Arquivo da tag: eventos

Desenvolvedores se reúnem em Sorocaba para discutir IGDA e Network

Desenvolvedores de Sorocaba e região tem um encontro marcado na próxima quarta-feira, 28. A iniciativa surgiu do grupo de Facebook “Sorocaba Game Devs”, que resolveu reunir profissionais da indústria de jogos eletrônicos que moram e trabalham na região para debater os itens necessários para a formação de um capítulo da Associação Internacional de Desenvolvedores de Jogos (IGDA) na região.

O encontro ocorre às 19h30 na praça de eventos Condomínio Praça Maior (Av. Rudolf Dafferner, 400, Sorocaba – SP) e deve reunir não apenas os membros do grupo da mídia social, mas também qualquer pessoa que se interessa pelo tema. O encontro é aberto ao público. Além de discutir sobre a IGDA, essa reunião servirá para fazer network entre os profissionais. Quem sabe daí não se conhece um novo parceiro para novos projetos?

O Sorocaba Game Devs tem apoio da SmyOwl, uma startup de Sorocaba que desenvolve produtos multiplataforma para diversos sistemas operacionais e dispositivos. De acordo com Maurício Alegretti, diretor de tecnologia da SmyOwl e fundador do grupo, reuniões desse calibre são importantes para o amadurecimento da indústria de jogos digitais em Sorocaba e região.

“Havendo o interesse comum em prosseguir com a formação do IGDA Sorocaba, vamos enviar a proposta para análise e aprovação da IGDA internacional”, disse Alegretti. “Mas, de qualquer forma, só o fato de nos reunirmos para falar de desenvolvimento de games, já é uma grande oportunidade”.

Se você mora ou for passar por Sorocaba e gostaria de conhecer mais sobre o IGDA e outros desenvolvedores de jogos, passe neste encontro. A discussão promete ser muito proveitosa e render bons contatos profissionais.

Encontro Sorocaba Game Devs

Quando: quarta-feira, 28 de maio de 2014
Hora: 19h30
Onde: Praça de eventos do Condomínio Praça Maior (Av. Rudolf Dafferner, 400, Sorocaba – SP
Pauta: IGDA e network

IndieCade abre inscrições para a a América Latina

O evento IndieCade (International Festival of Independent Games) está finalizando seus detalhes finais. O evento celebra os desenvolvedores indies e tem data marcada entre os dias 9 e 12 de outubro, em Culver City, Califórnia. Os desenvolvedores brasileiros podem enviar seus jogos para inclusão no evento e para consideração para se tornar um dos 35 indicados para reconhecimento na premiação “Red Carpet” Awards no festival.

Todos os desenvolvedores que enviarem seus projetos ganham acesso all-business ao IndieXchange Summit no dia 9 de Outubro, local em que desenvolvedores e empresas de videogames podem fazer networking com outros desenvolvedores. Os projetos podem ser submetidos independente de estarem prontos ou em desenvolvimento.

Desenvolvedores da América Latina podem ganhar desconto de 55% na taxa de inscrição inserindo o código LATamIC14. Lembrando que uma verificação por região é utilizada para utilizar o cupom. As inscrições regulares terminaram em 15 de maio, porém a última data para inscrição é o dia 15 de junho.

O evento é uma ótima oportunidade para desenvolvedores indies fazerem novos negócios e conquistar reconhecimento entre o público. Diversos jogos indies ficaram bastante conhecidos graças ao IndieCade, como Braid, Everyday Shooter, Fez, Nanobots, entre outros. Para realizar a inscrição basta acessar o site do IndieCade.

BITS 2014 recebe o BIG Business Fórum, festival independente de games

Aficionados por videogames de todo o Brasil terão um ponto de encontro nos dias 14 e 15 de maio no Centro de Eventos FIERGS, em Porto Alegre, graças ao evento BITS (Business IT South America), que será realizado em parceria com o DASH GAMES.

O evento irá promover palestras gratuitas sobre a indústria, trazer investidores internacionais e apresentar a primeira pesquisa brasileira sobre a indústra nacional de games (realizada pela USP e pelo BNDES).

O BITS 2014 recebe dois eventos em simultâneo: o DASH GAMES, organizado pela Associação de Desenvolvedores de Jogos Digitais do Rio Grande do Sul (ADJOGOSRS) e o Big Business Fórum, evento de negócios ligado ao BIG Festival – o único festival dedicado aos jogos independentes da América Latina.

A junção desses dois eventos ao BITS permitirá alargar feira para um evento de grandes proporções, pois o público presente poderá experimentar vários jogos em exibição e participar de palestras  com convidados ilustres da cena indie mundial. Além disso, o DASH GAMES vai apresentar ao público a pesquisa do BNDES que destrincha a indústria de games nacional. Mais detalhes sobre essa pesquisa aqui.

Os eventos – BIG Fórum e DASH – vão promover também rodadas em negócio em parceria que vai unir representantes da indústria de games internacional com diretores das empresas desenvolvedoras gaúchas, previamente inscritas.

PROGRAMAÇÃO

14 de maio (quarta-feira)

16h10 às 17h10 – Lounge do DASH (térreo) – Lançamento de jogos

17h às 18h – Auditório do BIG (térreo) – Palestra: O Empreendedorismo Independente – Jason Della Rocca, Execution Labs (Montreal).

15 de maio (quinta-feira)

10h às 13h – Sala de Rodadas (térreo) – Rodadas de Negócios com empresas do Rio Grande do Sul

14h50 às 16h10 – Auditório do DASH (1ª andar) – Apresentação do 1ª Estudo do Mercado & Indústria brasileira de Video-Games – Luis Sakuda e Davi Nakano, da USP e Fernanda Menezes Balbi, do BNDES.

16h10 às 16h40 – Em frente ao Auditório do DASH (1ª andar) – Coffee Break oferecido pelo BNDES.

17h às 17h30 – Auditório do BIG (térreo) – Palestra: O ambiente da publicidade mobile: Como parei de me preocupar e adorar a publicidade – Nate Barker, Chartboost

17h40 às 18h40 – Auditório do BIG (térreo) – Palestra: Game como Produto para o Video Game como Serviço – Tamir Nadav, Disney Playdom.

Veja os eventos que estão dentro da BITS este ano:

• IX Seminário de Telecomunicações – realizado pelo Conselho de Infraestrutura e o Grupo Temático de Telecomunicações – GT Tel, da FIERGS, vai reunir profissionais de tecnologia, indústria de equipamentos, prestadores de serviços, operadoras e clientes para debater as tendências do mercado e as soluções.

• DASH GAMES – O primeiro evento internacional voltado exclusivamente para a indústria de jogos Latino-Americana propõe o compartilhamento de informações sobre produção e mercado.

• BIG Business Fórum – BIG é o primeiro e único festival de jogos independentes da América Latina. A cada edição, o BIG expõe os melhores jogos independentes do ano do mundo inteiro.

• Brasil CMS – Evento que fará uma comparação entre os principais Sistemas de Gerenciamento de Conteúdo (Content Management System – CMS): WordPress, Drupal, e Joomla.

Informações e inscrições: clique aqui

Inscrições para o BIG Festival: clique aqui

Começa a 2º edição do BIG Festival

Finalmente a 2º Edição do BIG Festival começou! O evento é o primeiro e único do Brasil inteiramente dedicado aos jogos independentes. As festividades começam no dia 10 de maio na capital paulista e vai expor alguns dos melhores games indies da temporada. O público não apenas poderá conhecer os jogos em destaque, mas também conferir a entrega dos troféus para diferentes categorias, como melhor trilha sonora, gráficos, gameplay, enredo, etc.

A organização selecionou 22 jogos para o evento, dos quais 5 são brasileiros (a saber, Aritana e a Pena da Harpia; Chroma Squad; Headblaster; Like a Boss! e Ninjin). A novidade é para o prêmio para a melhor demo do evento que vai catapultar o melhor jogo ainda em estágio de desenvolvimento. Nesta categoria concorrem 7 jogos.

Quem não puder conferir os jogos no evento poderá conhecê-los online, pois a organização disponibilizará alguns dos títulos para gameplay através do site do evento. Como se não bastasse, o BIG ainda contará com uma DEMO Night, em que os desenvolvedores inscritos poderão receber feedback dos organizadores acerca de seus projetos. Esta etapa do evento é uma das mais interessantes de todo o evento.

Para os desenvolvedores, o BIG também apresenta uma rara chance de fazer contatos com pessoas influentes da indústria e desenvolver novos negócios. O evento ocorre no Centro Cultural de São Paulo e a entrada é gratuita. O público presente poderá votar no melhor jogo e ganhar brindes especiais de alguns desenvolvedores como o manual do game Aritana e a Pena da Harpia.

Algumas personalidades conhecidas da indústria darão as caras durante o BIG, como a Sabrina Carmona, gerente Associada de Projetos e Jogos da Square Enix, e André Bronzoni, coordenador de Social Media do Brasil e América Latina da Konami e Luciane Gorgulho, Chefe do Departamento de Cultura, Entretenimento e Turismo do BNDES.

Mais informações sobre o BIG Festival, a programação e sobre os jogos finalistas, basta acessar o site do evento.

BIG Festival 2014: empresários internacionais vêm ao Brasil investir em jogos produzidos no país

O BIG Festival não é apenas uma oportunidade para jogos indies serem descobertos pelo grande público, mas também para conquistar parceria de empresários internacionais. Durante o evento, estarão presentes representantes de publishers e empresários de vários países para uma rodada de negócios, lá eles se reunirão com desenvolvedores brasileiros para discutir possíveis projetos e parcerias.

Se você é um desenvolvedor, aí está uma oportunidade de tentar conseguir um financiamento. O evento é gratuito, porém é necessário correr. Essas reuniões com empresários devem ser agendadas até o dia 5 de maio através do site do BIG. Os encontros devem ocorrer nas cidades de São Paulo e Porto Alegre.

As datas marcadas para as rodadas de negócios são entre os dias 12 e 14 de maio em São Paulo. Em Porto Alegre, esses encontros acontecerão durante a feira de tecnologia BITs nos dias 14 e 15 de maio, no Centro de Eventos FIERGS. A intenção da organização é fortalecer a indústria nacional através de apoio e intercâmbio de produtos e profissionais no mercado internacional.

Entre as empresas que estarão disponíveis para a rodada de negócios estão pesos-pesados da indústria como Amazon, Playphone, Nuuvem, Hoplon, entre outras. Abaixo, você confere a lista dos representantes e das empresas disponíveis para reuniões:

Milton Neto – Amazon
Luis Bianchi – Philips
Christian Ribeiro – BoaCompra
Kevin Flynn – Mobile Game Partners
José Kosminsky – Movile
Alexandre Couto – Playphone
Simon Ashby – Audiokinetic
Emanuel Wall – Strategy First
Thiago Diniz – Nuuvem
Marcelo Ferrari Wolowski – Hoplon

Serviço: 2º BIG Festival (Brazil’s Independent Games Festival)

Quando: 10 a 18 de maio (Segunda, 12, não abre para o público, apenas profissionais cadastrados no Fórum de Negócios)

Horários: De terça a domingo das 10h às 22h

Onde: Centro Cultural São Paulo – Rua Vergueiro 1000 – Paraíso, SP

Quanto: Gratuita

* Em Porto Alegre (RS): Dias 14 e 15 de maio

Horário: 10 às 19 hs

Centro de Eventos FIERGS – Av. Assis Brasil, 8787 – Bairro Sarandi

Blizzard anuncia 1º Campeonato Mundial de Hearthstone

Como todos sabem, a Blizzard prepara a oitava edição da BlizzCon, evento dedicado aos jogos da gigante americana. Pois bem, o evento chega com tudo graças ao primeiro Campeonato Mundial de Hearthstone, o mais recente jogo da Blizzard.

Neste torneio será decidido a chance de participar das grandes finais que ocorrerão durante a conferência gamer da Blizzard nos EUA em 7 e 8 de novembro. Os brasileiros estão mais do que convocados a participar desse campeonato!

No caso da região Américas, os 16 jogadores Lendários mais bem qualificados em cada temporada de jogo ranqueado de abril a agosto serão convidados a participar do Torneio Qualificatório de Hearthstone das Américas. A Blizzard já deixa avisado que o 1º Campeonato de Hearthstone prevê outras maneiras de se qualificar para o Torneio, para saber como, basta ir ao site da empresa.

Vale lembrar que a BlizzCon 2014 ocorre nos dias citados acima no Anaheim Convention Center, na Califórnia. Os ingressos para o evento começam a ser vendidos em 7 de maio, às 19h00 e a segunda leva fica disponível em 10 de maio às 10h00, no site Eventbrite. O preço dos ingressos é de US$ 199 (mais taxas e impostos aplicáveis).

Para quem não puder comparecer pessoalmente, a Blizzard também vai disponibilizar ingressos virtuais para transmissão através da internet em vários canais. Mais informações de como isso vai funcionar deve ser anunciado em breve pelo site da Publisher.

Quem já está familiarizado com Hearthstone, eis uma boa chance de sair na frente dos demais jogadores. Para quem ainda não está tão afiado no jogo, fica o aviso: ainda tem uns belos meses para se preparar para a disputa!

Confira o trailer cinematográfico do game Hearthstone:

Dash Games: evento que reúne profissionais de jogos eletrônicos de vários países

Os jogadores da região de Porto Alegre terão um bom motivo para sair de casa nos dias 13 a 15 de maio: a data marca o início do evento Dash Games. Para quem não conhece, o evento reúne grandes nomes do desenvolvimento de jogos da América Latina. Além disso, em paralelo ocorrerá a quarta edição do BITS – Business IT South America. O local escolhido é o Centro de Eventos FIERGS.

Este será o primeiro evento internacional voltado exclusivamente para a indústria de jogos da América Latina. Haverá convidados de diversos países como EUA, Finlândia, Chile e Argentina. O evento propõe compartilhar e estudar a indústria local e seus aspectos como produção e mercado a fim de ampliar o conhecimento técnico entre estudantes, profissionais e desenvolvedoras.

As palestras serão realizadas nos três dias de evento, das 14h às 19h. Nos dias 14 e 15, das 9h às 12h, acontece o Match Making. De acordo com a organização, serão realizadas 15 palestras com desenvolvedoras nacionais e internacionais, além de publishers. O Match Making, citado anteriormente, será um encontro entre 18 empresas associadas com 13 publishers e investidores nacionais e internacionais.

Esse evento será um marco para o mercado do RS, pois a partir dele estaremos no mapa mundial de desenvolvedores de games. Já estamos sendo reconhecidos por varias empresas e investidores internacionais como possíveis parceiros e o DASH fortalecerá muito nosso ecossistema de produção”, disse Carlos Idiart, presidente da ADJOGOSRS.

As inscrições para o evento custam R$ 100,00 para empresas associadas à ADJOGOSRS e R$ 150,00 para o público em geral. Para se inscrever basta acessar o site do evento.

Palestras Dash Games

13 de maio

14h20 – Martina Santoro – Sócio-fundadora da OKAM Studio – Argentina

15h20 – Victor Hugo Queiroz – Modelador 3D – Brasil

15h55 – Edh Muller – Pré Lançamento Tormenta – Brasil

17h10 – Marco Galvão – Programador Joy Masher – Brasil

18h10 – Peter Vesterbacka – Vice-Presidente e Diretor de Marketing da Rovio Mobile. Criador do Angry Birds – Finlândia

14 de maio

14h20 – Agustín Cordes – Fundador do Senscape – Argentina

15h20 – Tiago Hoisel – Ilustrador – Brasil

17h10 – Mario Wynands – Diretor PIK POK – Nova Zelândia

18h10 – Steven Escalante – Fundador e  Gerente Geral da Versus Evil – Estados Unidos

15 de maio

14h20 – Sebastian Álvaro Gonzalez – Produtor – ACE Equipe Software – Chile

15h20 – Christopher Kastensmidt – Game Designer Ubisoft – Estados Unidos

16h10 – Palestra de Luiz Ojima Sakuda – Pesquisa da indústria de games no Brasil

17h10 – Team1CDD – Distorções: Um game brasileiro em 3D – Brasil

18h10 – Mike Foster – Gerente de Contas América Latina da Sony Computer Entertainment  America LLC – Estados Unidos

Yamato confirma segunda edição da Brasil Comic Con em novembro

Após o sucesso da primeira edição do Brasil Comic Con em 2013, a organizadora Yamato Corp confirmou a realização da segunda edição ainda neste ano. A segunda edição ocorre nos dias 14 e 15 de novembro no Centro de Eventos Pro Magno, na Zona Norte de São Paulo. O evento reunirá fãs de quadrinhos, cinema, mangá, animes, etc.

“Serão 48 mil m² exclusivamente dedicados ao universo pop, com alguns dos principais nomes desse cenário, no Brasil e no mundo”, disse Takashi Tikasawa, CEO da Yamato Corporation, realizadora do evento. A Yamato espera que, assim como o Anime Friends, o Brasil Comic Con conquiste espaço entre os fãs da cultura nerd. Para isso, a organizadora aposta na presença de atores, diretores, roteiristas, dubladores e outros profissionais da área para a realização de palestras e apresentações.

Entre os convidados, já estão confirmadas as participações de Michael Golden, cocriador da personagem Vampira dos X-Men; Arthur Suydam, ilustrador que trabalhou na saga Marvel Zombies; James O’Barr, criador de O Corvo; RodneyRamos, ilustrador com mais de 15 anos de experiência que trabalhou em séries como Thundercats, Conan, Lanterna Verde, entre outros. Além deles, o evento contará com a presença dos profissionais brasileiros Mike Deodato Jr. (Vingadores, Batman, Homem-Aranha, etc); Will Conrad (Conan, Wolverine, Capitão América, X-Men, etc); e Ed Benes (Birds of Prey, Supergirl, Liga da Justiça, etc).

O evento terá uma área chamada Beco dos Artistas, um espaço para que artistas exponham seus trabalhos e o público possa conversar com os criadores e comprar suas obras. São esperados dezenas de artistas, entre desenhistas, ilustradores, roteiristas e demais profissionais da área de HQs, além de cosplayers e estandes de grandes empresas. Com tudo isso o evento pode atrair o mesmo número de visitantes do ano passado: 100 mil pessoas.

 Serviço: 2º Brasil Comic Con

Quando: 14 e 15 de novembro de 2014

Onde: Centro de Eventos Pro Magno

Av. Profª Ida Kolb, 513 – Casa Verde – São Paulo

Realização: Yamato Comunicações e Eventos

Escola de desenvolvimento de Jogos da Unicamp sedia workshop internacional de criação

HomeImage

O mês de janeiro é especialíssimo para os desenvolvedoires de jogos do Brasil, pois a Global Game Jam tem data marcada para ocorrer entre os dias 24 e 26. Para quem não conhece, a GGJ reúne estudantes, aspirantes e profissionais do setor de jogos que buscam aumentar expandir suas redes de contatos, conhecer o mercado e trocar experiências e técnicas de produção.

O evento ocorre na Unicamp e tem apoio das gigantes do desenvolvimento Microsoft e Mozzilla Corp. Além da oportunidade de interagir com outros developers, a GGJ também conta com uma Game Jam (daí o nome do evento), uma maratona de 48 horas para que os visitantes criem um game do zero. A Unicamp participa do encontro atravé do Gamux, uma Escola Interna de Desenvolvimento de Jogos da própria Unicamp que tem apoio de empresas como a Nokia e a Blackberry.

O tem dos jogos a serem desenvolvidos é lançado para todas as sedes do Global Game Jam simultaneamente. A partir daí, cada equipe tem o prazo de 48 horas para desenvolver um jogo inteiro e funcional baseado em tal tema. Os games são publicados no site do evento com link para download. A ideia é que os participantes façam um netwok bacana e ainda mostrem seus talentos no ramo de desenvolvimento de jogos.

Desenvolver um jogo inteiro, com uma temática muitas vezes difícil num intervalo de tempo de apenas 48h pode ser bem desafiador. Entretanto é exatamente esse aspecto de ‘missão impossível’ que ajuda a reforçar o espírito de cooperação e inovação que a Global Game Jam procura incentivar. A colaboração está presente em todas as etapas do evento, desde as inscrições, que são gratuitas, até no fato de que todos os jogos serão publicados, não se tratando de uma competição“, disse Bruno Melo, diretor executivo do Gamux.

Para participar do Global Game Jam basta fazer a inscição no site oficial. O melhor é que a inscrição é gratuita. Mas seja rápido, pois as vags são limitadas.

 

Serviço: Gamux – Global Game Jam

Data: de 24 de janeiro às 19h, às 19h de 26 de janeiro

Local: Instituto de Computação da Unicamp (IC) Av. Albert Einstein, 1251 – Cidade Universitária, Campinas/SP – Brasil.

Inscrições através do site http://www.gamux.com.br/eventos/globalgamejam2014/

Vagas: 200

Mais informações: por e-mail contact@gamux.com.br ou pelo site http://www.gamux.com.br/

BGS 2013: “Os brasileiros são apaixonados por games”, diz executivo da Game Insight

DSCF1925

Outra empresa que marcou presença na Brasil game Show 2013 foi a Game Insight. A empresa é famosa por seus games de celulares  e Web e já apareceu aqui no GameReporter. Durante a feira, a empresa montou um estande cheio de jogos para iPads a fim de apresentar seus produtos para o mercado brasileiro como Ilha Paraíso, Meu País, Dragon Eternity, Meu Aeroporto, entre outros. Esta foi a primeira participação da empresa em um evento de games brasileiro e para marcar a ocasião a empresa montou um estande todo estilo.

Como não poderia deixar de ser, alguns executivos da companhia vieram da Rússia só para conhecer de perto os gamers brasileiros e como é o nosso país. Um desses visitantes ilustres foi Konstantin Kamenev, diretor de desenvolvimento, que concedeu uma entrevista exclusiva para o GameReporter. Detalhe: nossa entrevista foi celebrada com vodka russa original.

 

GameReporter: Como a game insight conheceu o Brasil, e o que despertou o interessa da empresa em nosso país?

Konstantin Kamenev: A princípio conhecemos o Brasil através de novelas e futebol. Posteriormente fizemos pesquisa e descobrimos que o Brasil tem a maior audiência móbile dentre os países da América Latina. Além disso, descobrimos que no país as pessoas jogam todos os tipos de games, ou seja, há tantos jogadores que há mercado para todos os gêneros de jogos. Nossas análises mostraram acima de tudo que os brasileiros são apaixonados por games. O número de usuários de plataformas móveis no Brasil continua crescendo, assim como o número de downloads de jogos e aplicativos. Temos muito orgulho de ser a única desenvolvedora russa no brasil.

 

Como vocês chegaram ao Brasil? Vocês se estabeleceram da mesma forma que fazem em outros países?

Chegamos ao Brasil em 2012 e quando resolvemos fazer negócios por aqui escolhemos três diferentes tipos de jogos diferentes dentro do nosso catálogo para serem localizados porque queríamos saber qual tipo de jogo os brasileiros mais se identificavam e com isso pudemos definir um plano de ação para nos estabelecermos melhor por aqui. Não entramos na mesma forma nos outros países localizados, pois o mercado brasileiro tem suas peculiaridades, apesar de não ser muito diferente do mercado russo.

 

Qual a maior dificuldade que a Game Insight enfrentou para lançar seus games no Brasil.

Com certeza tivemos muitos problemas para conseguir uma boa localização dos nossos títulos, porque o Brasil tem um jeito diferente em termos de localização, do que em outros países. A tradução não pode ser literal. Além disso, houve um medo muito grande na questão de como os brasileiros iriam ver nossos jogos por causa do modelo europeu de negócios e o estilo dos jogos que produzimos, mas esse medo desapareceu assim que iniciamos os trabalhos.  Passamos a colocar elementos que os brasileiros gostam.

 

O mercado de games é vantajoso no Brasil para a Game Insight?

Sim, sem dúvidas. Vimos que alguns tipos de jogos despertam mais interesses que outros e a adição de objetos escondidos atraem a atenção de jogadores mais dedicados. O Espelho de Londres, por exemplo, é um dos nossos jogos mais bem sucedidos. Ele é do gênero “objetos escondidos”, que se mostraram bastante rentáveis no iPads. Por causa do sucesso de Espelhos de Londres, queremos localizar mais jogos deste gênero para o Brasil. Vale citar ainda que um dos motivos do nosso sucesso é que nossos jogos contem gráficos de alta qualidade e o conteúdo que disponibilizamos são criados justamente para agradar nossos clientes.

 

DSCF1925Jogos free to play vêm crescendo a cada ano, você acha que esse tipo de jogos vai dominar o mercado algum dia?

Acreditamos muito no modelo freemium e investimos nesse negócio porque eles apresentam a possibilidade de sucesso maior que o encontrado em outros gêneros. Além disso, acreditamos que os melhores jogos são aqueles que são gratuitos.

 

Quantos usuários vocês já possuem em nosso país e como é a recepção deles?

Temos cerca de 400 mil usuários, o que é um número muito bom. Todos os nossos jogos são gratuitos o que ajuda a disseminá-los mais rapidamente e conseguir um bom número de feedbacks. Estamos sempre atentos para atender as expectativas desses usuários. Quando um jogo sai sempre verificamos os reviews na App Store e sabemos que o usuário está satisfeito quando vemos comentários como “muito legal” ou ”muito bom”. Nossa equipe esta ganhando um pouco de português com as reviews dos usuários.

 

Como a empresa se vê daqui a cinco anos.

Em termos de jogos o Brasil é parecido com a Rússia e percebemos que a tendência é que o crescimento de usuários vai continuar. Esperamos assim, criar jogos crossplataforma, ou seja, presentes em diferentes lugares como mobile, internet, plataformas sociais, etc. Acreditamos que o Brasil continuará consumindo muito conteúdo móbile, pois sabemos que os brasileiros jogam muito videogame e que eles gostam de acompanhar os hardwares e softwares – cada vez mais evoluídos. Em São Paulo percebemos que os dispositivos moveis são muito utilizados e com este conhecimento acreditamos que, assim os russos, os brasileiros irão jogar muito mais jogos em dispositivos móveis.

 

Quer deixar uma consideração final?

Bom, vocês podem mencionar alguma coisa sobre a vodka russa.