Arquivo da tag: Feira de Games

OZ Game Show promete atrair fãs de videogames até Osasco

A cidade de Osasco, SP, será palco do próximo grande evento de games do Brasil. A FITO – Fundação Instituto Tecnológico de Osasco, sediará a primeira edição da OZ GAME SHOW. O evento ocorre entre os dias 20, 21, 22 e 23 de julho de 2017 com diversas atrações como concurso cosplay, participação de youtubers famosos, campeonatos de videogames e até uma exposição de consoles antigos.

De acordo com a organização do OZ GAME SHOW, estão confirmados campeonatos dos seguintes games (concorrendo a diversos de prêmios): LOL, CS-G0, JUST DANCE 2017, PES 2017, FIFA 17, MARIO KART 8, ULTIMATE MARVEL VS CAPCOM 3, MORTAL KOMBAT XL, THE KING OF FIGHTERS XIV, STREET FIGHTER V, entre outros. A expectativa é que a área de campeonatos seja uma das mais visitadas de todo o evento.

flyer-oficial-oz-game-show-fUm dos destaques do evento é o Museu do Videogame com mais de 100 consoles, desde os mais antigos, além de edições raras dos consoles de colecionadores parceiros da OZ GAME SHOW. Além disso, também terá uma Exposição de Action Figures com personagens marcantes do cinema e do mundo dos games e várias peças exclusivas de renomados escultores do Brasil.

“Iremos reunir os universos Gamer, Cosplayer e Geek em um único lugar. Durante o mesmo dia, o Gamer poderá admirar diversos Action Figures, o Cosplayer poderá participar de concursos, com torneios de games e os colecionadores de Action Figures poderão percorrer um dos maiores Museus de Consoles de Videogame da região”, diz o release do evento.

Entre os convidados, já temos a confirmação dos seguintes youtubers: Gordox, Lucas Inutilismo, Gui Fera, Terror Bionic, MateiFormiga, entre outros. Os ingressos para participar do OZ Game Show já estão disponíveis e podem ser adquiridos no Super Shopping Osasco, lá na Arena Gamer localizada no 2º Piso do empreendimento, e vocês poderão ir garantir o seu passaporte para o evento com preço de primeiro lote.

SERVIÇO: OZ GAME SHOW

Quando: de 20 a 23 de julho de 2017

Horários: Todos os dias do evento das 12h00 às 21h00 – Atenção: Ingressos VIP terão acesso 1 hora antes (todos os dias a partir das 11h00).

Onde: FITO – Fundação Instituto Tecnológico de Osasco

Endereço: Rua Camélia, 26 – Jardim das Flores, Osasco – SP, CEP 06110-300

Ingressos:

– Diário: R$ 40,00 (meia/1º lote)

– Combo 4 dias: R$ 128,00 (meia/1º lote)

– VIP: R$ 160,00 (meia/1º lote)

– Combo Família 1 dia para 4 pessoas: R$ 128,00 (meia/1º lote)

Valores sujeitos a alteração sem aviso prévio

Pontos de venda:

Site Ticket 360: https://www.ticket360.com.br/eventos/pesquisar?s=oz+game+show

Arena Gamer Super Shopping Osasco – I08/09 2º Piso – Av. dos Autonomistas, 1828 – Industrial Autonomistas, Osasco – SP, CEP 06020-010

Site Oficial:  http://www.ozgameshow.com.br

BIG Festival e Anima Mundi fecham parceria inédita

A organização do BIG Festival acaba de anunciar uma parceria inédita com a Anima Mundi, o maior evento de animação da América Latina). O objetivo é criar o BIG Anima Business Meeting a fim de gerar negócios entre produtores de games e de animação nacionais e internacionais. A parceria irá permitir que inscritos no Anima Forum participem das rodadas e de toda a programação do BIG Business Forum.

De acordo com a organização do BIG, a partir de 2017 compradores internacionais não apenas de games, mas também de animação, estarão convidados para o BIG Anima Business para promover conexões entre produtores e clientes, através de ferramentas de matchmaking e das rodadas de negócios. O anúncio oficial será feito no BIG Festival deste ano, em 29 de junho.

eliana-russi-1“O foco é a geração de negócios. Com esta parceria entre o BIG Festival e o Anima Mundi, vamos fortalecer os setores de games e de animação brasileiros, gerando novos negócios e criando novos ambientes de cooperação entre as empresas brasileiras. Afinal, com empresas locais mais fortes e estruturadas a nossa capacidade de oferta de serviços e propriedades intelectuais ‘world class’ só tende a aumentar”, diz Eliana Russi, gerente executiva do Projeto Brazilian Game Developers.

No BIG Festival 2016 foram fechados US$ 2 milhões em negócios durante o evento, e as rodadas de negócios movimentaram mais US$ 20,7 milhões, um aumento de 95% com relação aos US$ 11 milhões movimentados no BIG 2015. Estes números são ainda mais impressionantes se comparados com os US$ 2,9 milhões movimentados no BIG 2014. A ideia é justamente que os produtores de games e animações ganhem espaço para fazer negócios com investidores.

anima-mundi

O Anima Mundi realiza há mais de dez anos o Anima Fórum, principal ponto de encontro entre profissionais de animação onde se discutem as tendências do setor. O evento é famoso por apresentar curta metragens de alta qualidade e revelar novos profissionais para o cinema americano.

De acordo com o diretor César Coelho, “a produção brasileira triplicou nos últimos 5 anos. Hoje, muitas séries nacionais estão com segundas e terceiras temporadas em produção. É um mercado em expansão, e que, com estúdios de animação e games juntos, abrirá ainda mais oportunidades para novos conteúdos, além da otimização de recursos e mão de obra.”

 

Serviço – 5º BIG Festival (Brazil’s Independent Games Festival)

De 24 de junho a 2 de julho (Segunda, 26, não abre)

De terça a sexta: 10h às 22h / Sábado e domingo: 14h às 22h

Centro Cultural São Paulo – Rua Vergueiro 1000 – Paraíso, SP

Entrada: Gratuita

 

Serviço – 11º Anima Forum (25º Festival Anima Mundi)

De 19 a 21 de julho no Rio de Janeiro e de 26 a 28 de julho em São Paulo

Rio de Janeiro: CRAB – Centro SEBRAE de referência do Artesanato Brasileiro

São Paulo: local a definir

Lojas Americanas e produtor de Mad Max confirmam presença no Geek & Game Rio Festival

Mais novidades para a Geek & Game Rio Festival, o evento de games que promete agitar o Rio de Janeiro entre os dias 21 e 23 de abril. Desta vez a organização confirmou a presença de Iain Smith, produtor do filme Mad Max: Estrada da Fúria, O Quinto Elemento e Sete Anos no Tibet. O produtor vai participar de um bate-papo para contar um pouco de suas experiências em Hollywood. No dia 22.

unnamedPara quem não conhece, Iain Smith é natural de Glasgow, na Escócia, e estudou cinema na London Film School. Entre os diretores com os quais Iain Smith já trabalhou estão nomes como Ridley Scott, Oliver Stone, Darren Aronofsky e Luc Besson. Com George Miller, trabalhou em Mad Max: Estrada da Fúria, vencedor de seis Oscars em categorias técnicas: Melhor Figurino, Melhor Montagem, Melhor Mixagem de Som, Melhor Edição de Som, Melhor Maquiagem e Penteados e Melhor Direção de Arte.

Lojas Americanas terá mega estande no evento

Além da participação deste premiado diretor, vale destacar também o estande que a Lojas Americanas vai montar dentro do evento. A companhia terá um espaço de nada menos que 190m2, com venda de games, DVDs, livros e produtos de conveniência, como bebidas e guloseimas. Quem já foi na BGS em São Paulo deve encontrar uma estrutura parecida, geralmente com belos descontos em livros e games.

americanas-afiliados

A Lojas Americanas venderá também produtos geek, como camisas, canecas, chaveiros e gift box de vários personagens. E para animar os visitantes que passarem pelo estande, a rede ainda vai contar com a participação de cosplays durante todos os dias do evento. O Geek & Game Rio Festival contará ainda com áreas para artistas, espaços para crianças, palestras de desenvolvedores de jogos e presença de YouTubers, além de um concurso de cosplays.

 

Serviço – Geek & Game Rio Festival

Data: 21 a 23 de abril de 2017

Local: Rio Centro – Avenida Salvador Allende, 6.555 – Barra da Tijuca – Rio de Janeiro – RJ

Horário: 10h às 21h

Mais informações sobre ingressos: http://www.ggrf.com.br/ingresso.php

BIG Festival abre inscrições para a premiação de melhores jogos independentes

Já imaginou seu game tornando-se famoso por todo o Brasil? Esta é a sina dos jogos que aparecem no BIG Festival (Brazil’s Independet Games Festival). A organização do evento divulgou que os desenvolvedores de jogos do mundo todo já podem inscrever suas criações na principal premiação do BIG Festival. As inscrições vão até o dia 23 de abril e devem ser feitas através do site oficial do evento.

A quinta edição do BIG Festival acontecerá de 24 de junho a 2 de julho, no Centro Cultural São Paulo, na capital paulista, mesmo ambiente das últimas edições. Os jogos finalistas estarão disponíveis para o público em computadores, tablets, smartphones e consoles em uma exposição gratuita em que os visitantes podem testa-los e votar em seus favoritos, inclusive jogos em Realidade Aumentada e Virtual.

Os games inscritos serão analisados pelo Comitê de Seleção do festival e os selecionados irão competir em diversas categorias, como Melhor Jogo, Melhor Gameplay, Melhor Som, Melhor Arte, Melhor Narrativa entre outras. Em 2016, o jogo brasileiro Horizon Chase, da desenvolvedora gaúcha Aquiris Game Studio, foi consagrado como o melhor do evento, vencendo na escolha do júri.

A expectativa é que o evento supere o sucesso do ano passado, quando o BIG Festival recebeu a inscrição de 515 jogos de 48 países diferentes, sendo quase metade deles (232) produzidos no Brasil. Foram 18 mil visitantes em 2016, sendo 2.400 profissionais do setor. “Em 2017 consolidaremos o Brasil como o “hub” de negócios internacionais na América Latina, um feito extraordinário para um setor tão efervescente como o dos Games”, diz Eliana Russi, organizadora da área de negócios do BIG Festival.

 

Serviço – 5º BIG Festival (Brazil’s Independent Games Festival)

De 24 de junho a 2 de julho (Segunda, 26, não abre)
De terça a sexta: 10h às 22h / Sábado e domingo: 14h às 22h
Centro Cultural São Paulo – Rua Vergueiro 1000 – Paraíso, SP
Entrada: Gratuita

Passaporte e ingressos para DASH GAMES podem ser adquiridos

Já havíamos falado sobre o DASH GAMES, o evento de jogos digitais do Rio Grande do Sul. Desta vez a notícia é dedicada a quem está ansioso: os ingressos e passaportes já estão disponíveis e podem ser adquiridos através do site da CRIExp. O DASH GAMES é organizado pela Associação de Desenvolvedores de Jogos Digitais do Rio Grande do Sul entre os dias 6 e 8 de outubro, no campus da Univates, em Lajeado (RS). De acordo com os desenvolvedores, a intenção é trocar ideias, experiências e informações sobre a produção e o mercado de jogos.

A programação do evento prevê 12 palestras nacionais e internacionais; Matchmaking (rodada de negócios), com a presença de investidores internacionais; lounge com games; e uma Jam Dash Games, competição em que estudantes desenvolvem um jogo em 48 horas com um tema específico informado na hora do evento. A expectativa é que o DASH GAMES se torne um dos maiores eventos de games do RS.

Entre os palestrantes estão Thais Weiller, da Joymasher (Brasil); Julian Castillo, da Efecto (Colombia); Oscar Clark, da Unity (Inglaterra); Ian Livingstone, criador da personagem Lara Croft – Tomb Raider (Reino Unido); Mariá Scardua, da Trinca Studio (Brasil); Martina Santoro, do Okam Studio (Argentina); Pawel Miechowski (Polônia); Grayson Chalmers, da Blizzard (EUA); Thali Goldstein, ex-Minority (Canadá); Alvaro Azofra, da Iron Hide (Uruguai); Christian Calderon, da Ketchapp (EUA); Rami Ismail, da Vlambeer (Holanda).

Para participar do DASH é necessário comprar ingressos específicos para o evento. O passaporte DASH Games, que dá direito a participação nos três dias de evento, tem valor de R$ 80,00 para estudantes, professores e funcionários da Univates. Diplomados na instituição pagam R$ 90,00 na modalidade passaporte e o público em geral R$ 100,00. Já as entradas para dias específicos custam R$ 30,00 para estudantes, professores e funcionários, R$ 45,00 para diplomados e R$ 50,00 para o público geral. Os ingressos estão à venda no site.

SERVIÇO – DASH GAMES

Quando: 6 a 8 de outubro
Onde: Rua Avelino Tallini, 171 – Bairro Universitário – Lajeado/RS
Horário: 14h ás 18h

Balanço Geral: A Brasil Game Show 2016

No ano passado a Brasil Game Show divulgou que iria mudar de endereço a fim de ter um espaço maior e mais confortável para seus visitantes. Agora no São Paulo Expo, o evento realmente está maior e repleto de atrações, mas o ponto negativo é que nenhum convidado de fora veio falar com os fãs, tarefa dada aos mais populares Youtubers do Brasil.

É preciso fazer um parâmetro com as edições anteriores, quando grandes executivos estiveram presentes como Phil Spencer, Mark Wentley, Phillipe Ducharme, Dave Freeman, Katsuhiro Harada e Bertrand Chaverot já estiveram na feira e bateram papo com público e visitantes do evento. Já neste ano, os peixes grandes estavam menos acessíveis. Uma das raras exceções foi Danny Bélanger, da Ubisoft e o pessoal da CD Projekt RED que foram apresentar o novíssimo GWENT. Quem sentiu falta de falar com produtores podia ao menos falar com os produtores independentes que estiveram na feira.

14202484_1398623340161134_574375638995480620_nApesar da evidente falta de personalidades internacionais, tudo foi compensado pela presença dos Youtubers, que alegraram seus fãs. Entre os destaques podemos citar as participações de BRKSEDU, Matando Robôs Gigantes, Bruno PH e muitos outros. A sala de imprensa, aliás, nunca esteve tão cheia, mostrando que a cobertura do evento jamais foi tão grande como a deste ano. O espaço maior contribuiu para que cada um fizesse seu trabalho de maneira confortável, pois tanto os visitantes como profissionais de imprensa podiam se ocupar de suas tarefas sem o empurra-empurra das edições anteriores (apesar de o evento estar lotado).

Muitos jogos na Brasil Game Show 2016

Na área da Sony, o grande destaque foi Horizon: Zero Dawn que estava com uma demo repleta de ação e exploração. As máquinas com o jogo estavam com filas enormes, assim como as plataformas com jogos já lançados, como as de Uncharted 4, e No Man’s Sky. Outras novidades foram as demos de The Last Guardian, de Fumito Ueda, Gran Turismo Sports, Dragon Ball Xenoverse 2, Final Fantasy XV, Bound, entre outros. O destaque fica por conta de Call of Duty Infinity Warfare, que só podia ser jogado no estande da Sony. O estande da gigante japonesa merece uma menção honrosa, pois estava bem bonito, apresentando um telão curvo para exibir trailers e gameplays de lançamentos bastante aguardados.

14224827_1398623100161158_7765475670733773866_nJá do lado da Microsoft o estande era de formato robusto, com um telão de cinema para mostrar os vídeos e jogos da plataforma americana. Nas plataformas de jogos havia muitas novidades bastante aguardadas como Dead Rising 4, Forza Horizon 3, Overwatch, Formula 1 2016, Quantum Break, Necropolis e GWENT. Os jogos mais disputados foram ReCore, Halo Wars 2, Cuphead, Killer Instinct, Minecraft Battle Mini Game e, é claro, Gears of War 4. Além de oferecer esses jogos, a Microsoft ainda realizou uma ação bem positiva para seus fãs: bastava jogar qualquer game para pegar um carimbo e concorrer a um Xbox One. Tal ação valia todos os dias do evento, ou seja, um videogame para cada dia de feira.

Fora do circuito dos estandes havia a Brasil Game Cup, a série de torneios disputados dentro da BGS. Entre as finais estavam a de Dota 2 com os times da Pain Gaming e Tshow (melhor para a Pain); Hearthstone, Counter Strike GO e Clash Royale. Quem foi conferir a BGC provavelmente não viu a Brasil Game Show, pois o público que curte campeonatos de jogos geralmente fica e permanece até o grande final, como se estivessem alheios ao resto.

14238279_1398623163494485_1447353289625212954_n

Além dos estandes da Sony e Microsoft, havia centenas de outras empresas mostrando suas novidades. Um dos mais visitados foi o estande da Ubisoft, que estava logo na entrada do evento e já hipnotizava os gamers com títulos de alta qualidade como Rainbow Six Siege, For Honor, Steep, Ghost Recon Wildlands, Watch Dogs 2 e Just Dance. Outros estandes chamavam as atenções foi a de GWENT, promovido pela CD Projekt RED, que era bem grande e movimentado.

A NVIDIA montou um estande bem bacana para promover Tekken 7 e Project Cars em altíssima definição. Um dos estandes mais bonitos do evento todo foi o da HyperX, que trouxe os populares LoL, Overwatch e Counter Strike. Já a Warner Bros levou para o evento UFC 2, Street Fighter V, FIFA 17, Resident Evil 7 e Batman Arkham VR (estes dois últimos a portas fechadas).

14232492_1398623096827825_3992278457098487630_nUm dos eventos dentro do grande show foi sem dúvidas a Brasil Game Jam, que reuniu desenvolvedores indies para criar um game do zero a partir de uma ideia divulgada no início do evento. Futuramente vamos falar sobre como foi o Game Jam, da mesma forma como falaremos sobre o pavilhão indie (jogo por jogo). Para quem não estava a fim de ver novidades, o ideal era fica na área dos fliperamas, que possuíam clássicos dos games de luta e shmups como King of Fighters, Street Fighter e Sonic Wings.

Por fim, a Brasil Game Show 2016 tornou-se um evento maior, mais organizado e capaz de atrair diferentes nichos de jogadores. Infelizmente os grandes executivos e produtores dispensaram um contato mais próximo com o público, mas espera-se que na próxima edição eles estavam lá, afinal a Microsoft e a Sony estarão com plataformas novas no mercado e será importante fazer a divulgação de maneira mais direta. O fator negativo (como sempre) fica por conta dos preços praticados por algumas empresas dentro do evento, comer na BGS está fora de cogitação.

As atrações que você precisa conferir na BGS 2016

A principal feira de games da América Latina, a BGS, chega a sua  9ª edição com muitas novidades para os fãs de games e tecnologia. Entre os dias 01 e 05 de setembro, o público poderá conferir no São Paulo Expo os lançamentos dos principais jogos, participar de campeonatos e ainda levar para a casa o colecionável do seu game favorito.

Confira as atrações da BGS 2016 que você não pode perder:

  1. Novidades e lançamentos de games

O ponto alto da Brasil Game Show são os lançamentos e as novidades do mundo dos games. Nesta edição, alguns títulos importantes já confirmaram presença, como “Resident Evil 7”, “Gears of War 4” e “For Honor”. Também já estão garantidos na BGS 2016 “Steep”, game de esportes radicais de inverno da Ubisoft; o jogo de dança “Just Dance 2017”; “Forza Horizon 3”, que leva as pistas de corrida em mundo aberto para a Austrália; e “Batman Arkham VR”, experiência em realidade virtual do homem-morcego. Entre os destaques, provavelmente um dos mais aguardados para a feira é Horizon Zero Dawn da Sony.

 

  1. Brasil Game Jam

Na edição deste ano, a BGS terá um espaço voltado para a criação de games. 10 equipes de três estudantes universitários cada terão 48 horas para desenvolver um game do zero dentro da feira, em uma casa de vidro montada no São Paulo Expo. O espaço é apoiado pela Globo, o que deve garantir uma grande visibilidade para os vencedores, além de uma competição de alto nível.

 

  1. Loja de colecionáveis e presença de youtubers

A ToyShow, maior loja de colecionáveis da América Latina, participa pela segunda vez da BGS. Neste ano, a loja levará mais de cinco mil produtos diferentes entre Action Figures, estátuas, bustos, réplicas, artigos de decoração, camisetas, Legos e acessórios. Marcas cobiçadas pelo público, como Marvel, Dc Comics, Star Wars, Bandai, Sideshow, Hot Toys, DTC e Funko, também estarão presentes. Haverá no estande da loja um palco para entrevistas e tarde de autógrafos com youtubers. Os Irmãos Piologos e Júlio Cocielo, do Canal Canalha, já estão confirmados.

 

  1. Campeonatos de games com premiação

A BGS 2016 também vai organizar um campeonato de Counter Strike: Global Offensive do game mobile Clash Royale, que vai oferecer até R$ 10 mil aos vencedores. Além deles, algumas produtoras realizarão torneios fora da Brasil Game Cup, como é o caso da CD Projekt RED que vai convidar seus visitantes em um torneio de GWENT.

 

 

Serviço – BGS 2016

Quando: 1 a 5 de setembro

Onde: São Paulo Expo – Rodovia dos Imigrantes, Km 1,5 – São Paulo/SP

Horário: 13h às 21h

 

Balanço geral da Brasil Game Show 2015

A Brasil Game Show foi encerrada na última segunda-feira (12) e reuniu cerca de 280 mil visitantes ao longo dos cinco dias de evento (nenhum outro evento de games conseguiu tal feito em terras tupiniquins). O saldo foi extremamente positivo, afinal de contas a organização conseguiu captar cerca de 70 toneladas de alimentos não perecíveis, que serão doados para a Casa de David, instituição que cuida de pessoas com deficiência intelectual, física e autismo. Além do numero gigantesco de pessoas e de alimentos, o evento contou com a participação de centenas de empresas ligadas ao ramo dos jogos eletrônicos e tecnologia.

Um dos grandes destaques (como não poderia deixar de ser) foi o estande da Microsoft, que reservou seu grandioso espaço para divulgar a melhor linha de jogos da história do Xbox. Entre as novidades estavam Forza 6, Halo 5: Guardians, Rise of the Tomb Rider,  Metal Gear Solid V: The Phantom Pain, Batman: Arkham Knight, Mad Max, Final Fantasy XV, , Cuphead, Rock Band 4, Killer Instinct Season 3, FIFA 16, Mortal Kombat X, entre outros.

O espaço da gigante americana estava bastante movimentado com fãs testando os mais diferentes jogos possíveis. Havia um espaço parecido com a dashboard do Xbox onde os visitantes podiam tirar fotos e posteriormente a equipe da Microsoft disponibilizaria as fotos para os fãs. Também foi montado um palco e um telão no estande, onde ocorriam desafios de jogos e apresentações de dança com o boneco de Cuphead. Rise of the Tomb Raider foi apresentado à portas fechadas e até havia uma garota com cosplay da Lara tirando fotos com os fãs. Ah, vale lembrar que o chefe da divisão Xbox, Phil Spencer esteve pessoalmente no estande para apresentar os jogos, receber a imprensa e até tirou fotos com fãs.

Quem também fez bonito foi a Sony com seu bonito estande para promover os próximos lançamentos do Playstation 4. Entre os jogos destacados estavam Dark Souls 3, Horizon Zero Dawn, o lindo Star Wars Battlefront,  Street Fighter V, Cavaleiros do Zodíaco: Alma dos Soldados, Uncharted: The Nathan Drake Collection, Pro Evolution Soccer 2016. O estande da Sony estava repleto de consoles fabricados aqui mesmo no Brasil, a fim de mostrar que a fabricação local está a todo vapor e tudo está indo bem.

O estande da gigante japonesa foi um dos mais concorridos da feira e andar por lá era uma tarefa heroica. Na área do palco principal houve uma grande surpresa para o público graças à participação do Yudi Tamashiro, que fez questão de relembrar seus tempos de Bom Dia e Cia, onde ele ganhou fama sorteando o Playstation 2 e Playstation 3.

No estande da Warner/EA não faltou animação, tudo graças aos badalados como FIFA 16, Star Wars Battlefront, Street Fighter 5, Need For Speed,LEGO Marvel Avengers, Mortal Kombat X, Batman Arkham Knight, Mad Max, Mega Man Legacy Collection, Resident Evil Origins Collection, além de títulos para dispositivos móveis. Street Fighter V, aliás, foi considerado por muitos como o melhor jogo da feira. No espaço da Warner tinha espaço também para um carro estilizado com o logo de Need for Speed, que também estava jogável.

A Activision não perdeu tempo e reservou seu espaço para divulgar o novo Call of Duty Black Ops 3, Guitar Hero Live e a expansão Destiny: O Rei dos Possuídos. As filas para jogar Guitar Hero estavam bem longas, mas ninguém estava reclamando.

Outra empresa que marcou presença foi a Ubisoft, que levou para a feira os seguintes jogos: Just Dance, Rainbow Six: Siege, Assassin’s Creed Syndicate e Tom Clancy’s The Division. O espaço dedicado a Just Dance era um dos mais celebrados pelos fãs, pois a Ubisoft organizou uma competição local para definir a última vaga para a final da Copa do Mundo de Just Dance. Os jogadores mais jovens puderam se divertir bastante no grande espaço dedicado à Minecraft, o jogo da Mojang que é um dos mais populares de todo o mundo.

Para os jogadores de PC não faltou tecnologia de ponta, graças aos estandes da Razer, Hyper X, Nvidia e Mad Catz. Teve até um espaço da DX Racer com cadeiras confortabilíssimas 0para gamers. Jogadores de PC tiveram vez, pois essas empresas trouxeram o que há de mais tecnológico no ramo de placas e processadores.

Quem queria fazer compra de jogos podia conferir as promoções da Saraiva ou da Americanas. Pena que a Nintendo não tem mais participação no Brasil, pois não era possível encontrar os jogos para Wii U em parte alguma. Na área dedicada aos Arcades formavam-se filas para testar os jogos que fizeram história ao longo dos anos. Street Fighter 2, as variações de King  of Fighters, Tekken, jogos de corrida de carros e de motos, enfim, tinha um pouco de tudo por lá.

Esse espaço até parecia uma casa de fliperama com a vantagem de que não era necessário pagar fichas para jogar. Tinha até um “jogo de botcha” para os mais entusiastas. Para completar o clima retrô, havia uma exposição de consoles antigos mostrando a evolução dos videogames desde a primeira geração.

Na área dedicada aos desenvolvedores independentes haviam jogos para todos os gostos, desde o futebol de botões da SmyOwl até as pipas da Maiworm. O espaço dos indies era grande e bem localizada, diferente do ano passado. Deste modo, os fãs de jogos eletrônicos encheram os corredores e estandes das produtoras nacionais. Os games apresentados lá estavam em ótimo nível de produção e o GameReporter vai abordar a maior quantidade deles em postagens futuras.

A novidade ficou por conta dos estandes localizados em outro pavilhão do Expo Center Norte: havia um estande do Youtube, onde passavam youtubers populares; a área da da Brasil Game Cup (com um torneio de Dota 2); a área de Cosplay Meeting para facilitar o encontro com cosplayers badalados; e um espaço chamado Meet & Greet que permitiu a interação entre os jogadores e personalidades da indústria como Yoshinori Ono (Street Fighter) e a Kenya Sommerfeld (apresentadora da BGS).

Por fim, a BGS mostrou-se ser um acontecimento da cultura pop e já está no calendário dos grandes eventos do Brasil. Marcelo Tavares, criador da feira, já confirmou a edição 2016, porém ocorrerão algumas mudanças. De acordo com Marcelo, a edição 2016 ocorrerá no mês de setembro e o local também será alterado: será no São Paulo Expo, o mesmo local onde ocorre a Comic Con Experience, na zona sul da cidade. De acordo com o executivo, as mudanças visam a melhoria do evento, contudo um dos maiores elogios da edição 2015 foi justamente o espaço do Expo center Norte.

Galeria de fotos da Brasil Game Show

Mad Catz apresenta console M.O.J.O durante a BGS 2014

A Brasil Game Show está por vir e uma das empresas mais interessadas a fazer bonito é a americana Mad Catz, famosa fabricante de periféricos para PCs e Consoles. Durante o evento, a empresa vai levar alguns de seus mais recentes lançamentos como o Volante Pro Racing do Xbox One, o Cockpit de Simulação de Voo Saitek e o pequeno console M.O.J.O que é baseado nos aplicativos Android.

O estande da Mad Catz contará com nada menos que 240m² e provavelmente será um dos destaques da feira. Afinal de contas, o Pro Racing Wheel do Xbox One é um produto totalmente novo e ainda não foi lançado no Brasil. Deste modo, a empresa promete surpreender os fã de jogos de corrida. Os visitantes do estande poderão ainda baixar um pacote com texturas personalizadas da Mad Catz para o game Forza Motorsport 5 gratuitamente. Para isso, basta habilitar os veículos no jogo.

Quanto ao M.O.J.O, a Mad Catz irá apresentá-lo ao público brasileiro neste evento. Para quem não conhece, o console é reprodutor de aplicativos compatíveis com Android, ou seja, um videogame para rodar os jogos desenvolvidos com o OS em mente. O console é considerado concorrente direto do Ouya, que fez relativo estardalhaço anos atrás.

O videogame tem conexões HDMI e USB e utiliza um controle semelhante ao do Xbox 360. O aparelho tem capacidade de resolução de 1080p e pode conectar-se à internet sem fio. Ainda de acordo com a Mad Catz, é possível jogar games desenvolvidos com touchpad no controle do videogame com algumas adaptações. O armazenamento mínimo é de 16 GB. Quem estiver interessado em conhecer o “console Android mais poderoso do mercado” deve ir à Brasil Game Show para conferir de perto.

BGS 2013: “Os brasileiros são apaixonados por games”, diz executivo da Game Insight

DSCF1925

Outra empresa que marcou presença na Brasil game Show 2013 foi a Game Insight. A empresa é famosa por seus games de celulares  e Web e já apareceu aqui no GameReporter. Durante a feira, a empresa montou um estande cheio de jogos para iPads a fim de apresentar seus produtos para o mercado brasileiro como Ilha Paraíso, Meu País, Dragon Eternity, Meu Aeroporto, entre outros. Esta foi a primeira participação da empresa em um evento de games brasileiro e para marcar a ocasião a empresa montou um estande todo estilo.

Como não poderia deixar de ser, alguns executivos da companhia vieram da Rússia só para conhecer de perto os gamers brasileiros e como é o nosso país. Um desses visitantes ilustres foi Konstantin Kamenev, diretor de desenvolvimento, que concedeu uma entrevista exclusiva para o GameReporter. Detalhe: nossa entrevista foi celebrada com vodka russa original.

 

GameReporter: Como a game insight conheceu o Brasil, e o que despertou o interessa da empresa em nosso país?

Konstantin Kamenev: A princípio conhecemos o Brasil através de novelas e futebol. Posteriormente fizemos pesquisa e descobrimos que o Brasil tem a maior audiência móbile dentre os países da América Latina. Além disso, descobrimos que no país as pessoas jogam todos os tipos de games, ou seja, há tantos jogadores que há mercado para todos os gêneros de jogos. Nossas análises mostraram acima de tudo que os brasileiros são apaixonados por games. O número de usuários de plataformas móveis no Brasil continua crescendo, assim como o número de downloads de jogos e aplicativos. Temos muito orgulho de ser a única desenvolvedora russa no brasil.

 

Como vocês chegaram ao Brasil? Vocês se estabeleceram da mesma forma que fazem em outros países?

Chegamos ao Brasil em 2012 e quando resolvemos fazer negócios por aqui escolhemos três diferentes tipos de jogos diferentes dentro do nosso catálogo para serem localizados porque queríamos saber qual tipo de jogo os brasileiros mais se identificavam e com isso pudemos definir um plano de ação para nos estabelecermos melhor por aqui. Não entramos na mesma forma nos outros países localizados, pois o mercado brasileiro tem suas peculiaridades, apesar de não ser muito diferente do mercado russo.

 

Qual a maior dificuldade que a Game Insight enfrentou para lançar seus games no Brasil.

Com certeza tivemos muitos problemas para conseguir uma boa localização dos nossos títulos, porque o Brasil tem um jeito diferente em termos de localização, do que em outros países. A tradução não pode ser literal. Além disso, houve um medo muito grande na questão de como os brasileiros iriam ver nossos jogos por causa do modelo europeu de negócios e o estilo dos jogos que produzimos, mas esse medo desapareceu assim que iniciamos os trabalhos.  Passamos a colocar elementos que os brasileiros gostam.

 

O mercado de games é vantajoso no Brasil para a Game Insight?

Sim, sem dúvidas. Vimos que alguns tipos de jogos despertam mais interesses que outros e a adição de objetos escondidos atraem a atenção de jogadores mais dedicados. O Espelho de Londres, por exemplo, é um dos nossos jogos mais bem sucedidos. Ele é do gênero “objetos escondidos”, que se mostraram bastante rentáveis no iPads. Por causa do sucesso de Espelhos de Londres, queremos localizar mais jogos deste gênero para o Brasil. Vale citar ainda que um dos motivos do nosso sucesso é que nossos jogos contem gráficos de alta qualidade e o conteúdo que disponibilizamos são criados justamente para agradar nossos clientes.

 

DSCF1925Jogos free to play vêm crescendo a cada ano, você acha que esse tipo de jogos vai dominar o mercado algum dia?

Acreditamos muito no modelo freemium e investimos nesse negócio porque eles apresentam a possibilidade de sucesso maior que o encontrado em outros gêneros. Além disso, acreditamos que os melhores jogos são aqueles que são gratuitos.

 

Quantos usuários vocês já possuem em nosso país e como é a recepção deles?

Temos cerca de 400 mil usuários, o que é um número muito bom. Todos os nossos jogos são gratuitos o que ajuda a disseminá-los mais rapidamente e conseguir um bom número de feedbacks. Estamos sempre atentos para atender as expectativas desses usuários. Quando um jogo sai sempre verificamos os reviews na App Store e sabemos que o usuário está satisfeito quando vemos comentários como “muito legal” ou ”muito bom”. Nossa equipe esta ganhando um pouco de português com as reviews dos usuários.

 

Como a empresa se vê daqui a cinco anos.

Em termos de jogos o Brasil é parecido com a Rússia e percebemos que a tendência é que o crescimento de usuários vai continuar. Esperamos assim, criar jogos crossplataforma, ou seja, presentes em diferentes lugares como mobile, internet, plataformas sociais, etc. Acreditamos que o Brasil continuará consumindo muito conteúdo móbile, pois sabemos que os brasileiros jogam muito videogame e que eles gostam de acompanhar os hardwares e softwares – cada vez mais evoluídos. Em São Paulo percebemos que os dispositivos moveis são muito utilizados e com este conhecimento acreditamos que, assim os russos, os brasileiros irão jogar muito mais jogos em dispositivos móveis.

 

Quer deixar uma consideração final?

Bom, vocês podem mencionar alguma coisa sobre a vodka russa.