Arquivo da tag: exposição

​Museu do Videogame Itinerante chega ao Shopping RioMar Kennedy, em Fortaleza

Essa é para os fãs de videogame que estão na Cidade de Fortaleza, CE, amanhã (14/09) o Museu do Videogame Itinerante chega ao Shopping RioMar Kennedy. A chegada ao RioMar Kennedy marca o início da segunda temporada de “turnê” do museu mais interativo do Brasil. Os organizadores prometem uma série de novidades para esta nova temporada, a fim de enriquecer ainda mais a experiência do público. Além de conferir a história dos jogos eletrônicos, os visitantes podem jogar, interagir com influenciadores e participar de um campeonato de Just Dance.

A exposição conta mais de 46 anos de história dos videogames antigos e atuais, passando por todas as gerações de consoles. Dá para ver clássicos como o Atari, o NES, o Gameboy e os novíssimos Playstation VR, Nintendo Switch, entre outros. Além de conferir de perto consoles que marcaram história, os visitantes podem encontrar de perto com o ex-jogador de League of Legends Meet&Greet com André ManaJJ, na área de Meet & Greet e participar do concurso de Just Dance e um divertido encontro K-Pop.

O museu não é apenas um espaço observável. Há ilhas de consoles clássicos disponíveis para jogar, além do palco Just Dance 2018, simuladores de corridas, torneios de jogos antigos e atuais, controles gigantes etc. Com tantas atrações, a exposição Museu do Videogame Itinerante é considerada um dos eventos indoor para shoppings mais visitados do país. O Museu ficará Praça de Eventos do Piso L2, funcionando de segunda a sábado das 10h às 21h e aos domingos e feriados das 13h às 20h. A entrada é gratuita.

Para quem não conhece, André ManaJJ foi o primeiro campeão brasileiro de League of Legends (CBLOL), e atuante na área de streaming e geração de conteúdo de games. O encontro acontecerá no dia 22 de setembro, a partir das 17h. Durante o evento, os fãs poderão ainda participar de sessão de fotos com os cosplays Zilean Skin Lua Sangrenta do jogo League of Legends, All Might e Katsuki Bakugou, personagens do anime Boku no Hero Academia.

 

Encontro K-Pop

No dia 29 de setembro, último dia da exposição, a programação contará com encontro k-pop das 13h às 19h, comSpecial Stage apresentações de grupos covers de k-pop, brincadeiras e Random Play Dance com muita música pop coreana.

 

Campeonato Just Dance

Logo após o encontro k-pop, a partir das 19h, ocorrerá o concurso Just Dance para aqueles que curtem dançar e suar a camisa. O evento terá ainda a participação do bi-campeão do Mundial de Just Dance, Diegho San.

Durante o concurso, o jogador é desafiado a imitar os mesmos movimentos de dançarinos profissionais virtuais e, assim, alcançar a melhor pontuação no ranking do evento. Os dez finalistas com maior pontuação durante a temporada do Museu no RioMar Kennedy irão disputar o pódio. Os três melhores receberão premiação. As inscrições ocorrerão de 14 a 28 de setembro e podem ser feitas ao lado do Palco Just Dance, no Piso L2.

 

Sobre o Museu do Videogame Itinerante

O Museu do Videogame Itinerante reúne cerca de 5 milhões de visitantes por ano e é o primeiro do gênero do país registrado pelo Instituto Brasileiro de Museus (Ibram). Em 2014, recebeu o prêmio do Ministério da Cultura como o museu mais criativo do país. Em 2016, foi um dos museus brasileiros escolhidos para representar o país no maior encontro de museus do mundo, em Paris.

 

SERVIÇO – Museu do Videogame Itinerante no RioMar Kennedy

Data: 14 a 29 de setembro

Horário: segunda a sábado das 10h às 21h e aos domingos e feriados das 13h às 20h

Local: Piso L2, Praça de Eventos – RioMar Kennedy (Av. Sargento Hermínio Sampaio, 3100 – Presidente Kennedy)

Entrada gratuita

 

Vortex Game Studio organiza mini mostra de games nacionais no SESC Florêncio de Abreu

Quer apresentar seu game para mais pessoas? Pois o SESC Florêncio de Abreu vai realizar uma mostra de jogos brasileiros no dia 02/03 e se você tiver um game bacana para participar da exposição, dá tempo de inscrever seu jogo para participar do evento. A exibição prevê jogos para computadores, consoles, celulares e dispositivos VR, ou seja, você pode mostrar seu título para um público variado totalmente de graça independente da plataforma.

Os games serão disponibilizados gratuitamente para o público testar, além disso haverão de monitores para explicar como foram criados os jogos e facilitar a diversão. Alguns jogos famosos já estão previstos para a mostra do SESC, tais como Aritana e a Pena de Harpia, Amazonia, Full Metal Wars, Rocket Fist, Toren, Relic Hunters, entre outros.

Entretanto, ainda há espaço para quem quer fazer parte do evento, para isso basta preencher um formulário online demonstrando seu interesse em participar de uma seleção organizada pelo pessoal da Vortex Game Studios. O formulário é rapidinho, mas todas as perguntas são necessárias. São apenas perguntas sobre a equipe e o jogo. Você pode acessar o formulário aqui. Mas atenção: O preenchimento deste formulário NÃO é a garantia da presença do seu jogo no evento, pois o espaço é limitado e, portanto, a seleção se faz necessária.

Importante ressaltar que o time da Vortex não terá como fornecer acesso a internet durante o evento. Ademais, o evento do SESC promete ser uma oportunidade ótima para mostrar a evolução dos jogos brasileiros nos últimos anos. Quem sabe se a iniciativa der certo, pode se repetir em outras unidades do SESC?

Serviço – Mini Mostra de Games nacionais no SESC Florêncio de Abreu

Onde: SESC Florêncio de Abreu – Rua Florêncio de Abreu, 305/315, Centro São Paulo

Quando: 02/03/2018 das 10h às 18h.

Quanto: Entrada Gratuita

Inscrição: https://docs.google.com/forms/d/e/1FAIpQLSehnCj8pFnn85sMrWTaetyuy8JdbtXOhEgRkvpLCN1GF4KG9w/viewform

Organização: Vortex Game Studio

Site:  Mini Mostra de Games Brasileiros

Red Bull Station recebe galeria de realidade virtual inédita no Brasil

A realidade virtual é a grande aposta do mercado de jogos eletrônicos e do marketing mundial. Quem quer conhecer essa tecnologia e suas variadas aplicações, basta ir no espaço Red Bull Syayion nos dias 27 e 28 de outubro, onde haverá diversas sessões interativas e gratuitas. A Galeria de Realidade Virtual Red Bull Doodle Art é inédita no Brasil e ficará instalada entre 11h às 20h, na Praça da Bandeira, em São Paulo.

Os visitantes da galeria poderão, por meio de óculos HTC Vive, entrar numa cidade virtual e mergulhar em cadernos tridimensionais com as obras dos vencedores do Red Bull Doodle Art, uma competição universitária global de desenhos e rabiscos cuja final deste ano ocorreu na cidade de São Francisco, nos Estados Unidos. Dentro dessa cidade, o visitante será levado a interagir com um mundo totalmente virtual e a entrar nas galerias onde estão exibidos os trabalhos de artistas de 37 países diferentes. As obras poderão ser vistas de todos os ângulos, como numa experiência em 3D completa.

O Red Bull Doodle Art é uma competição de arte mundial em que estudantes universitários de todo o mundo apresentam seus doodles para serem julgados por seu estilo e criatividade. Um competidor, oudoodler, de cada país participante é convidado para a final mundial, que este ano aconteceu em São Francisco. Os rabiscos vencedores de cada país são os exibidos nesta galeria virtual global.

Essa galeria virtual chega por aqui como pioneira: o Brasil foi o primeiro país escolhido a recebê-la depois de estrear nos Estados Unidos. Vale destacar que a grande aposta da comunidade gamer, conforme vimos na BGS, é a realidade virtual. Então a galeria da Red Bull deve ser uma das muitas ações que as empresas devem fazer utilizando essa tecnologia.

Serviço: Galeria de Realidade Virtual Red Bull Doodle Art

Data: 27 e 28/10/2017
Horários: 11h às 20h
Local: Red Bull Station (

Pça. da Bandeira, 137 – Centro); galeria principal
Entrada gratuita
Evento: 
https://www.facebook.com/events/123116971723034/

A Era dos Games: Exposição interativa sobre videogames desembarca no Brasil

Após passar por 33 cidades de 25 países, a exposição “A Era dos Games” finalmente chega a São Paulo. Idealizada pela Barbican Centre de Londres, a exposição é apresentada pelo Ministério da Cultura e Brasilprev, através da Lei Federal de Incentivo à Cultura. A mostra ocupará o Pavilhão da Bienal, no Parque Ibirapuera, entre 16 de agosto e 12 de novembro e vai mostrar a evolução dos jogos eletrônicos desde o Atari até a geração atual.

Depois de São Paulo, a exposição segue para o Museu Histórico Nacional no Rio de Janeiro, onde ficará em cartaz de 6 de dezembro a 05 de março de 2018. Nas duas cidades, o público poderá interagir com mais de 150 jogos de sucesso. É uma oportunidade ótima de conhecer e interagir com verdadeiras pérolas dos jogos eletrônicos.

A exposição consumiu dois anos de trabalho intenso a um custo de um milhão de libras inglesas. São cerca de seis décadas escrutinadas, em 13 seções temáticas distintas. Dentre os mais de 150 jogos selecionados há uma longa lista de destaques, a começar pelo Pong, um jogo de tênis extremamente sintético. Criado em 1972, rodou o mundo e deu início a uma das megaempresas do setor, a Atari, que lidera o segmento ao lado de Nintendo, Sega, Microsoft e Sony. O Brasil também estará presente através de alguns jogos com tecnologia verde e amarela.

“Não há dúvida de que os videogames tiveram um grande impacto na cultura visual contemporânea. A Era dos Games pretende demonstrar a força criativa considerável que sustenta a indústria, destacando as contribuições de indivíduos e empresas-chave que desempenharam um papel na sua evolução. A exposição explora a influência de músicos, cineastas e artistas e mostra claramente que algumas das inovações mais criativas do nosso tempo passaram por este meio fenomenal”, resume NeilMcConnon, diretor do Barbican.

O público poderá conhecer personagens que fizeram história, como Super Mario — o encanador italiano criado pela Nintendo em 1985 e que chegou a ser usado pelo Japão na cerimônia de encerramento das últimas Olimpíadas como símbolo nacional; a crescente importância dos jogos infantis e seu potencial como ferramenta educativa; e ainda os enormes avanços tecnológicos que continuam sendo feitos, como o uso cada vez mais sofisticado da tecnologia 3D, a captação mais sensível dos movimentos pela tela ou por sensores e a constatação de que a realidade virtual é algo cada vez mais próximo.

Um embrião da exposição Era dos Games foi apresentado no Museu da Imagem e do Som de São Paulo em 2011. Batizada originalmente de Game On, mais tarde o evento incorporou o número 2.0 ao título para dar conta das atualizações tecnológicas surgidas ao longo do período em que excursionou pelo mundo. A edição que desembarca agora no país chega em versão ampliada, com games de última geração e inclui jogos produzidos no Brasil.

“Acreditamos muito no potencial dessa exposição. Ao apresentar a história do videogame de forma lúdica e divertida, ela integra diferentes gerações e proporciona um excelente programa para toda a família”, explica Cinthia Spanó, gerente de Comunicação Corporativa e Sustentabilidade da Brasilprev.

As visitas à exposição Era dos Games terão horários pré-agendados e serão realizadas em seis sessões diárias, com 90 minutos de duração cada. O público poderá adquirir ingressos antecipadamente online já a partir desta quarta, 5 de julho. Vendas de ingressos na bilheteria somente a partir da data de abertura, 16 de agosto.

 

SERVIÇO – A ERA DOS GAMES – Uma exposição do Barbican Centre de Londres

Quando: De 16 de agosto a 12 de novembro de 2017 – Terça a domingo, das 11 às 20 horas – Sessões diárias às 11h, 12h30, 14h, 15h30, 17h e 18h30

Quanto: Preço R$40,00 / R$20,00 meia entrada*

Onde: Endereço: Pavilhão da Bienal – 3º pavimento – Acesso pela rampa externa

Parque Ibirapuera – Portão 03 – Av. Pedro Alvares Cabral S/N – CEP 04094-000 – São Paulo, Brasil

Exposição do Goethe Institut mostra games que resgatam questões políticas e sociais

Além de organizar uma divertida Game Jam com temática política, o Goethe Institut de São Paulo está organizando uma exposição de jogos com o mesmo viés político. O objetivo é mostrar que jogos eletrônicos são reflexo da sociedade na qual surgem e ao mesmo tempo, têm efeito sobre essa mesma sociedade. Deste modo, a exposição deve contar com jogos que trazem questões sensíveis como leis trabalhistas, consciência democrática, vigilância do Estado, conflitos armados e refugiados.

Também vale destacar que ao mesmo tempo, os games podem ser empregados para disseminar propaganda e ideologias, tal quais outras mídias que podem ser utilizadas em prol de interesses políticos. A mostra Games e Política do Goethe Institut deve mostrar o potencial político dos games para o bem e para o mal. É uma oportunidade para os visitantes exercitarem o próprio senso crítico e criar uma noção de que games não são meras imagens interativas, mas sim produtos com peso transformador.

Mais sobre a exposição Games e Política

A exposição ocorrerá no Centro Cultural São Paulo (Rua Vergueiro, 1000), em cooperação com o Festival de Jogos Independentes, o BIG Festival. De acordo com o Goethe, serão dezoito games digitais do mundo inteiro que resgatam algumas importantes questões sociais e políticas a fazer parte da exposição. Este espaço é interativo e foi possível graças a cooperação com o Zentrum für Kunst und Medien Karlsruhe (ZKM), e estará em cartaz de 24 de junho a 23 de julho. A entrada é franca e os visitantes poderão jogar os games no espaço da exposição.

A exposição também objetiva questionar as possibilidades e as fronteiras dos games, a fim de esboçar uma posição contrária dentro da indústria do entretenimento, desenvolvendo assim um potencial crítico. Em uma documentação que acompanha a mostra, especialistas em mídia e cultura, bem como desenvolvedores de jogos, falam sobre o potencial político dos games. Mais informações no site do Goethe Institut.

 

Serviço – Exposição Games e Política / Goethe Institut

Quando: 24 de junho a 23 de julho

Onde: Centro Cultural São Paulo – Rua Vergueiro , 1000 – São Paulo, SP

Quanto: Gratuito

Shopping SP Market recebe o Museu do Videogame Itinerante

Outra boa pedida para o mês das crianças é a exposição “Museu do Videogame Itinerante”, que estará no Shopping SP Market entre o dias 8 e 30 de outubro. Esta é a primeira vez que a atração vem para a capital paulista e, de acordo com os organizadores, haverão mais de 250 consoles para os visitantes conferirem de perto. A ideia é retratar cerca de 40 anos da história dos jogos eletrônicos mundiais.

A exposição é gratuita e é bastante recomendado para jogares das antigas e das novas gerações. Como não pode deixar de ser, os grandes clássicos estarão presentes como o Telejogo, Atari 2600, NES, Mega Drive, Super Nintendo, entre outros. Os consoles de nova geração também fazem da parte da mostra, assim os jogadores podem conferir toda a evolução ao longo os anos até culminar nos poderosos XBox One e PlayStation 4.

Além da exposição, o espaço Museu do Videogame Itinerante também é interativo. Lá os games podem conferir desafios de Just Dance, simuladores de corrida, desfile de cosplay e muitos outros. O evento, que somente em 2015 recebeu mais de 4 milhões de visitantes em nove estados, é o primeiro do gênero do país registrado pelo Ibram – Instituto Brasileiro de Museus.

Em 2014, o Museu do Videogame Itinerante recebeu o prêmio do Ministério da Cultura como o museu mais criativo do país. Em 2016, foi um dos museus brasileiros escolhidos para representar o país no maior encontro de museus do mundo, em Paris.

De acordo com o curador do evento, Cleidson Lima, entre as relíquias estão o primeiro console fabricado no mundo, o Magnavox Odyssey, de 1972; o Atari Pong (primeiro console doméstico da Atari), de 1976; o Fairchild Channel F, de 1976 (primeiro console a usar cartuchos de jogos); o Telejogo Philco Ford, de 1977 (o primeiro videogame fabricado no Brasil); o Nintendo Virtual Boy, de 1995 (primeiro a rodar jogos 3D); o Vectrex, de 1982 (console com jogos vetoriais que já vinha com monitor); entre outros.

Um passeio pelo Museu do Videogame Itinerante é uma ótima atividade em família, onde pais e filhos podem compartilhar bons momentos sobre as mesmas paixões: videogames. Para mais informações sobre o Museu do Videogame, basta acessar o site.

Serviço: Museu do Videogame Itinerante no Shopping SP Market

Endereço: Av. das Nações Unidas, 22.540 – ao lado estação Jurubatuba – Linha 9 da CPTM
Período: de 8 a 30 de outubro de 2016 – GRATIS
Estacionamento: R$ 8,00 por 2 horas, e R$ 2,00 por hora adicional / Manobrista: R$ 9,00 a primeira hora e R$ 2,00 por hora adicional (carro). Moto: primeira hora R$ 4,00 e R$ 1,00 por hora adicional.
Informações: (11) 5682.3666 – www.shoppingspmarket.com.br

VideoGameShow ocorre entre os dias 21 a 24 de abril

Quem estiver em Brasília entre os dias 21 a 24 de abril não poderá perder o VideoGameShow, feira de jogos que ocorre no Taguatinga Shopping e que promete reunir milhares de fãs e profissionais da indústria para conferir uma série de atrações e jogos do momento. Este promete ser o maior evento de games que o DF já recebeu.

Muitas empresas já confirmaram participação no evento, inclusive a Sony e a Microsoft, mas parece que o viés do VideoGameShow é um pouco diferente de outras feiras de games nacionais. Haverá uma apresentação da VGMus, uma orquestra dedicada a compilar temas de jogos eletrônicos. Os músicos se apresentam no dia 21 com músicas clássicas e muito bem executadas.

Para quem gosta de um som mais pauleira, haverá duas apresentações da banda MegaDriver. Os criadores do Game Metal se apresentam no dia 22 às 19hs e n dia 24 às 18hs. Outro nome do cenário brasileiro a se apresentar é a banda The Sunmeet, que se apresenta nos dias 22 e 24, às 19h no primeiro dia e às 18h, no segundo. Para finalizar, a banda Lunia, do gênero otaku/geek que toca anime songs, toons, séries e games, se apresenta nos dias 23 e 24, às 19h.

Além do espetáculo musical, a VideoGameShow contará com workshops em todos os dias evento com participação de professores convidados da Escola SAGA. As aulas terão temas como “Criação de personagens”, “Modelagem para games”, “Mercado de trabalho –Youtuber” e “Como construir uma carreira na área”, entre outros.

Já para os amantes da jogatina, a organização preparou mais de 60 estações destinadas exclusivamente a Freeplay em games como Mario Kart, Smash Bros, Sonic, Zelda, Street Fighter, Mortal Kombat, Pokémon, Cavaleiros do Zodíaco, Pro Evolution Soccer, FIFA, Call of Duty, Star Wars Battlefront, Resident Evil, Metal Gear Solid, e muitos outros. Um palco montado para League of Legends e CSGO estará pronto para desafios entre os principais times da região.

Por fim, o evento não poderia estar completo sem a presença dos mais famosos youtubers gamers da atualidade. A organização do VideoGameShow convidou alguns dos mais populares youtubers para bater um papo com os visitantes. Entre eles estão o Authentic Games, que já soma mais de 5 milhões de seguidores; Muca Muriçoca (2 milhões de seguidores), Patife (1,5 milhões de seguidores), Lucas Lira (4 milhões), Caracol Raivoso (1,5 milhões) e Zelune (300 mil seguidores). Estas personalidades se revezarão nos quatro dias de evento para falar de seus respectivos canais e responder as perguntas da galera.

Os ingressos para o VideoGameShow já estão à venda e custam a partir de R$ 35 (meia entrada). As entradas podem ser adquiridas pela internet, nas lojas KidGames ou no stand de vendas oficial no Taguatinga Shopping. O evento é muito recomendado para quem quer curtir um final de semana com a família regrado a muitos jogos, música e bate-papo descontraído.

Serviço – VideoGameShow – Onde os universos se encontram

Quando: 21 a 24 de abril de 2016
Horários: de 13h às 20h na quinta-feira (21); de 10h as 20h na sexta-feira (22); de 10h as 20h no sábado (23); e de 13h as 20h no domingo (24).
Onde: Taguatinga Shopping
Endereço: Av. Arniqueira Qs 1 Rua 210, lote 40 – Taguatinga, Brasília – DF

Paço das Artes recebe exposição de games

Há muito tempo se discute se videogames são considerados obras de arte. Muitos consideram que não, outros tantos defendem veementemente que os jogos eletrônicos são formas de expressão artísticas tão válidas quanto o cinema. Independente do que você acredita, o pessoal da PPG Design da Universidade Anhembi Morumbi juntamente com a Secretaria da Cultura de SP reservaram o Paço das Artes para realização de um evento dedicado a unir videogames e arte.

O evento contará com variadas atrações como palestras e debates entre acadêmicos da área como o Ale McHaddo (curador do BIG), Ariel Velloso (designer de jogos), Jane Almeida (docente no Mackenzie), Marcos Cuzziol (gerente de inovação do Itaú Cultural), Gilberto Prado (artista multimídia), Paulo Costa (programador), entre outros. A mediação do debate será feita por Sérgio Nesteriuk (Docente PPG Design). O objetivo é debater o videogame como forma de arte.

Além do debate, haverá uma exposição chamada “Programando o Visível” de Harun Farocki e uma exposição de games pelo BIG Festival. O evento do Paço das Artes deve servir para mostrar os jogos eletrônicos como forma de expressão muito ativa entre as novas gerações e de grande importância para o aprendizado e expressão de muitas pessoas. Não por acaso, o BIG Festival é incentivador do projeto, pois o BIG é caracterizado por mostrar jogos de apelo educacional, artístico e transformador.

O evento inicia na próxima terça-feira (22) às 14 h e vai até o dia 27 com espaço aberto das 11 h às 18 h coma exposição de games com curadoria do BIG Festival. A entrada é gratuita e todas as informações referentes à programação podem ser conferidas no site do Paço das Artes.

Exposição Games no Paço das Artes

Onde: Paço das Artes – Av. da Universidade, 1, Cidade Universitária, São Paulo, SP
Quando: 22 a 27 de março de 2016
Quanto: Gratuito

Games_Arte_Paco

BIG Festival 2016 abre inscrições para a competição principal

Se você é desenvolvedor independente e aguardava uma oportunidade para apresentar seu game para um público amplo e interessado em jogos indies, a chance chegou! O BIG Festival 2016, o maior festival de jogos independentes da América Latina, acaba de abrir as inscrições para a competição principal que vai eleger o melhor jogo indie do ano. Para participar, basta submeter seu título até o dia 25 de abril através do site.

De acordo com os organizadores, serão aproximadamente 40 finalistas e todos eles serão disponibilizados durante o evento para testes em computadores, tablets, smartphones e consoles em exposição aberta ao público. Os visitantes do BIG Festival 2016 poderão testar todos os títulos de forma gratuita e também contribuir votando em seus favoritos.

Ao final do evento os games serão analisados pelo Comitê de Seleção do festival e os finalistas irão competir nas categorias Melhor Jogo, Melhor Jogo da América Latina, Melhor Jogo Brasileiro, Melhor Som, Melhor Arte, Melhor Narrativa, Melhor Gameplay, Inovação, Melhor Jogo Educacional ou de Impacto Social e Voto Popular, além de uma premiação especial para o Melhor Jogo Ambiental, uma adição nova ao evento. Ao todo, serão distribuídos R$ 52 mil em prêmios.

Na edição do ano passado, o evento atraiu  690 jogos de 43 países diferentes e a edição 2016 deve atrair tantos inscritos, ou talvez mais. Deste modo, o site do evento aguarda uma quantidade massiva de inscritos para o BIG Festival 2016. Em 2015, o jogo This War of Mine, da desenvolvedora polonesa 11 bit studios foi coroado o melhor da feira, tanto na categoria do júri, quanto no voto popular. Neste ano, o evento dará foco à França, país homenageado, e terá a honra de receber uma delegação de 15 empresas francesas.

O BIG Festival 2016 ocorre no dia 25 de junho a 3 de julho, no Centro Cultural São Paulo com organização da Spcine, da Prefeitura de São Paulo e do Ministério da Cultura. O evento tem apoio do BNDES; do Novelis e di Desenvolve SP. O BIG Festival conta ainda com parceiros como Apex-Brasil, ABRAGAMES e o Projeto Setorial de Exportação Brazilian Game Developers.

Serviço – BIG Festival 2016

De 25 de Junho a 3 de Julho (Segunda, 27, não abre)
De terça a sexta: 10h às 20h / Sábado e domingo: 10h às 18h
Centro Cultural São Paulo – Rua Vergueiro 1000 – Paraíso, SP
Entrada: Gratuita

BGS terá exposição de consoles antigos e maquinas de arcade clássicas para testar

Como todos sabem, no próximo dia 8 de outubro a Brasil Game Show abre suas portas para receber milhares de jogadores de todo o Brasil. O evento vai reunir as maiores empresas do mercado para apresentar ao publico as novidades mais quentes da temporada.

O que alguns não sabem e que a Brasil Game Show não e um espaço apenas para novidades, na verdade ha lugar ate para consoles antigos como o Atari 2600 e o Telejogo. Isto porque haverá uma exposição chamada “A Evolução do Videogame”, que reunira exemplares raros dos principais consoles já lançados. O acervo e cortesia do próprio Marcelo Tavares, fundador da BGS.

De acordo com a organização, serão expostos mais de 100 consoles, alem de variados jogos que recontam a historia dos videogames. Deste modo, os jogadores podem conferir de perto verdadeiras relíquia como o Odyssey, o Atari, o 3DO, entre outros. Alem dos consoles, os jogadores poderão experimentar alguns jogos clássicos dessas plataformas através de 80 maquinas de arcade instaladas no lugar. Em outras palavras, um verdadeiro túnel do tempo sera montado na BGS.

“A exposição ‘é uma oportunidade única para os fãs de games acompanharem as mudanças nos consoles e jogos nos últimos 40 anos e entenderem a importância de cada geração para que a tecnologia avançasse até o nível atual”, diz Tavares.

Se você vai prestigiar a BGS, não deixe de conferir essa exposição e mostrar aos seus filhos, sobrinhos ou colegas mais jovens. Afinal, não e todo dia que temos a oportunidade de reviver a era de ouro dos videogames e constatar que houve um tempo que bons jogos não eram feitos apenas de gráficos realistas.