nós da EA estamos animados por trabalhar com a Illumination Entertainment, os criadores dos sucessos da franquia Meu Malvado Favorito e Minions, para trazer o oficial quebra cabeça do filme A Vida Secreta dos Bichos”, disse Michelle Bizzarro, Gerente Geral de Jogos da EA. “Juntos, nós tentamos combinar as características, funcionalidade e desafio de um jogo de Match-3 com a linha de história e humor de um filme de animação para que você possa interagir com estes animais de estimação insanamente fofos antes e mesmo depois de assistir ao filme”.

O filme é cortesia da Illumination Entertainment e da Universal Pictures. O longa mostra as aventuras dos animais de estimação assim que seus donos saem para o trabalho e para a escola todos os dias. Grandes estrelas da comédia norte-americana compõe o elenco como Louis CK, Eric Stonestreet e Kevin Hart. O jogo está disponível para download gratuito na App Store e Google Play.

Abaixo tem um trailer de Vida Secreta dos Bichos:

The Hedgehog: curta metragem em homenagem ao Sonic faz sucesso em festival de Londres

Hoje em dia Sonic não tem o mesmo prestígio conquistado nos anos 90. As razões para tal foram as sucessivas tentativas da Sega de reavivar o mascote com jogos medianos. Ainda assim, o ouriço azul ainda tem muitos fãs pelo mundo todo. A história de Sonic pode estar em baixa, mas ainda assim podemos citar pelo menos uma história mais triste envolvendo o mascote.

Trata-se do curta metragem “The Hedgehog”, um drama em live action dirigido pela dupla Chris Lee e Paul Storrie. O curta foi lançado neste ano e chegou a ser nomeado como o melhor curta metragem no London Short Film Festival 2015. O filme mostra um garoto solitário que em um dia veste-se como seu herói favorito dos games (o Sonic), em busca de aventuras num ambiente suburbano.

“Quando jogamos videogames, o tempo pára. Temos a oportunidade de explorar mundos virtuais onde tudo é estruturado. Se você morrer no jogo, você pode começar de novo. Essas idéias deram forma ao nosso personagem, um garoto perdido que quer ser como o Sonic e viver em um mundo em que você pode ser jovem para sempre”, disse Chris Lee.

A coisa começa a ficar mais depressiva ao passo em que o filme avança, mostrando uma aventura solitária, silenciosa e sem muita diversão até que ele encontra um velho senhor que lembra o antagonista dos videogames e decide segui-lo. O resto vamos deixar para vocês verem abaixo.

The Hedgehog:

Documentário nacional vai mostrar a chegada dos videogames no Brasil

Lembra do livro chamado 1983: O Ano dos Videogames no Brasil, escrito pelo gamer Marcus Chiado? Pois bem, o autor escreveuescreveu posteriormente outro livro abrangendo o ano de 1984, pois esses dois anos foram importantes para a indústria nacional de jogos eletrônicos. Mas isso você já sabia, certo?

O que você talvez não soubesse é que Marcus uniu-se a outros gamers para levar este trabalho documental para outra mídia, a saber: o cinema. Trata-se do primeiro documentário brasileiro que visa contar como os videogames chegaram ao país.

O projeto está em desenvolvimento, mas para sair do papel, os criadores precisam da contribuição dos próprios jogadores. Por isso, o documentário está arrecadando fundos no site de crowdfunding Kickante. A meta a ser atingida é de vinte mil e com tal valor o filme conseguirá contar os primórdios do mercado, passando pela era do Game&Watch, o Pong etc.

Vale lembrar que os consoles clássicos NES, Master System, SNES e outros, não fazem parte desta parte do trabalho. Mas os autores sinalizam que eles são temas para produções vindouras.  A grande sacada é que o documentário é um verdadeiro resgate da nossa indústria de jogos eletrônicos.

Qualquer um poder contribuir, para isso basta acessar a página da campanha.

1983: o ano dos videogames no Brasil

Review: Detona Ralph e 5 dicas de filmes sobre games

Detona Ralph

Já falamos sobre a animação mais recente da Disney, Detona Ralph no Game Reporter nesse post e no final de novembro estive na pré-estreia desse filme que achei fenomenal por ser uma ótima história sobre auto-conhecimento além de exibir diversas piadas e elementos referenciando o universo dos games.

Sinopse: um vilão de videogame quer ser herói e se prepara para realizar seu sonho, mas sua busca traz confusão para todo o flipper onde ele vive.

Um dos motivos que me deixou interessado neste filme, além do universo de games presente na história, é o time de vozes originais: John C. Reilly como Ralph, Jack McBrayer como Fix-It Felix Jr. (o “arquinimigo” de Ralph), Jane Lynch como Sergeant Calhoun e Sarah Silverman como Vanellope von Schweetz.

Portanto, quando anunciaram os dubladores para as cópias dubladas: Tiago Abravanel (que teve uma performance elogiada pela crítica no musical sobre Tim Maia) como Ralph, Rafael Cortez como Felix Jr. e Mari Moon como Vanellope confesso que fiquei com um pé atrás dado o histórico de animações com vozes de pessoas famosas não ser dos melhores. Entretanto, após assistir ao filme, sou obrigado a dizer que a dublagem está muito bem adaptada, em especial as vozes de Cortez e de Moon tornando até difícil identificá-las.

O universo em que a história se passa é extremamente rico e interessante, por seu um “flipper”, o ambiente que nos é apresentado possui um enorme potencial de expansão, muitos elementos adicionais podem ser explorados em filmes futuros. Sinceramente espero ter uma continuação pois o potencial de novas histórias é gigantesco!

Os elementos visuais, como por exemplo a forma dos moradores de Pleasent Ville se movimentarem com alguns quadros a menos, sem tanta movimentação, simulando gráficos mais antigos como até uma simples sujeira ser mostrada em pixel art foi um toque de gênio.

A quantidade de “easter-eggs” é realmente impressionante. É um verdadeiro festival de referência para gamers, principalmente quem jogava consoles antigos. Recomendo que você preste muita atenção nas cenas que se passam na Game Central pra talvez conseguir pegar todas as referências da primeira vez que assistir o filme. Pra mim a exibição na cabine não foi suficiente e estou decidido a assitir novamente, pra tentar achar todas as piadas internas presentes.

O filme me supreendeu positivamente e conta com boas piadas “abrasileiradas” que rendem boas risadas. E a mensagem de Detona Ralph é sincera e verdadeira e eu interpretei como sendo: aceite quem você é pois só assim será feliz de verdade.

E já que estamos falando sobre filmes aqui no Game Reporter, dê uma conferida no vídeo abaixo para ver cinco recomendações de filmes sobre games:

Banda MegaDriver lança nova música inspirada em O Hobbit

banda megadriver

O Hobbit: Uma Jornada Inesperada marca não somente o retorno das aventuras do povo da Terra Média aos cinemas de todo o mundo, como também marca uma grande invasão de produtos inspirados na obra de J.R.R Tolkien, sejam eles em que formato forem.

O filme estreou neste final de semana, e para nossa alegria, supera em muito nossas expectativas. Tinha tanta gente ansiosa para ver a história de Bilbo que a alguns não se contentarem em apenas esperar pelo lançamento do filme. Este foi o caso dos músicos da Banda MegaDriver, que lançaram uma música para comemorar este super lançamento.

A música da Banda MegaDriver

Batizada de “Song Of The Lonely Mountain” (Canção da Montanha Solitária, em tradução livre), a música foi inspirada nos versos originais do livro e baseadas nas melodias de Howard Shore. A letra é, de acordo com a banda, uma variação do tema de encerramento criado pelo músico Neil Finn para o filme. A ideia da banda foi unir a música com seu estilo mais voltado para o Power metal melódico, a fim de homenagear todos os fãs de Tolkien.

Abaixo você confere o produto final:

Documentário Indie Game: The Movie terá estréia durante evento Experiências Transmidias

Indie Game The Movie

Você, leitor do GameReporter, já deve ter ouvido falar do documentário Indie Game: The Movie. Pois bem, haverá uma premiere nacional para apresentar ao público o documentário. O evento irá ocorrer no dia 26 de junho de 2012 às 21hs na cidade do Rio de Janeiro, lá na Estação SESC Rio.

Para quem não lembra o Indie Game: The Movie é o documentário cuja temática é justamente a vida de desenvolvedores de games independente. Além disso, o documentário também destaca as características artísticas que motivam a produção de jogos como uma mídia expressiva ao lado do cinema e da literatura.

A mostra faz parte do projeto Experiências Transmidia realizado em parceria pelo Centro de Tecnologia e Sociedade da Escola de Direito da Fundação Getulio Vargas (CTS/FGV), o Programa Avançado de Cultura Contemporânea da Universidade Federal do Rio de Janeiro (PACC/UFRJ) e a Associação Cultural de Estudos Contemporâneos (ACEC) com o patrocínio da Petrobrás.

Basicamente o Experiências Transmídias consiste em uma série de atividades que serão realizadas em três grandes encontros durante 2012 /2013 e o objetivo desses eventos é estimular a reflexão crítica, divulgar o caráter cultural, artístico e expressivo dos jogos eletrônicos; e ressaltar seu vínculo com as demais áreas literárias e artísticas.

Durante a premiere, além da exibição do documentário canadense Indie Game: The Movie, os visitantes irão conferir um debate em que participarão a Heloisa Buarque de Hollanda, Ronaldo Lemos, Arthur Protasio e Eliane Costa.

Em outro momento, o projeto contará com palestras organizadas por desenvolvedores e workshops com escritores, jornalistas, críticos, quadrinistas, designers e desenvolvedores de jogos sobre narrativas transmídias que se utilizam de tecnologias novas para cativar os espectadores. Além disso, o evento vai abrigar uma festa movida a chiptune, músicas criadas a partir de chips de videogames retro. As musicas serão discotecadas por artistas brasileiros e estrangeiros. Sendo assim, o Experiência Transmidia contará com algumas das mídias de entretenimento mais populares do mundo, como jogos, música cinema, poemas, HQ etc.

Então fica a dica para quem estiver na Cidade Maravilhosa no final do mês, tente não perder o Experiências Transmidia, pois o evento promete bons momentos para os fãs de videogames. Mais informações no site do evento.

Experiências Transmidia

 Data: 26 de junho, às 21h
Local: Estação SESC Rio – sala 3
Endereço: Rua Voluntários da Pátria, 35 – Botafogo, Rio de Janeiro
Entrada: Gratuita. Espaço limitado. Senhas distribuídas 2 horas antes
Contato: Tatiana Louzada
Telefone: (21) 2529-6974