Arquivo da tag: feira

Inscrições abertas para a Brazilians Against Time 2018. Evento começa em março em SP

Ainda de ressaca da semana de BGS? Calma que tem assunto novo na área: já começaram os preparativos para a Brazilians Against Time 2018, maratona beneficente de speedruns em prol da Médicos sem Fronteiras. Ah e a novidade é que o evento vai servir para quem quer mostrar seu produto para o público geral: após arrecadar mais de R$ 10 mil para a ONG Médicos sem Fronteiras, os organizadores da Against Time resolveram que a edição 2018 volta a ocorrer em um espaço físico.

Para tanto, a edição brasileira da Against Time ocorrerá em um local maior e com melhor acessibilidade. De acordo com os organizadores, o evento acontecerá entre os dias 29 de março e 1 de abril na Game Vault, uma loja de jogos analógicos no bairro da Praça da Árvore, em São Paulo.

Para quem não conhece, a casa fica a 300m da estação Praça da Árvore, com foco em artigos para o público geek, como jogos de tabuleiro, RPG, card games e action figures. A Br.AT terá 200m² da loja disponíveis, espaço de sobra para transmissão, plateia e surpresas ainda por vir.

Inscrições abertas

Foram abertas no último domingo, dia 15 de outubro, as inscrições para os runners que quiserem apresentar seus jogos na Brazilians Against Time 2018. Os interessados têm até 15 de novembro para preencher um formulário, com informações básicas sobre seus jogos, tempos e disponibilidade. Logo após o fechamento das inscrições dos runners, enquanto é montado o cronograma do evento, serão abertas as inscrições para voluntários, que compreendem desde auxiliares até narradores. Mais informações em breve.

Brazilians Against Time 2018

O que é: Maratona beneficente de speedruns em prol da Médicos sem Fronteiras
Quando: 29 de março a 1 de abril de 2018
Onde: Game Vault – 
Rua das Azaléas, 138 – Mirandópolis, São Paulo – SP

A grande polêmica da BGS 2017: estúdio indie Flux é expulso da feira

Um dos estúdios brasileiros que mais receberam destaque nos últimos meses foi a Flux Game Studio (inclusive já saíram por essas bandas) graças ao jogo de luta GUTS. O título coloca personagens em combates bastante violentos que incluem decapitações e desmembramentos. Entretanto não foi a violência exacerbada que ocasionou a retirada do estúdio de dentro do evento no último sábado (14).

O que causou a expulsão da Flux foi um desacerto com a localização do estande. De acordo com os desenvolvedores, a organização não entregou um espaço apropriado para demonstrar seu jogo ao grande público da BGS. Entre as reclamações estão luz fraca, teto baixo, baixa circulação e um pilar na frente do estúdio que prejudicava as possíveis visitações. A solução encontrada pelo time da Flux foi mudar suas coisas para um estande da área indie que estava vazio e apresentava as condições esperadas.

O estande original da Flux Game Studio

Entretanto a organização da feira não ficou satisfeita com essa decisão tomada pela Flux sem autorização. Em decisão executiva da BGS foi decidido que a Flux deveria se retirar do evento. “Não é todo dia que você é expulso de um evento como expositor tendo pago milhares de reais para participar. Ainda estamos digerindo tudo o que aconteceu, mas o fato é que já é mais uma polêmica que entra pra conta do GUTS”, diz Paulo Luis Santos, diretor do game. “Agradecemos demais a todos os jogadores, comunicadores e criadores de conteúdo que vieram nos visitar. Fizemos amizades e nos divertimos demais. A comunidade de GUTS cresce a cada dia e estamos muito felizes e orgulhosos”, diz.

No estande da Flux estava rolando um campeonato de GUTS valendo R$ 1000 em créditos na Steam. As partidas deveriam ocorrer no sábado e domingo, mas por conta do acontecido os desenvolvedores decidiram passar o mesmo prêmio para um evento vindouro no futuro. O lançamento de GUTS não foi afetado de modo algum, sendo que a data permanece o dia 31 de outubro na Steam com o preço de R$ 36,99. Quem quiser experimentar o game de luta e desmembramento que não tem barra de vida já pode baixar o demo gratuito disponível na Steam e na Nuuvem, onde também é possível comprar o game em pré-venda.

O que diz a BGS sobre a polêmica envolvendo a Flux

O criador da BGS, Marcelo Tavares reuniu a imprensa para falar da polêmica e sobre outros assuntos do evento. De acordo com o executivo a premissa da organização é privilegiar aqueles que têm boa conduta dentro da feira. “Tivemos um episódio de mudança de espaço de forma não autorizada. Essa empresa foi retirada por descumprir as cláusulas contratuais em respeito aos demais expositores da área que solicitaram isso para a gente”, disse Tavares. O homem forte da BGS ainda reiterou seu compromisso com o mercado indie do Brasil e diz não ficar mágoas com o pessoal da Flux: “Acreditamos de verdade no mercado indie e a empresa que descumpriu o acordo é bem-vinda no ano que vem”, finalizou.

Exposição do Goethe Institut mostra games que resgatam questões políticas e sociais

Além de organizar uma divertida Game Jam com temática política, o Goethe Institut de São Paulo está organizando uma exposição de jogos com o mesmo viés político. O objetivo é mostrar que jogos eletrônicos são reflexo da sociedade na qual surgem e ao mesmo tempo, têm efeito sobre essa mesma sociedade. Deste modo, a exposição deve contar com jogos que trazem questões sensíveis como leis trabalhistas, consciência democrática, vigilância do Estado, conflitos armados e refugiados.

Também vale destacar que ao mesmo tempo, os games podem ser empregados para disseminar propaganda e ideologias, tal quais outras mídias que podem ser utilizadas em prol de interesses políticos. A mostra Games e Política do Goethe Institut deve mostrar o potencial político dos games para o bem e para o mal. É uma oportunidade para os visitantes exercitarem o próprio senso crítico e criar uma noção de que games não são meras imagens interativas, mas sim produtos com peso transformador.

Mais sobre a exposição Games e Política

A exposição ocorrerá no Centro Cultural São Paulo (Rua Vergueiro, 1000), em cooperação com o Festival de Jogos Independentes, o BIG Festival. De acordo com o Goethe, serão dezoito games digitais do mundo inteiro que resgatam algumas importantes questões sociais e políticas a fazer parte da exposição. Este espaço é interativo e foi possível graças a cooperação com o Zentrum für Kunst und Medien Karlsruhe (ZKM), e estará em cartaz de 24 de junho a 23 de julho. A entrada é franca e os visitantes poderão jogar os games no espaço da exposição.

A exposição também objetiva questionar as possibilidades e as fronteiras dos games, a fim de esboçar uma posição contrária dentro da indústria do entretenimento, desenvolvendo assim um potencial crítico. Em uma documentação que acompanha a mostra, especialistas em mídia e cultura, bem como desenvolvedores de jogos, falam sobre o potencial político dos games. Mais informações no site do Goethe Institut.

 

Serviço – Exposição Games e Política / Goethe Institut

Quando: 24 de junho a 23 de julho

Onde: Centro Cultural São Paulo – Rua Vergueiro , 1000 – São Paulo, SP

Quanto: Gratuito

Greenk Tech Show – São Paulo ganha maior evento de tecnologia e sustentabilidade do Brasil

Ainda que o grande acontecimento gamer/geek do momento vai rolar lá em Los Angeles, vale mencionar outro evento que vai rolar no Parque do Ibirapuera, aqui em São Paulo, entre os dias 23 a 25 de junho. Trata-se do Greenk Tech Show, que vai reunir Gamers, Geeks, Youtubers, Cosplayers e as principais marcas de tecnologia em um evento de conscientização ambiental. Este é o primeiro evento que vai reunir tecnologia e sustentabilidade no País.

De acordo com os organizadores, o encontro vai levantar questões como o descarte correto do lixo eletrônico (e-lixo), o uso consciente da tecnologia e as novidades do mercado. É a primeira vez que a questão ambiental relacionada à tecnologia ganha o principal espaço dentro de um evento deste porte. A ideia é justamente trazer à tona as boas práticas de descarte de materiais e de lixo eletrônico sem riscos ao meio ambiente.

Uma das atrações mais esperadas é a Arena Youtubers & Conhecimento que vai contar com a presença de alguns dos principais influenciadores da rede e os representantes da revista SuperInteressante da Editora Abril e Rádio Geek. Nesta área da Greenk Tech Show os visitantes irão conferir de perto apresentações dos youtubers RezendeEvil, Patife, Drezzy, gORDOx e do Wendell Lira.

Nesta mesma Arena vai rolar palestras e apresentações com presidentes e diretores de empresas de ponta da nova economia, representantes de coletivos e startups que estão revolucionando a tecnologia como a Amazon, Uber, Nu Bank, FIAP, Home Refill, Think Olga, Kickante, entre outros.

Outra atração é a ESL Arena, promovida pela maior empresa de eSports do mundo. Lá os jogadores poderão conferir em um telão LED de 34m2 competições com a presença de equipes profissionais e desafios entre cyberatletas e amadores. Dois jogos estão confirmados nos desafios e campeonatos: Counter Strike: Global Offensive e Clash Royale.

Como se não bastasse, a organização está preparando a Cosplay Run & Parade, onde cosplayers irão desfilar e correr ao longo do Parque do Ibirapuera em circuitos de 3 e 10km. Por fim, vale destacar o Drone Zone, um espaço exclusivo para uma competição de Drones com os pilotos mais irados. Além disso, haverá um painel chamado MiranteLab para você aprender a construir o seu próprio Drone.

Mais informações no site do evento.

 

Serviço – Greenk Tech Show

Quando: 23 a 25 de junho

Onde: Bienal do Ibirapuera – Parque do Ibirapuera – Av Pedro Álvares Cabral, s/n (portões 2, 3 e 10), Av IV Centenário – portões 6 e 7A, Av República do Líbano – portão 7.

Quanto: R$ 65 (meia) e R$ 130 (inteira)

Prazo para inscrições de jogos no BIG Festival encerra hoje

Termina hoje (28/04) o prazo de inscrição de games para o BIG Festival 2017, o maior evento de jogos independentes da América Latina. Se você ainda não mandou seu projeto, corre, pois este é o prazo final. Desenvolvedores de jogos independentes do mundo todo podem inscrever seus jogos pelo site oficial do evento. O evento está em sua quinta edição e é bastante famoso por tornar jogos brasileiros em sucesso de público.

A edição 2017 do BIG Festival acontecerá de 24 de junho a 2 de julho, no Centro Cultural São Paulo, na capital paulista. Os jogos finalistas estarão disponíveis para o público em computadores, tablets, smartphones e consoles em uma exposição gratuita em que os visitantes poderão testá-los e votar em seus favoritos, inclusive jogos em Realidade Aumentada e Virtual.

horizon-chase
Horizon Chase, da Aquiris Game Studio, um dos maiores achados do BIG Festival

Como é de praxe, os games inscritos serão analisados pelo Comitê de Seleção do festival, e os selecionados irão competir em diversas categorias, como Melhor Jogo, Melhor Gameplay, Melhor Som, Melhor Arte, Melhor Narrativa, entre outras. Em 2016, o jogo brasileiro Horizon Chase, da desenvolvedora gaúcha Aquiris Game Studio, foi consagrado como o melhor do evento, vencendo na escolha do júri.

“Em 2017 consolidaremos o Brasil como o “hub” de negócios internacionais na América Latina, um feito extraordinário para um setor tão efervescente como o dos Games”, disse Eliana Russi, organizadora da área de negócios do BIG Festival.

A expectativa é que o evento supere o sucesso do ano passado, quando o BIG Festival recebeu a inscrição de 515 jogos de 48 países diferentes, sendo quase metade deles (232) produzidos no Brasil. Foram 18 mil visitantes em 2016, sendo 2.400 profissionais do setor.

 

Serviço – 5º BIG Festival (Brazil’s Independent Games Festival)

De 24 de junho a 2 de julho (Segunda, 26, não abre)

De terça a sexta: 10h às 22h / Sábado e domingo: 14h às 22h

Centro Cultural São Paulo – Rua Vergueiro 1000 – Paraíso, SP

Entrada: Gratuita

Votorantim organiza Tech Fair no próximo dia 26 de abril em SP

O tema de hoje é mais ligado à tecnologia computacional do que em videogames em si. Ciente de que os novos padrões e as novas tecnologias estão provocando enormes mudanças nos negócios, nas nossas vidas e no planeta, a Votorantim e seus parceiros realizam a Tech Fair, que tem como objetivo apresentar e debater as mudanças que irão impactar a caminhada rumo ao futuro. O evento ocorrerá no próximo dia 26 de abril e a intenção é apresentar diversas tecnologias que devem se tornar populares nos próximos anos.

O evento Tech Fair é extremamente indicado para estudantes e entusiastas de tecnologia, uma vez que os palestrantes são profissionais gabaritados e experientes no ramo. O evento será dividido em quatro palcos com atrações ocorrendo a todo o momento. Os visitantes não terão motivos para ficar parado.

Em relação aos jogos eletrônicos, ainda não há confirmação sobre o que vamos ver, mas imagina-se que os famosos óculos de realidade virtual podem aparecer ou ser discutidos, visto que são justamente esses óculos o grande passo dos games eletrônicos para a próxima geração de videogames.

De acordo com a Votorantim, a intenção é antecipar o que o público deve ver nas próximas décadas. Para tanto, serão organizadas uma série de palestras com a intenção de discutir os rumos da tecnologia na educação, robótica, negócios, saúde e entretenimento. A entrada para a Tech Fair é gratuita e para participar, basta preencher a inscrição no site.

Confira abaixo a programação da Tech Fair:

01

02

03

04

Serviço – Tech Fair

Quando: 26 de abril de 2017

Onde: Casa das Caldeiras – Av Francisco Matarazzo 2000 – Água Branca – São Paulo/SP

Quanto: Gratuito

Brasil Game Jam acontece em casa de vidro e desafia universitários a desenvolverem um game em 48 horas na BGS 2016

A equipe da Globo está com uma parceria com a Brasil Game Show para a organização da promissora Brasil Game Jam durante a maior feira de games da América Latina. A intenção da Globo é promover ainda mais o mercado nacional de desenvolvimento de games. O evento acontecerá em uma casa de vidro montada na BGS e desafiará dez equipes com três estudantes cada a criarem um game em 48 horas seguidas (das 16h do dia 01/09 às 16h do dia 3/9) e com um tema surpresa.

Terminada a maratona de desenvolvimento, o público poderá experimentar os jogos criados e votar nos melhores. Uma banca indicada pela Globo anunciará o vencedor no dia 5, último dia da feira. Todos os participantes são estudantes universitários de instituições brasileiras com idade igual ou superior a dezoito anos. As inscrições para a Brasil Game Jam deveriam ser feitas no site da BGS até o 25 de agosto, o que significa que a esta altura já estão definidos os participantes. Agora resta ao público acompanhar de perto essa Game Jam e os jogos que sairão de lá.

Serão dez equipes com três estudantes em cada correndo para criar um game que passará pelo julgamento do público e da banca da Globo. A expectativa é que alguns jogos e conceitos bem interessantes surjam do evento, além de formar amizades sólidas. Vale destacar que esta não é a primeira vez que a Globo apoia a Brasil Game Show, mostrando que a rede está empenhada em fortalecer o universo de jogos eletrônicos.

Além da Brasil Game Jam, a BGS terá centenas de atrações, incluindo a participação dos maiores publishers e estúdios de desenvolvimento do mundo, como a Sony e a Microsoft, que trarão seus jogos mais recentes para o público testar em primeira mão. Para adquirir ingressos para a BGS 2016 e conferir as principais novidades do mercado de PC, consoles, mobile, card games e jogos de tabuleiro, os interessados devem acessar o site e realizar a compra.

 

Serviço – BGS 2016 – Brasil Game Jam

Quando: 01 a 05 de setembro (1º dia exclusivo para imprensa e business)
Onde: São Paulo Expo
Endereço: Rodovia dos Imigrantes, KM 1,5 – São Paulo – SP
Horário: 13h às 21h

Na BGS, Com2us promove batalhas de Summoners War e recompensa vencedores

Outra boa atração para os milhares de visitantes da BGS 2016 será o estande da Com2us, que em sua segunda participação no evento de games promoverá batalhas ferrenhas de Summoners War, o popular RPG de ação para dispositivos mobile. A expectativa é de que o estande fique lotado de fãs durante todo o evento e que o game se torne ainda mais conhecido após a feira.

Os combates ocorrerão ao longo de todo o evento (1 a 5 de setembro). Além de conferir o Game em tablets de alta performance, os jogadores podem ganhar prêmios, brindes e  tirar fotos com cosplayers vestidos como os personagens do jogo. Como se não bastasse, você também conhecerá as novas vinhetas dos monstrinhos que a Com2us está lançando, entre elas uma que poderá ser vista em primeira mão na feira.

Os torneios de Summoners War acontecerão a partir da sexta-feira, 2/9,  em dois estilos. No modo Assalto, os jogadores enfrentarão um Dragão de 3 cabeças com a equipe da Com2us em batalhas conhecidas como raids. Já no segundo, a disputa acontece em estilo PvP (player vs player), com a participação dos já conhecidos streamers da Com2us, Dood e Desperado.

Os prêmios serão entregues de acordo com o desempenho de cada participante nos torneios. É uma boa oportunidade para novos jogadores conhecerem o título, tirar dúvidas, aprender estratégias e pegar dicas com profissionais da Com2us que virão ao Brasil especialmente para esse contato com o público brasileiro. O estande da Com2us na BGS 2016 ficará na rua C, entre as avenidas 1 e 2.

“Participamos da BGS em 2015 e ficamos muito impressionados com a resposta dos nossos jogadores. Muitos deles saíam de nosso estande, davam uma volta pela feira, retornavam ao nosso estande e passavam o resto do dia lá. A interação com a comunidade foi incrível. Foi muito bom ver o jogo criando amizades e esperamos que nesta  edição seja ainda melhor”, disse Casey Lee, gerente geral da Com2us USA.

Summoners War completou dois anos em junho, com mais de 60 milhões de downloads, dos quais 3,5 milhões são de brasileiros. O jogo está no topo das listas de games mais baixados na App Store, em que aparece entre os mais populares em 106 países, e na Google Play, na qual é um dos preferidos em 91 países.

Summoners War está disponível em português e em outras 15 línguas. Atualmente o jogo tem mais de 800 tipos de monstros que o usuário pode evoluir e dar novos poderes, tornando as batalhas ainda mais eletrizantes, com a possibilidade de ter até 30 pessoas por guilda. Os combates tendem a ser bastante estratégicos e incentivam a criatividade do jogador. Na Google Play Store e na App Store, o jogo conquistou, respectivamente, 4,3 e 4,5 de 5 estrelas.

 

Serviço – BGS 2016 – Summoners War

Quando: 01 a 05 de setembro (1º dia exclusivo para imprensa e business)

Onde: São Paulo Expo

Endereço: Rodovia dos Imigrantes, KM 1,5 – São Paulo – SP
Horário: 13h às 21h


Ingressos  e outras informações: http://www.brasilgameshow.com.br

BIG Business Forum recebe empresários e investidores internacionais em São Paulo

O BIG Festival promete ser uma oportunidade única para os desenvolvedores indies, afinal de contas haverão milhares de visitantes e veículos de comunicação presentes, o que garante possibilidade de visibilidade instantânea. Além disso, os organizadores do evento preparam paralelamente o Big Business Forum, um encontro entre desenvolvedores, publishers e empresários do setor de games de vários países. A intenção é que os desenvolvedores locais apresentem seus projetos a fim de firmar parcerias com as grandes players do mundo.

De acordo com a organização do evento, o BIG Business Forum posiciona o Brasil como hub de negócios na região. O Forum acontece de 29 de junho a 1 de julho, paralelo às atividades abertas ao público do BIG Festival, que vai de 25 de junho a 3 de julho, no Centro Cultural São Paulo. As inscrições para participar do BIG Business são feitas através do site do BIG e está aberta desde o dia 23.

O fórum BIG Business é uma das ações do BGD, Projeto Setorial de Exportação Brazilian Game Developers, uma parceria entre a Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil) e a ABRAGAMES, Associação Brasileira das Desenvolvedoras de Jogos Eletrônicos.

Para facilitar a vida dos produtores, neste ano foi lançada uma ferramenta online de agendamento de reuniões, o que amplia muito a capacidade de geração de acordos no evento. Empresas como Google, Autodesk, Unity, Intel e Epic também estarão disponíveis para agendamento de reuniões one-on-one. Serão quatro dias dedicados a painéis, keynotes, palestras, workshops, discussões, reuniões e negociações. O objetivo é fortalecer a indústria brasileira de jogos digitais, capacitando e criando novas oportunidades de negócios para as empresas brasileiras no mercado internacional.

Ao todo, o fórum terá a presença de mais de 50 convidados internacionais, entre eles Mike Foster, da Sony; Sam Carslyle, da Microsoft; Karim Farghaly, da Bandai Namco; e Antoine Routon, da Square Enix. Bem como representantes de empresas como Rovio, Fun Academy, Vungle e Execution Labs, além de uma delegação de empresas francesas que incluem Digital Plug In, Ankama, BiP Media e a Atelier 801, com o jogo Transformice, que conta com milhões de fãs no Brasil. Os participantes poderão acompanhar mais de 50 atividades diferentes, incluindo uma sessão de pitch em que os convidados irão analisar e selecionar o melhor projeto de game brasileiro, o BIG Starter.

No dia 2 de julho, o fórum se estende para discutir duas novas verticais de negócios: o BIG Playable City, que reflete e interage no espaço urbano, buscando criar uma cidade mais interativa; e o BIG Impact, iniciativa dedicada a jogos com impacto positivo, que transformam a sociedade.

Abaixo tem uma lista contendo alguns dos convidados internacionais já confirmados no BIG Business Forum:

Mike Foster – Sony/Playstation
Jamie Cason – Miniclip
Jason Della Rocca – Execution Labs
Antoine Routon – Square Enix
Joel Breton – HTC
Reginaldo Valadares – Rovio
Sam Carslyle – Microsoft
Bryan Davis – BBB
Benjamin Wolf – Astragon
Karim Farghaly – Bandai Namco
Fernando Sansberro – Uruguayan Game Developers Association
Rodrigo Contreras – Gamaga
Francisco Diaz – CVA Peru
Astrid Huntjens – Spil Games
Paweł Feldman – 11 bit Studios
David B. Hoppe – Gamma Law
Agustín Cordes – ADVA
Mario Valle Reyes – Electronic Arts
Martina Spaas – FGL
Fabio Florêncio – Fun Academy/Rovio
Paul Hanraets – Gambitious
Melinda Montaño – Kongregate
Piotr Iwanicki – Superhot
Steve Escalante – Versus Evil
Martín Meléndez – One Simple Idea
Anton Fok – Vungle
Julian Osterwalder – Vungle
Mark Leaver – Playable City
Matthew Handrahan – GamesIndustry.biz

Delegação de empresas francesas presentes no BIG Business Forum:

Eddy Léja-Six – Isart
Francis Ingrand – SNJV LE GAME
Julien Villedieu – SNJV LE GAME
Hervé Sohm – Ankama
Katleen Evers – Plug in Digital
Laure Casalini – Rubika
Maxime Dumas – Persistant
Melanie Christin – Atelier 801
Michael El Baki – Clan of the Cloud
Michael Jegat – Intellysurf
Nicolas Bensignor – Playsoft
Paulliane Balduino dos Santos – Atelier 801
Sam Dahmani – 3DUO
Steven James Filby – Motion Twin
Thierry Platon – BIP Media
Vincent PERCEVAULT – G4F
Xavier Liart – Playdigious
Yoan Fanise – Digixart

Serviço – 4º BIG Festival (Brazil’s Independent Games Festival)
De 25 de junho a 3 de julho (Segunda, 27, não abre)
De terça a sexta: 10h às 22h / Sábado e domingo: 14h às 22h
Dia 29, quarta, fecha às 17h
Centro Cultural São Paulo – Rua Vergueiro 1000 – Paraíso, SP
Inscrições BIG Business Forum: a partir de 23 de maio em www.bigfestival.com.br
Entrada: Gratuita

Pavilhão Indie terá 108 estandes na Brasil Game Show 2016

Pavilhão Indie terá 108 estandes na Brasil Game Show 2016
Quando a Brasil Game Show veio para São Paulo em 2012, os organizadores esperavam que o evento tivesse forte impacto entre os fãs de jogos eletrônicos. Duas edições depois e o evento cresceu tanto que os organizadores decidiram que era hora de aproveitar a quantidade de visitantes para dar visibilidade a jogos de produtores brasileiros. E assim surgiu o Pavilhão Indie na BGS 2014, com apenas 7 produtores. Em 2015 o espaço cresceu e apresentou nada menos que 36 produtores independentes.

Eis que em 2016 o Pavilhão Indie será ainda maior: 108 estandes. É quase como um evento dentro da BGS. De acordo com os organizadores da feira, a intenção é fomentar a indústria de games no Brasil. Entre os primeiros jogos indies já confirmados estão ‘Holo Drive’ (PC), do estúdio BitCake, ‘Dino Lost’ (PC), do Supernova Game Studio, ‘Tiny Little Bastards’ (PC, Xbox One e PS4), do Overlord, ‘Lampião Verde – A Maldição da Botija’ (PC e Mobile), do Nars Vera, Black Iris (PC), do Hexa Game Studio, ‘KriaturaZ’ (Mobile), do Messier, ‘Homo Evolutis’ (PC) do Poking Life Studio, ‘Super Button Soccer’ (PC), do Smyowl, uma continuação de Lupy Quest (Mobile), do Too Nerd to Die e A Treta dos Irmãos Piologo(Mobile), da 2Dverse.

“Depois que apresentamos Lupy Quest na BGS de 2015, recebemos mensagens vindas até do Japão de pessoas interessadas no game”, disse Alex Barroso, proprietário do estúdio Too Nerd to Die, que este ano pretende levar uma continuação de Lupy Quest, dessa vez em uma nova versão com experiência totalmente repaginada em 3D. “Chegamos a ser sondados por várias companhias e distribuidoras quanto à viabilidade de Lupy Quest ser desenvolvido para outras plataformas. A BGS é a chance de mostrar para o mundo o que você está produzindo”, analisa Barroso.

O espaço no Pavilhão Indie é grande, mas não é infinito, de modo que a procura de empresas já está bastante alta: mais de 80 dos 108 estandes já estão reservados e em breve a área estará completa. Os produtores independentes que estiverem interessados podem entrar em contato com a organização para buscar informações de reservas. Como se não bastasse, os estúdios independentes poderão participar do Indie Meeting na BGS 2016. A área é um espaço com plateia onde cada expositor indie fará uma apresentação de seus projetos ao público.

“Dessa maneira, o Pavilhão Indie da BGS se firma como o ponto de encontro de um mercado plenamente aquecido, o que ressalta nosso compromisso em apoiar iniciativas com grande potencial e, principalmente, levá-las ao conhecimento do grande público”, analisa Marcelo Tavares, idealizador e CEO da BGS.

Serviço – Pavilhão Indie – BGS 2016

Quando: 01 a 05 de setembro (1º dia exclusivo para imprensa e business)
Onde: São Paulo Expo
Endereço: Rodovia dos Imigrantes, KM 1,5 – São Paulo – SP
Horário: 13h às 21h