Arquivo da tag: extensão

Unesp disponibiliza jogos em PDF gratuitamente que auxiliam no estudo de matemática

“Matemática não é comigo”. Certamente você já ouviu essa frase, certo? Pois é justamente pensando nas pessoas com maior dificuldade no aprendizado de exatas que o Laboratório de Matemática da Unesp está disponibilizando em seu portal online mais de 50 jogos para colaborar com o aprendizado dos alunos. Os jogos podem ser impressos e trazem técnicas que desafiam a lógica, raciocínio e desenvolvimento cognitivo.

O propósito desses tipos de jogos não é focar somente na diversão e sim que os alunos busquem aumentar seu potencial, no desenvolvimento de novas habilidades. A Unesp criou o laboratório de matemática como um de seus inúmeros projetos de extensão para dar total suporte às aulas práticas de matemática.

O método segue a premissa da gamificação, ou seja, aprender jogando e se divertindo. E não funciona apenas com crianças não! Essa nova forma de aprendizado garante aos alunos maior autonomia e fornece condições suficientes para o aluno interpretar à sua maneira todo o conteúdo programático.

De acordo com a Unesp, os jogos em sala de aula colaboram para ampliar o poder de concentração do aluno, tornando o ambiente em sala de aula favorável à aprendizagem. Entre os inúmeros benefícios estão que o aluno encontra melhores sugestões para a solução de problemas, aumenta sua capacidade de autoquestionamento, desenvolve pensamento estratégico, melhora a memória e até um aumento na capacidade intelectual do aluno.

Dito isto, vamos falar sobre os 8 jogos que a Unesp indica para melhorar a capacidade dos alunos em resolver problemas matemáticos:

Os jogos são disponibilizados para download em formato PDF, prontos para serem impressos, se você é professor, pedagogo ou quer participar da educação de seu filho, basta clicar aqui. Ah, os jogos foram organizados conforme a divisão do Ensino Fundamental, do 1º ao 9º ano, e também do Ensino Médio. No site mencionado acima tem as regras e os tabuleiros para download.

Jogos do 1º ao 5º ano

1 – Sempre 10

É um tabuleiro com espaços para peças de 1 a 9. O objetivo do jogo é tentar encaixar as peças que no final deverão resultar em 10. A regra do jogo é que a soma das peças de cada linha seja 10.

As competências obtidas por meio desse jogo são habilidades de desenvolver cálculos, envolvendo operações de adição e subtração.

2 – Jogo dos pontinhos

O jogo consiste em uma folha de papel pontilhada. O objetivo desse jogo é somar mais pontos, sendo o máximo de 2 jogadores. A regra é traçar e unir os pontinhos até fechar um quadrado.

Esse jogo aumenta a capacidade de raciocínio lógico e agilidade na tomada de decisão.

3 – Feche a caixa

No tabuleiro, existem 40 casas enumeradas de 1 a 40. Será disponibilizado ao aluno 2 dados com faces diferentes. Um enumerado de 1 a 6 e outro enumerado de 1 a 10. O objetivo do jogo é rolar os dois dados e multiplicar o resultado total, ao passo que as equipes vão fechando as casas, ganha a equipe que fechar todas as casas do seu tabuleiro.

Esse jogo aumenta as competências e habilidades em desenvolver estimativa, cálculo mental envolvendo adição e multiplicação, e manipulação algébrica.

4 – Borboleta

O tabuleiro é composto por 12 espaços vazios e contém 9 peças vermelhas e 9 peças azuis. O objetivo desse jogo é capturar todas as peças do adversário. O jogo é parecido com o jogo de dama, onde o jogador vai movimentando as peças à frente até capturar as peças do adversário.

Aumenta o raciocínio lógico e intuitivo da criança.

Jogos do 6º ao 9º ano

5 – Alquerque

O alquerque é formado por um tabuleiro de 25 casas dispostas em 5 fileiras de 5 casas cada uma e possui 4 linhas que ligas as casas medianas dos 4 lados do tabuleiro. Também são disponibilizadas 12 peças vermelhas e 12 peças azuis.

O objetivo é acumular mais peças do adversário. Esse jogo estimula o raciocínio lógico e intuitivo.

6 – Estrela mágica soma 26

O jogo consiste em um tabuleiro em forma de estrela e o objetivo é preencher as casas do tabuleiro com peças enumeradas com os seguintes números: 1, 3, 4, 5, 8, 9, 10, 12. A soma em cada linha deve ser igual a 26.

O jogo desenvolve competências e habilidades de desenvolver estimativas e cálculo mental envolvendo adição e subtração.

Jogos do Ensino Médio

7 – Jogo da corrente

O jogo consiste em um tabuleiro em forma de corrente com 19 casas e são disponibilizados aos participantes 18 peças vermelhas e 18 peças azuis. O objetivo do jogo é não marcar a última casa.

Esse jogo desenvolve habilidades de elaborar estratégias e desenvolver o raciocínio lógico e intuitivo.

8 – Pentaminós

O pentaminó é um quebra-cabeça geométrico. Consiste em um tabuleiro com espaços vazios. É disponibilizado aos participantes, peças em formatos geométricos estratégicos que precisam ser encaixados nos buracos vazios do tabuleiro.

O jogo aumenta habilidades de atenção, concentração, domínio das anatomias geométricas, noção de área e perímetro.

PUC-SP oferece cursos de extensão para profissionais da área de games

A PUC-SP é uma das instituições de ensino que mais está atenta ao mercado de videogames no Brasil. A instituição conta com nada menos que quatro cursos de extensão para quem quer atuar no mercado. Os cursos não são destinados apenas a desenvolvedores, mas também para profissionais de outras diretrizes como jornalistas e até roteiristas, sendo eles os cursos de Narrativas e Roteiro de Games para Dispositivos Móveis, Desenvolvimento Mobile para Windows Phone, Desenvolvimento de Games com Unity 3D, Crítica de Videogames.

Estes cursos têm como objetivo capacitar alunos e profissionais do mercado a entender melhor o funcionamento das plataformas e sistemas mais utilizados no momento e entender melhor como funciona os jogos eletrônicos e o mercado atual. Os cursos são ministrados por professores capacitados e conhecidos como o Dr. Fábio Fernandes da Silva, Bréndal Teixeira Mendonça, Reinaldo Ramos e a jornalista Flávia Gasi.

O curso de Narrativas e Roteiro de Games para Dispositivos Móveis é ministrado pelo professor Fábio Fernandes e propõe desenvolver técnicas de narrativas e a criação de roteiros para games que possam se integrar no ambiente das redes sociais digitais. O curso é altamente indicado para alunos formados em Tecnologias e Midias Digitais, Sistemas de Informação, Jogos Digitais, Comunicação e Multimeios e Ciência da Computação. O curso tem duração de seis meses e aborda aspectos teóricos, prática de criação e softwares de roteiro.

Já o curso de Desenvolvimento Mobile para Windows Phone explora o mercado mobile, contribuindo com conhecimento teórico e prático para desenvolvedores de outras plataformas que desejam conhecer o passo a passo de como colocar seu jogo no ambiente Windows Phone. O curso é ministrado por Bréndal Teixeira e é certeiro para quem já desenvolve para iOS e Android e precisa de dicas desde o processo inicial de um game até os caminhos de como colocar o produto no ar. No Brasil é muito difícil encontrar desenvolvedores de games para outras plataformas que não sejam mobile, seja pelos custos de produção até pela possibilidade de lucro aviltante, então para quem quer uma fatia do mercado é bom colocar seu game em todos os lugares possíveis.

O curso de Crítica de Videogames é ministrado pela jornalista Flávia Gasi e explora a importância da crítica de videogames e como ela deve ser conduzida, levando em consideração aspectos técnicos do game, como arte, som, roteiro, etc. O curso é indicado para jornalistas, desenvolvedores, redatores e público em geral que deseja saber um pouco mais de como deve ser o trabalho de um crítico de games e o papel que os veículos desempenham ao avaliar os games que chegam ao mercado. O curso conta com três meses de duração e lá se cria um ambiente descontraído que serve para discutir os jogos eletrônicos e o que torna alguns games bons e outros nem tanto.

Por fim, temos o curso de Desenvolvimento de Games com Unity 3D é ministrado por Reinaldo Ramos, sócio da QUByte Interactive . Este curso é mais técnico e aborda técnicas e embasamento teórico para que se compreenda e atue na produção e criação de jogos eletrônicos a partir da engine Unity, uma das mais populares na produção de jogos indie atualmente. O curso tem cinco meses de duração e capacita os alunos a atuarem na produção e construção de games que possam se integrar no ambiente de distribuição digital, tendo conhecimento do uso das redes sociais e ferramentas que possam tornar o game mais atrativo. Este curso de extensão é importante para graduados e graduandos em Tecnologias e Mídias Digitais, Sistemas de Informação, Jogos Digitais, Comunicação e Multimeios e Ciência da Computação.

Estes são quatro cursos, mas além deles, a PUC-SP possui outros módulos interessantes como os cursos de Introdução ao Desenvolvimento de Jogos, Games com HTML e Javascript, entre outros que não necessariamente tem relação com jogos eletrônicos.