Arquivo da tag: estratégia

Until Dead – Jogo vencedor do Indie Prize entra em Early Access para Android

O jogo brasileiro Until Dead tornou-se um sucesso antes mesmo de seu lançamento, graças ao prêmio recebido pelo Indie Prize Awards na categoria Melhor Jogo Mobile. Pois bem, se você queria saber se o game é realmente tudo isso, chegou a hora: o título finalmente entrou em Early Acess para usuários de Android. Disponível para todo o ocidente, o jogo da desenvolvedora brasileira Monomyto terá números limitados de download dentro do Google Play, loja oficial da plataforma, e espera colher feedback para seu lançamento oficial, que deve ocorrer em janeiro de 2018, para dispositivos que possuam o sistema operacional Android e iOS.

Until Dead, primeiro jogo brasileiro a conquistar um prêmio no Indie Prize, é um free-to-play de estratégia e raciocínio com mecânica baseada em turnos e combate tático. No jogo, você controla John Mur, um detetive aventureiro e explorador que, graças às suas habilidades, consegue sobreviver em um mundo caótico infestado por zumbis. Na pele do protagonista, você precisa encontrar pistas em uma grande aventura na busca por respostas para desvendar esse mistério. O segredo do jogo é usar a cabeça para manter-se vivo.

O título é ideal para quem curte jogos de tabuleiro, pois ele empresta muita das suas características, unindo uma experiência inovadora e a facilidade dos jogos online. De acordo com a desenvolvedora, são mais de cinco horas de conteúdo jogável. Quem esteve na BGS 2017 pôde apreciar alguns minutos dessa obra que promete fazer sucesso no Brasil e no exterior.

A mecânica básica é de point and click baseada em turnos (lembra um pouco XCOM). De modo que os jogadores não devem encontrar dificuldades para aprender a jogar e se divertir. O objetivo é simples: passar pelos zumbis e chegar até a saída mais próxima. Porém não pense que as coisas são fáceis! Para cumprir os objetivos você deve usar de estratégia e reflexos rápidos.

Um dos pontos positivos mais aclamados foi o visual em preto e branco à lá noir. A atmosfera é bem densa e mostram que os jogos mobile em geral tem capacidade bastante elevada. O game deve sair em algum momento de 2018 com versões para Android e iOS.

Abaixo tem um trailer de Until Dead:

MMA Federation – o jogo que muda os paradigmas dos games de luta e de estratégia

Já imaginou uma mistura entre jogo de luta, card game e e-sports? Pois é justamente a isso que se propõe o game MMA Federation, da produtora Leela Games. O título chegou ao mercado no finalzinho de 2016 para iOS e Android permitindo que os jogadores competissem em combates de MMA com os principais times deste tipo de luta do Brasil e do mundo, treinar com lutadores e técnicos da categoria.

O gameplay é baseado em turnos e é bem fácil de se aprender, mas difícil de dominar e brutalmente viciante. De acordo com a Leela Games, a versão brasileira inclui renomadas academias e lutadores nacionais como Dedé Pederneiras, Emerson Falcão, Márcio Pontes da equipe Nova União, e  Jaqueline Marques, a ring girl mais sexy do Brasil. Outra novidade que deve atrair muitos jogadores é a presença dos irmãos Piologo, que tem mais de 2 milhões de seguidores no Youtube.

De acordo com Carlos Estigarríbia, CEO da Leela, a publisher do jogo no Brasil, “o MMA Federation é uma revolução dos jogos de luta e também de estratégia, pois ele é um mix dos dois com uma pegada de e-sports. O jogo vai além do tradicional tapper dos games de luta, o MMA  Federation é um game  único no mercado de mobile. Outro diferencial é que você pode treinar off line em salas de progresso e o servidor sincroniza assim que o jogador estiver online. Fora isso, há uma série de customização tanto dos jogadores quanto dos estilos e dos movimentos  de luta”, explica.

MMA Federation busca uma mecânica por meio de cartas, que se mostrou muito popular entre os jogadores dos Estados Unidos, Canadá e Reino Unido. A intenção é colocar um pouco da estratégia típica do esporte no game. Para os jogadores casuais, o deck é uma oportunidade para criar um estilo de luta própria, com assinatura, enquanto que, para os jogadores hardcore, há infinitas possibilidades de batalhas  táticas através da criação de movimentos para combater diferentes estratégias de luta do time adversário.

Esse deck de luta muda a forma tradicional de jogos de luta PvP.  Por meio de uma seleção estratégica, é possível construir uma experiência única e adaptada ao estilo de cada jogador, altamente individualizada, e dessa forma neutralizar as táticas dos adversários. “Isso permite uma batalha interminável de inteligência para jogadores competitivos, uma vez que acrescenta enorme longevidade ao jogo”, explica Estigarríbia.

NO MMA Federation é possível desafiar amigos e jogar PvP em tempo real. Se cansou de ganhar do seu adversário, procure novos lutadores no Mapa de Lutas do MMA Federation. O jogo promove ainda campeonatos diários entre jogadores online em que os mais habilidosos são premiados e melhoram sua classificação no ranking do MMA Federation, como acontece fora do game

Campeonato do MMA Federation: Vencedor leva R$ 10 mil reais

Em fevereiro de 2017, o MMA Federation inicia o primeiro campeonato brasileiro do jogo. Os jogadores vão disputar as lutas online e a grande final será em março. O vencedor ganha R$ 10 mil reais e um avatar no jogo. Mais informações podem ser conferidas no site do jogo. Quem eestiver interessado pode encontrar MMA Federation para iOS e Android.

Conheça Skydome, o jogo de estratégia online do estúdio indie Kinship

Você já ouviu falar de Skydome, o jogo de ação e estratégia do estúdio indie Kinship? O game está em desenvolvimento há poucos meses e chegou a dar as caras durante a BGS 2016. O objetivo no jogo é destruir as quatro bases do time inimigo enviando tropas de luta em uma arena. Basicamente temos uma mistura de MOBA e RTS, onde os jogadores de cada equipe devem trabalhar em conjunto para derrotar os inimigos.

Os combates são realizados em Skydome, uma arena flutuante onde todas as nações do mundo competem para decidir qual é a mais poderosa. Cada nação envia seus heróis mais habilidosos e capacitados para competir nesse esporte de simulação de guerra. As equipes são formadas por quatro heróis com funções diferentes e complementares, todas necessárias para o sucesso da nação. Os combates costumam durar cerca de 10 minutos, porém com bastante intensidade e emoção.

Os participantes podem convocar tropas diferentes para penetrar as defesas inimigas. O macete é que os competidores devem trabalhar em conjunto para criar uma estratégia conjunta de ataque e defesa, só assim eles poderão submeter os adversários e tornar-se campeões de Skydome. A intenção da Kinship é transformar o game em uma força considerável no cenário de eSport, principalmente entre jogadores intermediários que não podem se dedicar tanto quanto os pró-players de outros jogos.

De acordo com Cheny Schmeling, fundador do estúdio Kinship, a expectativa é que o jogo esteja no mercado durante o primeiro trimestre de 2017 com versões para PC e mobile. Os jogadores que estiverem interessados no projeto podem se inscrever no site da Kinship para receber atualizações e notícias sobre o game.

Você já jogou Skydome? Qual a sua opinião sobre o jogo? Conte para nós nos comentários abaixo. E capriche no texto.

Abaixo tem o trailer de Skydome:

Playspot chega ao mercado de games mobile com 4 títulos 

A Playspot já tinha um baita legado no mercado de jogos online, agora a empresa decidiu que vai atacar o mercado de jogos mobile com toda a sua força. Para isso, a Publisher anunciou o lançamento do selo Playspot Mobile, uma vitrine exclusiva para o lançamento de jogos para dispositivos mobile. A intenção é que os jogadores tenham acesso a vários títulos de diferentes gêneros, todos gratuitos para jogar e com suporte a compras dentro do aplicativo em microtransações.

A grande surpresa para os jogadores brasileiros é que todos os jogos da Playspot Mobile serão traduzidos para o português. Além disso, eles contarão com suporte nos mesmos moldes que os jogos para PC da Playspot já possuem. Obviamente a empresa decidiu entrar nesse mercado motivada pelo crescimento de dispositivos móveis disponíveis no Brasil: de acordo com pesquisa da GSMA, o Brasil estará entre os países com maior penetração de smartphones na América Latina em cinco anos, subindo de 38% atualmente para 72% nesse período.

“Estamos muito entusiasmados com a possibilidade de atuar nesse mercado, que têm no Brasil um dos seus países mais engajados”, disse Byong Hawn Kang, diretor de operações da Playspot no Brasil.

Os primeiros jogos da Playspot Mobile são Ascensão de Heróis, um RPG de estratégia; Batalha de Monstros, RPG com uma pegada à lá Pokémon; Caçadoras Implacáveis, um game de luta com gráficos 3D; e Chain Poker, cujo nome denuncia o famoso jogo de cartas. Todos os jogos estão disponíveis no Android e podem ser adquiridos gratuitamente.

Playspot : trailer de Caçadoras Implacáveis:

General War: novo game da Playspot traz de volta batalhas da Segunda Guerra Mundial

Já fazia algum tempo que os shooters haviam se distanciado da temática Segunda Guerra Mundial, entretanto a Publisher Playspot resolveu apostar no maior conflito militar da humanidade para seu mais novo jogo para browser: General War. O jogo retrata os campos de batalha e os maiores combates da década de quarenta. O jogador tem acesso aos mesmos recursos disponíveis a um general de uma tropa mercenária.

“Nossa ideia é oferecer uma experiência diferente para os gamers. Com itens e moeda virtual eles poderão experimentar o jogo e participar do processo de teste como um todo”, conta Byong Hwan Kang, diretor de operações da Playspot. A Publisher pretende organizar eventos especiais para premiar os jogadores que participarem do beta test.

Durante a fase de testes os jogadores poderão conferir os principais recursos do game, como recrutar, contratar, treinar generais e tropas e evoluir diversos tipos de unidades para vencer batalhas que existiram ou não na vida real, mas que se tornam cada vez mais desafiadoras. Além disso, se o dinheiro e a influência forem suficientes, há como colocar Winston Churchill no comando de uma tropa de tanques King Tiger, o melhor tanque defensivo da Segunda Guerra, avançando sobre Monte Cassino.

Há diversos modos de jogo e o objetivo é sempre dominar o mundo. Para facilitar as missões, o jogador pode se aliar a uma das três facções que decidiram a guerra: Aliados, Eixo ou Soviéticos. Além disso, é possível colocar as tropas em marcha, dominar cidades e acumular recursos para financiar seus esforços de guerra.

As batalhas travadas são pelo ar ou por terra. O grande macete é que o game tem muito de estratégia, de modo que todo cuidado é pouco a fim de não deixar suas bases desprotegidas e sofrer uma invasão inimiga. General War é voltado para entusiastas por jogos de guerra e estratégia. Para acessar o game, basta entrar no site da Playspot (não é necessário instalação). O beta test já está aberto a todos os jogadores.

Conheça mais sobre o game General War:

Firefly organiza torneio de Stronghold Crusader 2

Jogadores de Stronghold Crusader 2 poderão participar do torneio de Natal que o estúdio Firefly está organizando em conjunto com a comunidade do game no YouTube. A empresa é patrocinadora do evento que ocorre na Europa em 24 de novembro.

As inscrições estão abertas e devem ser encaminhadas através do site até o dia 18 de novembro. O grande vencedor será premiado com todas as DLCs de personagem IA, uma cópia autografada de Crusader 2 e uma camiseta oficial do game. O segundo lugar fica com o primeiro DLC de personagem IA; cópia física autografada e a camiseta temática. Já os semifinalistas levam a primeira DLC de personagem; a cópia autografada do jogo e um cordão estilizado de Crusader 2.

O torneio busca, prioritariamente, a participação da base de fãs do game. De acordo com a Firefly, ocorrerão 63 partidas no total, com a grande final ocorrendo em transmissão ao vivo no dia 14 de dezembro. Para evitar que as mesma estratégias sejam usadas nas 63 partidas, o torneio foi dividido em 3 fases, alternando entre os mapas “Táticas Cruzadas”, “Hiena” e “Sopro de Vida”.

“Não somos Starcraft. Não temos canais de TV ou jogadores com fama mundial para catapultar Stronghold ao mundo dos e-sports.” disse o gerente de Marketing da Firefly, Nick Tannahill. “O que temos é uma base de fãs extremamente dedicada e uma comunidade de YouTubers que amam jogar nossos jogos e sabem que multiplayer é a parte central da série Crusader. É difícil  para desenvolvedores ou jogadores cultivarem comunidades voltadas para o multiplayer isoladas, mas juntos eles podem dar Crusader 2 a longevidade que ele merece. Nós aprendemos muito de Stronghold Kingdoms”.

Stronghold Crusader 2 já está disponível na Steam.

Abaixo temos o trailer do game Stronghold Crusader 2:

Dogs of War Online inicia fase beta testes em setembro

Dogs of War Online

A produtora francesa Cyanide anunciou que os testes beta fechados de seu novo game Dogs of War Online serão iniciados em setembro de 2013. O título é uma boa pedida para aficionados por games do gênero de estratégia tática. Além disso, ele é gratuito com versão para PCs.

De acordo com a produtora, os interessados em participar dessa fase de testes podem se registrar através do novo site oficial, local em que todos os detalhes do jogo também estão disponíveis, tais como descrições das unidades e facções disponíveis.

Dogs of War Online permite que o jogador gerencie sua própria companhia de mercenários, tendo de escolher uma entre três facções (Luz, Trevas e Destino). Os confrontos são realizados em arenas hexagonais com um sistema de arena turno-a-turno. A Cyanide espera lançar a versão final do game ainda neste ano.

Clássico Tribal Wars comemora uma década

Tribal_Wars_Support

O clássico de estratégia da Innogames Tribal Wars completou neste mês 10 anos desde seu lançamento. Para comemorar o feito, a desenvolvedora lançou várias novidades para manter o público entretido. Entre as novidades estão a possibilidade de conferir como o game era em seus primórdios, além disso, os jogadores poderão encarar missões especiais em três diferentes eras do game, cujas ganharão recursos adicionais.

Os jogadores podem conferir os primórdios do jogo até o final de junho. Isto deve dar uma ar de nostalgia aos jogadores que estão com o game a mais tempo e puderam acompanhar as mudanças ao longo dos anos. Tribal Wars foi criado pelos irmãos Hendrik e Eike, além do amigo Michael Zillmer, que procuraram criar um game online que atendesse as perspectivas dos jogadores. Como não encontraram, criaram o Tribal Wars e posteriormente a produtora Innogames.

De acordo com a Innogames, Tribal Wars conta com 50 milhões de jogadores cadastrados, sendo o principal título lançado pela produtora alemã. O game permite que o jogador tome o controle de uma pequena aldeia e deve solidificá-la através do tempo até transformá-la em um império a ser temido pelo resto do globo.

Uma parte da comemoração pelos 10 anos na ativa é o lançamento de um vídeo comemorativo, onde o time da Innogames agradece aos jogadores que tornaram o game no que é hoje. O fundador da Innogames até faz uma aparição para falar sobre fatos que marcaram a história do game.

“Esperamos chegar a 50 milhões de registros nas próximas semanas. Todos os dias, mais de 10 mil novos jogadores entram no jogo e quase todos eles são atraídos por meio da propaganda boca-a-boca. Isso mostra que apesar de não ter sido originalmente planejado para ter esse sucesso e longevidade, ainda é atraente para novos jogadores”,  revela Hendrik Klindworth.

Abaixo você confere o vídeo de comemoração dos 10 anos de Tribal Wars:

Cangaço Wargame: jogo online baseado no Sertão brasileiro

Cangaço Wargame

“Se os americanos podem se dar ao luxo de lançar games baseados no velho oeste, porque então nós não fazemos um game sobre o cangaço e o Sertão brasileiro?” Talvez tenha sido com uma frase assim que os desenvolvedores da Sertão Games pensaram há cinco anos no jogo Cangaço Wargame, título lançado no último dia 9 de junho de 2012.

Inicialmente o game foi idealizado como um jogo de tabuleiro, porém durante a etapa de desenvolvimento os produtores aperceberam-se que o jogando estava ganhando muitos elementos que tem tudo a ver com a dinâmica de jogos sociais. E foi justamente por essa razão que o jogo foi desenvolvido para o Facebook.

No jogo, você deve liderar um grupo de cangaceiros em batalhas por turno, passando por fazendas, cidades e brejos da caatinga. O game tem o foco na jogatina multiplayer e já que as batalhas são por turno, um combate pode levar alguns minutos ou algumas semanas: você faz seu movimento e em seguida aguarda o seu adversário (que pode estar offline no momento).

A ideia é bem simples e funciona como num xadrez: como é um jogo de guerra, seus movimentos são baseados em ataque, defesa e manutenção de pontos estratégicos no campo de batalha. Há dois grupos distintos no jogo: os cangaceiros e a volante. Conforme vai desafiando e vencendo seus inimigos, você sobe no ranking, chegando mais perto do título de rei do cangaço.

Um dos desafios que devem ser enfrentados pelo jogador é a racionalização da água, deste modo o jogador vê um traço de realidade no jogo. Além disso, todo o cenário e elementos do jogo remetem no período histórico do cangaço, ou seja, há roupas, armas, sons e o Sertão retratados para deixar as coisas mais realistas.

O Cangaço Wargame já foi lançado e pode ser jogado gratuitamente direto no Facebook. O vídeo você pode conferir logo abaixo, e lembre-se de nos contar a sua experiência com o jogo!

Nemexia Evolution garante ser primeiro MMO para qualquer plataforma

É possível que o sonho de muitos desenvolvedores – a existência de uma só plataforma – nunca chegue a acontecer. Enquanto isso, para os jogadores, a situação pode ser remediada com games que integrem participantes de múltiplas plataformas em seus servidores.

O recurso é especialmente útil para MMOs, uma vez que a base de jogadores presentes em um servidor aumenta exponencialmente e pode contribuir para a graça do jogo. Recebemos em nossa caixa o release de um game chamado Nemexia Evolution, que chega a sua versão 2.0 com uma promessa: pode ser jogado a partir de qualquer equipamento que disponha de um navegador web.

Ou seja, computadores de mesa, celulares conectados, televisores inteligentes, consoles e portáteis de nova geração podem ser usados e a empresa informa que o game não precisa de nenhum plugin externo, o que garante que ele rode.

O game de estratégia “free-to-play” é ambientado no espaço e coloca o jogador no papel de um Almirante, que precisará cumprir objetivos de batalhas e subir de posto.

Hoje, Nemexia tem mais de 100 mil jogadores, mas até então era compatível apenas com PCs. Agora, é provável que se expanda rapidamente para as outras plataformas.

:: Conheça Nemexia 2.0 Evolution